Rapidinhas do Camisa 10 – 02.04.2014

Sim, Messi também tem pesadelos...

Sim, Messi também tem pesadelos…

Piada pronta, ora pois… Paulo Bento da seleção de Portugal esqueceu a lista de convocados para a Copa em um restaurante. E espero de verdade que seja uma tremenda piada de 01º de Abril. Caso contrário, os portugas gostam de reforçar a fama.

O “emprestável” Elias.. Seguindo com os portugas, o Sporting resolveu tratar Elias na base do terror. Oscila entre aceitar ou não as propostas dos clubes brasileiros, mas na hora de assinar jogam a culpa na conta de Jorge Mendes e o volante fica mais uma janela treinando no Sporting B.

A possível surpresa… A seleção da Bélgica é na minha opinião a candidata como surpresa da Copa. Courtois, Kompany, Vermaelen, Van Buyten, Fellaini, De Bruyne, Lukaku, Mertens e Hazard tem tudo para realizarem campanha histórica pela seleção.

Leão Imortal! Pelo menos é assim que a torcida palmeirense enxerga o ex-goleiro. Em uma votação organizada pela WTorre entitulada Academia de Imortais, Leão lidera a pesquisa que premiará os cinco primeiros com um camarote vitalício no Alianz Parque.

Muito areia para o caminhãzinho alvinegro… Do blog de Rodrigo Mattos na Uol. “Em reunião nesta segunda-feira à noite, Andrés Sanchez, responsável pela obra da arena corintiana, afirmou ao Conselho Deliberativo do Corinthians que o Itaquerão terá custo final de R$ 1,150 bilhão. Esse número representa um acréscimo de R$ 330 milhões em relação ao valor inicial orçado, que era de R$ 820 milhões.” Vai ficar cara a conta para o Timão!

Vai ter Copa! E hino! E o hino da Copa do Mundo chamará “Dar um jeito”. Simplesmente, eu só posso achar que foi de propósito o nome. O recado foi claro que mais uma vez, nosso jeito brasileiro vai resolver a Copa. Eu tenho vergonha de jeitinho que é rotulado por aí.

De olho na Copa da Rússia e Qatar! E o jornal italiano Gazzetta Dello Sport soltou uma lista com os 60 jovens abaixo de 20 anos mais promissores do nosso futebol. A lista possui 6 brasileiros com destaque para Lucas Piazon (2º) e Marquinhos (3º). Januzaj (aquele que precisa escolher por qual seleção jogará) é o primeiro colocado. Confira a lista da Gazzetta aqui.

Aqui se faz, aqui se paga… Diferente do que a Fifa esperava, mas do jeito que o CMC10 já anunciava, a Copa é nossa. Dos mais de 2 milhões de ingressos já vendidos cerca de 1,5 milhão foram adquiridos por nós. Isso mesmo, os tupiniquins, com suas caxirolas é que estarão invadindo nossos elefantinhos novos! Rumo ao Hexa!

Você sabia? Que faz 48 anos que o título do campeonato carioca fica restrito aos quatro grandes. O Bangu foi campeão em 1966! O Brasil tinha só duas Copas do Mundo, Pelé era o craque da época, Inglaterra levava a única Copa do Mundo deles e o Corinthians ainda esperaria mais 11 anos para sair de seu jejum histórico

Dúvida da semana… Quantos brasileiros avançam para as oitavas da Libertadores?

Pitacos 14.03.2011

Galera do blog, ontem foi mais um dia cheio de futebol e como há muito tempo não acontecia, assisti vários jogos. Vou fazer um resumo de três deles e comentar sobre Santos e Corinthians com mais detalhes.

No sábado, o Santos enfrentou o Botafogo-SP e venceu por 2×1. O resultado de verdade, pouco importa, fui um jogo difícil no primeiro tempo, o Santos viu Neymar muito marcado, Diogo caindo excessivamente pela ponta direita e Elano exagerando nos lançamentos de longa distância.

Mas, no segundo tempo, Ganso voltou a jogar e mais do que isso, continua sendo Ganso. O camisa 10 (ontem, jogou com a 16) santista mostrou porque é para todos um candidato a craque brasileiro da década. Eu ouso, um pouco mais, por toda elegância e personalidade que tem, para mim, só fica abaixo de Pelé e Zico, mas com certeza será o maior jogador que eu verei ao vivo.

Voltando ao jogo, a entrada de Ganso fez o Santos voltar a ser o time respeitado que é. O jogador distribuiu passes preciso e deixou o seu. Resultado, vitória santista e a sensação que enfim o ano começou para o clube paulista.

Ontem, assisti ao Corinthians enfrentar ao bom time do Mirassol. E esses fui um daqueles jogos, onde podemos entender a diferença do time “com camisa” e do time “sem camisa”. O alvinegro não jogou bem, na verdade, por diversos momentos do jogo o domínio foi do time do interior, mas faltava “camisa” para abrir o marcador. Até que Serginho acertou um belo chute, fazendo um golaço e mostrando que a tarde ia ser sofrida para o time de Parque São Jorge.

Mas, só foi começar o segundo tempo que a primeira “inocência” aconteceu, em bola cruzada na área, o time interior foi afobado demais e não soube tirar a bola ou mesmo esfriar os minutos iniciais do segundo tempo, resultado tumulto na área do Mirassol e a bola sobrou para William empatar a partida.

O que era para ser o início da reação,virou preocupação no instante seguinte, quando Jorge Henrique de forma imprudente deu um carrinho e recebeu o segundo amarelo. O Corinthians passava a ter um homem a menos. E aí, mais uma “inocência” do Mirassol, a chance de vencer o Corinthians empolgou os jogadores que se descuidaram defensivamente, tudo que o retranqueiro Tite precisava, e em um contra ataque, Dentinho encontrou William livre que só teve o trabalho de tirar do goleiro e marcar a virada corintiana.

Mesmo assim, o jogo reservava algumas emoções nos minutos finais. Esley, um dos protagonistas do jogo, resolveu arriscar um chute de muito longe que ainda contou com o desvio em Wallace para enganar Julio Cesar e morrer no fundo das redes, era o empate do Mirassol e parecia o fim, parecia, pois havia tempo para um último ato inocente do Mirassol, que ficou olhando Bruno Cesar receber sozinho e decretar a vitória corintiana.

Além desses jogos, acompanhei um péssimo Fla 0x0 Flu, que verdadeiramente parecia um duelo de “solteiros x casados”, assisti Roma 2×0 Lazio jogo muito pegado, digno de um clássico, mas faltou força física para o time de Hernanes, ou um pouco mais de equilíbrio. E ainda teve um Brasil 4×3 Venezuela pelo sulamericano sub 17 com destaques para o meia Adryan do Flamengo (o melhor da partida) e Lucas Piazon do São Paulo que teve boa atuação.