Brasileirão e volta!

Galera do blog, hoje volta ao ar o Brasileirão.

E logo na rodada de retorno, temos alguns jogos interessantes, Ceará x Corinthians na disputa direta pelo primeiro lugar, Santos x Palmeiras clássico paulista e Flamengo x Botafogo no clássico carioca.

Vários times se reforçam nessa paralisação e outros procuraram não perder seus jogadores, entre idas e vindas, vejo os times mineiros os que melhor se reforçaram.

Atlético-MG trouxe Daniel Carvalho, Neto Berola, Diego Souza, Edison Mendez e Fábio Costa entre os jogadores de destaque. O time ficou forte, se Luxemburgo encaixar esse time, ele promete dar trabalho.

A Raposa não trouxe tantos jogadores, mas foi precisa na reposição, Montillo, Everton e Wallyson chegam para repor perdas sensíveis do time e tem tudo para dar certo.

O Palmeiras também contratou gente de peso, mas ainda faltam peças defensivas para melhorar o elenco.

Outros times também se reforçaram muito bem, mas fico com os mineiros como os que melhor se reforçaram e vocês o que acharam?

Pitacos da 34ª rodada!!

Fluminense 091109

Galera do blog mais querido de futebol, o campeonato está fantástico, faltam apenas 4 jogos e os quatro primeiros estão embolados, coloco o Cruzeiro também na disputa, apesar de gostar muito do Colorado, vejo o time gaúcho fora da disputa pelo G4, o time tenha talvez o futebol mais bonito, mas nada efetivo, o time peca demais na hora de mandar a bola para o fundo do gol, vamos aos pitacos:

Santos(12º) 3 x 1 Náutico(19º): Kléber Pereira desencantou e o filé de borboleta Neymar voltou bem da seleção sub17, resultado, vitória santista, Kléber Pereira anotou o seu de pênalti e Neymar fez os outros dois, Ailton descontou para os pernambucanos que começam a ver o rebaixamento chegar cada vez mais perto. Do lado santista, uma vitória para afastar qualquer fantasma, mas a certeza que o time tem que melhorar muito para o ano que vem.

Vitória(13º) 0 x 1 Avaí(7º): O querido e bom time baiano desistiu do futebol nessas últimas rodadas, alias Vitória e Goiás tem sido ultimamente os melhores adversários, ambos os times estão apáticos em campo. No Barradão, com um gol de William, o Avaí derrotou o time baiano, se consolidou como a grata surpresa desse campeonato, do lado do Vitória, Mancini está de cabeça quente para encontrar o melhor ajuste para o time.

Sport(20º) 2 x 3 Cruzeiro(5º): Acho que Chamusca, mostrou o VT do jogo do Cruzeiro contra o Fluminense e disse: Temos que fazer igual!!, só esqueceu de avisar aos seus comandados que era para fazer igual ao Fluminense e não igual ao Cruzeiro, resultado, o primeiro tempo excelente do time pernambucano, com dois gols de Wilson, e na segunda etapa domínio total do time celeste que virou a partida com gols de Thiago Ribeiro, Leo Silva e Guerron. Ah, e apenas para constar o Sport demitiu o treinador Perícles Chamusca.

Corinthians(8º) 2 x 0 Santo André(18º): É impressionante, como o gordo é fundamental para o time corintiano, ultimamente todo gol corintiano tem a participação dele, quando não é fazendo o gol é dando a assistência, mesmo quando o passe sai errado ele acerta, como no gol de Dentinho. Pelo Ramalhão, a luz já começa a sumir, não vejo esperança para o time escapar do inevitável rebaixamento.

Fluminense(17º) 1 x 0 Palmeiras(2º): E o Palmeiras depois de muito tempo perde o primeiro lugar, assim como o Fluminense que era dado como morto tem chance real de escapar do rebaixamento, agora sobre o jogo, um especial agradecimento ao senhor Simon, o que ele fez ontem foi vergonhoso, arbitragem tendeciosa, aliás esse sujeitinho é nojento, péssimo árbitro. Anulou um gol legítimo do Obina, não marcou um pênalti escandoloso que o Gum fez no Danilo, além de não expulsar o garoto Alan que deu uma cabeçada em Armero. Falando de futebol, independente da influência da arbitragem, futeboliscamente falando, os jogadores do Palestra precisam tomar um choque, principalmente os decisivos, Diego Souza e Vagner Love estão totalmente apagados, pelo lado do tricolor das Laranjeiras a sua dupla decisiva tem feito a sua parte, Conca e Fred podem tornar o impossível, possível.

Atlético-MG(4º) 1 x 3 Flamengo(3º): Meu galo querido, sofreu do mesmo golpe que o Palmeiras, enfrentou um baixinho carrancudo que mal fala português, mas entende tudo de futebol, Petkovic. O sérvio está fazendo chover nessa reta final, se em campo ele foi muito bem marcado, o que restava para ele era nas bolas paradas e foi assim que ele abriu o marcador, em um belo gol olímpico, assim como tinha feito contra o Palmeiras, Pet repetiu a dose, mas na minha opinião esse foi muito mais bonito plasticamente. De qualquer forma, Andrade resumiu bem a partida: “O jogo foi bom, aberto, os dois times criaram chances e mereciam a vitória é que nós fomos mais eficientes hoje, graças a Deus”. Os dois times seguem firme na disputa pelo caneco, resta saber se o meu querido Galo assimilou bem o golpe.

Barueri (11º) 1 x 1 Internacional(6º): E o Colorado segue fazendo atuações maravilhosas de futebol, mas sem vencer, o primeiro lance do jogo foi um resumo da partida, Giuliano fez fila dentro da área do Abelhão, um lance genial, rolou a bola para Andrezinho na marca do pênalti sem goleiro para o meia guardar na rede, mas Andrezinho preferiu isolar a bola. Os gols saíram em duas bobagens dos goleiros, na primeira Lauro engoliu um frangaço no chute de Márcio Careca e no empate colorado, Márcio saiu catando borboleta e Fabiano Eller que não tem nada a ver com isso, marcou o gol de empate.

Atlético-PR (14º) 2 x 0 Goiás(10º): O Goiás parece ter entregue esse segundo turno de bandeja, sua participação neste returno chega a ser pífia, ontem novamente a apatia tomou conta dos jogadores esmeraldinos, enquanto do lado rubro-negro, o Furacão marcava muito forte e tentava chegar ao gol, comandados por Paulo Baier, o Atlético com Marcinho e Wally, venceu a partida se afastou ainda mais do rebaixamento e deixou o Goiás fora da disputa pelo sonhado G4.

Botafogo(16º) 2 x 0 Coritiba(15º): O Botafogo chegou a terceira vitória consecutiva nesse campeonato, abre cinco pontos de vantagem na fuga do rebaixamento, já o Coxa começa a ver a galera debaixo se aproximar perigosamente. Renato e Lúcio Flávio marcaram pelo alvinegro.

Pitacos da quase encerrada 32ª rodada!!

FICA WASHINGTON!!!!!

Galera do blog mais querido de futebol, sei que estou postando mais tarde do que de costume, mas estou um pouco cansado para manter a rotina do “post da madrugada”, mas vamos lá antes tarde do que nunca. Vamos falar dos jogos dessa quarta, que colocaram o meu tricolor na liderança provisória do campeonato.

Atlético-PR(14º) 1 x 1 Santos(13º): Brigando pela Sulamericana, os dois times fizeram um jogo razoável, de bom mesmo serviu para ver Ganso voltar a jogar bola e Luxa voltar a montar um bom esquema, além de tudo Kléber Pereira voltou a marcar e se tornou o maior artilheiro do Peixe em Brasileirões, do lado do Atlético-PR, gosto muito do futebol de Wally, porém ontem o atacante paranaense não correspondeu.

Botafogo(16º) 1 x 0 Naútico(18º): No jogo dos desesperados, o Fogão venceu e termina essa rodada fora da zona da degola, não menosprezando os outros postulantes a permanência a Série A, mas na minha opinião o time carioca encontrou um padrão de jogo que favorece o futebol de seus melhores jogadores e pelo futebol apresentado o time parece ser o mais forte para essa luta pela fuga do rebaixamento. Na partida, o Bota não pode reclamar da arbitragem, pois ganhou a partida com um pênalti inexistente.

Grêmio(7º) 3 x 1 Avaí(12º): O Grêmio segue com sua sina nesse campeonato, vence bem em casa e perde feio fora do Olímpico. O jogo não foi aquela maravilha, foi bem feio por sinal, os gols saíram mais por causa do ímpeto de Maxi Lopez do que por talento. No final, o Grêmio ainda tem a esperança de lutar por uma vaga no G4 e para o Avaí resta a certeza de uma excelente campanha feita.

Cruzeiro(5º) 3 x 2 Santo André(17º): Grande jogo, o Santo André voltou a ser o Ramalhão que inferniza a vida dos grandes times e o Cruzeiro mostrou porque é o melhor time do segundo turno, todos os gols sairam no segundo tempo, agora sem querer fazer papel de conselheiro, mas já fazendo, os três “T” do Cruzeiro tem que estar em sintonia (Time, Torcida e Técnico), é nítido o descompasso da torcida com Adilson Batista e consequentemente, reflete na atuação do time. Eu lembro a todos, a Raposa tem a tabela teoricamente mais fácil daqui pra frente, Adilson Batista pode fazer o time ter um desempenho fantástico nesse segundo turno e levar o caneco.

Barueri(11º) 2 x 0 Flamengo(6º): Terminou a invencibilidade do rubro-negro, o Barueri voltou a jogar bem após a volta dos seus melhores jogadores, no lance do primeiro gol, tudo bem que Thiago Humberto estava impedido, mas o lençol que ele deu no Alvaro foi fora de série, repito o que já disse aqui inúmeras vezes, acho o time inteiro do Barueri bom, mas o T. Humberto é disparado para mim o melhor jogador. Sei que o Flamengo poderá reclamar da “ajudinha” da arbitragem, mas na minha opinião pelo que jogou ontem, com ou sem ajuda o Flamengo padeceria, fica claro a importância do “tio” Pet para o rubro-negro, o time com ele é favorito ao título e sem ele é mero coadjuvante.

Vitória(10º) 0 x 1 Corinthians(9º): Juro que não vi nada desse jogo, na verdade fiquei entretido com o jogo do meu tricolor, e portanto vi alguns lances apenas, achei o gol muito bonito do argentino Defederico que parece aos poucos mostrando o seu melhor futebol, ficou claro que ele disputa posição com Dentinho no time, diante disso ainda falta o meia armador o Corinthians.

São Paulo(1º) 1 x 0 Internacional(4º) Partida ganha no coração, mas especificamente no “Coração Valente”, brincadeiras a parte o gol de Washington ao apagar das luzes do primeiro tempo garantiu a liderança provisória para o tricolor, lembro que quando vi que o São Paulo não renovaria com ele não gostei nem um pouco, e vou lançar a campanha “FICA WASHINGTON!!”. Bom, vamos ao jogo, a partida não foi fantástica, mas foi interessante, do lado colorado D’ Alessandro comandou as ações e Taison infernizou Renato Silva no primeiro tempo, o segundo o menino cansou e foi substituído, o Inter até merecia sorte maior contra o meu tricolor, mas não soube aproveitar a oportunidade, Alecsandro perdeu várias oportunidades. Pelo meu São Paulo gostei da atuação de Hernanes, Dago e Gonzalez, o argentino vem conquistando seu espaço, mas disparadamente Bosco mostrou que sempre que Ceni for acometido pela inveja do Sr. Simon, o tricolor estará em boas mãos.

Analisando o Brasileirão-09 (Parte I)

Já para aquecer os motores para o Brasileirão, organizei os 20 clubes em ordem alfabética e durante os próximos sábados e quartas irei resumir 5 clubes por vez.

Para começar, analisei, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Botafogo e Corinthians. Seguem minhas considerações:

Atlético-MG: O time comandado pelo bom e rabugento técnico Leão, organizou um time “certinho”, não possui grande técnica, mas está muito competitivo e aguerrido, talvez uma das melhores escretes do Galo dos últimos anos. Destaque para a sintonia da dupla de ataque Diego Tardelli e Eder Luís.

Time base (4-4-2): Juninho, Marcos Rocha, Marcos, Leandro Almeida e Júnior; Renan, Carlos Alberto, Marcio Araújo e Lopes “Tigrão”; Éder Luis e Diego Tardelli. Téc.: Emerson Leão

Atlético-PR: Mesmo que não ganhe o Estadual, mostrou ser o melhor time do Paraná no momento, voltou as origens e apostou nos talentos de casa, mas alguns jogadores rodados para compor o elenco. Se trata de uma grande incógnita, se a molecada não sentir o peso da camisa, pode surpreender, mas tem tudo para lutar pela fuga do rebaixamento.

Time-base (3-5-2): Gallatto, Antônio Carlos, Rhodolfo e Chico;  Raul, Jairo, Julio Santos, Marcinho e Netinho; Wallyson e Rafael Moura. Téc.: Geninho

Avaí: Recém-promovido da Série B, o time do manezinho Guga, espera surpreender no Brasileirão, sua maior força está no banco, o treinador Silas está construindo uma sólida carreira e tem o elenco na mão, além do talento do meia Marquinhos (ex- São Paulo e Flamengo). No entanto, inicialmente é um dos meus favoritos ao rebaixamento.

Time-base (3-5-2): Eduardo; Emerson, Rafael e Turatto; Medina, Leo Gago, Marcus Vinicious e Marquinhos e Uendel; Evando e Lima. Téc.: Silas

Botafogo: Esse ano não surge como sensação carioca como nos outros anos, o time está bem montado pelo técnico Ney Franco, mas não possui peças de reposição. Para começar a defesa do time quase não possui zagueiros de origens, possui o meio marcador, o time depende exclusivamente do meio campo Maicossuel, o jogador está fazendo um bom campeonato, mas os palmeirenses e cruzeirenses sabem que ele não é tudo isso. O Fogão que não se cuide, ou vai substituir o Vasco na segundona.

Time base (3-5-2): Renan; Emerson, Juninho e Fahel; Alessandro, Léo Silva, Leandro Guerreiro, Thiaguinho e Maicossuel; Reinaldo e Victor Simões. Téc.: Ney Franco

Corinthians: O último time a ser analisado é disparadamente o mais forte desse grupo, o campeão da Série B manteve o elenco, complementou com as peças que faltavam. O time está competitivo e forte, o ponto forte do time para mim está na excelente dupla de volante que marca e apóia com eficiência, Cristian e Elias são a chave do sucesso do Corinthians, Mano parece ter encontrado a forma ideal do time jogar. Ah, além disso tudo, tem um cara na frente chamado Ronaldo que mesmo não chegando na forma ideal e um jogador fantástico, o que chamamos de craque.

Time-base (4-3-3): Felipe; Alessandro, William, Chicão e André Santos; Cristian, Elias e Douglas; Dentinho, Jorge Henrique e Ronaldo. Téc.: Mano Menezes.

E vocês, querem contribuir com a análise feita dos times? Comentem, cornetem…