E saiu a primeira lista da era Tite…

tite220816

“Em relação a convocação, é para os próximos dois jogos, não posso nem quero ser otimista e responsável nem o pessimista que só olha o fato negativo, só olho fato real. Estamos no momento não classificados para a Copa e buscando crescimento. A partir daí, surge nova etapa. Essa convocação é para estes dois jogos, melhor momento de cada atleta”

Confira os convocados:

Goleiros: Alisson (Roma-ITA), Marcelo Grohe (Grêmio), Weverton (Atlético-PR)

Zagueiros: Gil (Shandong Luneng-CHN), Marquinhos (Paris Saint-Germain-FRA), Miranda (Internazionale-ITA), Rodrigo Caio (São Paulo)

Laterais: Daniel Alves (Juventus-ITA), Fagner (Corinthians), Filipe Luis (Atlético de Madrid-ESP), Marcelo (Real Madrid-ESP)

Meias: Casemiro (Real Madrid-ESP), Giuliano (Zenit-RUS), Lucas Lima (Santos), Paulinho (Guangzhou Evergrande-CHN), Philippe Coutinho (Liverpool-ING), Rafael Carioca (Atlético-MG), Renato Augusto (Beijing Guoan-CHN), Willian (Chelsea-ING)

Atacantes: Gabriel Barbosa (Santos), Gabriel Jesus (Palmeiras), Neymar (Barcelona-ESP), Taison (Shakhtar Donetsk-UCR)

Com essa frase Tite explicou a convocação, e dessa forma montou essa lista.

Sinceramente, tinha gostado mais daquela que vazou supostamente do que a realidade, porém, também acredito que lista de convocado da seleção nunca agradará a maioria, todo mundo tem seus preferidos e formas de pensar, mas prefiro me ater aos critérios ditos por Tite para fazer alguns questionamentos.

Tite se apoiou muito em dizer que convocação é momento, por isso priorizou aqueles que estão em atividade e que o momento é de buscar classificação e não reformulação.

O engraçado é que de cara, temos 9 novidades entre os 23, ou melhor 09 atletas que não eram convocados com frequência, logo me parece uma reformulação no grupo. Só reforçando, não acho errado reformular, até porque o treinador tem seus homens de confiança, o que quero destacar é o que Tite disse não condiz muito com as opções feitas.

O próximo que é momento, vou ao Grêmio para olhar dois jogadores específicos para fazer o contraponto, Giuliano e Luan. o meio campista foi bem, mas saiu a um tempo para a Rússia e está na mesma pré-temporada que o Ganso, que anda jogando muito mais e consequentemente em um “momento melhor”.

Por outro lado temos Luan, Tite foi bem ao trazer 7 atletas olímpicos, achei um exagero, mas foi bem, aproximar a geração mais nova é fundamental para que a seleção não sofra com troca de gerações, como atualmente. Contudo, quem jogou mais que Luan nessa Olimpiadas, o polivalente jogador de frente foi peça chave para fazer a seleção sair de 0x0’s inóspitos contra Iraque e África do Sul para uma campanha consistente rumo ao ouro olímpico.

Portanto, entre os queridos Gabriéis, Luan está em um momento melhor.

Por fim, Tite fez o que todos fazem, escolheu homens de confiança, mas optou por seus tradicionais discursos bem montados que desviam um pouco a imprensa, não acho errado a opção de Tite, mas é para ficar atento quanto ao discurso.

E acima de tudo, estamos juntos com esses 23, que junto com Tite e embalados pelo ouro olímpico recuperem o bom futebol.

Anúncios

A melhor defesa é o ataque!

Foto: Adelson Costa

Foto: Adelson Costa

Vocês sabiam que ao final da 13ª rodada do Brasileirão, os três jogadores mais faltosos do campeonato são atacantes?

Sim, depois de um terço de campeonato, Grafite (Santa Cruz – 40 faltas), Gabriel Jesus (Palmeiras – 35 faltas) e Kléber Gladiador (Coritiba – 35 faltas) lideram o quesito, são os jogadores que mais cometem falta no campeonato brasileiro.

Os dados foram retirados do ótimo site footstats.net, que se você olhar entre os 20 mais faltosos, temos 08 atacantes, 06 volantes, 05 laterais e somente um, um único zagueiro nessa lista.

Mas porque o Cadê Meu Camisa 10 traz essa informação?

Primeiro pela curiosidade imediata de não ver um zagueiro ou pelo menos um volante brucutu entre os três primeiros, segundo porque isso mostra como o futebol mudou sua forma de jogar e como estamos ainda que aos trancos e barrancos também acompanhando essa mudança.

Hoje o futebol é muito mais corrido, dinâmico e coletivo, foi-se o tempo que o cara com talento tinha tempo para criar uma jogada mágica, hoje em pouco tempo ele é atropelado por uma manada de gnus, aquela que tirou a vida de Mufasa quando ele foi proteger Simba (sim, hoje acordei inspirado).

Sendo assim, é necessário que os 11 jogadores estejam comprometidos até a tampa com a marcação, que ninguém tenha o luxo de não marcar, mesmo com intensidade menor, todo mundo precisa ajudar. Como Patón Bauza e Tite gostam de frisar, “no meu time os 11 marcam e se possível os 10 atacam”.

Só que ai aparecem nossos “problemas” de formação, se hoje em dia é obrigatório que o atcacante saiba marcar porque o futebol exige, vemos nas estatísticas que eles até estão dispostos a ajudar, mas não possuem nenhuma técnica de marcação, acabam indo afoitos e cometem muitas faltas.

Isso sem falar na máxima lei do futebol existente aqui no Brasil, o perigo de gol ou aquela famosa parada de costas que o zagueiro faz, onde ao menor contato do atacante ele já cai e grita desesperadamente como se sua dignidade tivesse sido arrancada.

De qualquer forma, é interessante ver algumas mudanças no estilo de jogo, ver os atacantes marcando de forma mais contundente, o entendimento que o futebol é coletivo, todo mundo precisa ajudar, a começar pelos centroavantes, mas que de qualquer jeito, ainda precisam aprimorar um pouco, para não ter tanta falta.

Em tempos atuais, o sábio ditado futebolístico que dizia que “a melhor defesa é o ataque” precisa ser entendido melhor, acho que estão interpretando um pouquinho errado.

Me sigam no Twiiter: @cademeucamisa10

É preciso realmente ser co-irmãos…

lbtto_godfather03

O mimimi de Roberto de Andrade é o retrato mais evidente de como funciona o futebol em nosso país.

Somente o meu ponto de vista interessa, somente aquilo que me interessa eu me posiciono, o resto fica para cada um cuidar do seu problema. Aliás, trouxe o exemplo de Roberto de Andrade porque apesar de gostar no geral de sua atribuição como presidente de um grande clube e ele tem passado por situações antagônicas.

O próprio Roberto que reclamou do que a CBF fez com Tite, foi lá e fez igual com o Grêmio, ao tentar convencer o treinador a ir atuar em seu time. Foi o próprio Roberto que disse que o problema da Portuguesa era só dela, ao invés de sentar e decidir por uma melhoria dos clubes coletivamente.

Foi ele também que já exigiu punição para torcida organizada rival, mas colocou a do seu clube para conversar em uma salinha com os jogadores do seu time, em puro ato de coerção ao elenco.

E que fique claro, usei o Roberto de Andrade como exemplo pelos casos recentes, isso repete com recorrência absurda pelo Brasil inteiro. É o oportunismo e imediatismo brasileiro que aflora, é como dizemos várias vezes o futebol explica o Brasil e vice versa.

Nada do que acontece na nossa sociedade não está espelhada ali dentro dos campos, é preciso muito mais que medidas, é necessário mudança de cultura, de valores, uma transformação profunda na forma como vemos as nossas relações.

Em recursos humanos, na área que trabalho, o que vemos cada vez mais é o fim da relação de independência, o que está em evidência é a interdependência, a necessidade de todos se ajudarem para permanecerem vivos.

Cada clube pode ter sua autonomia, sua forma de se gerenciar, de como quer atuar dentro do mercado do futebol, quais serão seus parceiros principais e como será a relação com cada um e qual o papel, porém é fundamental que se entenda, que sem os demais clubes, ele também morrerá.

Os clubes precisam entender, que acabou a fase que bastava pensar em si, para a sua sobrevivência é preciso que todos sobrevivam, sozinho um clube não terá função nenhuma no futebol.

A interdependência é premissa básica para todos no futebol hoje em dia, se não o colapso que já se evidencia, será inevitável.

Nunca a palavra co-irmão fez tanto sentido para a continuidade do nosso querido futebol.

E se o campeonato acabasse na 09ª rodada?

cazares200616

O Palmeiras seria campeão pelo saldo de gols!

Cuca chegou e rapidamente já faz o time palmeirense ter uma postura muito ofensiva, pode correr riscos como contra o Coritiba, mas sempre terá o impeto ofensivo como premissa básica.

Completando o G4, estaria a dupla Gre-Nal (3º e 2º) e o Corinthians fechando o bloco. Corinthians que anunciou Cristovão como treinador, espero que ele tenha tempo e consequentemente sucesso, mas é irônico pensar que Cristovão foi fundamental para Tite ser o que é.

No meio da tabela, três destaques, o primeiro para o jogo eletrizante entre Flamengo 2×2 São Paulo. O segundo, positivo, vai para a Chape, a única a vencer fora nessa rodada, e segue junto do Grêmio como o time que menos perdeu nesse campeonato.

E o terceiro para a “até que enfim” vitória do Galo. Com boa atuação sobre a Ponte Preta, o time mineiro venceu e mostrou que a chegada de Cazares era o que faltava para o time funcionar como um todo.

Na parte debaixo da tabela, um pelotão de cinco time com 8 pontos, sendo que o Coritiba nos critérios de desempate é aquele que estaria escapando por enquanto. Os eleitos para a Série B seriam Sport, Botafogo, América e Cruzeiro.

Sendo que a Raposa segue patinando, muito mais por restrição do elenco do que pelo trabalho de Paulo Bento, até porque, acabou de começar.

A 9ª rodada acabou com 32 gols, a segunda maior marca desse campeonato. Foram 8 vitórias dos mandantes, 1 empate e 1 vitória dos visitantes. Amplo domínio de quem jogou em casa. Meu destaque da rodada vai para o Cazares que recolocou o Galo no caminho das vitórias. Lembrando que escolho meu destaque a partir dos jogos que vi.

E para você seria se o campeonato acabasse na 09ª rodada?

 

Titebilidade na amarelinha…

image

E chegou a vez do Tite!

Será interessante ver as primeiras escolhas dele para a montagem do elenco, costumo dizer que são as três primeiras convocações que mostram qual a expectativa que ele tem sobre a montagem do time.

Depois é só ajuste fino.

Além disso, veremos alguns homens de confiança dele sendo convocados, e  quem serão eles.

Aposto na volta de Thiago Silva e Marcelo, e quero muito entender quem será o homem que terá a função do 9 de Tite.

Acho que entre a convocação da Copa América e a próxima de Tite, teremos as voltas de Thiago, Marcelo e Neymar e arrisco duas surpresas por parte do treinador.

Confesso que pode parecer loucura, mas não duvidaria de um Vagner Love.

De qualquer forma, a CBF resolveu o problema dentro de campo, agora precisa resolver as coisas do lado de fora, que estão bem piores.

E vocês, o que acharam da chegada de Tite?

E se o campeonato acabasse na 4ª rodada?

marquinhosgabriel300516

O campeão seria o Grêmio! Aliás, a dupla gaúcha terminaria dividindo as duas primeiras posições, mas o tricolor ficaria com o caneco.

Os comandados de Roger possuem dez pontos em quatro jogos e a marca interessante nesse início de não ter levado nenhum gol. O time tem mostrado bom conjunto e dá sinais de que a traumática eliminação da Libertadores já ficou muito no passado.

Completando o G4, está a sensação Santa Cruz do ótimo Milton Mendes e o Corinthians que parece aos poucos voltando ao normal, porém São Paulo (5º), Flamengo (6º) e Fluminense (7º) que estão empatados com o time de Tite, porém com saldo de gols inferior.

Destaque inclusive para a vitória do tricolor paulista no clássico contra o Palmeiras, apesar do placar mínimo, o time mostrou que será um time difícil de ser batido e que poderia ter ganhado com maior folga se não fosse por Prass.

O destaque de atenção é para o Galo, o time parece ainda patinando na recuperação pós eliminação na Libertadores, muito pelos desfalques, mas também tem ainda um “quezinho” de confiança. É time para brigar na ponta da tabela, mas precisa reagir rápido antes que fique tarde.

Na parte debaixo da tabela, Figueirense e América-MG dão indícios que terão dificuldades para sair dessa zona, enquanto Sport tornou-se imprevisivel e o Cruzeiro precisa ver quanto tempo o time precisará para entender Paulo Bento.

Por fim, a rodada voltou a decepcionar nos gols, foram apenas 19, com 4 vitórias dos mandantes, 3 empates e 3 vitórias dos visitantes. O meu destaque individual será apenas pelo gol, fiquei entre o drible desconcertante de Kelvin no veterano Zé Roberto, ou o golaço de Marquinhos Gabriel, em respeito ao Zé, coloquei Marquinhos na foto.

E para vocês, como seria se o campeonato acabasse na 4ª rodada?