01, 02, 03, 04, 05, 06, 07, 08, .., .. e 11

O futebol brasileiro vem dando sinais engraçados da influência européia na sua formação. O futebol dinâmico de muita posse de bola e marcação forte, tem privilegiado a formação de volantes e esquecido dos nossos meias e agora atacantes.

Nos últimos anos, estamos sentindo cada vez mais falta do nosso querido Camisa 10, e nesta temporada reparei que estão sumindo os camisas 09, longe de abrir um novo blog, mas passível de mais uma boa discussão.

Vamos olhar para os clubes brasileiros, começando por Sâo Paulo, o meu tricolor não tem um camisa 09, Fernandão talvez, no Palmeiras, um dos poucos sobreviventes, Gladiador é na minha opinião um autêntico camisa 09. No Santos, Keirrison precisa comer muita farinha, enquanto o 09 do Corinthians já comeu muita farinha. É um craque, mas hoje é importante para o grupo não na função de finalizador.

No Rio de Janeiro, o Flamengo tem Deivid, se recuperar a boa forma é um bom camisa 09, pela temporada feita em 2010, os rubro negros tem saudades de Obina. O Fluminense pode se orgulhar de possuir dois camisas 09 de verdade, Fred e Washington, são dois goleadores, o segundo um tanto quanto caneludo, mas faz muito mais gol que outros que se consideram o artilheiro. No Botafogo, Loco Abreu é um camisa 09 de verdade, enquanto no Vasco, Nunes é um camisa 09 no discurso apenas, mas o futebol está muito mais para a camisa 03.

Em Minas, o ditado que dá o tom é: “Em terra de cego, que tem um olho é rei!”. Já que o Galo tem Obina e Tardelli, e na Raposa, Wellington Paulista e Thiago Ribeiro. Quatro bons atacantes, mas longe da autoridade da camisa 09. No Sul, Jonas vive o ápice da sua carreira, o que o credencia neste momento entre os grandes atacantes, já no rival vermelho, Alecsandro é totalmente questionado pela própria torcida.

Desta forma, chego a conclusão que não temos 05 atacantes de qualidade no futebol brasileiro. Na minha opinião, apenas, Fred, Kléber Gladiador e Loco Abreu se enquadram neste quesito. É lógico que a nação corintiana irá pleitear a presença de Ronaldo, que na minha opinião é de longe o melhor atacante que vi jogar e talvez o melhor da história, mas tudo isso no passado.

E vocês, como enxergam os atacantes que atuam no Brasil?

Anúncios

Quarta dos Visitantes!!

Galera do blog, ontem acompanhei os dois jogos da Libertadores e pelo jeito era dia dos visitantes. No Rio de Janeiro, um Flamengo apático e com a defesa errando bizonhamente perdeu para Universidade do Chile, enquanto no Mineirão, o meu tricolor surpreendeu e de maneira eficiente venceu e levou grande vantagem para o Morumbi, vamos aos jogos:

Flamengo 2 x 3 Universidade do Chile: O rubro negro foi derrotado por culpa das suas próprias falhas, o time falhou muito na defesa de forma infantil. O time chileno que não é bobo, aproveitou as chances que teve para converter em gols. O Flamengo ainda conseguiu fazer dois gols sendo um quase no final do jogo. Agora, o Flamengo precisa vencer por dois gols de diferença, ou por um gol a partir do 4×3. Ou seja, ficou complicado para o Flamengo.

O Maracanã estava em festa mais de 70.000 pessoas, mas parece que o efeito convocação deixou o time meio “aéreo”, tanto a euforia por Kléberson como a tristeza pelo Adriano, o time entrou sonolento e desatento, logo aos 4 minutos o time vacilou feio na defesa e Victorino calou o Maracanã. Era 1×0 para os chilenos. Não suficiente, o time continuava a errar muito no meio de campo, principalmente Rômulo que logo foi substituído, mas nada adiantou aos 24, Bruno falhou feio e Olarra marcou o segundo. O cenário era desesperador, mas como em uma ironia do destino, o tal efeito convocação voltou a aparecer, dessa vez de forma positiva, Kléberson que era perseguido pela torcida, fez boa jogada e colocou na cabeça do Imperador que não desperdiçou. O Flamengo diminuia, e ia para o intervalo com o prejuízo diminuído e com um a mais em campo, já que Iturra foi expulso no final da primeira etapa.

Se o Flamengo tinha tudo para voltar no segundo tempo, sufocando o time chileno, o que se viu foi a tragédia completa com pouco mais de 2 minutos da segunda etapa, outro apagão da defesa rubro-negra e o time chileno entrou tocando com muita facilidade até chegar em Fernandéz que só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede. Para o Flamengo não restava muito coisa a não ser atacar o adversário, mas a defesa chilena estava muito bem postada e tornava complicada a missão do Flamengo, contudo, de tanto insistir, Juan conseguiu aos 44 acender uma pequena luz de esperança ao chutar uma bola que foi desviada e morreu no fundo da rede do time chileno. A situação não ficou tão desastrosa para o Flamengo, mas será dificilímo reverter o resultado.

Cruzeiro 0 x 2 São Paulo: Em grande atuação da defesa são paulina aliada a um pouco de sorte e a excelente estréia de Fernandão, o tricolor conseguiu um excelente resultado dentro do Mineirão, o time do Morumbi fez um ótimo primeiro tempo e se contar que a pressão no final do jogo seria natural, o time foi perfeito, soube jogar na casa do adversário e deu um grande passo rumo a semifinal.

O jogo começou com os dois times tímidos, ambos estudaram a formação adversária, o São Paulo começou forçando muito o ataque pelo lado esquerdo, obrigando Jonathan a não subir tanto. Da mesma forma, Gilberto não estava em um bom dia e não conseguia desafogar o jogo pelo outro lado. Thiago Ribeiro era muito bem marcado, assim como Kléber. O Cruzeiro tinha posse de bola, mas não assustava o São Paulo. Aí surgiu a estrela do estreante, Fernandão fez excelente tabela com Marlos que surgiu sozinho e cruzou com tranquilidade para Dagoberto empurrar para o fundo das redes. O São Paulo abriu o marcador e levou o segundo tempo de forma tranquila, sem ser muito assustado.

Veio o segundo tempo e as coisas pareciam que seguiriam da mesma formas, o Cruzeiro continuava contando com o talento de seus atacantes já que seu meio campo continua ineficiente na criação e o São Paulo conduzia a partida de forma inteligente na defesa e contra atacava de maneira perigosa e novamente próximo a metade da etapa, Fernandão surgiu de novo, em mais um contra ataque do tricolor paulista, Fernandão deu um toque de craque, de calcanhar o novo contratado deixou Hernanes sozinho que só teve o trabalho de olhar, escolher o canto e fuzilar para o gol. Depois disso, Adilson arriscou tudo que podia, o Cruzeiro até pressionou o time são paulino, criou algumas chances, mas que pararam ou em Ceni, ou na brilhante atuação da defesa ou na sorte que acompanhou o time na noite de quarta.

O São Paulo de forma surpreendente deu um passo gigantesco para a classificação, terá apenas que fazer a lição de casa de maneira tranquila, mas acima de tudo, se o time mostrar a mesma postura deste jogo no Mineirão, o time passa a ter chance de disputar o título da Libertadores.

Libertadores e Champions!!

Galera do blog mais querido, ontem deu para assistir três jogos na sequência, vamos a eles:

Inter de Milão 2 x 1 Chelsea: No duelo a parte entre os técnicos, o cauteloso Ancelotti arriscou e jogou com três atacantes, mas de nada adiantou, o sempre eficiente Inter marcou dois gols, jogou a maior parte do tempo atrás da linha da bola e saiu com uma boa vantagem para Londres.

Sei que falar em boa vantagem, parece loucura, já que os Blues precisam de apenas 1×0 para avançar para as quartas, porém os nezazurri são tão eficientes que não será fácil a tarefa do time inglês. Na partida Drogba ficou devendo, o marfinense vinha sendo decisivo em todos os jogos do Chelsea, nesse que ele não jogou bem o time londrino amargou a derrota. Do lado da Inter, foi bom ver Julio Cesar em ação mesmo após o acidente. Milito é quase o Washington europeu, o jogador é grande trombador e sem muita habilidade, mas quase sempre deixa sua marca. Grande atacante. O jogo de volta promete.

Cruzeiro 4 x 1 Colo-colo (CHI): Pela segunda partida na Libertadores, o Cruzeiro enfrentou do veneno a seu favor, dessa vez foi o time chileno que teve dois jogadores expulsos, e foi dessa forma que o time construiu um importante placar dilatado, fundamental nesse grupo que promete ser decidico na última rodada.

Pelo jogo, o Cruzeiro mostrou seu futebol envolvente de sempre, atacando muito e criando muitas chances de gol, logo de cara Thiago Ribeiro abriu o marcador. Na sequência, Jonathan se atrapalhou entregou um presente para o ataque chileno que empatou a partida. Porém o time não se abalou e continuou criando, com trocas de passes envolventes que foram pendurando os jogadores chilenos, o segundo gol era questão de tempo, mas em foi em uma bola parada que Leo Silva sofreu pênalti, que Kléber cobrou mal, contou com a sorte e fez o segundo gol da Raposa.

Logo após o segundo gol, o volume ofensivo do time mineiro ocasionou em duas expulsões do time chileno, a partir daí a porteira abriu e o Cruzeiro ainda guardou mais dois. Apenas como atenção, apesar da vitória dilatada, ficou claro que o time ainda tem sério problemas defensivos, Adilson não encontrou o equilíbrio, enquanto o time é excelente ofensivamente ainda peca defensivamente, mas que fique claro não é culpa da defesa e sim da recomposição do meio campo para marcar.

Corinthians 2 x 1 Racing (URU): Pode não ter sido a estréia que todo corintiano imaginava, mas serviu para que o time sinta o que é Libertadores, passar o nervosismo para seguir em frente na Libertadores, mas ficou uma sensação estranha já que o time uruguaio era horrível e o alvinegro sofreu muito para vencer.

Tudo o que não poderia acontecer, levou menos de dois minutos, em uma falta boba, bola alçada na área, William apenas olha deixa o atacante cabecear e encontrar seu companheiro livre para fazer 1 x 0 logo no início do jogo. Se a proposta do time alviverde era se defender, ficou melhor ainda com esse gol no início. E se o Corinthians de 2009 parecia não ficar afetado com um gol tomado, o de 2010 sentiu e os semblantes de alguns jogadores mostravam todo o nervosismo.

O time começou a insistir em jogadas pelo meio ao invés das pontas, movimenta-se pouco na frente das duas linhas de defesa uruguaia, até que o time teve um instante 2009 e rápida troca de passe e boa movimentação, Ronaldo saiu da área e achou Tcheco fazendo a função de pivô que em um toque sensacional de letra encontrou Elias que surgiu atrás de toda a zaga e empatou a partida. A sensação era que a partir daquele momento o time se acalmaria e faria o resultado tranquilamente, mas ficou só na sensação, o time voltou a repetir os mesmos erros, até ter um segundo instante 2009 no segundo tempo, quando Souza em ótima jogada encontrou Elias de novo livre para marcar o segundo e levar a Fiel a loucura.

Quando dizemos que Libertadores é diferente de tudo que se pensa em futebol na América Latina, ninguém acredita, mas ontem na partida do Corinthians isso ficou claro.
Jorge Henrique, William e Alessandro sentiram muito o que é uma Libertadores fizeram uma partida horrível, além de estarem exageradamente ansiosos. Por outro lado, Tcheco mostrou o quanto Mano estava certo em trazê-lo, junto de Elias que mostrou que não tem medo da Liberta, os dois foram os melhores em campo.

Jogos de Quarta!

Galera do blog mais querido, ontem alguns jogos rolaram pelos estaduais e Libertadores. Acompanhei alguns e aqui vão os meus comentários sobre o que eu vi.

Cruzeiro 7 x 0 Real Potosi: No jogo de volta pela Libertadores, o time celeste atropelou o time boliviano e deixou mais evidente como a altitude influencia o time que está acostumado com ela. Os gols cruzeirenses foram marcados por Marquinhos Paraná, Thiago Ribeiro, Kléber Gladiador, Jonathan, Eliandro, Bernardo e Guerron.

O time boliviano até tentou uma correria inicial, mas com o passar do tempo foi facilmente dominado pelo time brasileiro, tanto que ficou evidente a total fragilidade do time boliviano. Dessa forma, o Cruzeiro vai para o grupo 07 e encara de primeira o Velez, um dos maiores adversários dos clubes brasileiros na conquista desta Libertadores.

São Paulo 3 x 0 São Caetano: Enfim, o considerado time titular (com exceção dos recém-chegados), e deu para ver uma grande evolução, talvez ainda longe do ideal, porém o time atuou de maneira mais equilibrada. Gols de Washington, Dagoberto e Hernanes.

O time são paulino entrou com sua força máximae animou os torcedores desconfiados, principalmente na parte ofensiva, a movimentação de Paraíba e Dagoberto foi muito interessante e atormentou o sistema defensivo do Azulão, outro ponto positivo é a constante evolução de Jean como ala direita, o volante está melhorando cada vez mais o quesito cruzamento. A defesa ainda precisa de entrosamento, mas Xandão mostrou qualidade, o trio titular (Xandão, A. Silva e Miranda) promete dar conta do recado.

Flamengo 3 x 3 Olaria: Nada de novo no time rubro-negro, enquanto o ataque funciona muito bem, a defesa continua tomando muitos e muitos gols. Ontem, Vagner Love marcou dois e Imperador marcou mais um.

O time rubro-negro segue atuando da mesma forma como se tornou campeão, porém a diferença está na parte defensiva de seu meio campo, Airton, Willians e Maldonado possuiam excelente poder de marcação e rápida saída de bola. O chileno principalmente fazia uma proteção a frente da zada como poucos, hoje o time depende de Toró, logo a certeza de gols tomados é enorme. Airton tem muita facilidade em roubar a bola e sair em velocidade para o contra-ataque, apesar de toda qualidade de Kléberson, o jogador não possui o mesmo ímpeto do antigo jogador. Andrade terá que mostrar suas qualidades como treinador para ajustar o meio, ou reinventá-lo.

Além desses jogos, notei que o Corinthians entregou o ouro para a Ponte Preta na estréia do “seu lindo uniforme 3”. Que o Grêmio tropeçou contra o São Luiz e o Internacional não teve trabalho para vencer o Novo Hamburgo.

Pitacos da 34ª rodada!!

Fluminense 091109

Galera do blog mais querido de futebol, o campeonato está fantástico, faltam apenas 4 jogos e os quatro primeiros estão embolados, coloco o Cruzeiro também na disputa, apesar de gostar muito do Colorado, vejo o time gaúcho fora da disputa pelo G4, o time tenha talvez o futebol mais bonito, mas nada efetivo, o time peca demais na hora de mandar a bola para o fundo do gol, vamos aos pitacos:

Santos(12º) 3 x 1 Náutico(19º): Kléber Pereira desencantou e o filé de borboleta Neymar voltou bem da seleção sub17, resultado, vitória santista, Kléber Pereira anotou o seu de pênalti e Neymar fez os outros dois, Ailton descontou para os pernambucanos que começam a ver o rebaixamento chegar cada vez mais perto. Do lado santista, uma vitória para afastar qualquer fantasma, mas a certeza que o time tem que melhorar muito para o ano que vem.

Vitória(13º) 0 x 1 Avaí(7º): O querido e bom time baiano desistiu do futebol nessas últimas rodadas, alias Vitória e Goiás tem sido ultimamente os melhores adversários, ambos os times estão apáticos em campo. No Barradão, com um gol de William, o Avaí derrotou o time baiano, se consolidou como a grata surpresa desse campeonato, do lado do Vitória, Mancini está de cabeça quente para encontrar o melhor ajuste para o time.

Sport(20º) 2 x 3 Cruzeiro(5º): Acho que Chamusca, mostrou o VT do jogo do Cruzeiro contra o Fluminense e disse: Temos que fazer igual!!, só esqueceu de avisar aos seus comandados que era para fazer igual ao Fluminense e não igual ao Cruzeiro, resultado, o primeiro tempo excelente do time pernambucano, com dois gols de Wilson, e na segunda etapa domínio total do time celeste que virou a partida com gols de Thiago Ribeiro, Leo Silva e Guerron. Ah, e apenas para constar o Sport demitiu o treinador Perícles Chamusca.

Corinthians(8º) 2 x 0 Santo André(18º): É impressionante, como o gordo é fundamental para o time corintiano, ultimamente todo gol corintiano tem a participação dele, quando não é fazendo o gol é dando a assistência, mesmo quando o passe sai errado ele acerta, como no gol de Dentinho. Pelo Ramalhão, a luz já começa a sumir, não vejo esperança para o time escapar do inevitável rebaixamento.

Fluminense(17º) 1 x 0 Palmeiras(2º): E o Palmeiras depois de muito tempo perde o primeiro lugar, assim como o Fluminense que era dado como morto tem chance real de escapar do rebaixamento, agora sobre o jogo, um especial agradecimento ao senhor Simon, o que ele fez ontem foi vergonhoso, arbitragem tendeciosa, aliás esse sujeitinho é nojento, péssimo árbitro. Anulou um gol legítimo do Obina, não marcou um pênalti escandoloso que o Gum fez no Danilo, além de não expulsar o garoto Alan que deu uma cabeçada em Armero. Falando de futebol, independente da influência da arbitragem, futeboliscamente falando, os jogadores do Palestra precisam tomar um choque, principalmente os decisivos, Diego Souza e Vagner Love estão totalmente apagados, pelo lado do tricolor das Laranjeiras a sua dupla decisiva tem feito a sua parte, Conca e Fred podem tornar o impossível, possível.

Atlético-MG(4º) 1 x 3 Flamengo(3º): Meu galo querido, sofreu do mesmo golpe que o Palmeiras, enfrentou um baixinho carrancudo que mal fala português, mas entende tudo de futebol, Petkovic. O sérvio está fazendo chover nessa reta final, se em campo ele foi muito bem marcado, o que restava para ele era nas bolas paradas e foi assim que ele abriu o marcador, em um belo gol olímpico, assim como tinha feito contra o Palmeiras, Pet repetiu a dose, mas na minha opinião esse foi muito mais bonito plasticamente. De qualquer forma, Andrade resumiu bem a partida: “O jogo foi bom, aberto, os dois times criaram chances e mereciam a vitória é que nós fomos mais eficientes hoje, graças a Deus”. Os dois times seguem firme na disputa pelo caneco, resta saber se o meu querido Galo assimilou bem o golpe.

Barueri (11º) 1 x 1 Internacional(6º): E o Colorado segue fazendo atuações maravilhosas de futebol, mas sem vencer, o primeiro lance do jogo foi um resumo da partida, Giuliano fez fila dentro da área do Abelhão, um lance genial, rolou a bola para Andrezinho na marca do pênalti sem goleiro para o meia guardar na rede, mas Andrezinho preferiu isolar a bola. Os gols saíram em duas bobagens dos goleiros, na primeira Lauro engoliu um frangaço no chute de Márcio Careca e no empate colorado, Márcio saiu catando borboleta e Fabiano Eller que não tem nada a ver com isso, marcou o gol de empate.

Atlético-PR (14º) 2 x 0 Goiás(10º): O Goiás parece ter entregue esse segundo turno de bandeja, sua participação neste returno chega a ser pífia, ontem novamente a apatia tomou conta dos jogadores esmeraldinos, enquanto do lado rubro-negro, o Furacão marcava muito forte e tentava chegar ao gol, comandados por Paulo Baier, o Atlético com Marcinho e Wally, venceu a partida se afastou ainda mais do rebaixamento e deixou o Goiás fora da disputa pelo sonhado G4.

Botafogo(16º) 2 x 0 Coritiba(15º): O Botafogo chegou a terceira vitória consecutiva nesse campeonato, abre cinco pontos de vantagem na fuga do rebaixamento, já o Coxa começa a ver a galera debaixo se aproximar perigosamente. Renato e Lúcio Flávio marcaram pelo alvinegro.

Pitacos da 31ª Rodada!!

Agora desencatou!!!

Agora desencatou!!!

Galera, bagunçou geral!! Esse Brasileirão o mais fácil do últimos tempos, está sem dono, no fim das contas a rodada foi péssima para o Palmeiras e para o Marcelo Campos Pinto, pois está na cara que Brasileirão de pontos corridos é muito melhor que mata-mata.

Vamos as análises:

Atlético-MG(2º) 1 x 0 Vitória(9º): Como sempre Tardelli foi decisivo, marcou o seu e colocou o Galo de vez na disputa pelo título, volto a repetir e lembro que todos deram risada da minha cara, o Galo é o meu favorito ao título e tem tudo para confirmar minhas previsões. Foi uma grande partida, o Vitória soube valorizar a vitória atleticana.

Náutico(17º) 2 x 1 Barueri(12º): Se Tardelli sempre marca pelo Galo, Bruno Mineiro sempre marca pelo Náutico, ontem foi o 6º gol no 6º jogo dele no Náutico, Bruno Mineiro foi fundamental para a campanha do América-MG, campeão da Série C. Foi um bom jogo também, a briga entre Náutico, Botafogo e Santo André será boa.

Internacional(3º) 1 x 0 Grêmio(8º): Um único lance decidiu a partida, um morrinho junto com uma ajudinha do Victor deram a vitória ao time colorado, assisti a partida e para quem viu o jogo após o gol de D’Alessandro teve a sensação que o jogo poderia durar dias que ficaria naquilo para sempre. No fim das contas, o Inter ganhou o fôlego que precisava e ao mesmo tempo acabou com todas as pretensões tricolores no campeonato.

Goiás(7º) 2 x 2 Fluminense(20º): Eee Goiás, segue para o seu tradicional oitavo lugar, o meu querido Robin Hood até tentou ajudar o Fluminense a ganhar, mais o time do Flu é tão ruim que só conseguiu empatar com o Goiás, brincadeiras a parte, é impressionante o toque de qualidade que Fred deu ao tricolor das Laranjeiras, do lado goiano Iarley está comendo a bola, mostrando que quem sabe nunca esquece.

Coritiba(15º) 3 x 2 Atlético-PR(14º): Grande jogo, eletrizante, os dois times deram sangue pela partida, esse foi clássico com cara de final, jogo pegado, corrido, parecia ou era o jogo mais importante das duas equipes, no final valeu a estrela de Ney Franco, que teve ousadia de lançar seu time ao ataque e foi premiado com o gol de Marco Aurélio ao apagar das luzes, aliás gosto muito dos atacantes do Coxa, Ariel e Marco Aurélio são bons atacantes e M. Paraíba é excelente, eu tinha minhas dúvidas quanto a vinda dele ao meu tricolor, mas se vier mesmo, será excelente, a cada rodada ele cala mais um pouco a minha boca.

Corinthians(11º) 0 x 1 Cruzeiro(6º): Outro bom jogo, apesar das poucas finalizações, muitas jogadas foram criadas, faltando sempre a conclusão final, o Cruzeiro soube jogar muito bem nos contra-ataques, Thiago Ribeiro está voando nessa reta final, o menino está jogando muito bola, e prestem atenção o Cruzeiro tem tudo para se classificar para a Libertadores, possui uma tabela fácil pela frente, enquanto os de cima se matam entre si. Apenas para destacar, no único gol da partida, Gilberto estava impedido.

Avaí(10º) 2 x 2 Sport(19º): O Sport começou muito bem, abriu 2×0 de vantagem e mostrava sinais de que o time estava realmente disposto a escapar dessa incômoda situação na tabela, mas veio o segundo tempo e junto dele a covardia tomou conta do time pernambucano que foi justamente castigado com o empate, Silas foi premiado por sua ousadia, e o time do Avaí hoje é uma realidade, e com certeza a mais grata surpresa desse campeonato.

Botafogo(18º) 0 x 1 Flamengo(5º): O jogo foi ruim tecnicamente, esperava mais da partida, o Flamengo comandou as ações da partida, porque tem Pet, e o sérvio independente de qualquer final, para mim já merece a medalha de craque do Brasileirão, que elegância!! Bom, voltando ao jogo, em um lance isolado de oportunismo, Imperador guardou o dele. E dessa vez, o Bota não pode reclamar o juizão deu uma ajudaça, marcando um pênalti inexistente, mas Lúcio Flávio com senso de justiça cobrou o pênalti nas mãos de Bruno, o jejum botafoguense segue.

Santos(13º) 3 x 4 São Paulo(4º): Que jogaço!! Tive que guardar para o final, demorei para escrever o post para ausentar todas as minhas emoções, mas ainda é difícil, o jogo foi fantástico, fazia tempo que não via um jogo do meu tricolor desse jeito. Sobre o jogo, mais da metade dos gols foram por falhas defensivas, do lado santista era compreensível, pois era a primeira vez que Astorga e Adaílton jogavam junto além do que é notável a dificuldade defensiva do alvinegro praiano, agora do lado tricolor é inaceitável, uma zaga que nos últimos anos ficou conhecida por ser a melhor, e ainda hoje é a defesa menos vazada, não pode tomar aqueles dois primeiros gols como tomou. Bom, no restante é impressionante como o meu tricolor melhora muito quando Hernanes está afim, ele é o motor do time. E o Ceni desencantou, até que enfim nosso Goleiro-Capitão-Artilheiro e Patrimônio Ceni marcou o seu primeiro gol e depois foi injustamente expulso pelo Simon, mas vou deixar essa parte para o Paloschi falar, pois gosto dele reclamando da arbitragem.

E vocês, quais jogos viram e o que podem acrescentar? Comentem e principalmente CORNETEM!!!