Qual dupla de laterais você escolheria?

622_f5d3cbf6-331c-3373-90e1-36b17e0e4b09.jpg

E ontem a Juventus venceu o Mônaco por 2×0 e também encaminhou sua classificação para a final da Champions, aumentando as chances de enfim, Buffon ter sua carreira coroada com uma “orelhuda”.

Os dois gols saíram de forma estatística do mesmo jeito, assistência de Daniel Alves, gol de Higuain.

Só que além das assistências, a vitória de ontem fez Daniel bater um recorde, o lateral passou a ser o jogador brasileiro com mais jogos pela principal competição de clubes do mundo, com 142 partidas. Ele ultrapassou Roberto Carlos que possui 141 partidas.

Além disso, Daniel pode ao final dessa temporada se tornar o jogador com o maior números de títulos, superando Ryan Giggs.

E aí, comecei a especular em minha mente, e avancei além da disputa entre Daniel Alves e alguém, aproveitando a também excelente temporada de Marcelo fui mais longe na minha provocação do dia, meu debate é, qual dupla é melhor: Cafu e Roberto Carlos ou Daniel e Marcelo?

Sinceramente, a três anos, eu consideraria lunático levantar tal possibilidade, contudo aquele combo futebol apresentado + números, começam a saltar para a comparação.

Mundialmente falando, a dupla atual é maior, nacionalmente que a questão ainda esbarra, principalmente pelo lado direito. Porque?

Pelo lado esquerdo, a carreira de ambos é similar, inclusive o clube onde estão fazendo história, a diferença é uma Copa do Mundo, não que seja pouco, mas a história de ambos é parecida.

Já na direita, a relação é inversamente proporcional e talvez seja o orientador para escolher uma dupla ou outra, Cafu tem uma história incrível na seleção, é quem mais vestiu a camisa, é o único a jogar três finais consecutivas de Copa do Mundo e enquanto estava em plena forma, era intocável na lateral. Como jogador foi bem, mas sem grande destaque.

Enquanto Daniel, foi ok na seleção e monumental por clubes, ganhou tudo pelo Barcelona, teve passagem formidável por Sevilla e segue importantíssimo na Juventus. Não à toa, os números que mencionei acima o credenciam como.

Como eu sempre digo, é preciso esperar a carreira de um jogador acabar para dimensionar exatamente o tamanho dela, até porque Marcelo e Dani podem ainda beliscar uma Copa no ano que vem, quem sabe.

Mas acima de tudo, fica o exercício de pensar, se você fosse montar uma seleção e tivesse que escolher uma única dupla para compor o seu time, quem seriam os eleitos, Dani e Marcelo ou Roberto e Cafu?

Eu escolheria a atual.

 

Anúncios

Você concordou com a seleção da Fifa 2016?

fifapro2016

Com um pouco de atraso, mas vamos falar da seleção da FIFA.

Nessa segunda a Fifa divulgou sua seleção e o melhor do mundo. Sobre o melhor do mundo pouca coisa a comentar, Cristiano foi escolhido e não houve surpresa para ninguém, na verdade a única sensação que 2016 talvez tenha sido o ano que individualmente ficou mais fácil para alguém destronar a hegemonia Messi-CR7, porém ninguém se destacou a esse ponto, e foi Griezmann que disputou com eles.

Porém o atacante francês pecou e errou (pênaltis) nos momentos decisivos e jogaram contra ele, já o português que não teve um ano brilhante tecnicamente, ganhou tudo que era possível, inclusive uma surpreendente Eurocopa por sua seleção. Cristiano não sobrou em campo em 2016, mas ganhou tudo. Como um jogador é feito de suas atuações e títulos, prêmio muito bem dado.

E agora, vamos falar da seleção, os escolhidos foram: Neuer (Bayern Munique); Daniel Alves (Juventus), Piqué (Barcelona), Sergio Ramos (Real Madrid) e Marcelo (Real Madrid); Kroos (Real Madrid), Modric (Real Madrid) e Iniesta (Barcelona); Messi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Suárez (Barcelona).

Sinceramente, achei que algumas escolhas foram preguiçosas de quem não teve capacidade de olhar todos os campeonatos com carinho e resumiram o time ao duelo Barça-Real. Teve muita gente jogando muito bem em outras posições, o CMC10 vai escalar aqui, a seleção 2016 dele.

Donnarumma (Milan), Walker (Tottenham), Sergio Ramos (Real Madrid), Verthogen (Tottenham) e Marcelo (Real Madrid), Kante (Leicester / Chelsea), Pogba (Juventus / Man United), Coutinho (Liverpool), Messi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Suarez (Barcelona).

Fiquei fazendo esse exercício ontem e inicialmente Schmeichel (Leicester) e Kroos estavam escalados, mas depois fiz alterações e jogadores como Griezmann, Aubameyang, Neuer, Rafinha, Lewandowski, De Bruyne, Marquinhos, Godin, Varane, passarm pela minha cabeça porque também fizeram um bom 2016. 12 jogadores, mais do que um time, daria para montar um 3-4-3 muito bom.

Por fim, percebi que Neuer, Daniel Alves, Pique e Iniesta foram escalados por preguiça de boa parte de jogadores e jornalistas, muito na sensação de que ninguém vai dizer que eles estão errados em escalar esse trio, mas fica conveniente, não precisa olhar de verdade para ver quem se destacou em 2016 na posição.

Mesmo o meu time, eu acompanho muito mais o inglesão, espanholão e alemão, pode ser que perdi algum bom jogador em alguma posição que tenha atuado na Itália, na França ou em Portugal, por exemplo.

O que fica é o exercício de especular de cada um escalar a sua seleção de 2016.

E aí? Qual a sua seleção 2016?

E saiu a primeira lista da era Tite…

tite220816

“Em relação a convocação, é para os próximos dois jogos, não posso nem quero ser otimista e responsável nem o pessimista que só olha o fato negativo, só olho fato real. Estamos no momento não classificados para a Copa e buscando crescimento. A partir daí, surge nova etapa. Essa convocação é para estes dois jogos, melhor momento de cada atleta”

Confira os convocados:

Goleiros: Alisson (Roma-ITA), Marcelo Grohe (Grêmio), Weverton (Atlético-PR)

Zagueiros: Gil (Shandong Luneng-CHN), Marquinhos (Paris Saint-Germain-FRA), Miranda (Internazionale-ITA), Rodrigo Caio (São Paulo)

Laterais: Daniel Alves (Juventus-ITA), Fagner (Corinthians), Filipe Luis (Atlético de Madrid-ESP), Marcelo (Real Madrid-ESP)

Meias: Casemiro (Real Madrid-ESP), Giuliano (Zenit-RUS), Lucas Lima (Santos), Paulinho (Guangzhou Evergrande-CHN), Philippe Coutinho (Liverpool-ING), Rafael Carioca (Atlético-MG), Renato Augusto (Beijing Guoan-CHN), Willian (Chelsea-ING)

Atacantes: Gabriel Barbosa (Santos), Gabriel Jesus (Palmeiras), Neymar (Barcelona-ESP), Taison (Shakhtar Donetsk-UCR)

Com essa frase Tite explicou a convocação, e dessa forma montou essa lista.

Sinceramente, tinha gostado mais daquela que vazou supostamente do que a realidade, porém, também acredito que lista de convocado da seleção nunca agradará a maioria, todo mundo tem seus preferidos e formas de pensar, mas prefiro me ater aos critérios ditos por Tite para fazer alguns questionamentos.

Tite se apoiou muito em dizer que convocação é momento, por isso priorizou aqueles que estão em atividade e que o momento é de buscar classificação e não reformulação.

O engraçado é que de cara, temos 9 novidades entre os 23, ou melhor 09 atletas que não eram convocados com frequência, logo me parece uma reformulação no grupo. Só reforçando, não acho errado reformular, até porque o treinador tem seus homens de confiança, o que quero destacar é o que Tite disse não condiz muito com as opções feitas.

O próximo que é momento, vou ao Grêmio para olhar dois jogadores específicos para fazer o contraponto, Giuliano e Luan. o meio campista foi bem, mas saiu a um tempo para a Rússia e está na mesma pré-temporada que o Ganso, que anda jogando muito mais e consequentemente em um “momento melhor”.

Por outro lado temos Luan, Tite foi bem ao trazer 7 atletas olímpicos, achei um exagero, mas foi bem, aproximar a geração mais nova é fundamental para que a seleção não sofra com troca de gerações, como atualmente. Contudo, quem jogou mais que Luan nessa Olimpiadas, o polivalente jogador de frente foi peça chave para fazer a seleção sair de 0x0’s inóspitos contra Iraque e África do Sul para uma campanha consistente rumo ao ouro olímpico.

Portanto, entre os queridos Gabriéis, Luan está em um momento melhor.

Por fim, Tite fez o que todos fazem, escolheu homens de confiança, mas optou por seus tradicionais discursos bem montados que desviam um pouco a imprensa, não acho errado a opção de Tite, mas é para ficar atento quanto ao discurso.

E acima de tudo, estamos juntos com esses 23, que junto com Tite e embalados pelo ouro olímpico recuperem o bom futebol.

Titebilidade na amarelinha…

image

E chegou a vez do Tite!

Será interessante ver as primeiras escolhas dele para a montagem do elenco, costumo dizer que são as três primeiras convocações que mostram qual a expectativa que ele tem sobre a montagem do time.

Depois é só ajuste fino.

Além disso, veremos alguns homens de confiança dele sendo convocados, e  quem serão eles.

Aposto na volta de Thiago Silva e Marcelo, e quero muito entender quem será o homem que terá a função do 9 de Tite.

Acho que entre a convocação da Copa América e a próxima de Tite, teremos as voltas de Thiago, Marcelo e Neymar e arrisco duas surpresas por parte do treinador.

Confesso que pode parecer loucura, mas não duvidaria de um Vagner Love.

De qualquer forma, a CBF resolveu o problema dentro de campo, agora precisa resolver as coisas do lado de fora, que estão bem piores.

E vocês, o que acharam da chegada de Tite?

Precisamos voltar a gostar de futebol!!

brasil2002

A nossa querida seleção passou por mais um vexame!

Quebrou mais um tabu, saiu ainda na fase de grupo da Copa América em um grupo com os “fortíssimos” Equador, Peru e Haiti. O time brasileiro conseguiu não marcar nenhum gol nas duas seleções mais razoáveis e simbolicamente fez um 7×1 sobre o Haiti para nos lembrar do que aconteceu na Copa do Mundo.

Eu sei que muitas vezes, o que acontece fora de campo reflete dentro de campo, mas nesse caso nem dá tempo, o problema ainda está dentro de campo. e como sempre digo na seleção é diferente. Basta olhar o perfil de treinadores e tem algo que começo a perceber recentemente.

Não existe mais essa condição de testar trocentos jogadores, o grupo tem que estar fechado, 30-35 jogadores no máximo, apenas olhar possíveis promessas para serem incluídos aos poucos. A sensação é que talvez ai esteja um grande nó nosso, o balcão de negócio do qual se utiliza algumas pessoas via concentração da seleção.

Eu acho que entre os 23 convocados para qualquer jogo, algo entre 10-15% deve ser a taxa de renovação e olhe lá. É preciso dar conjunto para um time que se encontra e treina tão pouco, basta ver a seleções de sucesso. Parece que Espanha e Alemanha jogam juntos a quase 10 anos, poucos jogadores mudam, a renovação é gradual.

A seleção de 2006 foi completamente trocada em 2010, que foi completamente trocada em 2014 e agora segue para ser completamente trocada em 2018.

Vamos fechar uma base aqui, vocês podem completamente discordar, mas a questão não é essa, veja: Diego Alves, Alisson e Grohe, Daniel Alves, Danilo, Marcelo e Filipe Luis, Thiago Silva, Miranda, Marquinhos e Gil, Casemiro, Renato (Santos), Renato Augusto, William, Coutinho,  Lucas Lima e Ganso, Lucas, Douglas Costa, Neymar, Gabigol e Jonas.

Vocês podem mudar, fiquem a vontade, mas o principal é, quantas seleções individualmente possuem elenco melhor do que o nosso?

Eu particularmente, aceito que apenas 3 ou 4. Alemanha, Argentina e França com certeza, Espanha tenho minhas dúvidas. Porém, nosso futebol é como se fossemos a atual 20ª potência, e aí para mim o principal é falta de tempo. Falta de tempo para que se escolha um projeto real, um treinador com projeto para que se deixe um time trabalhar e ganhar conjunto.

A Espanha começou seu projeto em 2004, Alemanha em 2006 e nós paramos em 2002.

Como já disse Tim Vickery em 2012, o brasileiro não gosta de futebol, ele gosta de vencer. Nosso imediatismo tem consumido gerações e gerações de futebol.

Américas x Europa

ronaldomessi

Enquanto a Copa América caminha, amanhã começa a Eurocopa!

E aí não tem jeito, vem aquele exercício de como seria um duelo entre os melhores da América x os melhores da Europa. Portanto, o CMC10 resolveu fazer suas duas seleções, confira:

Américas

Howard, Dani Alves, Thiago Silva, Godin e Marcelo, James Rodriguez, Mascherano e Di Maria, Messi, Suarez e Neymar.

Um 4-3-3 clássico, com Masc de volante de contenção e lá na frente o caos que esse quinteto poderia causar.

Europa

Buffon, Lahm, Hummels, Varane, Alba, Verratti, Iniesta, Muller, Robben, Cristiano Ronaldo, Griezmann

Outro clássico 4-3-3 com a mesma ideia.

Engraçado que no processo de armar o time você percebe algumas coisas, a Europa teria um elenco muito mais recheado, Ibrahimovic, Pogba, Bale, Lewandowski são só alguns que ficaram de fora.

Muito dessa diferença de “elenco” se explica pela quantidade de forças em cada seleção, enquanto na América, basicamente o time é composto pelos times da Bacia da Prata, na Europa, só no time titular são 7 seleções, e ainda restam 3 diferentes na relação que passei de eventuais reservas, isso sem falar na Inglaterra e Bélgica (De Bruyne) que não listei ninguém.

E aí, o que vocês acharam?

Qual seria a seleção de vocês?