Sorte na construção dos seus Palpites!!

Galera, hoje é o dia dos Fabricantes de Material de Construção, dia da Fortuna (comemoração da Roma antiga), além de que neste mesmo dia em 1994, Kurt Cobain deixava o mundo dos vivos para levar o grunge a outras dimensões. Veja o resultado da última rodada:
01º Wallace – 115 pts
02º Jorge – 110 pts
03º Cadê Meu Camisa 10? – 105 pts
04º Wagner – 100 pts
05º Rodrigo / Thiaguinho – 95 pts
06º André Russo – 75 pts

Clique aqui para conferir os resultados do post anterior.

Assim como no final de março, o mês começa acirrado, Wallace sai na frente com 115 pontos. Na classificação geral está da seguinte forma:
01º Jorge – 1415 pts
02º Thiaguinho – 1270 pts
03º Rodrigo – 1252 pts

Vejam, os jogos a serem palpitados:
Quarta, 06 de Abril de 2011
19h30 Jaguares (MEX) 1×0 Internacional – Libertadores
21h50 Nacional (URU) 2×0 Fluminense – Libertadores
21h50 Santos 3×2 Colo-colo (CHI) – Libertadores
21h50 São Paulo 2×0 Santa Cruz – Copa do Brasil
21h50 Atlético-MG 0x0 Prudente – Copa do Brasil
22h10 Brasil 3×1 Paraguai – Sulamericano sub17

Quinta, 07 de Abril de 2011
19h15 Grêmio 2×0 Junior Barranquilla (COL) – Libertadores

Sábado, 09 de Abril de 2011
15h00 Zorya 0x2 Metalist – Campeonato Ucraniano
18h30 Palmeiras 2×0 Prudente – Paulistão
22h10 Brasil 3×2 Argentina – Sulamericano sub17

Domingo, 10 de Abril de 2011
08h00 Liverpool 3×0 Manchester City – Inglês
16h00 Corinthians 1×2 São Caetano – Paulistão
16h00 Noroeste 1×4 São Paulo – Paulistão
18h30 Americana 0x0 Santos – Paulistão
18h30 Botafogo 0x2 Flamengo – Carioca

Muito AXÉ para os seus palpites!!

Galera, hoje é aniversário de curitiba e Salvador, além destas festas nessas cidade, hoje também completa um ano que o mestre Armando Nogueira resolveu acompanhar o futebol lá de cima. Veja o resultado da última rodada:
01º André Russo / Thiaguinho – 140 pts
02º Jorge / Wallace – 135 pts
03º Cadê Meu Camisa 10? – 130 pts
03º Rodrigo – 125 pts
04º Wagner – 80 pts

Clique aqui para conferir os resultados do post anterior.

Foi um mês disputadíssimo, terminei como vencedor mas pela diferença mínima de 05 pontos, fechei Março com 505 pontos. Na classificação geral está da seguinte forma:
01º Jorge – 1305 pts
02º Thiaguinho – 1175 pts
03º Rodrigo – 1150 pts

Vejam, os jogos a serem palpitados:
Quarta, 30 de Março de 2011
20h00 Juventude 3×2 Grêmio – Campeonato Gaúcho
21h50 Internacional 3×0 Jorge Wilstermann – Libertadores
21h50 Santa Cruz 1×0 São Paulo – Copa do Brasil

Quinta, 31 de Março de 2011
19h30 Guarani (PAR) 0x2 Cruzeiro – Libertadores
21h00 Prudente 2×1 Atlético-MG – Copa do Brasil
22h10 Brasil 1×0 Colômbia – Sulamericano sub 17

Sexta, 01 de Abril de 2011
15h00 Rubin Kazan 0x1 FC Anzhi – Campeonato Russo

Domingo, 03 de Abril de 2011
14h00 Milan 3×0 Internazionale – Italiano
14h00 Napoli 4×3 Lazio – Italiano
16h00 Santos 0x1 Palmeiras – Paulistão
16h00 Botafogo 0x0 Corinthians – Paulistão
16h40 Roma 0x2 Juventus – Italiano
17h30 Benfica 1×2 Porto – Português
18h30 São Paulo 1×0 Mirassol – Paulistão
22h10 Brasil 3×1 Equador – Sulamericano sub 17

Pitacos 14.03.2011

Galera do blog, ontem foi mais um dia cheio de futebol e como há muito tempo não acontecia, assisti vários jogos. Vou fazer um resumo de três deles e comentar sobre Santos e Corinthians com mais detalhes.

No sábado, o Santos enfrentou o Botafogo-SP e venceu por 2×1. O resultado de verdade, pouco importa, fui um jogo difícil no primeiro tempo, o Santos viu Neymar muito marcado, Diogo caindo excessivamente pela ponta direita e Elano exagerando nos lançamentos de longa distância.

Mas, no segundo tempo, Ganso voltou a jogar e mais do que isso, continua sendo Ganso. O camisa 10 (ontem, jogou com a 16) santista mostrou porque é para todos um candidato a craque brasileiro da década. Eu ouso, um pouco mais, por toda elegância e personalidade que tem, para mim, só fica abaixo de Pelé e Zico, mas com certeza será o maior jogador que eu verei ao vivo.

Voltando ao jogo, a entrada de Ganso fez o Santos voltar a ser o time respeitado que é. O jogador distribuiu passes preciso e deixou o seu. Resultado, vitória santista e a sensação que enfim o ano começou para o clube paulista.

Ontem, assisti ao Corinthians enfrentar ao bom time do Mirassol. E esses fui um daqueles jogos, onde podemos entender a diferença do time “com camisa” e do time “sem camisa”. O alvinegro não jogou bem, na verdade, por diversos momentos do jogo o domínio foi do time do interior, mas faltava “camisa” para abrir o marcador. Até que Serginho acertou um belo chute, fazendo um golaço e mostrando que a tarde ia ser sofrida para o time de Parque São Jorge.

Mas, só foi começar o segundo tempo que a primeira “inocência” aconteceu, em bola cruzada na área, o time interior foi afobado demais e não soube tirar a bola ou mesmo esfriar os minutos iniciais do segundo tempo, resultado tumulto na área do Mirassol e a bola sobrou para William empatar a partida.

O que era para ser o início da reação,virou preocupação no instante seguinte, quando Jorge Henrique de forma imprudente deu um carrinho e recebeu o segundo amarelo. O Corinthians passava a ter um homem a menos. E aí, mais uma “inocência” do Mirassol, a chance de vencer o Corinthians empolgou os jogadores que se descuidaram defensivamente, tudo que o retranqueiro Tite precisava, e em um contra ataque, Dentinho encontrou William livre que só teve o trabalho de tirar do goleiro e marcar a virada corintiana.

Mesmo assim, o jogo reservava algumas emoções nos minutos finais. Esley, um dos protagonistas do jogo, resolveu arriscar um chute de muito longe que ainda contou com o desvio em Wallace para enganar Julio Cesar e morrer no fundo das redes, era o empate do Mirassol e parecia o fim, parecia, pois havia tempo para um último ato inocente do Mirassol, que ficou olhando Bruno Cesar receber sozinho e decretar a vitória corintiana.

Além desses jogos, acompanhei um péssimo Fla 0x0 Flu, que verdadeiramente parecia um duelo de “solteiros x casados”, assisti Roma 2×0 Lazio jogo muito pegado, digno de um clássico, mas faltou força física para o time de Hernanes, ou um pouco mais de equilíbrio. E ainda teve um Brasil 4×3 Venezuela pelo sulamericano sub 17 com destaques para o meia Adryan do Flamengo (o melhor da partida) e Lucas Piazon do São Paulo que teve boa atuação.