Uma chuva de gols e uma tempestade na Espanha…

Messi 24032014

Galera, esse fim de semana parece que os gols ficaram maiores e estava mais fácil para balançar a rede.

Teve Flamengo 5×3 Cabofriense, América-MG 1×4 Atlético-MG, Portuguesa 4×3 Rio Claro, Naútico 3×5 Santa Cruz, Chelsea 6×0 Arsenal, Cardiff 3×6 Liverpool, Manchester City 5×0 Fulham e Real 3×4 Barça. Pareciam torneios de futsal.

Contudo, vi um pouco do jogo do Liverpool e do Flamengo, e um vt compacto do jogo do Santinha, jogo na íntegra mesmo só o que aconteceu em Madrid e vamos a ele.

Achei que Ancelotti diferentemente de Mourinho tentou pressionar mais o adversário ao invés de ficar todo atrás esperando. Gostei da atitude de Ancelotti, só não gostei da mexida tática, a movimentação de Di Maria e Ronaldo.

Normalmente, essa troca de posições serve para tirar a marcação de Ronaldo e ainda aproveitar quando deixam Di Maria livre. Ontem, no clássico, claramente Ronaldo se movimentava apenas para levar a marcação, enquanto Di Maria criava as melhores jogadas pelo Real.

De certa forma, deu certo, Di Maria deu duas assistências e foi o melhor pelo lado merengue, mas acho inconcebível dar a Ronaldo apenas um papel tático no jogo, ele é o cara que decide no clube merengue, não Di Maria e Benzema.

Já do lado blaugrana, Messi foi Messi. Acho engraçado quando alguns comentam que o time do Real deixou Messi muito livre, não pode dar espaço para o argentino. Peraí, e o mérito dele em se movimentar de maneira inteligente, começar o jogo como um típico 10, para depois ir chegando mais próximo da área como de costume?

Messi é genial com os pés e com a cabeça (cabeça, no sentido de como lê o jogo, não como o Jardel), ele percebeu que seu time não ia aguentar fisicamente contra os merengues, que Xavi pouco aparecia e que Neymar não rende preso na faixa da direita, cabia a ele criar alternativas, achar Iniesta solto e tudo mais o que ele fez.

Messi decidiu a partida, foi incrível e criou um certo temor ao que ele poderá fazer em nossos “belíssimos” estádios, a Argentina pode não ter o melhor elenco, mas tem Messi.

Sim, a arbitragem tentou ser protagonista, na minha opinião de maneira corajosa, apenas o pênalti de Ronaldo foi mal marcado, foi fora da área. Neymar exagerou na queda, exagerou, mas foi tocado quando cruzou na frente do marcador.

Mas, como eu disse a arbitragem tentou, porque em jogo onde Messi joga, o protagonista sempre será ele.

Anúncios

Quem classificou, classificou, quem não classificou, agora só no ano que vem…

Bom, ontem foram definidos os classificados para a fase final do Paulistão. Santos, Santo André, São Paulo e Grêmio Prudente irão fazer as semifinais neste fim de semana. O Santos fará o clássico contra o São Paulo, enquanto o Santo André enfrentará o Prudente. Confiram como foram os jogos decisivos:

Santo André 1 x 3 São Paulo: Ricardo Gomes fez poucas mudanças em relação ao time que goleou o Botafogo, apenas Washington voltou ao time e Fernandinho foi para o banco. O time voltou a jogar bem e venceu o Santo André de maneira tranquila, o time vem mostrando que recuperou o “tesão” em jogar bola, a vontade do time ontem deixou os torcedores um pouco mais animados para este ano.

Durante o jogo, o principal destaque foi Marlos, o menino garantiu seu lugar no time, tem que ser o titular no meio campo, o camisa 16 tem feito muito bem a ligação entre meio e ataque. Outros que merecem destaque, são Dagoberto e Washington, o ataque tricolor funcionou muito bem ontem.

Corinthians 5 x 1 Rio Claro: Não acompanhei o jogo por inteiro, estava assistindo ao do São Paulo e devez em quando espiava o jogo do Corinthians, de qualquer forma o alvinegro despertou tarde demais para o campeonato paulista, mas o torcedor pode ficar tranquilo, pois viu a melhor atuação do time no ano. Assim como o São Paulo, o time vem ganhando maior entrosamento e Mano está encontrando o time ideal.

Pelo jogo, como não acompanhei apenas posso destacar os melhores lances, vale destacar que mesmo criticado Ronaldo vem marcando um gol por jogo nas últimas três partidas, Dentinho mostra que é fundamental ao time, ontem o atacante marcou duas vezes e Roberto Carlos que vem apresentando a velha boa forma e ontem fez mais um gol “A la Roberto Carlos”.

Bom, dessa maneira as semi ficaram montadas.
Santos x São Paulo: O clássico que para muitos será a “final antecipada”, devemos tomar cuidado e respeitar os outros dois times que fizeram excelente campanha e foram muito consitente, o que teremos será um semifinal incrível, onde o vencedor sairá favorito ao título. Se fosse a uma semana atrás, diria que o Santos se classificaria sem maiores dificuldades, mesmo sendo um clássico, mas o São Paulo deu um salto enorme de qualidade ao time, portanto tornou-se um pouco mais imprevisível bater o martelo, o jogo no Morumbi será fundamental para definir quem passa.

Santo André x Grêmio Prudente: A semifinal de dois time que tiraram os grandes do G4, tradicionalmente sempre algum time do interior entra no meio dos classificados dessa vez foi o Prudente e o Santo André. O Santo André fez uma campanha tranquila e conquistou a vaga antecipada, sem maiores problemas. O Prudente teve duas paradas duríssimas nas últimas duas partidas e saiu vencedor. Vejo o Santo André sem evolução nos últimos jogos, enquanto o Prudente subiu muito de produção. Apesar de todos não acreditarem, fico com o Prudente, acho que ele será o time que São Paulo ou Santos enfrentarão na final.

Palpitar ou não palpitar… Eis a questão…

Os estaduais vão chegando ao fim e chega a hora de palpitar sobre quem ficará mais próximo do caneco, palpitem!

Segue os vencedores da rodada anterior:
01º Paloschi – 185 pts
02° Rodrigo – 170 pts
03° Thiaguinho – 165 pts
04° gkeeper – 145 pts
05° Wagner – 135 pts
06º Sidney – 125 pts
07º Blogueiro – 120 pts
08º Mr. Hornet – 115 pts

Na liderança geral segue a disputa acirrada entre os três primeiros, confiram:
01º Rodrigo – 1620 pts
02º gkeeper – 1610 pts
03º Paloschi – 1605 pts

Na largada de abril, Paloschi assume a dianteira com 185 pts.

Seguem os jogos a serem palpitados:
Quarta-feira, 07 de abril de 2010
15h45 Manchester United x Bayern Munique – Champions League
19h30 Atlético-MG x América-MG – Campeonato Mineiro
21h50 Flamengo x Universidad do Chile (CHI) – Libertadores
21h50 Novo Hamburgo x Internacional – Campeonato Gaúcho
21h50 Corinthians x Rio Claro – Campeonato Paulista
21h50 Santo André x São Paulo – Campeonato Paulista
21h50 Grêmio Prudente x São Caetano – Campeonato Paulista

Quinta-feira, 08 de abril de 2010
16h05 Liverpool x Benfica – Liga Europa
20h30 Grêmio x Pelotas – Campeonato Gaúcho

Sábado, 10 de abril de 2010
10h30 Bayer Leverkusen x Bayern Munique – Campeonato Alemão
18h30 Botafogo x Fluminense – Campeonato Carioca

Domingo, 11 de abril de 2010
11h00 Fiorentina x Inter de Milão – Campeonato Italiano
14h00 Real Madrid x Barcelona – Campeonato Espanhol
16h00 Flamengo x Vasco – Campeonato Carioca

Pitacos da rodada!!

Galera do blog mais querido, ontem alguns jogos consegui assistir, ou ao vivo ou por vt.

Santos 2 x 1 Corinthians: Ótimo clássico, os dois times fizeram um bom jogo, onde o time alvinegro praiano soube aproveitar melhor as chances que teve. Neymar e André marcaram pelo Santos enquanto Dentinho descontou pelo Corinthians.

Durante o jogo, o que se viu foi um jogo movimentado com chances para os dois lados, no primeiro tempo uma ligeira vantagem para o Santos, que com boa atuação de Marquinhos, criavam boas chances. Neymar chegou a jogar um pênalti fora, grande defesa de Felipe, mas se redimiu fazendo um gol de atacante, recebendo a bola e virando com rapidez para abrir o marcador.

No segundo tempo, Dentinho resolveu mostrar seu bom futebol, se no primeiro tempo ele quase fez um golaço, no segundo ele resolveu para o alvinegro da capital e empatou a partida. Foi ai que o arbitro resolveu aparecer e perder o controle da partida, na minha opinião expulsou erroneamente Moacir, que já no primeiro lance não merecia cartão, na sequência grande jogada do ataque santista e o gol da virada.

Depois disso, o árbitro ao meu modo de ver poupou cartões ao elenco santista, e expulsou corretamente Roberto Carlos. Acho complicado dizer que um árbitro influenciou no resultado. Simplesmente, digo que ele errou.

Monte Azul 1 x 5 São Paulo: Novamente o São Paulo jogou dois tempos distintos, mas dessa vez ao contrário, jogou um primeiro tempo horrível e um bom segundo tempo. Pelo tricolor, o jogo valeu pelas estréias de Alex Silva, Rodrigo Souto e Fernandinho. Aliás o último fez os torcedores acreditarem que agora vai.

No primeiro tempo, o time do Morumbi fez um jogo burocrático, porém em um chute despretensioso de Léo Lima abriu o marcador em Ribeirão Preto, porém o que se viu dali pra frente foi um jogo mediocre, com o time do Monte Azul tomando as ações do jogo.

Em compensação no segundo tempo, a estrela de Fernandinho brilhou, o jogador entrou no segundo tempo e marcou 04 gols, alguns mostrando grande habilidade e em outros muito oportunismo. Fernandinho criou uma dúvida na cabeça do treinador, ele é titular, mas para isso quem sai? Além disso, Alex Silva e R. Souto fizeram boas partidas, e dessa forma o elenco tricolor começa a ficar pronto para as competições, resta saber quem é a equipe titular.

Uberlânida 2 x 5 Atlético-MG: O que dizer de um atacante que em dois jogos marca 08 gols, por mais fracos que tenham sido os adversários são números respeitáveis, é por essas e outras que Obina segue vivendo entre a cruz e a espada. Ele pode não ser um craque, mas joga com uma vontade e com um amor a camisa que todo o torcedor sente orgulho dele.

Durante o jogo, o Galo até se complicou no começo, demorou para dominar as ações em campo, precisou que a estrela de Obina surgisse para o time abrir o placar, dali em diante parecia que era só jogar bola para o baiano que ele resolveria. Foram mais dois gols dessa forma. Nota negativa para o Galo, foi a certeza de que Aranha não se adaptou a responsabilidade de vestir o manto atleticano, o goleiro sempre que tem chance vem errando bizonhamente.

Rio Claro 1 x 0 Palmeiras: O campo estava impraticável para o futebol, o jogo foi complicado de assistir, chegando às vezes dar vontade de ver um filme ou o Fantástico, mas uma coisa ficou claro, o Palmeiras é um com o Pierre e outro sem ele.

Durante o jogo, o time palmeirense tentou jogar bola no pasto que virou o gramado, porém faltava inspiração na parte ofensiva. Enquanto isso, o Rio Claro arriscava moderadamente subir ao ataque, com o passar do tempo o time do interior percebeu o quão frágil o time da capital estava ao não contar com Pierre a frente da zaga.

Diante disso, o time do Rio Claro começou arriscar um pouco mais, e ainda no primeiro tempo chegou a gol que daria a vitória no final dele. Aliás o gol foi um lance isolado na partida, pois fora ele, quase mais nada poderia ser aproveitado como lance de jogo.

Antes de pular Carnaval, venha palpitar!

Galera, vamos para mais um palpitando que começa a embolar e o Paloschi passou a ser o líder geral. Confiram!!

Segue os vencedores da última rodada do Palpitando:
01º Paloschi – 205 pts
02° Sidney / Pedro Vendramim – 190 pts
03° gkeeper – 185 pts
04° Bulau – 175 pts
05° Blogueiro / Thiaguinho – 170 pts
06° Piero – 160 pts
07° Rodrigo / Rennan Sales / Wagner – 130 pts

Os três primeiros na liderança geral do Palpitando:
01º Paloschi – 570 pts
02º Thiaguinho – 535 pts
03º gkeeper – 530 pts

Liderando o mês de fevereiro, segue o Paloschi com 205 pontos.

Seguem os jogos a serem palpitados:
Quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010
15h45 Arsenal x Liverpool – Campeonato Inglês
19h30 Araguaia-MT x Grêmio – Copa do Brasil
21h50 Souza-PB x Vasco – Copa do Brasil
21h50 Flamengo-PI x Palmeiras – Copa do Brasil
21h50 São Paulo x Monterrey (MEX) – Libertadores da América
21h50 Vélez Sarsfield x Cruzeiro – Libertadores da América

Sábado, 13 de fevereiro de 2010
17h00 Vasco x Fluminense – Campeonato Carioca
17h00 Portuguesa x Corinthians – Campeonato Paulista
17h00 Ituano x São Paulo – Campeonato Paulista
17h00 Botafogo-SP x Palmeiras – Campeonato Paulista

Domingo, 14 de fevereiro de 2010
11h00 Sampdoria x Fiorentina – Campeonato Italiano
11h00 Napoli x Inter de Milão – Campeonato Italiano
14h00 Atlético de Madri x Barcelona – Campeonato Espanhol
17h00 Santos x Rio Claro – Campeonato Paulista

Fim dos estaduais? Porque não?

Paulo Autuori 020909

Na sexta-feira passada Paulo Autuori, atual técnico do Grêmio, levantou polêmica ao dizer que hoje com o nosso calendário apertado não existe mais razão para os estaduais. Na opinião dele, a Copa do Brasil, as quatro divisões do Campeonato Brasileiro e as competições internacionais já preenchem muito bem o calendário do futebol brasileiro.

De certa forma, Paulo Autuori não está errado ao dizer isso, hoje em dia apenas o Campeonato Paulista possui uma competitividade justificável, competitividade essa refletida no número de times que disputam a Série A e B do Brasileiro, hoje o futebol paulista representa 25% dos clubes nessas duas séries.

Alia-se a esse fato que com a extinção dos estaduais, algumas agremiações deixariam de existir, concentrando ainda mais o destino de alguns dos nossos jogadores, quando o menino fosse tentar ser jogador em algum time do Rio Grande do Sul, ao invés de possuir 30 opções, teria 8. Dessa forma, todo clube melhoraria sua categoria de base pois ganharia em procura e consequentemente melhoraria estrutura, pois teria mais plantel, mais meninos formados na base, mais dinheiro no futuro no bolso.

Outro fator importante ao meu ver, é que desta forma obrigaria cada vez mais o clube entender que o futebol é um negócio e que o clube deve funcionar como uma empresa, ou seja é necessário fazer um Planejamento Estratégico para que o clube entenda como captar dinheiro e distribuí-lo ao longo do ano. Nessa hora, podemos começar algumas ações que o São Paulo já iniciou, transformar seu estádio em um grande centro de eventos e começar a idealizar a partida de futebol como um grande espetáculo, e assim começar a cobrar pelo ingresso um preço compatível com um espetáculo. Pense, com um calendário mais enxuto, você terá menos oportunidades para ver o seu time jogar, ao invés de você pagar no mês R$ 80,00 para ver o seu time enfrentar o Rio Claro e o Noroeste, você paga R$ 80,00 para ver o seu time enfrentar o Santos.

Acho que extinguir os estaduais pode não ser a solução mais agradável, mais vejo que ela obrigaria os clubes a se profissionalizarem rapidamente, tornando o nosso futebol um pouco mais sério. Melhor que isso, só se acrescentar a profissionalização dos árbitros e o fim da CBF. Temas que discutiremos nas próximas quartas-feiras.

E vocês, acham que os estaduais deveriam acabar?