E se o campeonato acabasse na 11ª rodada?

atletico-mineiro

O Galo mais querido do Brasil seria o campeão!

O time com o futebol mais vistoso atualmente seria campeão com uma grande vitória sobre o Internacional em pleno Beira Rio. Levir Culpi já vai conseguindo novamente fazer o time do Atlético-MG jogar aquele futebol vistoso que faturou a Copa do Brasil no ano passado.

Aliás, Levir e Marcelo vão mostrando que eles são os melhores do momento. Um faz o Atlético-MG voar no campeonato, o outro chegou a pouco tempo no Palmeiras e faz aquela baciada de jogadores começar a virar um time. E o Palmeiras começa a encostar no G4.

G4 que seria composto além do Galo por Grêmio (2º), Sport (3º) e Fluminense (4º). Aliás o antigo líder, o Sport ainda segue invicto com um gol nos acréscimos, o Leão da Ilha do Retiro empatou com o Leão da Ilha da Magia.

Na meio da tabela, São Paulo e Inter acendem o sinal de alerta, ambos tem apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, e seus professores gringos já estão sentindo o imediatismo brasileiro batendo na porta, isso porque, Aguirre classificou o Inter para as semifinais da Libertadores e Osorio acabou de completar apenas o primeiro mês no clube.

Já na parte debaixo, pouca coisa mudou, apenas a chegada do Santos. Flamengo, Vasco, Joinville, Coritiba e Goiás seguem na zona da confusão. Aliás, assisti Coritiba 0x0 Joinville e foi o pior jogo da rodada, e disputa arduamente com Vasco 1×0 Flamengo, o titulo de pior do campeonato.

A 11ª rodada foi a rodada dos visitantes, foram apenas 2 vitórias dos mandantes, 4 empates e 4 vitórias dos “intrusos”, com apenas 20 gols marcados. E com a quebra do tabu de 29 anos e a conquista do primeiro lugar, o destaque da rodada vai para Maicossuel com dois gols na vitória do Galo doido.

E vocês gostariam se o campeonato acabasse na 11ª rodada?

Anúncios

4 pontos em 3 jogos para os brasileiros…

pato01_rib-3

E ontem os brasileiros mostraram de forma mais concreta possível, como uma vitória melhora tudo, como um empate pouca coisa muda e como uma derrota pode ser desastrosa.

O Galo que tanto gosto perdeu ontem dentro do Independência. 1×0 para o Atlas com um gol aos 42 do segundo tempo. Nem um dos times foi bem, o time mexicano venceu porque sobrou pernas, o Atlético estava completamente entregue após os 30 minutos da etapa final.

O time demorou para achar seu futebol no primeiro tempo, já no início do segundo exerceu aquela famosa correria do Galo, perdeu muitas chances, Maicossuel chegou atrasado, bola do Luan passou raspando, Andre quase deixou o dele e por aí vai. O time sentiu a falta do seu reforço Lucas Pratto. A boa notícia é que Cardenas é um nome interessantíssimo para o time. Contudo, o Galo precisará de mais um dos seus mirabolantes truques para buscar a classificação. Mas, ainda só depende dele.

Já o rival mineiro, o Cruzeiro estreou com um empate contra o Sucre. O jogo mostrou que o Cruzeiro está montadinho, mantém a mesma tática do ano passado, mas ainda sente do entrosamento e principalmente da qualidade da troca. E não estou dizendo que quem chegou é ruim, mas quem saiu era muito bom, principalmente Goulart e Lucas Silva. É complicado substituir a altura.

O Cruzeiro foi melhor que o Sucre, mas a famosa altitude derrubou o time no final do jogo. Damião voltou a jogar bem, faz boa temporada pelo Cruzeiro e parece que a mudança de ambiente foi benéfica, perdeu alguns gols ontem, mas a movimentação, a busca pela bola voltaram. No fim, o resultado foi ok, ainda mais dentro de um grupo, onde só fatores extracampo (altitude) podem atrapalhar a campanha tranquila da Raposa nessa primeira fase.

Por fim o São Paulo conseguiu uma vitória tranquila e com placar elástico (4×0) sobre o fraco Danúbio. O time uruguaio será o saco de pancada desse grupo tranquilamente, vendo o jogo de ontem, digo que é preciso ganhar deles no Uruguai também. O São Paulo mostra com a vitória que tudo está bem longe de ser perdido, o time foi apático na estréia, mas é ainda um dos fortíssimos candidatos ao título.

Principalmente, quando Muricy entende que Kardec e Luis Fabiano não podem jogar junto e que a melhor peça do São Paulo é Michel na meia. Pato com vontade mostra que é jogador de seleção, ontem ficou durante os 90 minutos e mostrou que Fiorella merece um camarote exclusivo no Morumbi. A única questão ainda é bipolaridade tricolor, o time só possui os modos “futebol envolvente” e “futebol adormecido”, precisa aprender a dosar um pouco seu futebol, para não sofrer nos momentos de dormência.

Por fim, uma vitória, um empate e uma derrota na conta dos brasileiros.

Rapidinhas Camisa 10 – 05.09.2012

Conca é o cara… O jornal espanhol Marca divulgou uma lista com os maiores salários entre os jogadores de futebol. E para quem pensou que Messi e Cristiano Ronaldo lideravam , erraram feio. Messi é apenas o 09º, enquanto o português fica em 10º. Etô’o é o líder e acreditem se quiser, o baixinho Conca é o 08º, na frente das maiores estrelas do futebol atual. Santo dinheiro chinês.

Um pouquinho do lado B. A Série B do Brasileirão também está pegando fogo. Vitória e Criciúma seguem disparados na liderança, enquanto para as outras vagas está tudo em aberto. Na parte debaixo, as coisas parecem mais encaminhadas, Barueri, Bragantino e Ipatinga não parecem com muita de vontade de permanecer na segundona. Dois destaques do time do Criciúma, Zé Carlos confirma sua fama de artilheiro, enquanto Lucca é uma ótima promessa.

Personagens repetitivos. Toda novela que se inicia no futebol, dois personagens sempre aparecem. Um, atende pelo nome de Patricia Amorim, ele tem por costume dizer que seu clube também está na briga por tal jogador, mesmo que eles não tenham dinheiro para pagar e com jogadores de menor expressão recusando vestir a camisa do clube. O outro chama Vanderlei Luxemburgo com sua imensa lista de telefone que possui o contato de todas as pessoas envolvidas no futebol, assim ele liga e oferece todo o potencial do seu “pojetu exxxtutarado”. Eles resolveram aparecer na novela Ganso.

Anuncio grátis. A maior preocupação dos times com as convocações de Mano não é com lesão, nem com os jogos que ficarão fora durante os amistosos, mas é a possibilidade de seu jogador não voltar. Nos últimos tempos, os saguões dos hóteis onde a seleção costuma se hospedar lembram a bolsa de valores, mas com uma vantagem, nunca vi uma “ação” cair nessa bolsa e os corretores nunca ficam estressados.

Fé demais não cheira bem. E a turma do Palmeiras já começou o discurso de forças estranhas e que irão rezar muito para tirar essa “nuvem” de cima do time, para escaparem logo dessa situação. Só precisam avisar que essa nuvem, pode, por uma hipótese ou coincidência da vida, serem eles mesmos. Rezar só funciona se jogarem bola.

Faz todo sentido… Um dos principais frequentadores do blog disse a seguinte frase: “Copa 2014, roubalheira sem limites, politicagem, um Tatu-bola de olho verde e todo parafinado como Mascote e uma bola que chama brazuca com”z”…. Vamos escolher uma seleção, porque o “Brazil” é só pra gringo ver.” Na mosca..

Cadeiras cativas. Patricia Amorim continua mostrando todos os seus dotes como presidenta. Em uma pesquisa rápida, ficou comprovado que ela emprega na suas cadeiras como vereadora, nada menos que 25 pessoas que também possuem algum cargo ou relação importante dentro do Flamengo. Segundo a presida, “ela não pode deixar de aproveitar pessoas bacanas para manter ao lado dela”. Vindo dela, é de preocupar o que seriam pessoas bacanas.

Seriam titulares… em qualquer time do Brasil? Lugano (PSG), Malouda (Chelsea) e Kolo Touré (Man. City) não foram inscritos pelos seus clubes para a fase de grupos da Champions League, se nossa janela caminhasse junto a européia, os três poderiam aparecer por aqui. Gosto dos três jogadores, mas aposto que apenas o uruguaio e o marfinense seriam titulares absolutos, o francês chinelinho viria apenas a passeio.

Dentro de casa, mas desconfortável. A seleção brasileira irá jogar no feriado de sete de setembro no Morumbi, apesar de ser dentro de casa, esse é o único lugar onde o Brasil irá sofrer a pressão da torcida. A torcida paulista a tempos não se identifica nem um pouco com os homens vestidos de amarelo e qualquer exibição que seja abaixo da de gala, será recompensada com o gesto que já virou tradicional em São Paulo, a vaia!!

O terrível peso de uma decisão… No meio da semana passada, o meia Maicossuel foi protagonista de uma cena que ele deseja esquecer o quanto antes. O recém contratado pela Udinese disputava contra o Braga de Portugal uma vaga para a fase de grupo da Champions, o jogo foi para os pênaltis e a última cobrança nos pés do ex-jogador do Botafogo. Eis que Maicossuel resolve bater com cavadinha e ver o goleiro ficar parado no meio do gol esperando sua cobrança. Resultado, ninguém em Udine quer ver mais ele por lá. Sinceramente, não condeno a atitude do jogador, mas ele precisa entender o peso da sua escolha.

Dúvida da semana. O Corinthians deve entregar contra o Figueirense para prejudicar o Palmeiras, ou a entregada contra o Flamengo em 2009 já foi suficiente?

Pitacos: 29ª rodada do BR-2011

O legal desse campeonato é que você faz um comentário e na rodada seguinte tudo cai por terra. Ontem acompanhei dois jogos, primeiro São Paulo 0x0 Internacional e depois Corinthians 0x2 Botafogo. Vamos aos pitacos:

São Paulo 0x0 Internacional

Um clássico que prometia muitos gols, mas acabou em um insosso 0x0 com pouquíssimas chances criadas. O Inter teve duas com D’Alessandro, enquanto o São Paulo teve uma jogada mais aguda que terminou com Rivaldo desperdiçando.

Do lado Colorado, ficou claro que o esquema de Dorival já está bem treinado, só falta um pouco de talento na frente. Falta Damião e um companheiro para D’Alessandro, se vier Dagoberto ou trazendo outro reforço para o ataque, esse time em 2012 vai longe. No Brasileirão, eu aposto que uma vaga da Libertadores é do Inter.

Pelo São Paulo, acho que o jogo serviu para a torcida entender que Rivaldo é jogador de segundo tempo, assim como Casemiro aprendeu a lição e já pode ser titular. O time contou com a ajuda do rival para permanecer vivo na disputa, mas precisa jogar futebol de quem quer ser campeão.

Em resumo, o empate foi ruim para os dois no final da tarde, mas até que ficou bom no final do dia.

Corinthians 0x2 Botafogo

Ficou bom, porque o Botafogo que eu já tinha tirado da disputa, renasceu e fez um primeiro tempo primoroso. O time beirou a perfeição na primeira etapa, e olha que o Corinthians fez um bom primeiro tempo também.

O Botafogo abriu com Loco Abreu, mas anularam erroneamente. De nada adiantou, o domínio botafoguense continuou e novamente Loco Abreu abriu o marcador.

Apesar das chances criadas pelo Corinthians, ficava nítido que o Botafogo dominava o meio de campo. Renato estava soberano no meio, Maicossuel com vontade e foi com ele que o time carioca chegou ao segundo gol.

A partir daí, o time de Caio Júnior recuou e o Corinthians foi para cima, conseguiu botar uma bola na trave com Alex, mas foi só no primeiro tempo.

Veio o segundo tempo e aí, os personagens mudaram, “saíram” Loco Abreu, Renato e Maicossuel, “entraram” Antonio Carlos, Marcelo Mattos e Renan. O time paulista criou uma blitz e sufocou o Botafogo, mas Renan estava em tarde inspirada, assim como Marcelo Mattos que parecia multiplicar-se em 3.

O Corinthians tentou várias vezes, ficou muito preso ao chuveirinho, mas esbarrou em uma noite feliz do Botafogo.

Em resumo, o Botafogo, volta com tudo para a disputa do caneco e o Corinthians continua firme, fez ótima partida, mas encontrou um adversário que jogou melhor ainda.

No fim das contas, neste Brasileiro (que é na minha opinião o campeonato mais disputado do mundo) nenhuma previsão é possível faltando tantos jogos ainda. É esperar para ver!

Pitacos: Botafogo 2×2 São Paulo

fonte: Rubens Chiri/site oficial do São Paulo

Galera do blog, ontem acompanhei o confronto entre Botafogo e São Paulo que terminou em um empate heroíco do tricolor em 2×2. O Bota chegou a abrir dois a zero no primeiro tempo, mas recuou demais na segunda etapa e quase tomou a virada. Loco Abreu anotou os dois gols botafoguense, enquanto Henrique e Rivaldo anotaram os tentos tricolores.

O Botafogo é o melhor mandante deste Brasileirão, obviamente veio com tudo no início do jogo para sufocar o São Paulo. A pressão dava resultado e ainda contava com a colaboração de Adilson Batista que liberava demasiadamente os laterais, mas sem cobertura. Resultado, o São Paulo não atacava e não marcava direito, era questão de tempo o Botafogo abrir o marcador. E ele foi aberto aos 24 com Loco Abreu, em ótima jogada de Maicossuel.

Os comandados de Caio Junior continuaram a pressionar e aumentaram o marcador aos 40 minutos novamente com Loco Abreu em cobrança de pênalti. O Botafogo dominava a partida e parecia que chegaria a um placar elástico no jogo com facilidade, tanto que começou o segundo tempo e o time continuava a atacar.

Foi quando aos 14, Loco Abreu perdeu um gol incrível. O lance pareceu despertar o melhor visitante. O São Paulo começou a se organizar e chegou ao primeiro gol aos 20 minutos com Henrique. Em chute de Cícero, o goleiro Renan bateu roupa e o atacante tricolor teve apenas o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

O gol animou o tricolor que passou a dominar o segundo tempo e pressionar o Botafogo, até que Ceni resolveu escrever mais um parágrafo na sua enorme história, aos 46 do segundo tempo, o goleiro-artilheiro resolveu cobrar uma falta lateral na cabeça de Rivaldo que testou firme para o fundo das redes.

Rivaldo ainda teve a bola do jogo para virar a partida, mas pecou no preciosismo.

Ao final do jogo, fiquei com a sensação de que a culpa de não ter uma equipe vencedora na partida foi dos treinadores.

Caio Junior montou o time perfeito na primeira etapa e teve todas as chances de liquidar a partida, mas optou pela covardia no segundo tempo, primeiro por recuar demais sua equipe, segundo por errar demais nas substituições.

Adilson foi na contramão de seu companheiro de profissão, o treinador são paulino novamente escalou muito mal o time inicialmente e orientou pior ainda o time. Contudo, conseguiu arrumar seus próprios erros no intervalo, primeiro por resolver um problema duplo, ao colocar Carlinhos na lateral esquerda, ele não só conseguiu alguém para desempenhar bem essa função e se livrar de Juan, como liberou uma vaga no meio de campo para alguém de qualidade, tanto que Cícero fez uma segunda etapa excelente, já que jogou onde sabe atuar melhor.

Além disso, a entrada de Henrique foi providencial, já faz 26 rodadas que é nítido que o São Paulo precisa jogar com um centroavante.

Em resumo, o São Paulo conseguiu um ótimo ponto contra um dos candidatos ao título, basta melhorar dentro de casa. Para o Botafogo, no fim, o ponto até que foi bom negócio, mas o time mostrou toda sua qualidade e que irá brigar pelo caneco também.

Pitacos: 23ª rodada do BR-2011

Galera do blog, esse fim de semana estava em “retiro espiritual” portanto não assisti a nenhum jogo, vi apenas alguns lances do jogo do Santos e do Palmeiras, portanto vamos fazer uma análise geral da tabela.

Na parte de cima, o Corinthians apesar de todo o esforço segue líder, os otimistas dirão que isso significa que o lugar é para ser do Corinthians, os pessimistas dirão que o time podia já ter aberto uma diferença para o segundo colocado. Fato é que a cada rodada, aumenta o número de postulantes ao título, agora Inter e Fluminense chegaram. Hoje, vejo Botafogo (apesar da derrota), Fluminense e Inter em melhor momento, Corinthians, São Paulo e Vasco são os times que não embalam, e Palemiras e Flamengo estão ladeira embaixo.

Entre esse novo grupo de favoritos ao título, algumas considerações:

Como tem jogado o Damião, é um absurdo o que esse cara joga, atacante de primeira estirpe, daqueles que vi jogar, Damião se assemelha a Van Basten e Ibrahimovic, atacantes altos, mas muito habilidosos.

O Botafogo levou um passeio do Coxa, mas o meio de campo do alvinegro é na minha opinião o melhor do Brasil, Elkeson e Renato são os donos, Maicossuel nasceu para jogar no Bota e Marcelo Mattos tem feito muito bem o trabalho sujo.

São Paulo, Corinthians e Vasco precisam decidir se querem mesmo o título, o cruzmaltino até tem motivo para não levar tão a sério, agora os paulistas precisam embalar de vez, pois daqui a pouco alguém passa e pega a liderança e eu garanto que não devolvem mais.