Rapidinhas do Camisa 10 – 11.07.2012

Olho na base. No Rapidinhas anterior, disse que o São Paulo poderia casar com uma piriguete, mas Juvenal Dorothy surpreendeu e fez uma excelente aquisição, trouxe Ney Franco junto com Renê Simões, o clube parece querer recuperar o centro de excelência na formação de jogadores.

Operação desmanche. No ano passado, nessa mesma janela o efeito da sondagem européia tinha sido mais suave, este ano porém, são vários os times que estão trocando boa parte do elenco. Até agora, apenas os finalistas da Copa do Brasil não se mexeram, mas apenas por enquanto.

Pelo menos um lado bom. Em compensação, todo esse vai e vem tem permitido aos clubes brasileiros trazerem grandes nomes para o Brasil, ainda que em fim de carreira, mas ter Seedorf e Forlan no Brasileirão é incrível. E pelo jeito, tem mais gente vindo por aí.

O mesmo erro inexplicável. Jóbson já pediu para sair do Barueri. O jogador disse não ter se adaptado a cidade, que o time é muito tranqüilo, segundo ele, “não tem torcida”. Pela conversa, Jóbson disse que sente falta da torcida gritando nome dele, mas por enquanto pela carreira construída por ele, apenas nas baladas é que as pessoas estão gritando seu nome.

Marrecos me mordam. Falando em jogador problema, Ganso está tornando sua história no Santos um tanto quanto confusa. Diretoria, empresários e jogador não conseguem chegar a um acordo. Empresários que querem ganhar mais do que ele já mostrou valer, o clube quer pagar menos do que o potencial dele mostra e o jogador não sabe se joga bola ou se pede aumento. Péssimo apenas para Paulo Henrique.

Um pouco de tecnologia. Surpreendentemente, foi aprovado o uso do chip na bola para auxiliar os árbitros a determinar se a bola passou ou não a linha do gol. Ótima iniciativa para minimizar os erros de arbitragem, além da possibilidade de dividir a culpa, agora além do apito amigo, terá o chip amigo.

O que eu também não entendo. Assim como a música do Jota Quest, o Flamengo toma decisões curiosas. O time está todo apertado de grana e resolve oferecer 500 mil reais para Riquelme desfilar seu talento no ninho do urubu.

Baixinho, mas com a língua grande. Romário soltou o verbo no seu twitter após Mano divulgar a lista de jogadores que irão atrás do ouro olímpico. Sobrou para Hulk e Marcelo, jogadores que Romário acredita que são tão inexperientes quantos os abaixo de 23, por isso foi jogado fora a convocação. Para resumir ele disse: “Que seleção de m&#%* essa!”.

Homem de palavra. Borges com 31 anos disse que quer jogar até os 36 no Cruzeiro. Pela “capivara” do jogador, é difícil ele ficar mais de um ano no clube, com exceção do São Paulo. Ou seja, ano que vem, ano novo, clube novo para Borges e bye bye Raposa.

Prato preferido. Após várias tentativas dos advogados liberarem o ex-goleiro Bruno da cadeia, a única coisa que ficou provado é que seu prato predileto é macarrão ao molho madeira.

Dúvida da semana. Brasileirinho, torneio de inverno, Copa Kaiser profissional ou podemos chamar de Brasileirão, nosso querido campeonato nacional?

Anúncios

Rapidinhas do Camisa 10 – 27.06.2012

O Mágico de Morumbioz. Juvenal “Dorothy” Juvêncio decidiu que o corajoso Leão não seguirá com ele na busca pelo mundo real. Basta saber se nossa querida Dorothy irá seguir com o Homem de Lata ou com o Espantalho. Para a torcida tricolor, o desejo é por Dunga, mas é mais provável ter que conviver com Vadão ou Falcão. É esperar para ver.

Tabu um pouco interessante. Lendo por aí, descobri que o goleiro Dida já enfrentou o São Paulo em dez oportunidades e seu retrospecto resume-se em 07 vitórias, 02 empates e 01 derrota, além dos dois pênaltis defendidos contra o eterno camisa 10, Raí. Pode não dizer nada, mas preocupa o tricolor enfrentar o veterano goleiro.

Uma questão de gênero. Na disputa de pênaltis entre Itália e Inglaterra, um inglês ficou completamente nu
na hora da cobrança de Diamanti na expectativa de desorientar o cobrador. O meia italiano não deu a menor bola para o fato e classificou a Azzura para a semifinal. De repente, se fosse uma inglesa, o resultado poderia ter sido obtido.

Um craque um pouco louco. A Itália se classificou para as semifinais da Euro, ao vencer a Inglaterra nos pênaltis. E foi o capitão e craque do time que roubou a cena. Andrea Pirlo cobrou com cavadinha, fazendo um golaço na cobrança de pênalti, ao ser perguntado porque tinha feito aquilo, Pirlo disse que percebeu a necessidade de fazer algo para motivar o restante da equipe e dar uma superioridade psicológica para o time. Simplesmente Craque!

Zoropeada básica. Na Eurocopa, temos duas semifinais de arrepiar. Espanha x Portugal, além de toda a história antiga que envolve os duelos travados entre esse dois países sobre o domínio de territórios, existe o duelo do coletivo x o individual. Aposto levemente na Espanha. Entre Alemanha x Itália, o duelo entre os dois maiores europeus campeões do mundo, a superioridade alemã só será vencida pela superação que os italiano teimam em encontrar em alguns momentos, mesmo assim, fico com a Alemanha.

Vamos ver até onde… É inegável a capacidade de Celso Roth “arrumar” elencos em curto prazo. Assim, como até agora foram raros os trabalhos que culminaram em títulos. Resta aos celestes torcedores mineiros saberem até quando irá durar essa mística Rothiana. De qualquer forma, eu aposto que ele não termina como técnico do Cruzeiro.

Um barraco imortal. A oposição gremista se prepara para lançar o candidato que eles consideram perfeito, o ex-goleiro Danrlei. O ex-atleta e atual deputado, está empolgado com a idéia de se tornar presidente do time, mas sabe que é bem provável que não será dessa vez.. Dessa vez.. Mas, em breve..

Bacana de se ver. Não faço coro de que a comemoração de um gol não pode ter dancinha, acho que cada um escolhe a forma como deseja comemorar, é o seu momento e cada um faz o que bem quer dele. Mas que a comemoração de Valdivia junto com Felipão no gol de empate palmeirense pela semifinal da Copa do Brasil é extremamente empolgante. Deu gosto ver aquela comemoração de quem passou por tantos apuros nos últimos dias.

A questão individual sobre a final. Parece chover no molhado, mas é inevitável dizer que o sucesso de Boca ou Corinthians passa pelo duelo entre Ralf e Riquelme. Se o corintiano conseguir parar um dos melhores camisas 10 da minha geração, vitória brasileira, se Riquelme comprovar a sua máxima de carrasco brasileiro, os hermanos comemorarão seu sétimo título.

Esse mercado surpreende. Em meio a todas essas especulações sobre as chegadas de Seedorf e Forlan, retorno de Nilmar e Tevez, eis que parece que nos contentaremos para o campeonato com retornos de Fabio Aurelio, Ze Roberto, Obina, Renato Augusto entre outros. Cada um tem o que merece.

Bob pai, Bob filho. Esses dias descobri que Ronaldinho Gaúcho tinha um filho. Confesso que fiquei curioso em saber se Assis também já cuida da carreira do menino, se bobear ele assume a paternidade do filho para deixar Ronaldinho livre para as suas “tarefas sociais”.

Dúvida da semana. Celso Roth, um injustiçado ou apenas um técnico de tiro curto?

Algumas sugestões para esquentar esse mercado!!

Galera do blog, nesse período começam as especulações sobre quem virá e quem sairá do seu clube.

Resolvi passear (leia-se navegar na Internet) um pouquinho pelos times europeus, principalmente nos pequenos centros e encontrei algumas peças que foram pouco citadas e que seriam interessantes para alguns times.

No gol, o time que tiver interessado tem disponível Dida que está voltando para o Brasil e está sem clube, além de Rubinho e Julio Sergio, que após uma boa fase na Itália, estão na reserva de seus times e poderiam ser titulares de alguns clubes por aqui.

Na zaga, o capitão Lucio parece em ritmo de fim de carreira e já disse que sonha em encerrá-la no Brasil. Para quem deseja um jogador mais novo, Alcides saiu cedo do Brasil e sempre esteve presente nas seleções de base. Lembra o estilo do Miranda de jogar, cairia como uma luva em vários times brasileiros.

No meio de campo, as opções são fartas, só na Ucrânia temos Alex Teixeira, Cleiton Xavier e Giuliano. O último era dado como certo para mim, como um dos principais nomes ventilados nesse momento, mas até agora o barulho tem sido quase nulo. Jogador de ótima habilidade que quase nenhum clube possui.

Na frente duas opções, um velocista e um matador. Para a vaga de velocista, indico o Maicon que passou pelo Fluminense e saiu muito cedo. Ótimo jogador que até ganhou o apelido de Maicon Bolt por causa da sua velocidade. No meu tricolor, faria uma bela dupla com Luis Fabiano. Na vaga de matador, Welliton, o atacante que saiu cedo do Goiás, tem faro de artilheiro. Para os clubes que sentem falta de um 9, está aí uma ótima opção.

Vou continuar investigando mais opções, quem sabe assim o mercado dá uma agitada. Já que até agora, continua morno.

E vocês tem alguma sugestão?