Você concordou com a seleção da Fifa 2016?

fifapro2016

Com um pouco de atraso, mas vamos falar da seleção da FIFA.

Nessa segunda a Fifa divulgou sua seleção e o melhor do mundo. Sobre o melhor do mundo pouca coisa a comentar, Cristiano foi escolhido e não houve surpresa para ninguém, na verdade a única sensação que 2016 talvez tenha sido o ano que individualmente ficou mais fácil para alguém destronar a hegemonia Messi-CR7, porém ninguém se destacou a esse ponto, e foi Griezmann que disputou com eles.

Porém o atacante francês pecou e errou (pênaltis) nos momentos decisivos e jogaram contra ele, já o português que não teve um ano brilhante tecnicamente, ganhou tudo que era possível, inclusive uma surpreendente Eurocopa por sua seleção. Cristiano não sobrou em campo em 2016, mas ganhou tudo. Como um jogador é feito de suas atuações e títulos, prêmio muito bem dado.

E agora, vamos falar da seleção, os escolhidos foram: Neuer (Bayern Munique); Daniel Alves (Juventus), Piqué (Barcelona), Sergio Ramos (Real Madrid) e Marcelo (Real Madrid); Kroos (Real Madrid), Modric (Real Madrid) e Iniesta (Barcelona); Messi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Suárez (Barcelona).

Sinceramente, achei que algumas escolhas foram preguiçosas de quem não teve capacidade de olhar todos os campeonatos com carinho e resumiram o time ao duelo Barça-Real. Teve muita gente jogando muito bem em outras posições, o CMC10 vai escalar aqui, a seleção 2016 dele.

Donnarumma (Milan), Walker (Tottenham), Sergio Ramos (Real Madrid), Verthogen (Tottenham) e Marcelo (Real Madrid), Kante (Leicester / Chelsea), Pogba (Juventus / Man United), Coutinho (Liverpool), Messi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Suarez (Barcelona).

Fiquei fazendo esse exercício ontem e inicialmente Schmeichel (Leicester) e Kroos estavam escalados, mas depois fiz alterações e jogadores como Griezmann, Aubameyang, Neuer, Rafinha, Lewandowski, De Bruyne, Marquinhos, Godin, Varane, passarm pela minha cabeça porque também fizeram um bom 2016. 12 jogadores, mais do que um time, daria para montar um 3-4-3 muito bom.

Por fim, percebi que Neuer, Daniel Alves, Pique e Iniesta foram escalados por preguiça de boa parte de jogadores e jornalistas, muito na sensação de que ninguém vai dizer que eles estão errados em escalar esse trio, mas fica conveniente, não precisa olhar de verdade para ver quem se destacou em 2016 na posição.

Mesmo o meu time, eu acompanho muito mais o inglesão, espanholão e alemão, pode ser que perdi algum bom jogador em alguma posição que tenha atuado na Itália, na França ou em Portugal, por exemplo.

O que fica é o exercício de especular de cada um escalar a sua seleção de 2016.

E aí? Qual a sua seleção 2016?

Anúncios

Américas x Europa

ronaldomessi

Enquanto a Copa América caminha, amanhã começa a Eurocopa!

E aí não tem jeito, vem aquele exercício de como seria um duelo entre os melhores da América x os melhores da Europa. Portanto, o CMC10 resolveu fazer suas duas seleções, confira:

Américas

Howard, Dani Alves, Thiago Silva, Godin e Marcelo, James Rodriguez, Mascherano e Di Maria, Messi, Suarez e Neymar.

Um 4-3-3 clássico, com Masc de volante de contenção e lá na frente o caos que esse quinteto poderia causar.

Europa

Buffon, Lahm, Hummels, Varane, Alba, Verratti, Iniesta, Muller, Robben, Cristiano Ronaldo, Griezmann

Outro clássico 4-3-3 com a mesma ideia.

Engraçado que no processo de armar o time você percebe algumas coisas, a Europa teria um elenco muito mais recheado, Ibrahimovic, Pogba, Bale, Lewandowski são só alguns que ficaram de fora.

Muito dessa diferença de “elenco” se explica pela quantidade de forças em cada seleção, enquanto na América, basicamente o time é composto pelos times da Bacia da Prata, na Europa, só no time titular são 7 seleções, e ainda restam 3 diferentes na relação que passei de eventuais reservas, isso sem falar na Inglaterra e Bélgica (De Bruyne) que não listei ninguém.

E aí, o que vocês acharam?

Qual seria a seleção de vocês?

A Lista de 59 jogadores do Ballon D’or!

f1bcf

E saiu uma lista de 59 jogadores indicados para o prêmio Balon D’or da Fifa!

São 59 atletas distribuidos por 25 países. 13 da Europa (28), 6 da América do Sul (22), 2 Ásia (2), 2 da África (4), 1 da América do Norte (2) e 1 da Oceania (1).

Argentina com 6 jogadores lidera as indicações, seguido de Chile e Espanha com 5 cada.

Logicamente, todo mundo sabe que a disputa será entre CR7, Messi e mais um. Porém é interessante ver como evolui a lista, que passará a ter 23 nomes, para depois dez e por fim os três finalistas.

Fica claro também algumas questões políticas como a indicação de Luongo do QPR para ter alguém da Oceania, assim como os dois asiáticos.

Nosso país está mandando 3 jogadores nessa lista, Coutinho, Neymar e William. Para mim, incluindo Marcelo, formam as melhores peças de uma seleção brasileira.

Fiz o exercício de montar minha seleção do mundo com os indicados, confira:
Neuer, Sergio Ramos, Chiellini, Otamenti, Alaba, Kroos, Rakitic , Neymar, Messi, Hazard, Crisitano Ronaldo.

Nesse exercício, constatei que a defesa é uma piada, improvisei Sergio na direita, já que ele começou lá, mas tive a certeza de que não indicaria nunca Otamendi e Chiellini.
Percebi que faltou Godin, Varane, Hummels, enquanto sobraram Otamendi, Ospina, Medel, Morata, Luongo.

Confira a lista
ALEMANHA: Kroos (Real Madrid), Müller (Bayern), Neuer (Bayern).
ARGENTINA: Agüero (City), Mascherano (Barcelona), Messi (Barcelona), Otamendi (Valencia-City), Pastore (PSG), Tévez (Juventus-Boca).
AUSTRALIA: Luongo (QPR).
AUSTRIA: Alaba (Bayern).
BÉLGICA: Courtois (Chelsea), De Bruyne (Wolfsburg-Manchester City), Hazard (Chelsea).
BRASIL: Coutinho (Liverpool), Neymar (Barcelona), Willian (Chelsea).
CHILE: Bravo (Barcelona), Medel (Inter), Alexis Sánchez (Arsenal), Vargas (QPR-Hoffenheim), Vidal (Juventus-Bayern).
COLOMBIA: Bacca (Sevilla-Milan), Jackson Martínez (Porto-Atlético Madrid), Ospina (Arsenal), James Rodríguez (Real Madrid).
COREIA DO SUL: Son (Leverkusen-Tottenham).
COSTA DO MARFIM: Bony (Swansea-Manchester City), Touré Yaya (Manchester City).
CROACIA: Modric (Real Madrid), Rakitic (Barcelona).
ESPANHA: Diego Costa (Chelsea), De Gea (Manchester United), Iniesta(Barcelona), Morata (Juventus), Sergio Ramos (Real Madrid).
FRANCÊS: Benzema (Real Madrid), Griezmann (Atlético Madrid), Lacazette (Lyon), Pogba (Juventus).
GALES: Bale (Real Madrid).
GANA: Atsu (Everton-Bournemouth), Ayew (Marseile-Swansea).
HOLANDA: Depay (PSV-Manchester United), Robben (Bayern).
INGLATERRA: Kane (Tottenham), Rooney (Manchester United).
ITALIA: Chiellini (Juventus), Pirlo (Juventus-New York City).
JAPÃO: Ozakazi (Leicester City).
MÉXICO: Giovani dos Santos (Villarreal-LA Galaxy), Guardado (PSV).
PERÚ: Guerrero (Corinthians-Flamengo).
POLONIA: Lewandowski (Bayern).
PORTUGAL: Cristiano Ronaldo (Real Madrid).
SUECIA: Ibrahimovic (PSG).
URUGUAI: Cavani (PSG), Sánchez (River Plate), Luis Suárez (Barcelona).

E aí, gostaram?

A altitude pode afetar, mas é pior enfrentar o Messi…

Imagem

Galera do blog ontem foi um dos meus primeiros contatos com futebol no ano, olhando de forma mais concentrada, acompanhando todos os detalhes e nuances de uma partida. Acompanhei o clássico espanhol e o jogo do São Paulo.

No clássico espanhol, nenhuma grande novidade, um clássico que merece usar a palavra. Jogo pegado, com muita disposição e com talento de sobra em todos os cantos da partida.

O Real optou por uma tática mais vertical, aguarda um bote certeiro para sair em rápido contra-ataque, ora com Ronaldo, ora com Özil. Na escalação inicial, me surpreendeu a presença de Callejon, o jovem meia da base madrilenha, não dá sinais de ser superior a Modric ou mesmo Kaká, mas como Mourinho parece gostar de reafirmar sua teimosia, entendemos a escalação.

Já o Barcelona foi o de sempre. O que se tratando de Barcelona é ótimo! Destaque para Daniel Alves, fazia tempo que o lateral jogava apenas com o nome, ontem ele voltou a ser Daniel, foi para cima, provocou os rivais e foi peça importante nas jogadas ofensivas do time catalão. Contudo, percebo que o Barça começa a entrar naquela curva descendente do estilo de jogo, apesar do domínio na posse de bola, notei que os famosos triângulos já não estão tão compactos. Tem uma distância maior entre um e outro.

Resta saber se é mérito de Mourinho, ou o Barça já começa a se reinventar.

De qualquer forma, o Barça ainda encanta pelo estilo, por ter Xavi e Messi. Dois monstros. O jogo terminou 1×1, gol de Fabregas pelo Barça e Varane pelo Real. No fim do mês, teremos o jogo de volta e apesar de toda a dedicação do Real, acredito que será difícil não dar Barcelona.

Vamos agora ao jogo do São Paulo, um jogo com muitos gols e de um tempo para cada time.

Enquanto houve pulmão, o São Paulo estralhaçou mais uma vez o fraquíssimo Bolivar, o time brasileiro passeou na altitude, dando indícios de que Ceni tinha razão em dizer que muito era psicológico. Osvaldo e Jadson estão em excelente fase e construíram com facilidade o 3×0 favorável ao tricolor. O Bolívar ainda achou um gol no final do primeiro tempo.

Veio o segundo tempo e, ou as pernas dos brasileiros cansaram, ou o psicológico bateu. O Bolivar pressionou e foi construindo o placar ao seu favor, culminando no gol da virada e que decretaria números finais a partida. O Bolivar venceu a partida por 4×3.

Não vou me atentar a análise do Bolivar, falarei apenas do clube brasileiro.

O São Paulo decidiu adotar de vez o esquema 4-3-3, o time está bem firme e as peças de reposição no banco tem feito os titulares estarem sempre atentos, casos especiais de Rhodolfo, Cortez e Jadson. A sombra de Toloi, Carleto e Ganso fazem eles buscarem dar o máximo a toda partida.

Se Ney conseguir controlar o vestiário e a cabeça de Luis Fabiano, o ano promete ser promissor para o time do Morumbi.