Pitacos: A sensação baiana, o poço alviverde e uma luz para o tricolor paulista.

Galera do blog, a 25ª rodada terminou e foi ótima para o São Paulo e trágica para o Palmeiras. O tricolor volta a sonhar com o G4, enquanto o Palmeiras percebe que a Série B está bem próxima. A rodada teve 24 gols, 3 vitórias dos mandantes, 4 empates e 3 vitórias dos visitantes.

No sábado, a zebra resolveu dar o ar da graça. O Atlético –GO teve noite de Galo e venceu o Fluminense dentro do Rio de Janeiro por 2×1. Além da boa atuação do time goiano, a partida mostrou que o Flu sentiu a ausência do seu craque, várias oportunidades foram desperdiçadas pelo ataque tricolor.

Já o tricolor paulista conseguiu uma vitória convincente sobre a Portuguesa. O maior problema do São Paulo será manter Lucas e Luis Fabiano em todos os jogos, pois é nítida a diferença de aproveitamento quando os dois estão em campo. Se os dois jogarem todos os jogos restantes, a chance do São Paulo voltar a Libertadores é enorme.

No domingo, o clássico paulista teve um resultado esperado. Vitória corintiana. Para mim, a vitória aconteceria de qualquer forma, mas o juiz atrapalhou expulsando o descontrolado Luan no início da partida. O alerta está ecoando pelos corredores do Palestra, a situação é desesperadora.

Vasco e Cruzeiro empataram em Minas Gerais por 1×1. De bom, apenas a entrada de John Cley no segundo tempo, não pelo talento, mas pela narração ficar um pouco mais interessante. Celso Roth começa a balançar no Cruzeiro, ainda mais com a sombra de Felipão agora. Ouso dizer, que para o próximo jogo, teremos Felipão no comando celeste.

Neymar mais uma vez ganhou uma partida pelo Santos. Dessa vez, a vítima foi o Coritiba, o alviverde até começou melhor, mas no intervalo Muricy “pagou geral” e Patito e Neymar voltaram decidido a mudar a partida. Ainda assim, será difícil para o Santos conseguir a vaga na Libertadores.

O Galo não conseguiu bater o Naútico no Aflitos e viu o Fluminense seguir mais uma rodada na liderança. O Timbu foi superior e só não conseguiu vitória maior porque Victor pegou um pênalti e mais o que podia. O Galo não fez boa partida, aliás o time faz o segundo turno mais ou menos, se fosse apenas o 2ºturno o Galo estaria em 10º.

Jorginho ficou e fez o Bahia vencer o Figueirense por 2×1. A campanha do time baiano no 2º turno é surpreendente, o time é o líder neste turno, além de já ter feito 14 pontos, enquanto no primeiro turno inteiro o time tinha feito apenas 17.

Ponte e Botafogo fizeram o jogo mais chato da rodada. Um empate sem gols, sem grandes emoções e quase nenhum lance para lembrar. Os dois times já mostraram durante o campeonato que tem potencial para mais, mas ontem foi menos. Só no segundo tempo, que o Botafogo tentou alguns chutes.

Flamengo e Grêmio empataram em 1×1. Resultado ruim para os dois. Para o Flamengo porque segue o jejum e a zona do rebaixamento vai se aproximando. Para o Grêmio, porque era a chance de encostar de vez nos líderes e entrar na briga pelo título de uma vez. Tudo ficou para a próxima rodada.

Encerrando, o Inter apenas empatou com o Sport por 2×2. Isso porque o time conseguiu reagir no segundo tempo, pois foi para o intervalo perdendo por 2×0. O Inter está a quatro jogos sem vencer, perdendo grandes chances de entrar de vez no G4. Na próxima rodada, o time pega a sensação do segundo turno, o Bahia.

Rapidinhas do Camisa 10 – 15.08.2012

Ressaca dobrada. E os palmeirenses amanheceram hoje com duas dores de cabeça, primeiro Guilherme resolveu não mudar de opinião e foi mesmo para o Corinthians, na sequência o gerente Cesar Sampaio confirmou que um jogador chegou embriagado ao treino de segunda, na lista de relacionados João Vitor ficou de fora, ao que tudo indica foi ele que pediu mais uma dose.

Criança Esperança Carioca. E o Vasco teve seu alojamento que serve de moradia para 60 jovens interditado. Um absurdo, se pensar que o cruz-maltino dava uma garrafa de 2 litros para os meninos tomarem banho, uma cama sem colchão, comida misturada com o lixo e os banheiros sem vasos, porque eles precisavam adubar a grama.

Decisão arbitrária. Bida (jogador do Atlético-GO) foi suspenso por um ano por doping. O problema é que o jogador ingeriu uma substância recomendada pela nutricionista do clube, a mesma assumiu a culpa e disse que não sabia o que estava fazendo, ela inclusive chegou a pedir demissão do clube pelo erro cometido. Se Bida chamasse Cielo, aposto que estaria jogando essa semana mesmo.

Apenas um susto ou o início de sempre? Ronaldinho quase teve seu contrato rescindido com o Galo após um atraso cometido as vésperas do jogo contra o Vasco. Contudo, após uma dura de verdade (dura para um profissional, não para uma criança) de Kalil, as coisas parecem acertadas, até porque o camisa 49 fez ótima partida contra o Vasco. Resta saber, se não teremos reincidência…

Desejos desencontrados. O Vice-presidente do Flamengo Paulo Cesar Coutinho afirmou que Adriano é “o sonho de consumo” do clube. O problema é que o sonho de Adriano não parece ser recíproco, pelas faltas na fisioterapia e a vontade de jogar bola, desconfio que os sonhos de consumo de Adriano são outros.

Direto e reto. Tudo mundo sabe o talento de Ibrahimovic com os pés e com a boca. E as vésperas do confronto contra a seleção brasileira, perguntaram para o craque sueco sobre Lucas e ele disse: “Não posso falar muito sobre ele, pois confesso que pouco sei, mas pelo que pagaram por ele, terá que jogar muito”.

O reino animal e suas coincidências. Após Ganso passar a Olimpíada toda dividindo o banco de reserva com Pato, eis que o meia santista parece ver até sua titularidade questionada no time e adivinha por quem? Pato. Só que agora o argentino, a nova contratação santista estreiou com uma grande atuação e mostra totais condições de aproveitar o mau momento de Ganso.

Um pouco de números… às vezes parecem não dizer nada, mas o Galo atinge o aproveitamento de 84% após 15 jogos, o índice é equivalente a campanha do Inter de 76, marca que é a melhor da história do Brasileirão. Resta esperar para ver como Cuca passará pelos próximos 23 jogos.

A força de uma figura. Lula é realmente poderoso, graças a sua forte influência e paixão pelo futebol, Mano Menezes ganhou sobrevida, contudo a permanência do treinador criou um desconforto no “alto clero” da CBF, Del Nero queria Scolari a fórceps, enquanto o churrasqueiro Sanchez sorri com a amizade feita com nosso ex-presidente

Menção honrosa… Após o fim das olimpíadas, eu fiquei orgulhoso das seleções de handebol feminino, basquete masculino e as equipes de vôlei pela bravura e respeito com nossa pátria.

Dúvida da semana. Carnavalesca, Bossa Nova e Brazuca? Alguém avisou a Adidas que Amazônia, Gorduchinha e Ronaldo Fenômeno seriam ótimos nomes para a bola da Copa?