Uns jogam pouco e outros descansam…

RomarioChinelo

Galera do blog, essa semana estou gostando de buscar números. E dessa vez, decidi fazer uma pesquisa para saber quem é o jogador com menor número de partidas por ano. Adivinha quem está ganhando?

Como o Instituto de Pesquisa do Cadê Meu Camisa 10 é composto somente por mim, refinei a busca da seguinte forma:

Jogadores em atividade que constantemente se ausentam: Valdivia, Renato Augusto, Luis Fabiano, Leandro Damião e Carlos Eduardo.

Ex-jogadores que constantemente se ausentavam: Pedrinho e Roger Flores.

Jogadores em atividade de alta performance: Messi, Ronaldo e Neymar.

Jogadores brasileiros que pouco se ausentam: Rogério Ceni e Ralf.

A regra foi simples, basicamente cruzei número de jogos realizados pelo jogador com os anos de carreira. Tentei isolar anos onde o jogador atuou em equipe pequenas, que pouco atuariam por um campeonato.

Veja como ficou a tabela:

Chinelos07082014

A primeira grande discrepância que vejo é a diferença entre o mais ausente e o mais presente. Neymar atua quase 3x mais do que Pedrinho atuou na sua carreira. Contudo, Pedrinho ganha um salvaguardo pela quantidade de lesões por qual passou.

Depois disso, o curioso foi ver Carlos Eduardo como o mais ausente entre os jogadores em atividade. Lembrei do nome dele, quase em cima da hora, e pelo jeito tinha razão de ser.

E para aqueles que em São Paulo, criticam Valdivia e Luis Fabiano pelas ausências, saibam que Renato tem tudo para superá-los, mas hoje é quem tem a menor média dos grandes paulistas.

E vocês, o que acharam? Desejam saber de algum jogador específico?

P.S.: Sobre a foto, a média de Romário é 47,60 jogos por ano.

Anúncios

Rapidinhas do Camisa 10 – 06.03.2013

Chorao

Família sendo montada… Felipão, soltou mais uma lista de convocação para a série de amistosos da seleção em preparação para a Copa das Confederações. Gostei muito dos selecionáveis de Felipão, tenho zero de conhecimento sobre Diego Costa, mas aposto que ele deve ser melhor que Hulk, o único que não entendo como continua na seleção. Bernard também merecia uma chance. De resto é esperar para ver se vai dar liga.

Descontrole sem motivo… Falando em treinador de seleção, o que foi o chilique de Dunga na partida pelo Internacional, acusando os árbitros de um complô contra ele? Dunga parece um treinador com muita capacidade de fazer o grupo se fechar e ter entrega em campo, mas seu descontrole tira o time do eixo. Basta lembrar o que aconteceu com a seleção, quando o time enfrentou a Holanda em 2010.

Ainda falta ganhar uma Champions. E pela primeira vez na carreira, Neymar vem sendo questionado por suas atuações abaixo do normal. Não existe Marquezine ou excesso de comerciais para justificar o baixo rendimento. A questão é mais profunda e já foi comentada aqui no blog, Neymar não tem mais nenhum desafio aqui no Brasil, falta motivação para ele buscar o diferente por aqui. Será difícil enfrentando Mirassois, Barbarenses e Linenses da vida. Acho que está na hora dele ir jogar uma Champions.

Será que ele consegue dessa vez? Falando em Champions, os deuses do futebol parecem disposto a ajudar o craque português. Além da má fase do time catalão, que afeta diretamente a performance de Messi, o Real está voando e consequentemente Ronaldo também. O Portuga começa o ano com grandes chances de conquistar a Bola de Ouro ao final do ano. Lógico que ainda faltam 10 meses, e Messi é Messi, mas pela primeira vez, a chance aparece!

MBA de chinelinho… Roger Flores, aproveitou que o jogo entre Corinthians e Milionarios não empolga e não tinha torcida, para ensinar como dar um migué durante o jogo, o famoso corpo mole. Segundo o jogador, algumas vezes em campo, o jogador se sente melhor em uma posição diferente daquela que o treinador lhe pediu, quando tem muita torcida é fácil fingir que não escuta, em compensação no jogo do Corinthians, nenhum “louco” poderia fingir não escutar Tite. Uma aula!

Na gávea, a batata assa… E no carioca, os “azarões” avançaram. Não que seja absurdo, Vasco e Botafogo realizarem a final da Taça Guanabara, mas Flamengo e Fluminense possuíam certo favoritismo. Para o Fluminense nada muda, porque o foco da Libertadores não pode parar, para o Flamengo a batata de Dorival que estava em banho maria, começou a cozinhar novamente, qualquer deslize daqui para frente, o treinador terá que pegar seu boné.

E na Vila, a batata está quase no ponto… para que Muricy pegue seu boné. Após o empate contra o Corinthians, a paciência com Muricy parece próxima do fim na Vila Belmiro. Diretoria questiona as opções do treinador e não entende porque o time ainda não deu liga. Soma-se a isso, a insatisfação com a contratação de Montillo, o argentino parece um esboço daquele jogador diferenciado que passou pelo Cruzeiro. Sem falar na fase de Neymar. Vai dar purê!

Começou arrasador… Pela segunda vez consecutiva, o brasileiro Lucas foi considerado o jogador do mês pela torcida do PSG. Superou Ibrahimovic e Lavezzi. Lembrando que Lucas está lá a apenas dois meses, o menino está começando muito bem e começo a compartilhar do pensamento do Galinho, hoje Lucas tem muito mais a oferecer a seleção do que Neymar, mesmo o craque santista sendo muito mais genial.

E o Twitter não perdoa… “E um cara no Twitter: ‘Torcida palmeirense punida pela Conmebol: portões abertos em todos os jogos’. A torcida vai ter de comparecer. Castigo. Não tem desculpa” (de José Simão, na ‘Folha’).

Vou, te levar daqui… Não sou de fazer muitas homenagens dentro do blog a alguém que não faz parte do meio do futebol, nem tampouco para alguém de quem nunca fui fã. Mas Chorão conseguiu se fazer presente na vida de qualquer garoto ou garota que tenha nascido entre 1980 e 1990. Não sentirei sua falta, nem nada do gênero, mas é admirável como ele foi presente em nossas vidas. Descanse em paz, Chorão!

Dúvida da semana. Cristiano Ronaldo ou Ronaldo Fenômeno? Quem é o melhor?

Rapidinhas do Camisa 10 – 20.06.2012

Entendeu o recado e solução internacional. Luis Fabiano mostrou no fim de semana que entendeu o recado, parou de tomar cartões amarelos e passou a tomar cartões vermelhos. A diretoria assistindo a Eurocopa após o gol do Balotelli, já encontrou a solução, o elenco se revezará para ”tapar” a boca do artilheiro quando ele pensar em falar.

Dessa vez, ele está certo. Falando em Balotelli, depois do gol todo mundo acreditou que ele fosse reclamar do técnico, só que após leitura labial ficou comprovado que o recado era para os estúpidos racistas que ainda povoam o mundo. Balotelli, faça apenas gols que eles sempre serão a melhor resposta.

Destaques apenas individuais. Após toda a primeira fase da Eurocopa, não tivemos nenhuma zebra, mas curiosamente os jogadores que mais se destacaram não foram para a próxima fase. Modric, pela Croácia, Dzagoev pela Rússia, Ibrahimovic da Suécia e a reaparecimento de Shevchenko foram na minha opinião os melhores jogadores dessa primeira fase.

Quanta sabedoria!! Durante o jogo entre São Paulo e Coritiba pela Copa do Brasil, Muller (comentarista da Sportv) resolveu tornar o jogo um pouco mais interessante. Primeiro ele afirmou “Mesmo com um jogador a mais, o Coritiba está melhor na partida”, depois veio “A única jogada de perigo do São Paulo foi duas” e para terminar veio “O legal do Lucas é que ele foi ao banco de sangue e doou do próprio sangue”. Quanta inspiração.

Rumo a terceira… O Barueri trouxe Jobson, Paraiba e Ronaldo Angelim e o time está voando na Série B: 06 jogos, 02 empates, 04 derrotas e a lanterna da competição.

Sábias palavras. “O réveillon chegou mais cedo aqui. Nesse frio, tantas mulheres querendo tomar um bom vinho, mas tem gente que prefere ser idiota” (frase dita por Emerson Sheik sobre o foguetório na porta do hotel na partida de ida da Libertadores). Sheik foi tão perfeito na frase quanto no belo gol.

Ironia dos deuses do futebol… Os deuses do futebol gostam de aprontar e escolhem como principal vítima, o país que detém a alcunha de o berço do futebol seja para o bem ou para o mal. Depois das Copas de 66, 86 e 2010, ontem a Inglaterra teve um gol anulado para a Ucrânia em um bola que entrou, mas o juiz não viu. No fim 2×2 em ajudas e castigos.

É o que tem para hoje. O ex-presidente Andrés Sanchez deixou o clube e também levou a grana do time como ele já antecipou várias receitas. O ‘bando de loucos’ deve se preparar: nenhum grande reforço vai pintar para a disputa do Brasileirão depois da Libertadores. Não há dinheiro.

Tem que ter estômago para ver. Uma das cenas mais chocantes do futebol aconteceu na Liga Européia de futebol de areia. A cena é entre Portugal e Espanha, apesar de parecer um lance casual, vocês verão que a imagem é muito forte e a consequência foi muito maior. Veja aqui.

Enfim, terá que parar de ser Peter Pan O Flamengo enfim tomou uma atitude mais correta com relação a Adriano. Ao invés de ficar bajulando e indo atrás do jogador, informou a ele que o CT está disponível para o tratamento da lesão, mas o interesse é dele Adriano, não do Flamengo, para jogar precisa estar recuperado, simples assim.

Balcão de negócios. Ao que tudo indica, Roger e Loco Abreu estão disponíveis no mercado. O primeiro já rescindiu com o Cruzeiro, o segundo já disse claramente que o esquema adotado por Oswaldo não tem espaço para ele, portanto quer sair. Olhando para o mercado, São Paulo podia trazer o chinelinho mineiro e o Corinthians o atacante que falta com direito a slogan pronto. O Loco para o bando.

Dúvida da semana. Quem é mais chiliquenta, Luis Fabiano, Mario Balotelli, David Nalbadian ou Chayene?

Rapidinhas do Camisa 10 – 11.04.2012

O fundo do poço é mais embaixo. Quando tudo parece perdido no nosso futebol, surge a informação de que a súmula do clássico entre Vasco x Flamengo foi adulterada para “sumir” com as expulsões do time do Vasco na partida. Triste notícia.

Problemas de entendimento. O possível patrocínio da Hyundai com o Corinthians pode ir por terra, por causa da 9ine. Os coreanos estão muito incomodados com a forma de Ronaldo lidar as negociações, soma-se a isso o fato de que está prevista uma mudança na presidência no curto prazo. Nos corredores da montadora, o nome do Sâo Paulo ganha força, será mais barato e mais fácil conversar com o topetudo.

Tem culpa eu?. O São Paulo resolveu acusar o Cruzeiro pelas lesões de Fabrício. Eu só queria entender de quem é a culpa nos casos de Luis Fabiano e Cañete. Coincidência ou não, essa “maré de azar” começou após o São Paulo demitir o Dr. Turíbio e o preparador físico Carlinhos Neves. Oooo praga, viu…

“O Barcelona é balela.” Andrés Sanchez teve coragem de dizer essa bobagem, e ainda usou como exemplo a vitória do Corinthians sub-17 sobre o Barcelona por 2×0. O Osasuna que venceu o time principal pelo mesmo placar deveria ser o time a ser copiado pela lógica estúpida de Andres.

Está começando a incomodar. Pelé só entrou em atrito com Maradona no final da carreira do ídolo argentino, mas quase nunca questionando seu talento. Em compensação, a hipótese de Messi superá-lo parece incomodar a majestade. Pelé tem feito críticas ao futebol do argentino, usando a famosa muleta de que não ganhou uma Copa. Quero ver quando o craque argentino levar o caneco, qual será a próxima desculpa.

Na expectativa. Tem gente que já voltou a treinar futevôlei em Copacabana e está só esperando o final da partida do Flamengo na quinta feira para assumir a prancheta de Papai Joel. No sul, ele se chama Portaluppi.. Pela cadeia de sucessão, no Brasileirão, o treinador deve ser o Andrade…

Agora vai. Manuel da Lupa, presidente da Portuguesa soltou o verbo e disse que vários jogadores que ele trouxe esse ano, não tem o menor comprometimento com o time e por isso o time teve essa péssima atuação no Paulistinha. Agora o clube corre atrás de Roger (Cruzeiro), jogador “reconhecidamente” comprometido com seus times.

A guerra é aqui. Nada de Oriente Médio e Palestina, a violência está nas ruas do Brasil nas vésperas dos clássicos. Desde de 1988 quando começou a contabilizar mortes por violência do futebol, já se somam 155 mortes.

Um troco, por favor… A dúvida de Tirone é se vale a pena retomar a vaquinha. Agora para pagar a recuperação de Wesley!!

Sugestões.. Olhando as oportunidades que o mundo da bola oferece, acredito que Ronaldinho podia ir para o showbol, Felipe Melo para o MMA, Adriano para o programa “Esquenta” e Joel Santana para o Zorra Total. Mais alguma?

Boa idéia. O pessoal que “apagou” as expulsões do clássico no Rio, pode aproveitar e pensar em uma forma de apagar os estaduais da nossa vida. Ou pelo menos, redesenhá-los.

Pitacos da 36ª Rodada!!

O que dizer desse campeonato, hein? O meu tricolor perdeu em uma grande partida, tudo perfeito para o Flamengo assumir a liderança e levar a Magnética a loucura, mas não é que o Robin Hood surge e rouba pontos do rubro-negro, e o mais incrível o então enterrado Colorado ressurge do escuro vence o Galo dentro do Mineirão e chega com muita força para a disputa do título, esse campeonato continua sem ninguém poder fazer previsão de nada. Como diriam os sábios, o jogo só acaba quando o juiz apita. Pelo jeito, é melhor esperar a última rodada.

É Washington, tem que comemorar muito, a rodada que começou desastrosa terminou razoável.

Botafogo 3 x 2 São Paulo: Que jogaço!! Lógico que é péssimo escrever após a derrota, mas deve-se reconhecer a grande partida que aconteceu no Engenhão. A partida foi eletrizante, talvez deixou a desejar na beleza, mas a vontade dos dois times foi fantástica. Pelo lado do alvinegro, Jobson foi o nome da partida desmontou a defesa são paulina e participou ativamente dos três gols anotando dois gols e dando o toque para o terceiro. Pelo tricolor, destaque para Jorge Wagner, jogou muita bola, correu muito, na minha opinião Ricardo Gomes errou no segundo tempo, no lugar de Marlos cansado, colocaria o menino Mazzola que é veloz ao invés do bom centroavante Henrique. Em um campeonato que reclamamos tanto da arbitragem, eu tiro o chapéu para Sandro Ricci.

Sport 0 x 3 Fluminense: O Fluminense segue avassalador e contagiando todo mundo com sua luta pela fuga do rebaixamento, ainda não foi dessa vez, mas agora tem a certeza que depende somente de si mesmo, Conca, Fred e o coração vão tornando esse momento do Fluminense quase histórico. Pelo time pernambucano, resta apenas entrosar o time para 2010, identificar os problemas, repor o time com inteligência traçar um planejamento adequado.

Santos 4 x 0 Coritiba: E o Santos desencantou, adivinha porque? Isso mesmo, Madson voltou a jogar bola, ja que Ganso voltou a jogar bem. Para o alvinegro praiano, a certeza que o rebaixamento não passou de um pesadelo, mas resta apenas para o time garantir a vaga na Sulamericana. Pelo Coxa, o sinal acendeu de vez e começa a preocupar a proximidade do rebaixamento, aliás hoje pelo atual momento, os dois times paranaenses são os favoritos para jogar a Série B e fazer o clássico com o Paraná. Ainda não me conformo com o time do Alto da Glória, na minha opinião pelo time que tem não era para estar passando sufoco.

Santo André 4 x 2 Avaí: Mais um daqueles jogos onde o Santo André despertou e resolveu jogar bola, fez uma partida aberta contra o Avaí e venceu com um sonoro 4×2, mas de qualquer forma a chance de esse ter sido o último bom jogo do Ramalhão é forte, já que para cada um bom jogo, o time de Marcelinho joga outros quatro péssimos. Do lado da surpresa do campeonato, não há muito o que dizer, pois a partir de agora qualquer resultado que o time conseguir não modificará a certeza da excelente campanha realizada pelo time de Silas, que na minha opinião merece ser eleito o melhor técnico do Brasileirão.

O Mosaico dizia: "A Maior torcida do mundo faz a diferença.", era para ter feito, mas não fez... Ficou maravilhoso o mosaico, mas o Goiás calou o Maracanã.

Flamengo 0 x 0 Goiás: O time carioca sentiu a responsabilidade de vencer para se tornar líder, pressionou mas faltou apenas um detalhe, o gol. O meio campo rubro-negro estava perdido, Toró marcava Aírton e Zé Roberto não conseguiu infernizar a zaga como nos últimos jogos. O Goiás mostrou que vai complicar a vida dos adversários, o que me deixa incomodado já que o próximo adversário deles é o meu tricolor. Como esse Iarley é chato, agora se o Léo Lima, fosse meio Hernanes o esmeraldino teria vencido a partida.

Atlético-MG 0 x 1 Internacional: O Colorado não só chegou de vez no G4, praticamente garantiu a vaga na Libertadores e surpreendentemente volta a disputa do título. Esse campeonato é para matar qualquer um do coração. Do lado do time gaúcho, pode ser que seja tarde a recuperação, mas de qualquer jeito a tempo de chegar na Libertadores, o time voltou a mostrar aquele futebol vistoso do primeiro semestre. O meu Galo querido voltou a decepcionar sua incrível massa dentro do Mineirão, em um vacilo da zaga Giuliano marcou o único tento da partida. O Galo terá outro confronto decisivo para as suas aspirações enfrenta o Palmeiras dentro do Parque Antártica.

Vitória 2 x 1 Barueri: O time baiano voltou a vencer e assim espantou de vez a sombra do rebaixamento, vi apenas os gols, pelo lado do Vitória bom ver Leandro Domingues voltar a marcar e Roger sempre ele, amado e odiado, o atacante sempre deixa um golzinho, assim como Val Baiano pelo lado do Abelhão que marcou mais um.

Pitacos dos jogos de quarta!!

É Borges pode fazer cara de choro, dois pontos foram para o ralo!

É Borges pode fazer cara de choro, dois pontos foram para o ralo!

Vamos aos pitacos dessa 28ª rodada:

Grêmio Barueri 0 x 0 Santo André: O jogo foi bom com muita movimentação, mas os goleiros e a trave atrapalharam, em alguns momentos ficou aquela sensação de que eles poderiam jogar um dia inteiro que não sairia o gol. O Barueri segue na parte de baixo dos classificados para a Sulamericana, enquanto o Ramalhão desperdiçou uma boa chance para escapar da degola.

Sport 0 x 1 Santos: E o time pernambucano me surpreende, está com síndrome de Botafogo, conseguiu um empate fantástico com o Grêmio na rodada passada, tinha tudo para embalar nessa rodada, pegava o Santos combalido dentro do caldeirão da Ilha do Retiro, que para mim entre os postulantes a escapar do rebaixamento era o maior triunfo de algum time, mas o Sport perdeu por um a zero, gol do único que quis jogar bola na partida, Felipe Azevedo.

Atlético-PR 0 x 0 Grêmio: Jogo de muita marcação, muita marcação e marcação. O Grêmio criou algumas chances, mas não soube aproveitar. Em resumo, ambos jogaram uma rodada fora, o Grêmio que já tinha abandonado a disputa do título, começa a ver a Libertadores longe também, e o Furacão não se afasta como queria do rebaixamento e nem entra de verdade na zona de classificação da Sulamericana.

São Paulo 2 x 2 Coritiba: O São Paulo segue a sina contra o Coritiba, o tricolor jogou muito melhor sufocou o time paranaense, mas não soube converter as chances que teve, o Coritiba atacou três vezes, fez dois gols e na última aos 47 do segundo tempo, Marco Aurélio mandou na chamada “forquilha”. Pelo São Paulo, mais uma vez Oscar e Washington entraram muito bem, Dagoberto apanhou muito na partida e Simon foi conivente, Jeci era para ter sido expulso ainda no primeiro tempo, além de um pênalti claríssimo sofrido pelo 25 do São Paulo que Simon não quis marcar. No fim das contas, o Palmeiras agradece.

Vitória 3 x 3 Flamengo: Grande jogo, no começo o Flamengo até acreditou que teria melhor sorte, pois Denis Marques abriu o marcador, mas na sequência Roger que vive relação de amor e ódio com a torcida baiana empatou, mas que tem Pet sempre pode esperar alguma coisa, Pet colocou o Flamengo na frente de novo, e aí surgiu o “menino” Ramon para desequilibrar a partida, virou o marcador e continuou comandando as ações do rubro-negro baiano, com direito a gol a lá Petkovic, mas aos 45 minutos do segundo tempo, o questionado Zé Roberto empatou o jogo pelos cariocas. Grande jogo!

Internacional 3 x 1 Náutico: Com ou sem Tite, tenho certeza que o resultado não seria diferente, vitória do Inter. Alecsandro como sempre anda fazendo seus golzinhos, ontem fez mais dois e chegou aos 13 gols. A torcida do Inter, ontem já agraciou Mario Sérgio chamando o técnico de burro, quando ele resolveu fazer uma mudança. Só saberemos se Mario Sérgio conseguirá mudar a atitude do time daqui a dois jogos quando o Colorado enfrentará o Fluminense no Maracanã, até lá, parece que Tite continua no Beira-Rio.

Fluminense 1 x 1 Corinthians: Joguinho feio, o Fluminense mostrou que para o time só resta vontade, o time é muito limitado, Conca é uma ilha de criatividade, Kieza e Fred fazem muita falta ao time. O Corinthians parece que está cumprindo tabela neste Brasileirão, talvez a única motivação seja complicar o Palmeiras no clássico, pois de resto, os próprios jogadores parecem estar sem motivação nenhuma.