Rapidinhas do Camisa 10 – 16.01.2013

2013

Nau sem rumo… O Vasco me impressiona, o time monta uma equipe fora dos gramados de primeira, mas comete falhas grotescas na hora de montar o time principal. Não basta ter desmontado o time campeão da Copa do Brasil, estar completamente endividado e estar contratando mal, o time ainda cogita a hipotese de resgatar Pedrinho da sua aposentadoria. Nada contra o talento do jogador, mas isso é desespero.

Amarelo desbotado… Quando a maré está braba, ela atinge em todos os níveis. Não bastasse toda a desconfiança que ronda a seleção brasileira principal desde a eliminação em 2010, agora os meninos do sub20 resolveram assustar. A tendência é que o time se classifique para a segunda fase, mas virou obrigação vencer as duas partidas restantes, já que até agora só empatou com o Equador e perdeu para o Uruguai.

Rabugento vencedor e de saída! Mourinho é o treinador que consegue ser o Tele Santana das estratégias e o Leão no trato com seus subordinados ao mesmo tempo. Da mesma forma, que ele torna seus times extremamente vencedores ele consegue criar inimizades com todo o seu elenco. No Real, ele já barrou Casillas, finge que não vê Kaká, pega no pé de Cristiano e agora resolveu dizer que Di Maria não joga nada. O mala em pessoa…

Nem sempre, eles querem melhorar… Aqui vai uma crítica ao São Paulo e a sua reestruturação do formato de sócio torcedor. O time buscou enquadrar com a maioria dos grandes clubes, porém deu um passo para trás na vantagens oferecidas e ainda por cima aumentou o preço. O que faltava era Marketing adequado para o formato existente, agora vai ser árduo a aceitação desse.

Será que vai? E não é que parece que o Flamengo encontrou alguém para consertar a casa rubro-negra, Paulo Pelaipe decidiu que irá reforçar o elenco do Flamengo, mas apenas com jogadores que aceitem ganhar um salário “modesto” para que o clube possa cumprir com suas obrigações. Além da SÁBIA decisão, o diretor conseguiu trazer Elias (ex-Corinthians), Gabriel (ex-Bahia) e João Paulo (ex-Ponte). No conjunto da obra, boas aquisições para o elenco.

Enfim as caixas de som!! E o Grêmio venceu a feira livre promovida pelo Napoli e irá levar o excelente Vargas para o grupo. Os valores eram os mesmo que o Sâo Paulo tinha oferecido, a diferença foi que o time gaúcho aceitou a claúsula que permite ao time italiano após seis meses solicitar o retorno do atleta a qualquer momento, sem precisar indenizar o Imortal. Cada um com sua loucura!

O grande dilema! Confesso que estou torcendo para o Santos fechar com o Carlos Eduardo e ver como Muricy irá escalar o time. No papel, dá para Muriçoca escalar o time com Montillo, C. Eduardo, Miralles, Neymar e André, com Arouca de volante. Mas conhecendo a figura ranzinza, é bem provável que o time seja Arouca, Cicero, Assunção, Montillo, Neymar e Andre.. É esperar para ver…

Furação de escala 10! E veio do Atlético-PR a atitude mais respeitada nesse início de 2013, pensando em entrosar o time e melhorar sua imagem fora do país, o time paranaense decidiu que irá disputar o estadualzinho apenas com o time sub23, pois o time principal irá disputar um torneio na Espanha e depois pretende continuar em temporada européia! Parabéns ao Furacão!

Pegando o troco do Itaqueão. É dessa forma que o Moleque Travesso irá conseguir construir um novo estádio para si. Isso mesmo o eterno estádio da Rua Javari está com os dias contados, a diretoria do clube da Mooca parece ter encontrado uma brecha para reconstruir um estádio que servirá como Centro de Treinamento durante a Copa e depois virará estádio para o histórico clube. O preço, 200 milhões, uma bagatela que pagaremos rapidinho.

Lançamento nos cinemas! O Palmeiras conseguiu verba para desenvolver um filme assim como fizeram Corinthians e São Paulo. A idéia inicial era que o título fosse o “Campeão do Século!”. Em tempo, primeiro era bom deixar claro que é do século XX, porque depois a fonte secou e segundo depois da fanfarronice de Valdivia, acho que De Pernas para o Ar 3 também seria um ótimo nome.

Dúvida da semana. Quais ações Ricardo Teixeira já fez como consultor da CBF? (Ele recebeu R$ 120 mil para isso!!)

Anúncios

Rapidinhas do Camisa 10 – 05.12.2012

Imagem

Gol, um detalhe fácil… Pelo menos para o craque Messi fazer gol é muito simples. Enquanto a maioria dos jogadores se matam para conseguir um mísero gol, La Pulga precisa apenas de pouco mais de 3 finalizações para marcar um gol. Como comparação, Cristiano precisa de 7 finalizações para conseguir marcar um gol, no Brasileirão cada gol saia após dez finalizações. Alguém duvidava da capacidade de Lionel?

O preço da soberba… Hulk pode estar com os dias contados no Zenit. O jogador que chegou com uma das maiores transações da história, causou ciúmes no grupo e a falsa sensação de que ele seria intocável no time. Porém como todo time profissional, em alguns jogos a substituição é inevitável. Hulk está arrumando confusão com o técnico por besteira, a fama subiu a cabeça. Pode sair pelas portas do fundo de um time sem expressão.

Eu pensei que era jóia rara…e Lulinha era bijuteria. O jogador que surgiu na base do Corinthians como a grande revelação, com o histórico de mais de 300 gols pela base e com multa de 50 milhões de reais, está no fim do seu contrato com o Corinthians e não será renovado, ou seja, poderá ir de graça para qualquer time.

Mexendo no vespeiro… Confesso que ainda não tenho confiança nas intenções do craque da pequena área e deputado Romário, mas a iniciativa que colher assinaturas para uma CPI em cima CBF é de se louvar. Basta entender, o quão sério será essa investigação e quem realmente irá fornecer a assinatura, porque se depender do que foi a premiação do Brasileirão, Marin está só sorriso para a bancada política.

Um certo desapontamento… Falando da premiação do Brasileirão, estive presente no HSBC (antigo Tom Maior) para acompanhar o evento e fiquei decepcionado com a organização dele. Considerei o evento feito de qualquer forma, com um certo improviso, um Cleber Machado atrapalhado, sem muita interação dos principais personagens (atletas)e puxa saquismo com vários políticos. Esperava mais de um evento organizado pela Globo. De bom, foi as conversas com Fred e LAOR (presidente do Santos), duas figuras incríveis.

Fique atento… Marcelo Campos Pinto, diretor de esportes da Globo, voltou a usar o microfone para falar bobagem. Usou a premiação para fazer um discurso ameaçador. Falou que espera maior exclusividade dos clubes com a emissora e que espera um modelo igual ao inglês, onde dentro do campo apenas a emissora que detém os direitos de transmissão. Ou seja, na cabeça do cara que prefere pontos corridos, a Globo tem “pouco espaço” pelo que paga.

Nos bastidores o time está bom… Pelo menos é assim que vejo o Vasco. Renê Simões foi contratado como diretor executivo do clube, ele se junta a Mauro Galvão e Ricardo Gomes para tentar montar um Vasco novamente competitivo. O primeiro desafio é manter Juninho no elenco, o segundo é acertar nas peças de reposição para começar bem 2013. Por enquanto, as escolhas administrativas foram excelentes.

Para a Série B serve… Fernando Prass, Ayrton, Henrique, Cleber (vindo da Ponte) e Juninho; Souza (que estava no Naútico), M. Assunção, Denoni, Valdivia, Edno (o próprio) e Barcos esse é o time ideal que o Palmeiras espera para estreiar no Paulistão. A primeira vista, parece melhor que o time que terminou o campeonato, é necessário mais algumas peças, mas já nota-se uma evolução.

Reconhecimento do ninho.. O Flamengo já tem um novo presidente. Eduardo Bandeira de Mello assume o clube com um enorme desafio, voltar a tornar um Flamengo um grande no futebol, principalmente de forma sólida para que o time volte a entrar nos eixos e consiga montar grandes times. A primeira ação é entender o que Patricia fez durante a sua gestão, depois definir quem será o responsável por construir o time do Flamengo para 2013.

Ahh, as especulações… Entre todas as especulações que rolam no mercado, a mais engraçada envolve dois argentinos. A primeira é Montillo, sempre aparece alguém disposto a levar o meia, mas a Raposa insiste em segurá-lo de qualquer jeito. O segundo é Riquelme, ele é o primeiro jogador que planta as próprias especulações, agora é a vez do Santos. Aliás, o Peixe está querendo os dois argentinos mais enrolados.

Dúvida da semana. Quem tem a tarefa mais difícil? Felipão, Eduardo Bandeira Mello ou Gilson Kleina?

Pronto, Ceni estava certo!! “Cavalieri, parabéns pelo título!!”

Galera do blog, encerramos a 35ª rodada do Brasileirão e já temos um campeão matematicamente declarado. O Fluminense que aumentou o sofrimento palestrino e garantiu a faixa de campeão no peito. Quinta feira faço um post específico para o tricolor carioca. Essa rodada teve 30 gols, 6 vitórias do mandantes, 2 empates e 2 vitórias dos visitantes.

A rodada começou com o Botafogo atropelando a última esperança palestrina de se manter na Série A, a Lusinha. O bom time paulista decidiu parar de jogar bola desde que o mês de outubro começou, fazem sete partidas que o time não vence. Já o Botafogo alimenta a esperança de conquistar uma vaga para a Libertadores, chance mínima, mas ainda existe. Bruno Mendes segue em estado de graça com a camisa alvinegra.

O Santos foi o time menos confiável nesse Brasileirão, toda a vez que você aposta em uma boa partida do time de Muricy, ele decepciona e o mesmo vale para o contrário, quando você não espera nada, o time aplica uma goleada. Dessa vez, o time decepcionou e saiu derrotado pelo já rebaixado Atlético-GO.

Para terminar o sábado, o Corinthians atropelou o Coritiba e mostrou que as engrenagens estão prontas para o Mundial. O time venceu por 5×1 e deixou Tite orgulhoso da dúvida que possui. Quem serão os 4 “atacantes” do time titular. Guerrero, Martinez, Romarinho, Danilo, Douglas, Jorge Henrique e Sheik disputam essa “honraria”. E pensar que Sheik no momento é azarão.

A única chance do Galo era vencer a partida e torcer para o Palmeiras conseguir pontuar contra o Fluminense. O Atlético até começou fazendo a sua parte ao abrir o marcador, mas não conseguiu segurar o resultado, acabou empatando com o Vasco e ainda viu o Grêmio assumir a vice-liderança do campeonato. Para Vasco e Galo, o mais importante agora é já preparar o elenco do ano que vem.

E o Grêmio tomou a vice-liderança do Galo ao vencer o São Paulo por 2×1. Cada time jogou um tempo, melhor para o Grêmio que escolheu o segundo tempo para jogar. No primeiro a superioridade do time paulista foi pequena, já no segundo tempo, o time gaúcho foi muito superior ao rival e na pressão e apoio da torcida virou a partida e garantiu sua vaga na Libertadores.

O Cruzeiro venceu o Bahia por 3×1. Para a Raposa, essas rodadas finais servem para a construção da equipe na busca para retomar a posição de destaque dos últimos anos. No jogo em particular, destaque para Martinuccio que tem feito boas partidas nesta reta final e mostrando ser um ótimo parceiro para o apagado Montillo. Já o Bahia ainda corre risco, mas parece o menos ameaçado.

A Ponte Preta venceu o Inter por 1×0. A Macaca silenciosamente vai fazendo um ótimo trabalho nesse campeonato, após um período turbulento durante a transição de Kleina para Guto, mas já voltou a entrar nos trilhos e a Sulamericana parece um sonho possível. Já o Inter foi a maior decepção dessa edição do Brasileirão, o time tem um plantel fortíssimo, mas nunca convenceu nesse Brasileirão e irá terminar apenas com a vaga para a Sulamericana.

O Naútico perdeu para o Flamengo dentro dos Aflitos por 1×0. O time pernambucano que vinha fazendo uma campanha excelente dentro de seus domínios resolveu tropeçar ontem. O Flamengo venceu com um gol de pênalti e afastou de vez qualquer fantasma do rebaixamento. Resta ao rubro-negro, aproveitar essas férias antecipadas e organizar a casa para que o Flamengo ocupe a posição de destaque.

Figueirense e Sport empataram por 1×1. O Figueira foi matematicamente rebaixado com esse empate e empurrou um pouco mais o Sport para a Série B. O Sport tem uma tabela razoável para somar os pontos, mas a próxima rodada é fundamental. O time precisa vencer o Botafogo em seus domínios, caso contrário a Série B baterá na porta do time pernambucano.

Para finalizar, guardei a partida do time campeão brasileiro de 2012. O Fluminense venceu o Palmeiras por 3×2 em um jogo emocionante. O time carioca foi novamente letal como em todo campeonato e Fred foi mais uma vez decisivo ao marcar dois gols. O Flu chegou a abrir 2×0 no marcador, mas bravamente o Palmeiras buscou o empate. Mas Fred, queria o título e foi atrás do terceiro gol do Flu, que deu o título ao time e deixou os palmeirenses ainda mais desesperados.

Pitacos: Alguns pênaltis, algumas expulsões e a certeza de que nossa arbitragem é non-sense.

Galera do blog, a 27ª rodada terminou e o Fluminense é o time a ser batido, já abriu 06 pontos de vantagem, na parte debaixo a tarefa do Palmeiras vai ficando mais possível. A rodada teve 21 gols, 5 vitórias dos mandantes, 4 empates e apenas 1 vitória dos visitantes, que foi no clássico carioca.

O sábado começou com uma atuação de gala de Juninho Pernambucano. O Reizinho da Colina deu duas assistências e marcou um gol na vitória por 3×1 sobre o Figueirense. A chegada de Marcelo Oliveira parece ter dado novo ânimo para o time, pouca coisa mudou, apenas a atitude é outra.

Cruzeiro e Inter empataram em 0x0 e ficaram um pouquinho mais longe do G4. Apesar do resultado, foi um bom jogo. Montillo pela Raposa e Damião pelo Colorado levaram perigo aos gols de Fabio e Muriel, mas não conseguiram balançar as redes. Borges chegou a ter um pênalti a seu favor, mas desperdiçou após o juiz mandar voltar a cobrança.

O Naútico segue usando a força do Aflitos. O time fez 29 pontos dos seus 34 dentro dos seus domínios. No sábado, o time venceu o Atlético-GO por 2×0, com dois gols de Kieza. O time pernambucano precisa roubar alguns pontos fora para ficar tranqüilo, caso contrário o rebaixamento pode ficar perto. Para o time goiano, resta apenas esperar o ano acabar,

Portuguesa e Atlético-Mg empataram em 1×1. Foi um bom jogo, como já disse algumas vezes, a Lusa mostra ter um bom time, falta camisa (confiança) para o time estar em uma posição melhor. Já o Galo precisa ligar o sinal de alerta, o time faz um péssimo segundo turno e já vê o Fluminense abrir 06 pontos de vantagem. Está na hora do Cuca acordar.

Para fechar o sábado, o Palmeiras atropelou a Ponte Preta por 3×0. O alviverde tem adotado a prática de fazer uma blitz inicial para resolver o jogo, contra a Macaca e o Figueira resolveu. Contra a Macaca, Barcos marcou dois e Assunção fechou a conta. O rebaixamento que parecia certo, hoje já é bem duvidoso.

O domingo começou com o clássico carioca que terminou com a vitória do tricolor por 1×0 em um golaço de Fred. O time do Fluminense tem grandes jogadores, mas se o título vier, Fred e Cavalieri são os principais responsáveis. Fred tem marcado gols em jogos importantes, onde o capitão e artilheiro precisa aparecer e ele tem comparecido. Já Cavalieri está em ótima fase, ontem ele pegou um pênalti já no final do jogo e tem pegado até pensamento nesse campeonato.

O Corinthians passeou no Pacaembu e venceu sem grandes esforços o fraco Sport por 3×0. Os comandados de Tite mostram que estão azeitados para o Mundial. Paulinho está voando, acho que dificilmente continuará no Corinthians em 2013 e Romarinho teve tarde do seu homônimo craque, dois gols de artilheiro.

Coritiba e São Paulo empataram em 1×1. O resultado foi péssimo para os dois. Para o Coxa a perigosa zona do rebaixamento começa a ficar próxima demais. Para o tricolor paulista, novamente o time não embala e fica eternamente em quinto lugar. Além disso, o jogo teve mais uma vez a arbitragem como personagem. Pericles Bassols já deu vários indícios de que é muito fraco.

O Bahia venceu o Botafogo por 2×0. O mais curioso é a sina do Botafogo em tomar gols do Fahel (seu ex-jogador). O Bahia está ainda em uma situação preocupante, enquanto o Botafogo patina mais uma vez na busca pelo G4. Aliás, tanto o Glorioso, como Inter e São Paulo insistem em não alcançar o grupo do G4.

Para terminar o Grêmio ficou apenas no empate com o Santos por 1×1. O jogo não foi dos melhores, então o árbitro resolveu aparecer. Como sempre Neymar apanhou o suficiente durante o jogo todo e a arbitragem acreditava que ele agüentaria o suficiente, na primeira reclamação do menino, ele foi amarelado e depois se enroscou com Para e fui expulso. Falta bom senso a arbitragem, sem protecionismo, mas de maneira igual.

Pitacos: Rodada sem graça, sem nehuma Peraltice…

Galera do blog, a décima sexta rodada acabou com apenas 21 gols (média de 2,1 por partida). Foram 04 vitórias dos mandantes, 02 empates e 04 vitórias dos visitantes. Uma rodada que acabou sem muito brilho, mas com a certeza de que Galo e Flu estarão na briga até o final, resta saber se só eles.

No sábado, Santos empatou com o indigesto Atlético-GO por 2×2. O time goiano tem dado trabalho para os paulistas, no Pacaembu apesar dos quatro gols, a única coisa boa foi a estréia de Patito. O meia/atacante argentino mostrou que tem que ser titular no time santista e que fará uma ótima dupla com Neymar.

O Figueira conseguiu arrancar uma vitória por 1×0 contra o Sport dentro da Ilha do Retiro. O Figueira mostrou um futebol mais combativo e venceu de maneira convicente o time pernambucano, o jogo serviu para tirar a zica do ótimo atacante Aloísio, mas o time catarinense ainda precisa melhorar sua performance em casa.

Celso Roth encontrou um pouco de gás em Salvador e o Cruzeiro venceu o Bahia por 1×0. O jogo serviu para resgatar mais um grande jogador, Montillo fez grande partida e foi premiado com o único tento da partida.

Como diria Claudinho e Buchecha, só Love, só Love. O atacante rubro-negro desencantou e novamente marcou os únicos dois gols do Flamengo contra o Náutico. O time vai ganhando uma organização tática melhor, mas ainda é um elenco fraquíssimo para a tradição do time.

No domingo, o Corinthians jogou para o gasto e conseguiu vencer o Coritiba por 2×1. O Coxa ainda sofre com a ansiedadede se firmar após a eliminação da Copa do Brasil e comete muitos erros na conclusão de uma jogada ou na marcação de uma bola parada. Já pelo Corinthians, fica evidente que Martinez foi uma ótima contratação e que Guerrero não é essa Coca-cola toda.

Já o São Paulo mostra que aproveitou a sequência de adversários fracos para somar pontos, ontem ao pegar um Grêmio forte perdeu no ultimo lance. O São Paulo mostra que é um bom time no geral, mas suas peças de meio de campo são muito fracas. Já o Grêmio está azeitado e pode sonhar alto nesse campeonato.

O Galo mostra que está firme esse ano, muito firme. Foi superior durante o jogo todo, o resultado de 1×0 contra o Vasco não refletiu o que o time jogou, o Galo poderia ter saido com 3×0 no placar que não seria exagero. O Vasco resolveu remontar o time durante o campeonato e irá pagar o preço por essa fase de entrosamento.

E a Macaca quase aprontou no Rio Grande do Sul, mas no fim o Inter venceu por 2×1 a Ponte Preta. Fernandão parece ter mudado o clima no Beira-Rio e o time tem jogado com mais vontade pelo menos, mesmo sem seus principais jogadores. Já a Ponte está muito bem organizada dentro da sua limitação.

No reencontro de Dida e Seedorf, Botafogo e Portuguesa terminaram empatados por 1×1. Oswaldo conseguiu colocar Seedorf no banco dessa vez, mas ainda terá que pensar como montar o time da melhor forma para aproveitar o talentoso holandês. Já a Lusinha, o mais importante é manter esse time até o final do ano e como disse anteriormente Bruno Mineiro foi uma ótima contratação.

Para fechar o Fluminense assumiu a vice-liderança ao bater o Palmeiras por 1×0. O time de Felipão foi superior ao tricolor carioca, principalmeente depois do Flu perder Wagner lesionado. Mas em um lance isolado e uma bobeada da zaga Sóbis deu a vitória ao fortíssimo Fluminense.

E aí, quais os destaques de vocês pelo Brasileirão?

Pitacos: Pouco futebol, mas nem sei se foi culpa dos times…

Galera do blog, nessa Páscoa consegui acompanhar ao jogo do São Paulo no sábado. Pois no domingo a Bandeirantes e a Anhanguera não me deixaram chegar a tempo das partidas.

Portanto, vou analisar os números frios, sem me atentar aquilo que vi na partida, com exceção do jogo do São Paulo.

O líder do Paulistão teve mais uma das suas atuações bipolares. Fez um bom primeiro tempo e um segundo tempo fraco. Porém, dessa vez, essa oscilação pareceu mais proposital, devido a expulsão e uma possível tentativa de poupar seus atletas.
Destaque para Casemiro e Cortês. O primeiro por ter recuperado seu bom futebol e o segundo porque é disparado o melhor jogador do time nesse início de ano.

O segundo colocado do Paulistão, que é segundo apenas pela sua economia em fazer gols, venceu mais uma vez por 1×0. Essa é a sétima vitória do time por esse placar. O time segue firme e o único problema é quando enfrenta times com um ou dois jogadores mais habilodosos, pois desmontam o time de Tite e o time não possui alternativa tática. Como no futebol sulamericano, a chance de um time ter dois bons jogadores é mínima, o time chegará longe sempre.

O terceiro colocado é o Santos que sofre da “vontade” de jogar o paulistinha. Quando entra os reservas, o time joga com determinação, mas falta habilidade e técnica para vencer. Quando joga os titulares sobra futebol, como no gol feito pela dupla Ganso/Neymar ontem, mas falta vontade de vencer. O time se classificará tranqüilo, resta saber se nos mata-matas jogará com ou sem vontade.

O Palmeiras caiu de 1º para 5º, nas últimas rodadas. A derrota para o Corinthians tirou o time do rumo e tornou mais nítido as limitações do time. O que o torcedor não pode “bitolar” é que tudo está perdido. O time é arrumado e conseguiu contratar ótimas peças para esse ano, mesmo assim ainda falta elenco. Para um mata-mata, o time pode surpreender e vencer, tanto que tem grandes chances no Paulista e na Copa do Brasil, para o Brasileirão, o time vai sofrer. Resta, reencontrar os trilhos do início do ano.

Além disso, destaque para o ótimo clássico em Minas. Que terminou com o empate em 2×2, após o Galo estar com 2×0 a favor. Pelo que vi no VT da partida, nada de novidade, pela Raposa só Montillo jogou e contou com Anselmo Ramom inspirado, pelo Galo, boa atuação de Danilinho. Guilherme também fez boa partida, mas na ânsia de querer tirar o estigma de formado no Cruzeiro isolou duas chances claras e virou vilão. Achei um exagero da torcida atleticana, o cara participou com um passe genial do segundo gol. Além disso, Roger era para ter sido expulso o que mudaria completamente o cenário da partida. A cotovelada que ele deu em Danilinho foi quando o Galo ainda vencia por 2×0.

E vocês o que viram nessa Páscoa?