Rapidinhas do Camisa 10 – 26.06.2013

melhorescartazes2

O gigante acordou! aproveitando do lema que toma conta das manifestações pelo país afora, parece que a família Scolari resolveu usá-lo como mantra. O time ainda não convence, oscila muito e apresenta algumas falhas de entrosamento, mas o time passou a vencer. Não teve dificuldades contra Japão, México e Itália. Tudo bem que em dois jogos, o time achou gols logo no início, mas o time parece no caminho certo, principalmente porque Neymar começou a aparecer.

Desmanche na baixada… Falando em Neymar, o Santos pretende fazer uma verdadeira limpa no plantel. Após a saída de Neymar, André e Durval, Felipe Anderson foi vendido ontem para o Lazio. Entre os titulares, Rafael e Arouca também devem sair, não sei quanto do dinheiro será revertido em contratação nessa janela, mas uma coisa é certa, o time terá que se acertar o rapidinho ou o torcedor passará muito sufoco nesse segundo semestre.

Fim de uma era…Pero no mucho.. A geração vencedora da Libertadores e Mundial parecem estar com os dias contados. Jorge Henrique já foi para o Inter, Paulinho parece de malas prontas para o Tottenham, Sheik balança pelo amor ao Bonde do Mengão, sendo assim Tite enfrentará mais uma vez, uma reformulação do elenco corintiano, até agora foi tudo bem, pelas peças de reposição a tendência é que a transição seja tranquila, mas ainda sim é uma transição.

Formula de louco. Diz o ditado, que é impossível obter resultados diferentes realizando as mesmas coisas. Porém Juvenal Scotch Juvêncio parece estar muito ébrio para entender esse ditado, acabou de anunciar Clemente Rodriguez como o novo lateral esquerdo do São Paulo. Vale lembrar que Clemente veio para substituir Juan que havia sido afastado e reintegrado após a lesão de Carleto e o afastamento de Cortez que havia sido contratado para substituir Juan. Mais uma dose para eu entender.

Inspiração no Brasil… E eis que a Espanha mostra que sua inspiração continua vindo do Brasil. Após a vitória sobre a Nigéria, alguns jogadores da Fúria quiseram fazer uma festinha regada por pagode e moças da região. No fim, eles conheceram outra problema que vivemos hoje, o padrão Fifa, os seguranças que estavam nesse padrão proibiram essas amigas dos espanhóis subirem. Shakira agradece.

Só para lembrar… De Juca Kfouri, no ‘Uol’: “Sempre é bom lembrar: a Fifa não pediu para o Brasil receber a Copa. Foi o Brasil que se ofereceu para receber a festa da Fifa. E foram os governadores de todos os partidos, do PT, do PSDB, do PMDB, do PSB que concordaram em erguer as faraônicas arenas que encantam os olhos e irritam as prioridades nacionais.”

Será que vai dar jogo? Ainda sobre as manifestações, existe um clima de tensão a respeito da partida de hoje do Brasil. A Polícia Militar suspeita que mais de 100 mil pessoas estariam prontas para a manifestação próximo ao início do jogo, segundo a própria polícia dependendo do volume, hora de início e por onde ela ocorrer existe o risco dos ônibus das delegações de Brasil e Uruguai não chegarem ao estádio. Se o clima dentro dos estádio está ótimo, a tensão pelo que o que acontece fora assusta aos “organizadores”.

Lugano ganhando o jogo ou pelo menos tentanto a única forma que o Uruguai pode tentar levar a partida contra o Brasil, na catimba. Lugano disse que Neymar continua simulando faltas e que achou muita coincidência o árbitro chileno ser escolhido para apitar a partida, já que O Brasil “cedeu” para o Chile ser o país-sede da Copa América de 2015. Lugano fez a parte dele e criou um clima tenso para o árbitro e para o principal jogador brasileiro, resta agora Neymar ignorar esses comentários.

Longevidade… Rogério Ceni está completando 20 anos desde sua estréia pelo São Paulo, mais uma grande marca obtida pelo goleiro-artilheiro. Parabéns!

Dúvida da semana… O Taiti teria boa atuação na Copa Kaiser de Confederações?

Anúncios

Rapidinhas do Camisa 10 – 05.06.2013

ney-pal

I love Brasil!! Bem que essa mensagem poderia estar estampada na camisa do Shaktar Donetsk. O time que está disposto a gastar mais alguns milhões para adquirir Wellington Nem (Fluminense) e Fernando (Grêmio) adora comprar brasileiros. Em um estudo recente, foi apontado que nas últimas dez temporadas o time ucraniano gastou R$ 311 milhões de reais. O mais caro foi Taison que saiu pela bagatela de R$ 42 milhões. A relação pode ser cara, mas tem trazido bons frutos ao time que a cada ano avança mais na Champions e se mostra a grande força do Leste Europeu.

A ironia da vida… No futebol algumas ações tem suas reações quase que imediatas. Bastou o São Paulo afastar Cortês e reintegrar o questionado Juan para o improvável acontecer, Carleto rompeu o ligamento do joelho ficará 6 meses afastados e apesar de uma tentativa acanhada de convencer JJ a reintegrar Cortês, o mandatário tratou de trazer o desconhecido Reinaldo do Sport e entregar a titularidade absoluta até o final da temporada para Juan. De questionado a titular absoluto, isso que é promoção na carreira!

Drama lusitano… A Portuguesa que passou por grave crise em 2008 contraiu dívidas que podem desfiliá-la da CBF agora. O time está afundado em dívidas com o Banco Banif que se julgadas dentro dos artigos da Lei Pelé garantem totais condições para que o time seja desfiliado. O time que hoje se reergueu e está na primeira divisão nacional, pode sofrer mais um duro golpe.

Os sabichões!! “Tive um único problema com ele. Quando o critiquei de um ponto vista tático, tentando fazê-lo crescer como jogador, ele não respondeu bem, talvez porque ele acha que sabe de tudo, e o treinador não pode ajudá-lo a ser ainda melhor”, declaração dada por José Mourinho sobre Cristiano Ronaldo. Além da evidência do clima dos vestiários merengue, fiquei com uma dúvida, só Ronaldo acha que sabe tudo?

KM de vantagens… Entre os participantes da Copa das Confederações, o Brasil é a seleção que possui o técnico com o menor tempo com o atual elenco, são apenas 6 meses e 7 partidas. Tabarez está no Uruguai a 7 anos, Del Bosque na Espanha a 5 anos e assim segue com os demais treinadores das escretes participantes. E pasmem, até o treinador do Taiti deve sossego para fazer seu trabalho, Eddy Etaeta (é a luz, é o sol…) está no comando da seleção desde 2010. Melhor perguntar no posto Ipiranga.

Expert em “jogo do bicho”… Agora entendi a ausência de Valdivia dos gramados. O chileno tem sido um dos principais líderes do grupo na discussão sobre o bicho pago por partida. É isso mesmo! Valdivia que está quase completando 100 jogos fora desde seu retorno, tem negociado os valores que devem ser pago de bicho por partida. Uma coisa faz todo sentido, ninguém melhor do que ele para valorizar a quão dura missão é dos demais para entrar em campo. O bicho tem que ser muito alto mesmo.

Você sabia que … Ronaldinho Gaúcho está com um ano de Atlético-MG e o saldo parece ter sido “satisfatório”: campeão mineiro, 49 jogos, 24 assistências e 17 gols. Incrível como ele achou um lugar onde tem sido muito feliz, calado os críticos (inclusive eu) e levado ao Galo a um provável título da Libertadores, se isso acontecer o Independência será rebatizado para Ronaldo de Assis.

Baleia pinóquio… Ficou feio para o Santos a confirmação feita pela diretoria do Barcelona de que em 2012, o time catalão fez um “adiantamento” de 10 milhões de euros sobre a transação de Neymar. Luis Álvaro que por tantas vezes bateu no peito sobre a revolução que estava fazendo no mercado do futebol ao segurar a jóia, nem aparece mais para ao menos explicar o que foi esse adiantamento. O menino estava vendido faz tempo, somente foi aproveitado para trazer holofotes para alguns e não para o mais importante que é a instituição Santos.

Estrela solitária e vencedora. O campeão carioca está danado dentro de campo, são 19 jogos de invencibilidade (15 vitórias e quatro empates). É o time que menos perdeu entre os clubes da elite do Brasileirão, com apenas uma derrota na temporada. Reforço o que tenho dito, gosto muito da mobilidade do time e da parte tática, Fogo e Galo são os times que mais gosto de ver atuar hoje no Brasil. Torço para que esse trabalho renda frutos para os dois times. A Libertadores para um e Brasileiro para o outro seria formidável!

A Copa é deles, a conta é nossa… Dyelle Menezes, do ‘Contas Abertas’: “A Copa das Confederações acontecerá em menos de 15 dias. Os turistas que virão ao país encontrarão e utilizarão os aeroportos que ocupam a 122ª posição em termos de qualidade em ranking com 142 países. A Infraero utilizou até abril apenas 18% dos recursos previstos neste ano para melhorias e obras dos aeroportos. Ao todo, R$ 1,6 bilhão está autorizado. No entanto, nos quatro primeiros meses, somente R$ 279,3 milhões foram aplicados. O montante é 22,2% maior do que o utilizado no mesmo período do ano passado, quando R$ 228,5 milhões foram desembolsados pela empresa.”

Dúvida da semana… Podemos dizer que após a saída de Neymar, o melhor jogador em atividade no Brasil é um holandês?

Rapidinhas do Camisa 10 – 24.04.2013

Post24042013

Será o fim? Após a vitória acachapante do Bayern sobre o Barça ontem, muito se disse sobre o fim do Barça. Confesso que para um time que tem Messi com apenas 25 anos o time está longe de estar decadente, pode ser que a era Barcelona sofra um processo forte com a forte presença do fim da carreira de Xavi, mas é inegável que outra era inicia-se. O projeto do Bayern iniciado em 2010, começa a render todos os frutos agora, o time que é a base da seleção alemã, é o melhor time atualmente, alia talento, força física e disciplina tática e trata-se de um time jovem. Bayern e Alemanha prometem assombrar os próximos anos.

Transferência precipitada. Ainda falando de Bayern, o time bávaro trouxe a reveleção Mario Gotze do arqui-rival Dortmund. Acredito que a transferência tenha sido ótima para ambos e ainda por cima deixa mais um selecionável atuando no Bayern, praticamente 70% da seleção alemã atua em Munique, contudo a informação dada às vésperas dos duelos decisivos pela Champions tem tudo para atrapalhar o clima em Dortmund contra o Real. O clima no Signal Iduna Arena promete ser incandescente hoje.

Galeano e Amaral na seleção… É com esse pensamento que Felipão quer conduzir o Brasil. O treinador disse que “volante goleador é bom para a torcida, para o treinador é um desespero”. Que pena, que Scolari ainda pense assim, ainda sobre o jogo de ontem, quem viu Javi Martinez e Schweinsteiger marcando e jogando entende o quanto o futebol moderno exige isso, tentar ter o máximo de jogadores que saibam jogar e saibam marcar no time. Não basta marcar bem, tem que saber jogar futebol. Acorda Felipão.

Chupa Neto… Falando em polêmica, Carleto fez “diriamos” um favor ao corneteiros, boleiros de plantão no futebol. Depois de Neto dizer que o São Paulo iria tomar uma surra do Galo, o jogador aproveitou que foi ao programa e autografou a camisa e na dedicatória mandou um sonoro Chupa Neto! Acho válido, pela brincadeira sadia e principalmente porque vários ex-jogadores aproveitam que conheciam bastidores para expor jogadores excessivamente para se promover.

Díscipulo de Telê… Exatamente na semana que completa 7 anos da morte de Telê Santana, Muricy deu uma declaração de que pretende pendurar a prancheta logo, devido a problemas de saúde. O treinador que assim como Tele entra na categoria dos “estressados” vem sofrendo nos últimos meses com alguns incômodos que acabam prejudicando sua atuação como treinador. Lembrando do seu principal professor, Muricy disse que pretende parar logo, para não ter consequências piores depois.

Vergonhoso… A Conmebol simplesmente ignorou toda a confusão no jogo entre Grêmio e Huachipato. Mais uma vez a confederação que cuida da Libertadores fez vistas grossas para a estupidez que acomete o futebol sulamericano. Entra ano e sai ano e as brigas após as partidas se tornam frequentes. Portanto, resta agora saber em qual jogo ela ocorrerá.

Abandonar o navio… Adotando a mesma tática de seu companheiro de fé Ricardo Teixeira, Nicolas Leoz alegou problemas de saúde e entregou a presidência da Conmebol. Entre os possíveis candidatos aposto que Julio Grondona assuma, assim como na CBF nada muda. Continuará um da patota jogando sujeira para debaixo do tapete e ganhando dinheiro com amistosos sem sentido.

Allianz Palestra? O Palmeiras oficializou a parceria com a Allianz. A empresa pagará R$ 300 milhões pelos naming rights do estádio pelo período de 20 anos. Algumas discussões prometem ser um pouco mais extensas, a começar pelo nome do estádio, a idéia inicial era que seja Allianz Arena, o que seria um homônimo do estádio do Bayern de Munique, outra opção era Allianz Palestra. De toda forma, o Palmeiras fechou um bom negócio para a conclusão do seu novo estádio.

Pronto para guerra ou apenas um falastrão? José Maria Marin, Juca Kfouri, Ivo Herzog e Romário, a guerra está declarada com promessas de revelações de um lado e de uma militância cada vez mais forte para o “impeachment” do chefe da CBF. Sinceramente, duvido um pouco que Marin tenha como desmoralizar Kfouri e Herzog, quanto a Romário, buscar o passado dele é certo de encontrar algumas “aprontadas” do baixinho, mas nos últimos anos sua conduta parece estar acima de qualquer suspeita.

Seleção Libertadores… Saiu a seleção da fase de grupo da Liberta: Rogério Ceni (São Paulo), Sebastián Ariosa (Olimpia-PAR), Lúcio (São Paulo), Heinze (Newell’s Old Boys-ARG) e Lucas Orban (Tigre-ARG); Rúben (Tigre-ARG), Zé Roberto (Grêmio), Riquelme (Boca Juniors) e Ronaldinho Gaúcho (Atlético-MG); Scocco (Newell’s Old Boys-ARG) e Guerrero (Corinthians). O técnico escolhido foi Hugo Almeida, do Olimpia. Ter dois jogadores do Tigre é lamentável…

Dúvida da semana… Com a abertura da venda de ingressos para a Copa, você vai de arquibancada, camarote ou de tv por assinatura mesmo?

Quarta de bons jogos e uma absurda tragédia…

Imagem

Galera do blog, uma quarta-feira repleta de futebol e recheada de surpresas e gols. A nota triste fica pela tragédia que aconteceu na Bolívia. Saber que o menino de apenas 14 anos perdeu sua vida, por causa de um estúpido sinalizador.

 Voltando ao futebol, comecei a quarta vendo o jogo do meu tricolor contra o São Caetano. O São Paulo venceu por 4×2, mas apresentou falhas de marcação graças as escolhas de Ney. O treinador são paulino, optou por Maicon e Denilson na frente da zaga. Maicon não é um exímio marcador, além de que Maicon é lento.

 Logo, por várias vezes a defesa tricolor ficou exposta as boas investidas de Jóbson e Danielzinho, sempre lançados por Rivaldo. A vitória foi conquistada graças a Osvaldo, ao oportunismo de Luis Fabiano e as mudanças de Ney Franco no segundo tempo para corrigir a marcação.

 Ganso jogou quase 82 minutos, mas foi bem abaixo de seus últimos dois jogos, Jadson teve que ajudar a marcar e apareceu menos, mas ainda sim foi bem. Osvaldo e Fabiano tiveram atuação de destaque. Gostei muito da entrada de Carleto, acho que na próxima rodada, Ney deveria promover a titularidade de Carleto e deixar Cortez um pouco no banco.

 Gosto da idéia de Ney de manter 15/16 jogadores jogando constantemente, o time ainda vai oscilar muito, mas pode dar muita liga no campeonato nacional.

 Seguindo a maratona futebolística comecei a assistir ao jogo entre San Jose de Oruro e Corinthians. Os jogos na altitude são os mais previsíveis possíveis. O time visitante faz um excelente primeiro tempo, já que o time local é muito fraco. Vem o segundo tempo, as pernas acabam e o time mandante massacra o rival.

 Assim foi com o Corinthians, o atual campeão da Libertadores construiu inúmeras oportunidades no começo do jogo, mas converteu apenas uma com Guerrero. Foi para o vestiário no intervalo com uma pequena vantagem apenas.

 Veio o segundo tempo e com ele a falta de pernas do time brasileiro. O time boliviano começou o abafa e logo empatou a partida. O Corinthians sofreu um pouco quase tomou a virada, mas conseguiu segurar o empate, no fim o resultado foi bom para o time paulista.

 Pelo Corinthians, gostei das atuações de Guerrero, Paulinho e Fabio Santos. Porém queria fazer um comentário sobre Sheik, no começo eu achava bacana a “malandragem” dele, o jeito de driblar o jogador para desconcertar e deixar o adversário perdido, mas ultimamente tenho percebido que Sheik não gosta tanto de futebol e que respeito é uma palavra que passa longe dele.

 Sheik não tenha boa índole, abusa de jogadas duvidosas durante a partida e por muitas vezes age na maldade. Prefiro o estilo provocador de Jorge Henrique e Valdivia, do que a falta de respeito aos companheiros de trabalho que Sheik pratica.

Para fechar fiz questão de aproveitar o VT na íntegra de Milan x Barcelona, mesmo que isso roubasse algumas horas do meu sono.

 E mesmo sabendo que toda vez que um time de técnica inferior enfrenta o Barça, o jogo vira um ataque contra defesa e a posse de bola do time catalão aproxima-se sempre dos 70%.

 Porém como sabia do resultado, decidir ver se algo de diferente havia acontecido na partida. Ledo engano. Foi tudo como havia imaginado, a diferença que o Milan foi competente ao aproveitar as poucas chances que teve e o Barça sucumbiu mais uma vez a determinação defensiva dos times italianos.

 Para quem não sabe, o Barça de Messi e cia, jogaram cinco vezes na Velha Bota e empataram duas e perderam outras três, contando a de ontem, com apenas um gol da “Pulga”.

 Tito terá que mostrar pela primeira vez o quanto a aposta na continuidade do trabalho de Guardiola foi acertada, ou caso contrário, o “time sensação” será eliminado precocemente da Champions.

A altitude pode afetar, mas é pior enfrentar o Messi…

Imagem

Galera do blog ontem foi um dos meus primeiros contatos com futebol no ano, olhando de forma mais concentrada, acompanhando todos os detalhes e nuances de uma partida. Acompanhei o clássico espanhol e o jogo do São Paulo.

No clássico espanhol, nenhuma grande novidade, um clássico que merece usar a palavra. Jogo pegado, com muita disposição e com talento de sobra em todos os cantos da partida.

O Real optou por uma tática mais vertical, aguarda um bote certeiro para sair em rápido contra-ataque, ora com Ronaldo, ora com Özil. Na escalação inicial, me surpreendeu a presença de Callejon, o jovem meia da base madrilenha, não dá sinais de ser superior a Modric ou mesmo Kaká, mas como Mourinho parece gostar de reafirmar sua teimosia, entendemos a escalação.

Já o Barcelona foi o de sempre. O que se tratando de Barcelona é ótimo! Destaque para Daniel Alves, fazia tempo que o lateral jogava apenas com o nome, ontem ele voltou a ser Daniel, foi para cima, provocou os rivais e foi peça importante nas jogadas ofensivas do time catalão. Contudo, percebo que o Barça começa a entrar naquela curva descendente do estilo de jogo, apesar do domínio na posse de bola, notei que os famosos triângulos já não estão tão compactos. Tem uma distância maior entre um e outro.

Resta saber se é mérito de Mourinho, ou o Barça já começa a se reinventar.

De qualquer forma, o Barça ainda encanta pelo estilo, por ter Xavi e Messi. Dois monstros. O jogo terminou 1×1, gol de Fabregas pelo Barça e Varane pelo Real. No fim do mês, teremos o jogo de volta e apesar de toda a dedicação do Real, acredito que será difícil não dar Barcelona.

Vamos agora ao jogo do São Paulo, um jogo com muitos gols e de um tempo para cada time.

Enquanto houve pulmão, o São Paulo estralhaçou mais uma vez o fraquíssimo Bolivar, o time brasileiro passeou na altitude, dando indícios de que Ceni tinha razão em dizer que muito era psicológico. Osvaldo e Jadson estão em excelente fase e construíram com facilidade o 3×0 favorável ao tricolor. O Bolívar ainda achou um gol no final do primeiro tempo.

Veio o segundo tempo e, ou as pernas dos brasileiros cansaram, ou o psicológico bateu. O Bolivar pressionou e foi construindo o placar ao seu favor, culminando no gol da virada e que decretaria números finais a partida. O Bolivar venceu a partida por 4×3.

Não vou me atentar a análise do Bolivar, falarei apenas do clube brasileiro.

O São Paulo decidiu adotar de vez o esquema 4-3-3, o time está bem firme e as peças de reposição no banco tem feito os titulares estarem sempre atentos, casos especiais de Rhodolfo, Cortez e Jadson. A sombra de Toloi, Carleto e Ganso fazem eles buscarem dar o máximo a toda partida.

Se Ney conseguir controlar o vestiário e a cabeça de Luis Fabiano, o ano promete ser promissor para o time do Morumbi.