Dá-lhe Rebolation!!

Galera do blog estou de volta. Ainda faz parte do meu cérebro Rebolation e Abre o Corredor, mas em breve elas terão ido embora.

Vou comentar sobre três jogos que aconteceram ontem, onde assisti um ao vivo, outro pelo VT e outro vi apenas os melhores momentos.

Mogi Mirim 0 x 3 Corinthians: O Corinthians jogou bem, sem fazer muita força, aliás nesse Paulistão está me surpreendendo a fragilidade dos times do interior, apenas Santo André e a Ponte Preta mostram times mas fortes tecnicamente, o alvinegro ganho com dois de Souza que parece enfim estar cumprindo seu papel.

Durante o jogo, fica claro qual é o único problema do Corinthians atual, a frente da sua zaga, Chicão e William (ontem jogou o Paulo André) forma uma excelente dupla, porém pesada, precisa de um cão de guarda a frente para melhorar o combate do time, a saída de Cristian ainda não foi reposta, Marcelo Mattos e Ralf tem apenas jogado “direitinho”.

Flamengo 1 x 2 Botafogo: Joel Santana é o cara mais sortudo jogando no Rio de Janeiro, venceu o Flamengo por 2×1, fez o Botafogo encerrar um jejum de 10 jogos contra o rubro-negro e se classificou para a final contra o Vasco.

Revi o jogo inteiro pelo VT, pelo lado rubro-negro, é impressionante como o time sofre da mesma dependência do Corinthians, a frente da zaga, a perda de Airton foi duramente sentida, ainda mais porque seu substituto é Toró, jogador mediano que sempre chega atrasado na bola. Pelo lado alvinegro, ficou claro que foi uma vitória da vontade e da disciplina tática, o time botafoguense é muito limitado, possui uma ótima dupla de ataque que vem se afinando com o passar do tempo e um bom lateral esquerdo, são essas as peças-chaves do Fogo.

Palmeiras 1 x 4 São Caetano: Acompanhei os melhores momentos do jogo , enquanto assistia a transmissão do jogo do Corinthians. Nada de novidade para mim, com relação ao Palmeiras, eu já disse inúmeras vezes, os jogadores defensivos do Palmeiras merecem no máximo jogar em um Atlético-PR, eu salvo apenas Pierre e Léo, o resto é muito fraco.

Agora, surpreendido fiquei com o Azulão, principalmente pela mudança de postura, desde que surgiu para o cenário do futebol nacional, o São Caetano sempre foi um time de defesa muito forte e saídas rápidas para o contra-ataque, porém ontem o que eu vi foi totalmente diferente, um time que vai para cima, Mandi, Everton Ribeiro e Eduardo são bons jogadores.

Jogos de Quarta!

Galera do blog mais querido, ontem alguns jogos rolaram pelos estaduais e Libertadores. Acompanhei alguns e aqui vão os meus comentários sobre o que eu vi.

Cruzeiro 7 x 0 Real Potosi: No jogo de volta pela Libertadores, o time celeste atropelou o time boliviano e deixou mais evidente como a altitude influencia o time que está acostumado com ela. Os gols cruzeirenses foram marcados por Marquinhos Paraná, Thiago Ribeiro, Kléber Gladiador, Jonathan, Eliandro, Bernardo e Guerron.

O time boliviano até tentou uma correria inicial, mas com o passar do tempo foi facilmente dominado pelo time brasileiro, tanto que ficou evidente a total fragilidade do time boliviano. Dessa forma, o Cruzeiro vai para o grupo 07 e encara de primeira o Velez, um dos maiores adversários dos clubes brasileiros na conquista desta Libertadores.

São Paulo 3 x 0 São Caetano: Enfim, o considerado time titular (com exceção dos recém-chegados), e deu para ver uma grande evolução, talvez ainda longe do ideal, porém o time atuou de maneira mais equilibrada. Gols de Washington, Dagoberto e Hernanes.

O time são paulino entrou com sua força máximae animou os torcedores desconfiados, principalmente na parte ofensiva, a movimentação de Paraíba e Dagoberto foi muito interessante e atormentou o sistema defensivo do Azulão, outro ponto positivo é a constante evolução de Jean como ala direita, o volante está melhorando cada vez mais o quesito cruzamento. A defesa ainda precisa de entrosamento, mas Xandão mostrou qualidade, o trio titular (Xandão, A. Silva e Miranda) promete dar conta do recado.

Flamengo 3 x 3 Olaria: Nada de novo no time rubro-negro, enquanto o ataque funciona muito bem, a defesa continua tomando muitos e muitos gols. Ontem, Vagner Love marcou dois e Imperador marcou mais um.

O time rubro-negro segue atuando da mesma forma como se tornou campeão, porém a diferença está na parte defensiva de seu meio campo, Airton, Willians e Maldonado possuiam excelente poder de marcação e rápida saída de bola. O chileno principalmente fazia uma proteção a frente da zada como poucos, hoje o time depende de Toró, logo a certeza de gols tomados é enorme. Airton tem muita facilidade em roubar a bola e sair em velocidade para o contra-ataque, apesar de toda qualidade de Kléberson, o jogador não possui o mesmo ímpeto do antigo jogador. Andrade terá que mostrar suas qualidades como treinador para ajustar o meio, ou reinventá-lo.

Além desses jogos, notei que o Corinthians entregou o ouro para a Ponte Preta na estréia do “seu lindo uniforme 3”. Que o Grêmio tropeçou contra o São Luiz e o Internacional não teve trabalho para vencer o Novo Hamburgo.

Pitacos da 36ª Rodada!!

O que dizer desse campeonato, hein? O meu tricolor perdeu em uma grande partida, tudo perfeito para o Flamengo assumir a liderança e levar a Magnética a loucura, mas não é que o Robin Hood surge e rouba pontos do rubro-negro, e o mais incrível o então enterrado Colorado ressurge do escuro vence o Galo dentro do Mineirão e chega com muita força para a disputa do título, esse campeonato continua sem ninguém poder fazer previsão de nada. Como diriam os sábios, o jogo só acaba quando o juiz apita. Pelo jeito, é melhor esperar a última rodada.

É Washington, tem que comemorar muito, a rodada que começou desastrosa terminou razoável.

Botafogo 3 x 2 São Paulo: Que jogaço!! Lógico que é péssimo escrever após a derrota, mas deve-se reconhecer a grande partida que aconteceu no Engenhão. A partida foi eletrizante, talvez deixou a desejar na beleza, mas a vontade dos dois times foi fantástica. Pelo lado do alvinegro, Jobson foi o nome da partida desmontou a defesa são paulina e participou ativamente dos três gols anotando dois gols e dando o toque para o terceiro. Pelo tricolor, destaque para Jorge Wagner, jogou muita bola, correu muito, na minha opinião Ricardo Gomes errou no segundo tempo, no lugar de Marlos cansado, colocaria o menino Mazzola que é veloz ao invés do bom centroavante Henrique. Em um campeonato que reclamamos tanto da arbitragem, eu tiro o chapéu para Sandro Ricci.

Sport 0 x 3 Fluminense: O Fluminense segue avassalador e contagiando todo mundo com sua luta pela fuga do rebaixamento, ainda não foi dessa vez, mas agora tem a certeza que depende somente de si mesmo, Conca, Fred e o coração vão tornando esse momento do Fluminense quase histórico. Pelo time pernambucano, resta apenas entrosar o time para 2010, identificar os problemas, repor o time com inteligência traçar um planejamento adequado.

Santos 4 x 0 Coritiba: E o Santos desencantou, adivinha porque? Isso mesmo, Madson voltou a jogar bola, ja que Ganso voltou a jogar bem. Para o alvinegro praiano, a certeza que o rebaixamento não passou de um pesadelo, mas resta apenas para o time garantir a vaga na Sulamericana. Pelo Coxa, o sinal acendeu de vez e começa a preocupar a proximidade do rebaixamento, aliás hoje pelo atual momento, os dois times paranaenses são os favoritos para jogar a Série B e fazer o clássico com o Paraná. Ainda não me conformo com o time do Alto da Glória, na minha opinião pelo time que tem não era para estar passando sufoco.

Santo André 4 x 2 Avaí: Mais um daqueles jogos onde o Santo André despertou e resolveu jogar bola, fez uma partida aberta contra o Avaí e venceu com um sonoro 4×2, mas de qualquer forma a chance de esse ter sido o último bom jogo do Ramalhão é forte, já que para cada um bom jogo, o time de Marcelinho joga outros quatro péssimos. Do lado da surpresa do campeonato, não há muito o que dizer, pois a partir de agora qualquer resultado que o time conseguir não modificará a certeza da excelente campanha realizada pelo time de Silas, que na minha opinião merece ser eleito o melhor técnico do Brasileirão.

O Mosaico dizia: "A Maior torcida do mundo faz a diferença.", era para ter feito, mas não fez... Ficou maravilhoso o mosaico, mas o Goiás calou o Maracanã.

Flamengo 0 x 0 Goiás: O time carioca sentiu a responsabilidade de vencer para se tornar líder, pressionou mas faltou apenas um detalhe, o gol. O meio campo rubro-negro estava perdido, Toró marcava Aírton e Zé Roberto não conseguiu infernizar a zaga como nos últimos jogos. O Goiás mostrou que vai complicar a vida dos adversários, o que me deixa incomodado já que o próximo adversário deles é o meu tricolor. Como esse Iarley é chato, agora se o Léo Lima, fosse meio Hernanes o esmeraldino teria vencido a partida.

Atlético-MG 0 x 1 Internacional: O Colorado não só chegou de vez no G4, praticamente garantiu a vaga na Libertadores e surpreendentemente volta a disputa do título. Esse campeonato é para matar qualquer um do coração. Do lado do time gaúcho, pode ser que seja tarde a recuperação, mas de qualquer jeito a tempo de chegar na Libertadores, o time voltou a mostrar aquele futebol vistoso do primeiro semestre. O meu Galo querido voltou a decepcionar sua incrível massa dentro do Mineirão, em um vacilo da zaga Giuliano marcou o único tento da partida. O Galo terá outro confronto decisivo para as suas aspirações enfrenta o Palmeiras dentro do Parque Antártica.

Vitória 2 x 1 Barueri: O time baiano voltou a vencer e assim espantou de vez a sombra do rebaixamento, vi apenas os gols, pelo lado do Vitória bom ver Leandro Domingues voltar a marcar e Roger sempre ele, amado e odiado, o atacante sempre deixa um golzinho, assim como Val Baiano pelo lado do Abelhão que marcou mais um.