E se o campeonato acabasse na 28ª rodada?

PR - BRASILEIRÃO/ATLÉTICO-PR X PONTE PRETA - ESPORTES - Comemoração do gol de Biro-Biro, da Ponte Preta, em partida contra o Atlético-PR, válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro 2015, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), neste domingo. 27/09/2015 - Foto: PAULO LISBOA/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

 Foto: PAULO LISBOA/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O Corinthians seria o campeão, aliás, o time que não oscilava, mas também não convencia, como a jogar com atitude de campeão, o time foi eficiente quando estava mal e agora que parece atingir o ápice dificilmente será parado, além disso que vem debaixo nunca parece firme o suficiente para fazer frente.

O Corinthians 2015 é o Cruzeiro 13/14.

E o vice seria o Galo doido que empatou com o Joinville em um jogo complicado, o Galo foi favorecido em lances isolados, porém prejudicado na permissividade da arbitragem com lances violentíssimos dos catarinenses.

Completando o G4 estaria o Grêmio e o Palmeiras. O alviverde conseguiria se manter no G4 no último lance do clássico contra o São Paulo em uma lambança repetida de Ceni nesses momentos finais de carreira. O maior jogador do Sâo Paulo vai se despedindo de forma melancólica, fazendo grandes atuações em meio a lambanças pontuais e sem a mesma influência no grupo de jogadores.

No meio da tabela destaque para o Santos, o único time atualmente que faz frente ao líder, o Grêmio um pouco também. O time do litoral paulista engrenou tarde, porém vem jogando o fino e sua usina de moleques segue a todo vapor. Dorival Junior para técnico das seleções de base para ontem.

Destaque também para Ponte, o time embalou 4 vitórias, se reinventou no campeonato após a saída de Caja e mudança de treinador. Doriva vai se mostrando um promissor treinador e vai montando bom trabalho na Ponte. Terá uma prova de fogo na próxima rodada ao enfrentar o líder.

Na zona da confusão, o Vasco parece almejar o impossível. De condenado a 5 rodadas atrás, o time dobrou os pontos nesse período (tinha feito 13pts em 23j, fez 13 nos últimos 5.) e começa a ver mais atingível a saída da degola. Do ponto de vista matemático, o time precisa de 20 dos 30 restantes. Ainda tá longe, mas está mais possível.

A 28ª rodada terminou com 31 gols, o futebol agradece, foram 5 vitórias dos mandantes, 3 dos visitantes e 2 empates. Pensei em por Gil e Renato Augusto, mas vou ficar com Biro Biro, pelos dois gols e responsável por essa arrancada da Ponte e pela demissão de mais um treinador, com a derrota, o bom Milton Mendes caiu.

E para vocês, como seria se o campeonato acabasse na 28ª rodada?

Anúncios

E se o campeonato acabasse na 16ª rodada?

image

O Galo doido seria o campeão! Com uma ótima vitória na quarta-feira sobre o meu tricolor, naquela que para mim foi a melhor partida do campeonato até agora.

O vice-campeão seria o Corinthians que segue sem muito alarde, sem perder muito e a mais tempo invicto, já são 8 jogos sem perder.

Completando o G4, estaria o Flu e o Sport Recife. Ronaldinho estreou, nem foi excelente, mas nem foi péssimo, de certa forma até me surpreendeu, atuou por 90 minutos e foi importante no lance do único gol, com belo passe para Wellington Paulista ajeitar para Marcos Jr concluir.

Quanto ao Sport apesar de todo o oba-oba e com razão, pela primeira vez, senti o time cansado, com dificuldade para manter sua energia durante todo o jogo, agora é aproveitar a semana, descansar bem o time e voltar com tudo na próxima rodada.

Na parte intermediária, destaque para o Furacão em 5º e a Chape em 9º. O Furacão anulou o Palmeiras e encostou na parte de cima da tabela, o time é bem montado pela revelação Milton Mendes e tem bons nomes como destaque para o Brasileirão, além é claro de Waltinho que tem sido bem utilizado durante os jogos para mostrar sua técnica.

Já a Chape mostra que um time que sabe usar seus domínios pode almejar pelo menos um lugar no meio da tabela, a Chape em casa é uma (6v-1e-1d) e completamente outra fora (1v-1e-6d).

Na zona da confusão ou próxima dela, destaco Ponte Preta e Coritiba. Ambos os times estão a 7 jogos sem vencer. Na Ponte mais da metade desse jejum coincide com a saída de Renato Cajá, no Coxa basta ver que se trata do time que menos venceu no campeonato apenas 2 partidas.

Vasco, Joinville e agora o Goiás se juntam ao Coxa no Z4. Apesar de ainda restarem 22 rodadas, acho que apenas Avaí e dependendo de como continuar a queda vertiginosa da Ponte conseguem “roubar” alguma vaga desse grupo.

A 16ª rodada terminou com 21 gols, 5 vitórias dos mandantes, 4 empates e apenas um 1 vitória dos visitantes. O craque da rodada sem dúvida foi Lucas Pratto pelo três gols na quarta-feira diante do São Paulo.

E para vocês, como seria se o campeonato acabasse na 16ª rodada?

E se o campeonato acabasse na 6ª rodada?

DIEGO SOUZA - Sport x Palmeiras - Arena Pernambuco - Chico Peixoto (3)

O Furacão seria o campeão, com mais uma vitória agora sobre o Vasco, o time de Curitiba continuaria na liderança com 15 pontos.

Agora quem aparece na cola para as próximas rodadas é o tricolor paulista, com uma vitória segura sobre o Grêmio, o time vai fazendo do Morumbi um forte aliado, são 12 vitórias consecutivas dentro de casa (4 pelo Brasileirão), um novo recorde para o time. Osório disse que as mudanças serão mais graduais, mas sua postura já é elogiada por vários líderes do time.

Ponte e Sport completariam a lista de classificação para a Libertadores. Os times mais chatos para enfrentar nesse início de campeonato, são os únicos invictos (3 vitórias e 3 empates) até aqui.

Depois no bloco intermediário, destaque para o Avaí que já ocupa o 7º lugar, para o Cruzeiro que começa a subir na tabela, Luxa está com 100% na Raposa. Já o Goiás que figurava no G4 somou apenas 1 ponto nos últimos três jogos e caiu para o 11º lugar.

Já na zona da confusão, Flamengo, Coritiba, Vasco e Joinville aparecem por lá. Para os cariocas está na hora dos times acordarem, para o Joinville está na hora de perder a timidez do retorno a Série A, enquanto para o Coxa, acho que só se o Alex voltar a campo.

Sempre escolho aquele que foi o craque da rodada, nessa 6ª rodada ninguém se sobressaiu para mim, portanto foi colocar o Diego Souza, primeiro pelo bom campeonato que está fazendo, perdendo apenas para o Cajá da Ponte e segundo pela declaração divertida que deu ao final do jogo de ontem.

Ao ser perguntado sobre como ele via essa recomendação da arbitragem sobre não tolerar reclamação dos jogadores, ele concluiu dizendo que os árbitros estão tão pilhados que você vai perguntar se está tudo bem com a mãe dele e corre risco de tomar um amarelo.

E assim seria o campeonato se ele acabasse na 6ª rodada!

2ª Rodada do Brasileirão!

Esse lance foi o que de melhor saiu nas duas partidas que eu vi....

A segunda rodada do Brasileirão terminou, e o Corinthians é o novo líder. O alvinegro paulista é o único time que manteve o 100% de aproveitamento. Na parte debaixo da tabela, o Atlético-GO é o único time que ainda não somou pontos. De qualquer forma, essa etapa do campeonato serve mais para alguns times ganharem gordura, já que ele irá começar de fato depois da pausa da Copa do Mundo. Ontem, acompanhei dois jogos entre Paulsitas e Cariocas, ambos fracos tecnicamente, abaixo os meus comentários:

São Paulo 1 x 2 Botafogo: O jogo foi morno, sem muitas emoções, o tricolor veio a campo com um time reserva, enquanto o Botafogo foi para o jogo com um time obediente mas sem nenhuma inspiração.

No primeiro tempo, o São Paulo começou dominando as ações do jogo, principalmente com bons passes do jogadores de meio campo para Washington, contudo o gol saiu em ótimo cruzamento de Jorge Wagner que encontrou Léo Lima livre para escorar e abrir o marcador. O Botafogo não tinha poder de reação, como sempre a única arma do time era na bola parada, e foi em uma delas ainda no primeiro tempo que o Botafogo encontrou o empate. Em cruzamento de Lúcio Flávio, o zagueiro Antonio Carlos e empatou a partida, o zagueiro é o artilheiro do campeonato ao lado de Emerson do Avaí.

No segundo tempo, a apatia tomou conta do jogo. o São Paulo pecava na falta de entrosamento entre os jogadores em campo e a perda da referência no ataque, Washington saiu para dar lugar a Fernandinho, não concordei com a saída. Pelo Botafogo, Lucio Flávio é tão eficiente com a bola parada quanto é lento com ela em jogo. Até que Joel Santana resolveu dar um novo gás ao time, e promoveu a entrada de Renato Cajá, o meia entrou mudou o panorama da partida e foi premiado com o gol da vitória.

No fim, para o São Paulo fica a sensação de que o time possui um bom elenco, mas ainda mal entrosado, além da necessidade de jogar com um homem de referência na frente. Pelo Botafogo, mantenho a idéia de que se trata de um time que não pode sonhar muito, mas também não irá passar sufoco, o time é arrumadinho dentro das limitações do elenco. Mérito do “Tio” Joel.

Vasco 0 x 0 Palmeiras: Apesar da ausencia de gols, achei o jogo levemente melhor que o do Morumbi, isso graças a vontade do Vasco. O time cruzmaltino dominou as ações durante o primeiro tempo, mas faltou capricho no lance final, pelo Palmeiras fica nítido que não se trata apenas da qualidade dos jogadores, “algo não cheira bem no reino do Palestra Itália”.

No primeiro tempo, o Vasco tentou pressionar, mas encontrou um Palmeiras jogando fechado como um time pequeno, com duas linhas de quatro recuadas sem a menor preocupação em atacar. O que restava para o time de São Januário era chutar de longa distância, porém o time não foi feliz em nenhum chute. Enquanto isso, o Palmeiras não assustava Fernando Prass.

O segundo tempo começou e o cenário era o mesmo, o Vasco pressionava e o Palmeiras continuava acuado. Com o passar do tempo, a torcida vascaína começou a ficar impaciente e cobrar em forma de protesto o time, a medida que os protestos aumentavam, o time da casa perdia a confiança e o alviverde começava a se soltar um pouco mais. Só na metade do segundo tempo que o Palmeiras equilibrou a partida, contudo esse equilíbrio foi apenas para conduzir o final do jogo sem grandes emoções. Resultado final, 0x0.

Fica claro que os dois times precisam de um choque para acordar para a competição, além de reforços para o elenco, os dois times precisam arrumar a “cozinha” do clube, fica claro que existe problemas internos nos dois times que enquanto não resolvidas afetarão os times dentro de campo.

E vocês quais jogos viram? O que acharam? Qual o destaque da segunda rodada?

Vamos especular!!

Galera do blog mais querido, adotei o domingo para tratar de especulações do mercado da bola. Vamos apenas atualizar as novidades em relação aos post de domingo passado:

Kalil, segue reforçando o Galo, nesta semana Jairo Campos da LDU chegou para reforçar a zaga, além do atacante Muriqui que era dado como certo no Palmeiras, mas Kalil foi mais eficaz e fechou com o mediano atacante. Renê era dado como certo para ser o reserva de Carini, mas o ex-goleiro do Barueri se atrapalhou assinando um contrato com a Portuguesa e agora sua situação ficou incerta.

O Alvinegro apostou em Renato Cajá que estava encostado no Grêmio, para quem não lembra, Renato foi aquele meia que destacou na Ponte Preta, boa aposta pelo lado alvinegro. Além disso o volante Somália chegou vindo do America-RN, não posso afirmar nada sobre o jogador.

O Corinthians essa semana não apresentou nenhuma novidade.

Jóbson já está descartado, Kléber Pereira começa a surgir como opção para o ataque celeste, além disso o meia Macnelly Torres que fazia partes dos planos do Santos também entra no radar da Raposa.

No Flamengo, a novela da semana foi a renovação de Andrade, além disso independente se Adriano fica, o rubro-negro já busca parceiros para bancarem uma parte do salário de Love, assim a chance do atacante aparecer aumenta um pouco. Airton que era dado como certo no Benfica ainda é incerto.

O time parece tranquilo para a manutenção do time, fora isso mas nenhuma novidade no clube das Laranjeiras.

O Grêmio que queria trazer diversos jogadores do São Paulo campeão mundial, está agora mais propenso a trazer, Ferdinando, William e Marquinhos do Avaí, além disso o time gaúcho trocou o bom zagueiro Léo pela promessa encrequeira palmeirense Maurício, acordo feito principalmente para quitar uma dívida do clube com o Palmeiras.

Pelo lado do Inter, após as festas do centenário, uma notícia bombástica surgiu, o volante Guinazu foi oferecido ao meu tricolor, confesso que duvido muito dessa informação, acho difícil o argentino mudar de ares.

O Palestra graças a uma dívida conseguiu dar um jeito em Maurício e ainda ganhar um zagueiro melhor do que todos juntos do elenco, Léo é uma ótima para o time. Outra notícia ótima, Cleiton e Diego continuam no clube, quem afirmou foi Jota Hawilla, então dá pra acreditar… um pouco.

Dorival quer alguns jogadores, mas até agora nada.

Nesta semana, Marcelinho Paraíba foi confirmado no tricolor. Guinazu surgiu como opção do tricolor, como disse, eu duvido. O Bayern praticamente descartou qualquer chance de Breno voltar ao Brasil, mas algo me diz que o jovem zagueiro estará com a camisa tricolor no dia 07 de janeiro.

O Vasco trouxe mais duas boas opções para o time, o excelente zagueiro Thiago Martinelli que estava no Japão e resgatou Dodô, o atacante terá no Carioca para mostrar a que veio, de qualquer forma acho que caso, Elton esteja fora mesmo, precisa chegar outro atacante.