500 vezes Cristiano Ronaldo!

ronaldo

E ontem Cristiano Ronaldo chegou a 500 gols com 30 anos.

Na verdade, ultrapassou, fez dois e hoje possui 501 gols marcados em sua carreira. A marca em si, já e incrível, provavelmente seu maior rival deva superá-lo. Messi tem 467 e quase dois anos para chegar a essa marca antes do portuga.

Comparando no Brasil, Cristiano só não supera em idade de quando marcou o gol 500, Pelé, Dinamite e Zico. Sendo que Pele atingiu essa marca aos 21 anos, completamente improvável nos tempos atuais.

Cristiano é quase sempre questionado pelo seu jeito marrento, popstar e metrossexual de ser. Porém é inegável suas marcas, já é o maior artilheiro de provavelmente o maior clube do mundo. Sim, nem digo se é o melhor, se mais vencedor, mas a história do Real é gigantesca, portanto, para mim é o maior clube do mundo.

Cristiano é o artilheiro desse time. Com média superior a um gol por jogo, são 323 gols em 305 jogos, de 2009 para cá, a certeza é que em jogo do Real tem gol do CR7.

Sua maior virtude é levar ao extremo a condição de atleta, guardadas as devidas proporções, Ronaldo tem uma obsessão pela condição física tal qual Pelé tinha na sua época. Ambos sabem o quanto o seu corpo é fundamental para que as ideias sejam executadas.

Tanto que Cristiano está mostrando que a curva de auge de um jogador pode ser mudada, se antes o mantra dizia que o auge de um jogador era com 28, o que dizer de Ronaldo que continua em alto nível, já com 30 e sem nenhum perspectiva de diminuir esse ritmo.

No Brasil meus maiores atacantes que vi atuando foram Ronaldo e Romário, não sei o quanto Cristiano está acima ou entre eles, ou abaixo. Não comparo os feitos por seleção, porque uma disputa título sempre, outra é coadjuvante. E mesmo assim, Cristiano já teve atuações incríveis por Portugal.

É difícil ir aceitando a ideia de que ele está acima dos nossos grandes atacantes, mas pelo andar e pelos números parece que quando pendurar as chuteiras será difícil escolher o melhor Ronaldo ou mesmo o melhor Rô!

Nau desgovernada!!

Galera do blog, sei que não é do meu costume comentar sobre times de fora de São Paulo no início do ano, mas a situação do Vasco acendeu um sinal de alerta em mim.

O time carioca está disputando o incrível campeonato carioca, que assim como todos os estaduais é extremamente fraco. composto por times muito ruins. Porém, o que me impressiona é que nas primeiras três partidas do time da Colina, foram três derrotas, isso mesmo, três, nenhum ponto conquistado. E não foram derrotadas para o seus rivais tradicionais, foram derrotas para Resende, Nova Iguaçu e Boavista.

Sei que o time do Vasco é bem limitado, possui um bom goleiro, um bom zagueiro e só. Sempre gostei muito do futebol do Carlos Alberto, sempre acreditei demais na capacidade desse jogador, contudo, a cada jogo parece que ele está definhando, seu futebol diminui, diminui, se ele conseguir jogar o que sabe bem, senão serão derrotas e mais derrotas.

Outro fator importante que por muitas vezes, as pessoas não percebem o efeito é a harmonia dos mandatários do clube. O Vasco vive aquela sensação de mulher que pega o marido na cama com a melhor amiga, Dinamite assumiu o clube aclamado pela torcida, mas do que o alívio pelo fim da era “Eurico Miranda”, vinha a esperança por um ídolo do clube assumiu a nau vascaína, porém as cenas seguintes foram lamentáveis, com Dinamite se igualando a gestão anterior.

O pior de tudo é que no fim das contas, o jogo de domingo é que vai decidir se o time ganha um pouco mais de morfina ou se entra em estado terminal. E como sempre o técnico é quem vai pagar o pato! E quem duvida, que o comandante Lopes reapareça, hein?!

P.S.: Amigos leitores informo que o blog completa seu segundo aniversário hoje. Mais uma vez, quero agradecer, por cada view deste blog, cada comentários aqui deixado. O Cadê Meu Camisa 10? só continua porque vocês existem. Abraços!!

Ela está solta pela estaduais…

Galera do blog, a Zebra andou aprontando nessa quarta-feira, fazia tempo que não via tantos jogos com resultados atípicos. Que a zebra acontecem sabemos, mas ontem em quatro jogos ela apareceu.

Ela começou fazendo arte em Araraquara, onde jogaram Rio Branco e Palmeiras, o time do interior que luta desesperadamente para sair do rebaixamento, conseguiu um bom resultado ao empatar com o Palmeiras por 2×2. Gols de Diego Souza e Ewerthon para o Palmeiras e Alex Terra e Romarinho para o Rio Branco. O resultado não ajudou em nada o Rio Branco na luta contra o rebaixamento e praticamente decretou a não classificação alviverde.

Saindo de Araraquara, a Zebra resolveu aparecer em Bragança, o Bragantino que estava ameaçado de entrar na zona do rebaixamento conseguiu frear a série invicta do tricolor, dando uma apimentada maior ao clássico de domingo. O jogo foi aberto com boas chances para os dois lados, porém o Braga aproveitou melhor uma das chances, enquanto Gilvan fez excelente defesas do lado do time do interior. Resultado final, 1×0 Bragantino, Gol de Maurício.

A Zebra conseguiu atuar em outros lugares simultaneamente, em Barueri por exemplo sua atuação foi tanta contundente que até Ronaldo foi vaiado, o alvinegro não jogou mal, mas Ronaldo perdeu chances a vontade, abusou do direito de não fazer gol e o time saiu ironicamente derrotado por um jogador do São Paulo (adversário do próximo domingo), Mazzola que foi emprestado pelo time de Jundiaí, anotou o único gol da partida. O Gol melhorou um pouco a situação do Paulista para sair do rebaixamento e fez o Corinthians começar a se preocupar com a sua vaga para a próxima fase do Paulista.

Em Porto Alegre, a zebra aprontou uma daquelas um pouco mais pesada, lá ela tratou de colocar a cabeça de Fossati totalmente a prêmio para delírio de Muricy que fica praticamente dentro do Beira-Rio neste momento. O Colorado foi goleado pelo excelente São José da capital gaúcha por 3×0, gols de Dadá, Jeférson e Guilherme. Com este resultado o time do Inter segue sem vencer a 05 partidas, algo inaceitável para um time como o Inter. É esperar os próximos capítulos.

Agora, foi em São Januário que a zebra mais ficou dando risada, Dinamite já tinha avisado para Mancini: “Futebol é resultado!”, Mancini que tinha dúvidas com relação a essa frase, teve uma ajudinha substancial do Americano que soube aproveitar as duas chances que criou com Leandro Melina e até as que não criou no gol contra de Nilton. Foi assim que o time da cruz de malta caiu por 3×2 para o Americano, aliás falando em cair, Mancini que não conseguiu o “resultado” foi demitido por Dinamite.

Santos e Grêmio tomem cuidado, ela está solta por aí…

Provinha de Matemática!

Quero ver quem não fugiu da escola, todo mundo fazendo conta:

image0031image0051image0061image0071image0081image0091image0111image0101image0131image0171image0201image0221image0231image0241image0271image0281

Fonte: google.com