Pitacos: Libertad 2×0 São Paulo

fonte: Blog do Torcedor Sâo Paulo / Daniel Perrone / globoesporte.com

Galera do blog, ontem eu acompanhei a partida de volta entre São Paulo e Libertad pela Sulamericana. Mais uma vez, Luis Fabiano foi o protagonista da partida. Só que a favor do time paraguaio dessa vez. Primeiro por cometer o pênalti que deu o primeiro gol ao Libertad e depois por sair machucado no intervalo e ver o São Paulo cair vertiginosamente na partida.

Leão mudou o São Paulo e montou a estratégia da moda, o 4-2-3-1. Com Carlinhos e Wellington de volantes e no meio Lucas (direita), Dagoberto (centro) e Marlos (esquerda). Confesso que vejo com bons olhos a estratégia, contudo Leão teve uma noite infeliz e já no intervalo perdeu os dois principais jogadores por lesão. Ceni e Luis Fabiano cederam seus lugares para Denis e Fernandinho.

O São Paulo foi bem no primeiro tempo, muito superior ao time paraguaio, mas teve azar em uma oportunidade (com Piris) e incompetência na outra (Juan), o time podia ter sorte melhor mas não aproveitou.

No segundo tempo, sem a referência no ataque, o tricolor paulista voltou a jogar como em seus piores dias nesse ano, completamente perdido e sem poder de criação. O Libertad ainda ampliou o placar e Leão viu o quanto de trabalho ele terá.

Além do aspecto coletivo do time, existem alguns problemas individuais. Carlinhos e Wellington são esforçados, mas não titulares, são ótimos para compor banco. Lucas e Rhodolfo estão passando por uma “crise existencial”, alguém precisa ajudar os dois jogadores a encontrarem onde eles largaram o futebol que levaram eles para a seleção.

Acredito que mais importante do que garantir a vaga na Libertadores é Leão definir qual será o sistema tático do time, para que comece 2012 com todo mundo entendo o que faz no time.

Rapidinhas do Camisa 10 – 12.10.2011

Já participou da enquete ao lado!! Tá esperando o quê?

Pechincha argentina. Corinthians volta a ir atrás de Tevez e descobre, que dessa vez, basta 20 milhões de euros para levá-lo. Em julho a proposta foi de 40 milhões. O futebol caiu pela metade ou a cortina de fumaça no meio do ano foi frustrada?

Dancing Days. Palmeiras terá uma danceteria no seu estádio, essa foi a primeira grande idéia da empresa que está construindo a nova arena. Sugestão de nome da balada: Família Buscapé esquerdo que saiba jogar bola!!

Peróla da Semana. O professor Adilson Batista descobriu como parar o Barcelona. Segundo ele, basta marcar Messi individualmente! Como que ninguém nunca tinha pensado nisso!

Minha vida mudou. Depois que eu descobri que a ex-namorada do Richarlyson (aquela que saiu na Playboy) passou três meses com ele e que nunca foram para cama, cheguei a conclusão de que Ricky é mesmo um bom moço. Moço pra casar!

Era tudo verdade. Quando nosso querido presidente da CBF disse que “cagava montão” para o que se dizia dele aqui no Brasil, ele estava sendo sincero pela primeira vez. Resultado, fico internado com uma diverticulite.

?????????? “Aqui ninguém vai tirar a calcinha para o Luxemburgo.” Alguém entendeu essa frase do Abel Braga no intervalo do jogo entre Fluminense e Flamengo?

Exílio futebolístico. Estamos criando uma nova modalidade aqui no Brasil, jogadores que estão sendo julgados estão se abrigando no Brasil. Brandão (Grêmio) foi o primeiro, agora Mancini (Atlético-MG), não duvidem nada se no ano que vem Helton (Porto), Hulk (Porto), Robinho (Milan) e alguns outros aterrissarem nesse paraíso criminal.

Herrar é umano! Madson foi dispensando do Atlético-PR por indisciplina. Eu achei que esse tinha sido o motivo da sua dispensa no Santos e no Vasco. Coincidência, não?

Projeto de DVD. Messi irá colocar um chip em suas chuteiras, visando melhorar sua performance (ainda mais?!). Já fiquei sabendo que Marlos (SP), Tinga (Pal), Moradei (Cor), e Ibson (San) também estão dispostos a mapear suas “grandes atuações”.

Falta ou sobra muita coisa? Adriano disse no final da sua estréia que ainda falta muita coisa, que a torcida precisa ter paciência. Eu acho que na verdade ainda sobra muita coisa no Imperador.

Ainda existe amor. Lembram do Kléber Pereira? Hoje, o goleador está jogando no Moto Club do Maranhão, seu do time do coração. Apenas um detalhe: sem receber nenhum centavo, apenas pelo prazer de jogar no time do coração.

Pitacos: 05ª rodada do BR-2011

Galera do blog, esse fim de semana acompanhei dois jogos, no sábado vi o Bahia vencer o Fluminense dentro do Engenhão. E no domingo, o São Paulo manteve o 100% ao vencer o Ceará em Fortaleza.

No sábado, assisti ao jogo do Bahia, e aliás foi só do Bahia mesmo, porque o Fluminense não veio a campo. A apatia do tricolor carioca é de dar raiva, algo parecido com o meu sentimento em relação ao meu tricolor no meio do ano passado.

O jogo foi truncado no meio de campo, só Carlos Alberto e Jóbson mostram vontade de jogar futebol, e foi com eles que o Bahia criou as melhores chances. Aliás os dois jogadores podem usar 2011 como redenção, se ambos se comprometerem com o Bahia, o time nordestino pode ir longe, pois são dois jogadores diferenciados. Carlos Alberto só precisa ainda controlar seu nervosismo, no sábado tomou um amarelo de bobeira, porque se irritou com uma entrada adversária e foi descontar no meia Souza.

Pelo Fluminense, Cavalieri foi disparado o melhor em campo, Marquinho entrou bem, agora o Fred foi decepcionante. Aliás o Fred está fazendo uma aposta de alto risco ao ir para a Copa América, se o atacante for bem, volta com o status do grande atacante que é, com os zagueiros respeitando-o mais ainda. Agora se ele for mal, o respeito acaba de vez e arrisco a dizer que ele encerra a carreira no final do ano.

Voltando ao jogo, apesar das inúmeras chances criadas pelo Bahia apenas no final do jogo, no último lance, o tricolor conseguiu a vitória, em rápido contra ataque a bola terminou no pé de Jobson que estufou a rede e conseguiu a primeira vitória do Bahia no campeonato.

No fim, ficou a sensação de que os dois times são extremamente dependentes de dois jogadores. No Bahia, Jobson e Carlos Alberto precisam decidir o que querem para a vida deles, para aí o Bahia ver o que esperar do seu time. No Fluminense, Abel precisa acordar Conca e Fred do sono profundo, os dois ainda não entraram em campo esse ano. Sem eles, o tricolor carioca é serio candidato a parte debaixo da tabela.

Domingo foi a vez de ver o jogo do São Paulo, o time ainda não convence, mas vence. Continua com 100% de aproveitamento em 5 jogos, o time tomou apenas um gol, mas não parece tão seguro defensivamente ainda.

O São Paulo fez um jogo franco com o Ceará, um jogo com muita dinâmica e com chances para os dois lados o tempo todo. O Ceará pressionava e o São Paulo respondia com bons contra ataques, nesse toma lá da cá, o São Paulo perdeu grande chance com Casemiro e no lance seguinte viu o Ceará ter um pênalti a seu favor. Osvaldo foi para a cobrança e viu Ceni fazer brilhante defesa. O Vozão sentiu, e o São Paulo dominou as ações e chegou ao gol com Marlos. Gosto muito do futebol dele, espero que ele comece a praticar futebol coletivo, pois talento ele tem.

No intervalo, Mancini sacudiu o Ceará que voltou para o segundo tempo ligado novamente, mas o cenário desenhado foi o mesmo do primeiro tempo, o jogo foi franco com inúmeras chance, mas enquanto o Ceará encontrava Ceni em tarde inspirada, o São Paulo contou com a sorte e estrela do menino Lucas, o meia estava apagado até então, mas preciso de apenas uma bola para mostrar todo o seu talento, e ele entrou costurando a zaga cearense e só parou no fundo das redes, era 2×0 e a certeza de 100% para o São Paulo.

É curioso como o tricolor paulista chega a 05ª rodada com 100% de aproveitamento mas ainda sob olhares desconfiados sobre o time, muito disso deve-se ao fato do passado recente do time não ser tão próspero, o time precisa passar por algumas provas ainda para passar essa desconfiança, o primeiro teste será a próxima rodada diante do Corinthians. O time precisará mostrar personalidade, independente do resultado.

Para o Ceará, o time está no caminho certo, está bem montado por Mancini e está se reerguendo após a eliminação da Copa do Brasil. Gosto muito do futebol do Osvaldo e do lateral esquerdo Vicente.

E vocês o que acharam da 05ª rodada?

Pitacos: 04ª rodada do BR-2011

Galera do blog, esse fim de semana acompanhei os jogos do São Paulo e do Palmeiras contra os times gaúchos. Bom resultado para os paulistas, mesmo sabendo que os dois podiam mais nas partidas.

No jogo de sábado, o São Paulo foi muito superior ao tricolor gaúcho, um time criou inúmeras chances e terminou a partida com uma vitória de 3×1.

O São Paulo veio a campo com Marlos de titular, aposta de Carpegiani que deu muito certo, Marlos participou do primeiro gol dando assistência para Casemiro encher o pé e abrir o marcador. O São Paulo criou inúmeras chances e mais uma vez jogou várias para fora. O tricolor paulista podia ter encerrado o primeiro tempo com vantagem maior.

Veio o segundo tempo e um castigo por tanto gols perdidos, em bola alçada na área são paulina, Casemiro desviou contra o próprio patrimônio e empatou a partida para o Grêmio. Contudo, o São Paulo soube organizar e pressionar o adversário, foi quando Douglas resolveu mostrar para todo mundo qual o motivo de Mano ter esquecido dele na convocação, em um lance idêntico ao da partida entre Brasil e Argentina, Douglas cochilou e entregou a bola de presente para Lucas que só teve o trabalho de preparar para Marlos fuzilar a meta de Victor.

A partir desse gol, o jogo ficou mais equilibrado com os dois times criando boas oportunidades, mas no final Dagoberto deu ótimo lançamento par Jean decretar números finais na partida. O São Paulo segue 100% e sem tomar gol dos adversários.

Marlos teve atuação diferenciada, dentro daquilo que digo ser potencial dele, reforço que acho Marlos muito bom de bola, faz tempo que não vejo alguém driblar com a facilidade dele, mas acho que ele ainda tem um abismo imenso no aspecto psicológico. Dagoberto vem sendo o principal jogador do time. Casemiro mostra que é um volante diferenciado, muita qualidade e bom poder de marcação. Wellington é para mim o novo Mineiro. Mas, o São Paulo ainda precisa definir melhor suas jogadas, não dá para o time criar tantas chances de gol e jogá-las fora em uma partida ou outra poderá fazer falta.

No domingo, o Palmeiras enfrentou o Inter em pleno Beira Rio, o que é ótimo para Felipão, já disse isso no Paulistão, o Palmeiras terá ótimos resultados quando for visitante e sem obrigação de atacar. Como Falcão precisa ainda de uma boa atuação dentro de casa, o cenário estava pronto para Felipão jogar da forma que mais gosta. O Palmeiras foi superior ao Inter, apesar do empate fora de casa ser ótimo resultado, o alviverde merecia sorte maior na partida. No final, 2×2.

O Palmeiras veio a campo com um 4-3-3 ofensivo no papel, mas bem compactado e fechado na prática. O Inter jogou no famoso 4-4-2 com dois meias e dois volantes. Contudo, o primeiro tempo foi burocrático, muitos passes de lado e marcação no meio de campo, como sempre pelo Palmeiras, as melhores chances ficavam a cargo de Marcos Assunção e a bola parada, do lado Colorado Damião era o jogador que dava mais trabalho para Marcos. O primeiro tempo terminava 0x0.

O segundo parecia da mesma forma, até Márcio Araújo ter um momento infeliz, o bom volante palmeirense foi antecipar um chute perigoso de Damião e acabou jogando contra o próprio patrimônio. descontando a parada para atendimento a Kléber do Inter, o Palmeiras conseguiu empatar no lance seguinte, tradicionalmente em um lance de bola parada, Marcos Assunção jogou para a pequena área colorada eno bate-rebate a bola morreu no fundo da rede, o juíz deu o gol para Kléber Gladiador, na minha opinião gol contra de Rodrigo.

O gol fez o Palmeiras crescer no jogo e dominar o meio de campo, e aos 21, Luan fez ótima jogada pela esquerda e fuzilou para Renan colecionar mais uma falha na sua carreira. Nada contra o menino do Inter, mas tanto ele como Júlio Cesar do Corinthians são instavéis demais para um goleiro titular, possuem ótima técnica, mas colecionam falhas absurdas. Voltando ao jogo, o Inter resolveu tentar pressionar o Palmeiras mas esbarra em um ótima marcação. Apenas após as mudanças promovidas por Falcão que o Inter começou a assustar de verdade. Mas o gol de empate só saiu aos 46 com Damião, após novo bate-rebate.

Pelo Palmeiras, a certeza de que esse será a perspectiva de todos os jogos do Palmeiras, será sempre um time difícil de ser batido, mas sempre limitado. Se empatar demais, corre risco de ficar na parte debaixo da tabela, se a sua luta lhe der algumas vitórias poderá beliscar uma vaga na Libertadores. Pelo Inter, parece que falta um pouco dessa disciplina tática imposta por Felipão, o time é muito bom, mas parece sem rumo nas partidas, D’Alessandro e Oscar pegam na bola e parecem precisar de alguns segundos para decidir o que vão fazer.

E vocês o que acharam da 04ª rodada?

Pitacos: São Paulo 1×0 Avaí

Galera do blog, ontem acompanhei ao jogo do meu tricolor que terminou vencendo por um magro 1×0.

O jogo teve um panorama único, o São Paulo abusou do direito de perder gols, foram várias as chances criadas, lógico que o São Paulo tem todas as chances de seguir adiante na Copa do Brasil, mas o time não pode se dar ao luxo de jogar tantas oportunidades no lixo.

Além do que o Avaí jogou desfalcado de seus principais jogadores de frente por caso da briga generalizada contra o time do Botafogo na fase anterior. Existe a possibilidade de alguns deles terem a pena revertida, portanto o Avaí será mais forte em Florianópolis.

Sobre o São Paulo, reforço que o que já disse inúmeras vezes, Marlos é um ótimo jogador, mas parece fadado a ser jogador de segundo tempo. Além disso não entendo porque Rivaldo fica tanto tempo no banco, é nítido a qualidade do camisa 10, tem que começar a jogar mais.

Fora isso, Carpegiani é teimoso demais às vezes, se o time vai contar em breve com Luis Fabiano, porque já não jogar com o esquema que contemple um atacante de referência, assim fica mais fácil quando Luis Fabiano entrar no time.

Em resumo, o São Paulo perdeu a oportunidade de sair tranquilo de dentro do Morumbi, agora resta se preparar bem para o jogo em Floripa.

Não dá pra deixar de comentar, a pane no futebol brasileiro ontem. Os quatro times brasileiros que jogaram ontem pela Liberta foram eliminados. Destaque para as eliminações de Cruzeiro e Internacional, olha o Once Caldas aí gente. Agora, resta o Santos na Liberta, o último dos moicanos.

Pitacos de 11.04.2011

Galera do blog, ontem acompanhei os jogos de São Paulo e Santos. Abaixo uma breve análise.

No jogo do meu tricolor, o São Paulo dominou facilmente a partida, principalmente por duas evidências, a primeira de que o time do Noroeste é muito fraco, a segunda porque Marlos (acreditem!!) resolveu tocar e trabalhar mais a bola com seus companheiros. Ainda sobre a primeira evidência, já acompanhei os jogos de todos os times neste Paulistão e para mim os quatros que hoje estão na zona de rebaixamento merecem continuar na próxima rodada. Principalmente, Noroeste e Ituano, na minha opinião os dois piores times desse campeonato.

Voltando ao fator Marlos, espero que se torne rotina na vida do menino a atuação de ontem, longe de ter sido uma atuação magistral, mas o aspecto coletivo melhorou muito o que contribui para o time. Outro que teve ótima atuação foi Rivaldo, o camisa 10 do tricolor vai mostrando que vai ficar difícil para Carpegiani montar o tricolor daqui para frente. Assim, como William Jose que entrou no lugar de Rivaldo e mostrou que o time precisa de um centroavante. Bom, Carpegiani que é pago para pensar no time que deve ser titular.

Provavelmente, o São Paulo deve pegar na próxima fase a Ponte Preta o que em tese ao meu ver é um dos confrontos mais tranquilos, na verdade apenas Mirassol e São Caetano (meu favorito para ficar com a oitava vaga) podem dificultar a vida dos quatro grandes.

No jogo do final da tarde o Santos foi a Americana enfrentar o time da casa, na verdade o Santos foi, mas não entrou em campo. O time estava apático, sem muita criatividade, a chuva que caiu na cidade deixou o campo pesado e dificultou o jogo santista. Maikon Leite, Zé Eduardo e Elano tiveram atuações discretíssimas. Neymar tentou buscar o jogo, mas só teve uma atuação razoável no segundo tempo após a entrada do seu companheiro Ganso.

O time do Americana até podia ter vencido a partida, mas faltou um pouco mais de ímpeto para o time do interior, aliás, Muricy deve estar se coçando inteiro, o time do Santos é notável que é excelente do meio para frente e abominável na defesa. Durval e Edu Dracena são zagueiros razoáveis, mas que não possuem um bom volante de contenção para ajudar. Contudo, ontem a situação foi agravada, a zaga reserva santista é de se preocupar, Bruno Aguiar é fraco e Vinicius está abaixo de Bruno Aguiar, prefiro nem qualificá-lo.

De qualquer forma, o Santos disputa com o Corinthians o terceiro lugar no campeonato. Além de como disse no meio do post, acreditar que o São Caetano fica com a oitava vaga.

Como esse paulista conta o momento dos times, por ter um mata-mata, aposto em uma final entre Palmeiras e São Paulo, não necessariamente eles são os melhores times do campeonato, mas vejo os dois com maiores chances de avançarem nos próximos confrontos.