Pela mudança do nosso calendário…

Pesquisa-Maior-Torcida

Eis que 75 jogadores que atuam no futebol brasileiro resolveram entrar “na moda” do protesto e montaram um abaixo assinado pela melhoria do calendário nacional.

Sinceramente, não faço questão que eles criem uma nova liga, nem tão pouco que seja feita uma caça as bruxas. Isso o próprio tempo se encarrega de ajustar as coisas. Espero de verdade, que eles criem uma comissão, ou simplesmente que Alex (Coritiba) e Paulo André assumam essa função e discutam de forma firme quais são essas condições de melhorias.

Hoje nosso futebol está entregue ao bel prazer da TV. Ela sabe do potencial que o futebol tem e tenta nos entupir com o esporte durante quase todos os dias. Somos um país de um esporte só, e que às vezes paramos para ver corrida e volei. Não apreciamos mais nada, a não ser quando aparecem um Guga, um Cesar Cielo, um Oscar Schimdt para nos fazer lembrar de que existem outros esportes.

Sendo assim, a TV não tem piedade conosco, nem com os clubes de futebol e cobram que eles estejam disponíveis durante todo o ano, para assim sempre terem a possibilidade de preencherem a grade. O que a TV não percebe é que isso prejudica a qualidade do espetáculo.

Ou você acha bacana, você saber que um jogo ou outro do Botafogo não vai ter o Seedorf para jogar. Ou que alguns jogadores forçam o cartão para conseguir um pouco de descanso em uma semana puxada? É meus caros, acreditem, quando um atleta força um cartão nem sempre é porque ele é burro, às vezes ele é bem esperto na verdade.

Já disse sobre meu pensamento de exterminar os estaduais, porém achei o método adotado pelo Atlético-PR excelente. O time optou por não jogar o estadual com seu time principal, deu férias corretas para seu elenco principal, fez uma pré-temporada e só então participou dos campeonatos.

Acho que a solução encontrada pelo Furacão deve servir como ponto de partida, do que se espera de tempo adequado para que o atleta profissional descanse com a preservação do espetáculo.

Que o gigante continue acordado e lutando para a melhoria no nosso querido futebol.

Rapidinhas do Camisa 10 – 29.05.2013

levante

E ele enfim, foi. Neymar assinou o contrato com o Barcelona. Aquilo que todo mundo já antecipava a tempos, enfim aconteceu. Neymar ficará por cinco temporadas na Catalunha e terá tudo para ter sucesso. Estará em um time, onde ele não precisa ser protagonista logo de cara, em um time que tem uma filosofia bem clara que valoriza o futebol dele, além de ser um time que sempre está disputando títulos. Basta ele também entender tudo isso.

Neymar já chega causando… A chegada de Neymar já evidenciou um esquema que ficou um pouco mais obscuro pela aliança envolvida. Foi relatado que Real Madrid e Manchester City se uniram para superfaturar as transações do time catalão, a idéia é sempre um dos dois aparecer para inflacionar qualquer tentativa do Barça se reforçar. A princípio uma prática comum em qualquer lugar do mundo, o curioso é a união entre dois times, sendo um deles financiado pelos novos sheiks do futebol.

Para quem tinha dúvidas… sobre o tamanho de Neymar, basta dizer que com a venda dele, o Santos pensa em repatriar não apenas um, mas dois ídolos do passado recente. Para substituir o garoto prodígio, o Santos quer trazer de volta Diego e Robinho de uma vez só. Uma coisa é fato, o time precisa trazer peças para repor a saída de Neymar, lógico que não dá para substituir ele, mas qualificar o elenco é necessário.

A velha história. Fazia tempo que isso não acontecia, mas o Bayern resolveu reviver um problema antigo. O Bayern bateu o pé para que Dante e Luiz Gustavo estejam presente para a partida da final da Copa da Alemanha. O problema é que dessa vez, a seleção tem direito de acordo com as regras da Fifa, contudo a questão é saber se vale ou não a pena arrumar essa confusão. Como sempre, acho que o bom senso deve prevalecer, nesse caso, não custa deixar Dante e Luiz Gustavo jogarem uma final e chegarem apenas para o segundo amistoso.

Mais um Sheik milionário… Agora o Mônaco da França ganha um sheik como dono do clube e disposto a investir dinheiro no clube francês, o time que está pronto para descarregar um caminhão para levar Falcão Garcia para o time francês também abriu o olho para um time brasileiro, o São Paulo. Na França especula-se que o sheik quer de uma vez só, Jádson, Ganso e Luis Fabiano. Acho difícil, qualquer um deles sair, mas dinheiro para isso não vai faltar.

Seedorf para presidente da CBF!! O profissionalismo demonstrado pelo holandês é invejável. O jogador dá uma lição de moral para um monte de chinelos, arrogante e acomodados de plantão. O Botafogo foi campeão carioca com sobras, e a única “premiação” foi a ausência de salários, e ao invés de permitir o boicote dos jogadores, Seedorf junto de Jeferson reuniram o elenco e decidiram que irão honrar seus compromissos com o time e esperam que o clube consiga fazer o mesmo. Pelo que demonstraram contra o Corinthians, todo mundo entendeu o recado.

Uma caixa de surpresas… Falando em Botafogo, li em alguns lugares uma matéria no mínimo suspeita. O clube carioca havia conseguido um excelente contrato com a Volkswagen para adquirir o naming rights do Engenhão, inclusive com amistoso contra o Wolfsburg marcardo. Contudo, “forças ocultas” produziram um laudo para interditar o estádio além de uma carta de recomendação para a diretoria botafoguense acertar com a Caixa os naming rights mesmo com os valores inferiores. Viva o lado negro da força!

Brasileiro quer torcer e só… Nada de Caxirola, as nossas vuvuzelas foram vetadas de vez, após os incidentes em Salvador. A engenhoca criada para substituir um instrumento já existente e nunca usado em um estádio para concorrer com as vuvuzelas sulafricanas fracassaram. Além do mico criado pelo próprio governo brasileiro, a sensação de cordialidade do brasileiro começa a mudar, como já percebido, os brasileiros são bem mais hostis que os africanos.

São Paulo B? Após acertar a contratação por empréstimo do meia argentino Cañete, agora é a vez da Lusa praticamente dar como certa a contratação do volante Fabrício, além dos dois o carismático Souza também está no time paulista, se acertar com toda a baciada restante que o Juvenal “Castro” “colocou” a disposição, o time paulista pode montar um bom elenco. É esperar para ver!

Toda a força do mundo… para Oscar Schimdt que vai iniciar a partida mais difícil da sua vida. A luta contra o câncer. Para quem já vencou o Dream Team com sobra, tenho certeza de que força e dedicação não faltarão e o nosso mão santa irá vencer essa partida duríssima.

Dúvida da semana… Com o Palmeiras vencendo o ASA com tranquilidade, o time já superou o trauma?