2017 e o desafio da nova safra de treinadores

klopp02012017

E começou 2017!

Acho que entre todas as expectativas que surgem em todo o inicio do ano, a minha maior é sobre os treinadores.

Existe uma geração nova chegando e com enormes desafios pela frente. Entre os 20 times da Série A + o Internacional, são 3 treinadores que estão na faixa de 61 a 70 anos, 6 na faixa de 51 a 60, 9 na faixa de 41 a 50 anos e incríveis 3 na faixa de 31 a 40.

Distribuídos da seguinte forma:

De 61 a 70 anos: Carpegiani, 67 (Coritiba), Abelão, 64 (Fluminense), Autuori, 61 (Atlético-PR)

De 51 a 60 anos: Cristovão, 57 (Vasco), Dorival, 54 (Santos), Mano, 54 (Cruzeiro), Renato Gaucho, 54 (Grêmio), Guto Ferreira, 51 (Bahia) e Silas, 51 (Avaí).

De 41 a 50 anos: Marcelo Cabo, 50 (Atlético-GO), Vagner Mancini, 50 (Chape), Zago, 47 (Inter), Eduardo Baptista, 46 (Palmeiras), Zé Ricardo, 45 (Flamengo), Carille, 43 (Corinthians), Ceni, 43 (São Paulo), Argel, 42 (Vitória) e Roger, 41 (Atlético-MG).

De 31 a 40 anos: Jair Ventura, 37 (Botafogo), Felipe Moreira, 35 (Ponte) e Daniel Paulista, 34 (Sport Recife).

E se pensar que independente dos motivos, esse ano nenhum dos treinadores a seguir estarão iniciando no comando de algum clube da série A nacional: Vanderlei Luxemburgo, Oswaldo de Oliveira, Joel Santana, Leão, Falcão, Muricy Ramalho, Levir Culpi, Marcelo Oliveira, Felipão e Celso Roth. 10 nomes que normalmente estariam em algum clube e se não fosse o Fluminense que anunciou Abel Braga, era um time completo.

Entre os com mais de 60, além do Fluminense a dupla do Paraná (Furacão e Coxa) também estão com os sexagenários.

Agora ainda para a turma da renovação, temos SP como um destaque, dos 4 grandes, 3 vem com treinadores novos, sendo que São Paulo e Corinthians com treinadores de primeira viagem, ótimas apostas e podem contribuir muito para novos conceitos para o futebol local.

Isso sem falar na turma abaixo dos 40, Sport, Ponte Preta e Botafogo estão iniciando o ano com treinadores que até ontem eram jogadores ou que poderiam ainda estar em campo.

No ano em que nosso melhor técnico está na seleção e consolidando seu trabalho, 2017 vem com a boa nova de dar espaço para novas cabeças mostrarem seus trabalhos aqui no Brasil.

Eu sei que a garantia de inovação é incerta, até porque tem muito novo com espirito de velho e vice-versa. O mais certo é que será tudo novo, com muita gente buscando seu espaço.

Espero de verdade que no final de 2017, possa olhar para esse post e ver que ao final bons e novos nomes surgiram, mesmo que ao mesmo tempo alguns não tenha vingado ao longo do ano. E para os “veteranos” que também surpreendam e mostrem que novos conceito nunca fui atrelado a idade.

Anúncios

E se o campeonato acabasse na 22ª rodada?

Diego300816

E o Palmeiras seguiria como o campeão, o alviverde que teve ótima rodada, pois viu quase todos os seus rivais não vencerem na rodada, com exceção do novo e velho vice-líder, o Flamengo.

O rubro negro carioca parece o time que entrou no eixo de vez, Diego como era de se esperar deu o equilibrio final para o meio de campo do time e como eu tenho dito pelos corredores, apesar da posição na tabela, eu tenho comigo que Flamengo e Galo irão disputar pelo título.

Só para explicar rapidamente, talvez depois escreva um texto mais completo, mas acho que apesar da disputa entre o trio, o Palmeiras é o único que não tem aquele jogador que no jogo difícil decide, Jesus apesar do potencial é novo e não deve ser cobrado por isso, em compensação, os rivais pelo título possuem esses jogadores.

Voltando, o Galo e o Corinthians completariam o G4, sabendo que o Grêmio com um jogo a menos pode tomar essa vaga do alvinegro paulista.

No meio da tabela, destaque positivo para Ponte e Cruzeiro. O primeiro está a três jogos sem perder, sendo que enfrentou Palmeiras e Corinthians nesse intervalo, o time é consistente e irá passar um Brasileirão tranquilo, já o Cruzeiro encaixou com a chegada de Mano e está a 5 jogos sem perder e vai se afastando da zona da degola e não parece ser o grande candidato a rebaixamento.

Enquanto isso, o Inter após mais um jogo sem vitória, o 14º seguido, enfim entrou na zona de rebaixamento. O time parece não conseguir reagir, o cenário é crítico, mas ainda tem tempo para escapar e o time tem brigado mais recentemente. Completam a lista, o Figueira, Santa e América. Sinceramente, eu aposto que o Coritiba entra aqui e aí, Inter briga com Vitória e até mesmo com o São Paulo se continuar ladeira abaixo pela última vaga na Série B.

Por fim, a 22ª rodada terminou com 19 gols, uma média baixa, foram 4 vitórias dos mandantes, 3 empates e 3 vitórias dos visitantes. E o destaque resolvi escolher alguém do Flamengo e não só Diego está bem como o próprio Damião estreou bem pelo rubro negro, contudo a escolha vai ser no camisa 10 pela sensação de que ele é o responsável por esse equilíbrio. Portanto, o destaque da 22ª rodada vai para o Diego que quase 15 anos depois parece que irá disputar com o amigo Robinho o prêmio de melhor do campeonato.

E para vocês, como seria se o campeonato acabasse na 22º rodada?

E se o campeonato acabasse no primeiro turno?

Foto: Thomas Santos/AGIF

Foto: Thomas Santos/AGIF

Na verdade, ele ainda não acabaria, já que quatro times tiveram jogos adiados e o primeiro turno só terminará no meio do segundo turno. Sim, é pra ficar confuso mesmo.

Mas, de qualquer forma, independente dos resultados das partidas pendentes, o Palmeiras seria o campeão do primeiro turno, depois de três rodadas sem ganhar, o time voltou a vencer e contou com os tropeços dos co-irmãos para terminar em primeiro ao fim do turno.

O que significa muito nos pontos corridos, nas 13 edições desde 2003, apenas 3 vezes o vencedor do turno, não levou, em compensação, em uma dessas vezes, era o próprio Palmeiras, portanto vale atenção.

Até porque o novo vice líder vem voando, o Atlético MG embalou cinco vitórias seguidas e está apenas um ponto do alviverde, o considerado melhor elenco do Brasil parece ter dado liga, vamos ver se o embalo segue forte no returno. Fechando o G4, Corinthians e Flamengo.

No meio da tabela, destaque positivo, mas nem tanto, para a recuperação dos tricolores. Os cariocas parecem aos poucos melhorando seu jogo e a volta de Scarpa contribui muito para isso, já os paulistas, vão se recuperando e nos últimos dois jogos, o principal contestado após a saída de Bauza virou solução provisória, Chavéz fez 3 gols nos últimos dois jogos.

O destaque negativo fica com os gaúchos, o Grêmio pela queda de produção sem Luan, são três jogos e apenas um gol marcado, já o Inter o cenário trágico está desenhado, 11 jogos sem ganhar, mais uma troca de treinador e a certeza de a diretoria é o velho cachorro na mudança.

Na parte debaixo, o Cruzeiro começa a mostrar como Mano consegue arrumar rápido seus times, minha única critica a ele e o pós, o time parece estagnar no ponto de evolução, não que isso seja ruim no nosso cenário nacional de treinadores, Mano ainda é um dos poucos treinadores de destaque.

Mas voltando a parte debaixo, o Cruzeiro deve sair nas próximas rodadas, abrindo espaço para um novo integrante, conforme eu disse do 14ª para baixo com exceção do Cruzeiro, a disputa ficará aí, resta saber se o Inter vai acordar ou vai querer brigar com essa turma.

Por fim, a 19ª rodada teve 24 gols em 9 jogos, uma boa média. Foram 5 vitórias dos mandantes, 3 empates e uma vitória do visitante. Fiquei na dúvida sobre quem seria o craque da rodada, Robinho ou Scarpa, mas como o rei da pedalada é para mim o craque do primeiro turno, usarei isso como critério desempate e Robinho é o craque da rodada.

E para vocês, como seria se o campeonato acabasse no primeiro turno?

 

Restam 16 na Copa do Brasil

copadobrasil030816

Ontem foram definidos os confrontos e os mandos de campo das oitavas de final da Copa do Brasil.

Foi o momento onde 6 clubes são incluídos, somando-se aos dez que chegaram até este momento. Dessa forma, os confrontos ficaram da seguinte forma, respeitando que o time que está a esquerda do confronto, joga a primeira em casa:

São Paulo x Juventude: Duelo teoricamente fácil para o tricolor paulista, teoricamente, porque daqui para frente o time do São Paulo volta a ser uma incógnita, primeiro pela enorme mudança do time principal com a saída das principais peças e agora com a expectativa de quem será o treinador do clube. Time por time, o São Paulo é mais forte, mas essa interrogação que paira no Morumbi pode ser a chance do time de Caxias.

Fluminense x Corinthians: Um duelo interessante, pois apesar do Corinthians ser o atual líder do campeonato, o time parece não convencer todo mundo do lugar que está, em compensação o tricolor carioca recebeu algumas peças na janela e tem o retorno de Scarpa após lesão com a grande força do time, agora é esperar para ver o que Levir conseguirá tirar do time.

Santos x Vasco: Outro bom duelo, apesar de parecer que o Santos possui um leve favoritismo, não pode se ignorar a força desse time do Vasco que após um início avassalador na Série B, patina nas próprias pernas na competição, e pode recuperar a energia para esse duelo. Promessa de bons jogos.

Palmeiras x Botafogo-PB: O confronto mais certo da rodada, o alviverde tem tudo para resolver tudo no primeiro jogo e ir a passeio para João Pessoa, acho difícil uma surpresa nesse jogo. O Palmeiras tem tudo para avançar sem grandes sufocos.

Atlético-PR x Grêmio: Para mim, o duelo mais parelho. O time paranaense tem mostrado um bom conjunto, aliás, o primeiro bom trabalho de Autuori após alguns anos patinando, lógico que o Grêmio tem vantagem, mas por serem dois times com muita força quando jogam em casa, o jogo tem chance de ser decidido no gol fora ou até mesmo uns penaltis para definir.

Internacional x Fortaleza: Um duelo que também parece óbvio mas não é. O Inter em condições normais teria tudo para passar fácil pelo Fortaleza, porém o cenário atual é duvidoso. Primeiro, porque o Inter está em fase péssima, segundo porque o Fortaleza vem bem na Série C e já eliminou o Flamengo na competição.

Botafogo x Cruzeiro: Bom confronto, se fosse agora de imediato diria que o Botafogo até teria chance, mas esses quinze dias parecem um bom tempo para Mano arrumar a casinha e tornar o jogo complicado para os cariocas e aí, elenco por elenco o do Cruzeiro é superior.

Atlético-MG x Ponte Preta: Ótimo confronto, talvez seja o mais divertido de se ver, dois bons times, contudo o Galo é consideravelmente mais forte, para a Ponte resta aplicar um bom jogo e torcer para uma noite infeliz dos mineiros.

Por fim, meus pitacos indicam que São Paulo, Corinthians, Santos, Palmeiras, Grêmio, Internacional, Cruzeiro e Atlético-MG avançam e aí, vai ficar divertido demais essa Copa.

 

E se o campeonato acabasse na 17ª rodada?

Neilton010816

Depois de uma semana tumultuada, voltamos a ativa e com o nosso querido post pós rodada completa.

E o Corinthians seria o campeão, o time que segue vencendo mesmo com Romero e já alcança o primeiro lugar na tabela, independente de o time continuar o não, alcançar a ponta nesse momento é simbólico, normalmente o campeão do primeiro turno leva o caneco.

Outro que assumiu a vice liderança e também vem embalado é o Santos, a molecada da Vila segue firme e forte, com Vitor Bueno em estado de graça nesse campeonato. Mais um jovem surgindo no time do litoral paulista, que novidade, né?

Fechando o G4, estão o Palmeiras e o Grêmio. Contudo, ambos precisam ficar atentos, porque Flamengo e Atlético-MG estão em ascensão e pedindo passagem, junto com o Santos são os times que estão no melhor momento, logo, o clássico entre Santos x Flamengo promete na 18ª rodada.

No meio da tabela, destaque positivo para o Sport que embalou a terceira vitória consecutiva e descolou da perigosa zona de rebaixamento, Diego Souza parece a vontade com a camisa rubro negra e já encosta na briga pela artilharia, Jesus ainda lidera com 10 gols.

O destaque negativo vai para São Paulo e Inter, o tricolor paulista bateu o recorde de público do campeonato (55.000 pessoas dentro do Morumbi), mas ficou encantado nos primeiros minutos e viu a Chape ser novamente uma pedra no sapato, o time de Bauza já está a 3 jogos sem vencer no campeonato.

O Colorado vive drama maior, são 09 jogos sem vencer e o time que dividia a ponta com o Grêmio no início do campeonato, agora vê a 3 pontos de distância a zona do rebaixamento.

Enquanto isso na parte debaixo da tabela, estão Coritiba, Santa Cruz, Cruzeiro e América-MG, tirando o Cruzeiro que acredito que irá melhorar com a chegada de Mano, a sensação que eu tenho é que a disputa pela última vaga ficará bem restrita a Vitória e Figueirense, entre os 5, apenas um se salvará.

A 17ª rodada terminou com 22 gols, com 6 vitórias dos mandantes, 2 empates e 2 vitórias dos visitantes. Meu destaque individual não poderia ser outro, o novo Neymar, ou o menino Neilton. O atacante do Botafogo teve grande atuação e fez alguns relembrarem a alcunha que recebeu logo que começou. Grande partida e fundamental para a vitória carioca e tirar o Palmeiras da liderança.

E para vocês, como seria se o campeonato acabasse na 17ª rodada?

Brasileirão só ano que vem agora…

vip1ff.jpg (1)

E o campeonato brasileiro chegou ao fim.

Acho que como muito das vagas já estavam definidas, essa última rodada foi melancólica, já por saber, que agora vem um monte de especulação e depois só os estaduais. A única emoção será o sorteio da Libertadores no dia 22 e os jogos na Europa até o início da Liberta.

E o campeonato acabou com o Corinthians sobrando em primeiro. O time mais regular, que apresentou um futebol “apenas” consistente no primeiro turno e um grande futebol no segundo turno. O Apenas foi entre aspas, porque ser consistente no futebol tupiniquim já é muita coisa.

Completando os representantes da Libertadores, estão Atlético-MG, Grêmio, São Paulo e Palmeiras. Ou seja, o trio de ferro que estava em baixa ao final do campeonato passado, voltou com tudo. Entre os classificados, só o São Paulo jogará a Pré-Libertadores.

Na turma, logo após o São Paulo, a sensação é de que um pouquinho de planejamento adequado, tinha sido tranquilo o quarto lugar, a vaga caiu no colo do São Paulo, a camisa pesou e levou, Santos abriu mão por causa da Copa do Brasil, Inter demorou a achar Argel e demitiu Aguirre desnecessariamente, Cruzeiro demorou para mudar o pojetu e por aí vai.

Milton Mendes que saiu cedo, Roger Machado que levou o Grêmio ao terceiro lugar, Guto Ferreira com as vezes surpreendente Chape e Eduardo Baptista que iniciou um bom trabalho no Sport são os treinadores que merecem um olhar atento em 2016 sobre quais próximos bons trabalhos farão.

Chegamos a degola. Joinville já estava lá, Goiás praticamente certo e se confirmou e os escolhidos finais foram Avai e Vasco. Sinceramente, Goias e Vasco são os que talvez, todavia, porém, se, não seria fora de cogitação escaparem. O time esmeraldino possui bons valores individuais. Renan, Fred, Rodrigo, Patrick, Bruno Henrique, Erik Lima são alguns.

E o Vasco demorou para arrumar a casa, o Vasco que terminou o campeonato é muito superior a vários times, porém como o chavão diz, Brasileirão é campeonato longo.

E assim, vai mais um Brasileirão, e eu já estou na agonia de esperar todas essas especulações durante um mês.