The One na Premier League!

guardiola060115

Enquanto no Brasil, a preocupação é com o Tsunami chinês ( e olha que ainda nem começou o europeu direito), na Europa o fervor é com tsunami Guardiola.

O melhor técnico atualmente e talvez o maior de todos os tempos já avisou que deixa o Bayern (que inclusive já escolheu Ancelotti) e que quer ir para a Premier League.

O melhor campeonato do mundo terá o melhor treinador do mundo e pode ainda ter Mourinho novamente como adversário e quem sabe na mesma cidade. São grandes as chances de Manchester contar com cada treinador em seus Caprichosos e Garantidos.

Esse furor todo por causa de Guardiola, também promete movimentar o mercado de treinadores, para Guardiola assumir um Manchester alguém precisa sair.

Van Gaal está na corda bamba, é quase certo sua saída, saída essa que deve decretar a aposentadoria antecipada do mesmo, já que para ele seria seu último trabalho.

Ainda sim, não sei para onde Guardiola vai, com a vontade dele de treinar na Premier League todo mundo ficou empolgado, até quem estava satisfeito com seu treinador, deve estar cogitando fazer uma propostinha, vai que…

Lembro que a algum tempo escrevi um texto chamando Pep de Papa, ou PopePep, como inglês tem essa mania, e um é o Special One e outro o Normal One, Pep podia ser o The One mesmo.

Pois ele é o maior.

Anúncios

Zoropeada rápida! – Champions League definida!

Champions280815

Hoje é dia de dar aquela Zoropeada rápida!

Ontem foram definidos os grupos da Champions, e como sempre, vamos dar aquele pitaco.

Grupo A: PSG, Real Madrid, Shakthar Donetsk, Malmo
O Real pegou aquele famoso grupo bom, tem adversários fortes mas não o suficiente para tirar ele da próxima fase e ainda tem o Malmo que será o saco de pancadas.

A segunda vaga fica entre Shakthar e PSG, sinceramente não sei mais o que dizer sobre o time francês, ele e o City são aquela pessoa que ganhou na loteria, mas nunca será reconhecido como membro da elite. Acho que da PSG, com choro.

Grupo B: PSV, Manchester United, CKSA Moscou, Wolfsburg
Van Gaal é da turma do Mourinho, conseguiu um grupo tranquilo para fazer esse Manchester dar liga. A expectativa sobre os Diabos Vermelhos é enorme.

A segunda vaga deve ficar com o Wolfsburg e seu prodígio De Bruyne (caso siga no clube), não vejo o CSKA ameaçando o clube alemão.

Grupo C: Benfica, Atlético de Madrid, Galatasaray, Astana
A única coisa certa é a figuração que o modesto Astana fará. O time de Simeone deve ficar com o primeiro lugar, mesmo assim será acirrada a disputa.

Benfica e Galatasaray disputarão a outra vaga, suspeito que o time turco e seus medalhões avancem para as oitavas.

Grupo D: Juventus, Manchester City, Sevilla, Borussia Mönchengladbach
O grupo da morte, sempre tem esse grupo e o escolhido foi o D.

Não coloco a Juventus como favorita, pois peças fundamentais na campanha do vice campeonato saíram, portanto ainda não dá para saber ao certo o quão forte chega a Vecchia Signora.

Os outros três também vem de boas campanhas em seus nacionais, é um grupo imprevisível, exceto pelo fato de provavelmente o City ficará pelo caminho como sempre. Aposto no Borussia e na Juve.

Grupo E: Barcelona, Bayer Leverkusen, Roma, Bate Borisov
Barça ficará com o primeiro lugar, aliás é favorito ao bicampeonato e o Bate Borisov novamente será o sparring da galera.

Enquanto, Roma e Leverkusen disputarão a segunda vaga. Aliás desse confronto, o eliminado para mim será o favorito ao título da Liga Europa.

Grupo F: Bayern de Munique, Arsenal, Olympiacos, Dinamo Zagreb
O famoso grupo de posição já definida. Bayern em primeiro, Arsenal em segundo, Olympiacos em terceiro e Zagreb em quarto.

Grupo G: Chelsea, Porto, Dynamo Kiev, Maccabi Tel-Aviv
Ah, o pacto do Mourinho! Sempre pegando grupos tranquilos na Champions.

O Chelsea passará sem susto algum, o Porto vira na sequência, se o Kiev não bobear vai para liga Europa.

Grupo H: Zenit, Valencia, Lyon, Gent
O grupo que poderia ser enviado direto para Liga Europa, como sempre muito time melhor ficará pelo caminho em outros grupos.

Os classificados daqui serão aqueles todo mundo irá querer enfrentar nas oitavas.

Os melhores treinadores do mundo!

6-Parreira

E ontem a revista FourFourTwo publicou a sua lista dos 50 melhores técnicos do mundo.

E adivinha quantos brasileiros nela?

Isso mesmo, nenhum. nadinha. Até um congôles entrou na lista e nossos professores nem aparecem nela. O único do Brasileirão que aparece é El Profe Osório do São Paulo, colombiano. Aliás, entre os 50 temos 08 da América do Sul, 5 da Argentina, 1 uruguaio, 1 chileno e o colombiano Osório.

5 países detém 30 desses melhores treinadores, França e Espanha com 6, Argentina, Alemanha e Itália com 5. Nesse grupo de países percebe-se que todos já foram campeões mundiais, restando apenas Uruguai, Inglaterra e Brasil. O Uruguai tem entre os 50, o próprio treinador da Celeste, Oscar Tabarez. Já Brasil e Inglaterra não emplacaram ninguém na lista.

E olha que a revista é inglesa, portanto a ausência deles também é crítica, contudo vamos ficar com o que nos pertence, ou melhor o que nos falta.

Quando vemos franceses, espanhóis, argentinos, alemães e italianos dominando a relação, vemos as escolas desses países sendo disseminadas pelo mundo afora, enquanto nós brincamos de Coréia do Norte do futebol, nos fechamos para o novo e não aceitamos nosso retrocesso.

Para quem acha que é apenas uma lista feita lá na Europa, olhe que tem técnico de time australiano, de time da MLS, de dois times argentinos, de seleção do Congo e até do concorridíssimo campeonato norueguês.

O nosso 7×1 segue, sem nenhuma perspectiva de recuperação.

Veja a lista dos 50 melhores técnicos do mundo:

50º) Florent Ibenge (congolês) – Vita Club-RDC/República Democrática do Congo
49º) Juan Carlos Osorio (colombiano) – São Paulo
48º) Pavel Vrba (tcheco) – República Tcheca
47º) Hein Vanhaezebrouck (belga) – Gent-BEL
46º) Bruce Arena (norte-americano) – Los Angeles Galaxy-EUA
45º) Tony Popovic (australiano) – Western Sydney Wanderers-AUS
44º) Gian Piero Gasperini (italiano) – Genoa-ITA
43º) Slaven Bilic (croata) – West Ham-ING
42º) Herve Renard (francês) – Lille-FRA
41º) Lars Lagerbäck (sueco) – Islândia
40º) Markus Weinzierl (alemão) – Augsburg-ALE
39º) Ange Postecoglou (australiano) – Austrália
38º) Myron Markevych (ucraniano) – Dnipro-UCR
37º) Frank de Boer (holandês) – Ajax-HOL
36º) Rafa Benítez (espanhol) – Real Madrid-ESP
35º) Manuel Pellegrini (chileno) – Manchester City-ING
34º) Antonio Conte (italiano) – Itália
33º) Sergei Rebrov (ucraniano) – Dynamo de Kiev-UCR
32º) Vicente Del Bosque (espanhol) – Espanha
31º) Marcelo Gallardo (argentino) – River Plate-ARG
30º) Jocelyn Gourvennec (francês) – Guingamp-FRA
29º) Giampiero Ventura (italiano) – Torino-ITA
28º) Didier Deschamps (francês) – França
27º) Roger Schmidt (alemão) – Bayer Leverkusen-ALE
26º) Jorge Sampaoli (argentino) – Chile
25º) Dieter Hecking (alemão) – Wolfsburg-ALE
24º) Bob Bradley (norte-americano) – Stabaek-NOR
23º) Mircea Lucescu (romeno) – Shakhtar Donetsk-UCR
22º) Edgardo Bauza (argentino) – San Lorenzo-ARG
21º) José Pekerman (argentino) – Colômbia
20º) Marcelino (espanhol) – Villarreal-ESP
19º) Oscar Tabarez (uruguaio) – Uruguai
18º) Phillip Cocu (holandês) – PSV Eindhoven-HOL
17º) Lucien Favre (suíço) – Borussia Monchengladbach-ALE
16º) Louis van Gaal (holandês) – Manchester United-ING
15º) Jorge Jesus (português) – Sporting-POR
14º) Rudi García (francês) – Roma-ITA
13º) Ronald Koeman (holandês) – Southampton-ING
12º) Leonardo Jardim (português) – Monaco-FRA
11º) Arsene Wenger (francês) – Arsenal-ING
10º) Laurent Blanc (francês) – Paris Saint-Germain-FR
09º) Carlo Ancelotti (italiano) – sem clube
08º) Joachim Löw (alemão) – Alemanha
07º) Unai Emery (espanhol) – Sevilla-ESP
06º) Jurgen Klopp (alemão) – sem clube
05º) Massimiliano Allegri (italiano) – Juventus-ITA
04º) Diego Simeone (argentino) – Atlético de Madri-ESP
03º) Luis Enrique (espanhol) – Barcelona-ESP
02º) Josep Guardiola (espanhol) – Bayern de Munique-ALE
01º) José Mourinho (português) – Chelsea-ING

Van Gaal no Barça = sulamericanos no banco?

image

Ontem estava vendo os jogos da Champions e percebi a quantidade de brasileiros que os quatro times de ontem possuíam.

Eram 20 brasileiros entre eles, Barcelona (5),Paris Saint Germain (6), Bayern (2) e Porto (7).

Aí lembrei de Mircea Lucescu e Louis Van Gaal.

O primeiro pela quantidade de brasileiros que possui no time, Mircea é técnico do Shakthar Donetsk, e Van Gaal pela birra que possui com sulamericanos, principalmente brasileiros.

Sobre Mircea, entre um problema ou outro, tem se virado bem com o batalhão canarinho.

Agora, gostaria de saber qual o trauma que Van Gaal tem com os sulamericanos, basta lembrar que no atualmente no United, Di Maria, Falcão, Rojo e Rafael não possuem nenhuma chance com ele.

Isso sem falar a birra histórica com Rivaldo no Barcelona, ou seja, Van Gaal não gosta de ver no seu time nenhum sulamericano como titular.

Então pensei, e se ele fosse chamado para treinar o Barcelona?

Como lidaria com o espetacular trio de ataque sulamericano? Van Gaal teria em mãos, os três melhores da América do Sul e com três dos dez melhores atacantes do mundo.

Sim, tudo é um exercício de imaginação, mas não duvidaria que ele iria aos poucos tirando um por um, menos Messi que não é desse planeta.

Ressaca pós Copa do Mundo!!

01neymarpancadaafpodd-andersen

Diga sem pestanejar, qual seleção está apresentando o melhor futebol atualmente?

Nos últimos dias estão rolando jogos das seleções pelo mundo. Sejam jogos valendo vaga na Eurocopa, na Africopa ou simples amistosos, o que importa é que parece que rola uma ressaca da Copa do Mundo ainda.

Vocês concordam?

Basta lembrar que a própria Alemanha, campeã do mundo, parece em uma ressaca eterna, algo como se o país virasse uma espécie de Salvador nesse segundo semestre, emendou a comemoração do título com a Oktoberfest e futebol que é bom, só no ano que vem. O time está sendo renovado, mas não é possível ter esquecido do seu futebol.

A vice-campeã Argentina trocou o comando, mas não entende uma coisa, Messi não irá brilhar como brilha no Barcelona e tudo bem. Contudo, o craque já é o comandante do time e tem ao seu lado Di Maria que anda voando, ainda falta rechear melhor esse time, já que depois disso, principalmente do meio para trás o time não colabora.

E a terceira colocada? Nossa querida Holanda, do craque Robben proibido virar a direita, virou saco de pancada nas eliminatórias da Euro, Sneijder gastou sua última vidinha na Copa do Mundo, Hiddink quis resgatar o tradicional 4-3-3 holandês e está entendendo porque Van Gaal tinha optado por um esquema com tanta gente na defesa.

Itália, Inglaterra e Brasil optaram por conquistar resultados pós-Copa, tem conseguido, mas parecem não convencer ninguém. No caso da Itália é uma pena, apesar da trágica campanha na Copa, a filosofia de Prandelli era uma mudança abrupta, mas positiva para a Azzurra, contudo preferiram voltar ao velho futebol pragmático italiano.

Já o Brasil optou por conseguir resultados para ter paz, contudo, não acredito que Dunga opte pelo resgate do futebol encantador brasileiro, sua filosofia é ganhar títulos, a qualquer custo. Se jogar bem, ótimo, se não, tudo bem também. E a Inglaterra, precisa entender que ela descobriu o futebol e não inventou, a partir daí muita coisa pode mudar.

Além disso, a querida Espanha, depois da geração Tiki-Taka, Del Bosque parece aquele homem que viveu 30 anos com uma mulher e quando ela morre, não consegue nem passar um café para ele, a sensação é que Del Bosque não sabe ainda como montar sua Espanha. Sua principal aposta é na sintonia entre Fabregas e Diego Costa, porém faltam nove jogadores, incluindo Casillas que parece precisar de um periodo de reflexão tal qual Julio Cesar após a Copa 2010.

E aí, alguma seleção tem encantado vocês?

Vai rolar a bola no velho continente!

ads_tavola_redonda_0403

Sexta-feira, a ressaca da vergonha que meu time fez eu passar já passou, portanto hoje o post é mais leve.

Os campeonatos europeus começam a voltar a ativa, e você pode até achar babação de ovo, mas tem muita coisa boa lá também! Vamos dar uma zoropeada rápida em alguns detalhes interessantes pelos campeonatos europeus por aí.

Na Inglaterra, o melhor campeonato do mundo ficou mais calmo. Com a saída de Suarez, o campeonato perde esse feito especial, mas a dificuldade continua. Liverpool se reforçou bem e Brendan Rodgers fez mostrando que é um técnico dos bons. City e Chelsea seguem favoritos e ainda tem United com Van Gaal e o Arsenal que sempre promete.

Ou seja, o melhor campeonato atualmente continua sensacional.

Na Espanha, a grande expectativa é se o trio ofensivo do Barça que ainda nem treinou junto poderá suportar a força galática dos merengues. James ainda está assustado, mas Kroos já mostrou que a camisa nem pesou nele. Isso sem falar no Atletico de Madrid que promete suar sangue por mais uma temporada com Simeone.

Na Alemanha, outro duelo interessante. Guardiola está tentando mudar um pouco sua forma de jogar e terá o campeonato alemão inteiro para testar esse esquema, até porque Guardiola joga o alemão praticamente sozinho. Praticamente, porque o Dortmund está lá, e se Pep acha que Mourinho é seu rival, Klopp é a sua criptonita. Impressionante, como Klopp bate de frente com Guardiola nos confrontos dos times.

O Bayern pode levar tranquilamente o alemão mais uma vez, mas o duelo entre Klopp e Pep é um capítulo a parte nesse campeonato.

Para os demais campeonatos, teremos poucas surpresas. PSG leva na França, Juventus na Itália e Benfica e/ou Porto em Portugal. Porém, destaco acompanhar dois times, Milan, será interessante ver como os rossoneros pretendem se reerguer e o Olympique de Marseille, é sempre bom ver o que Bielsa pode apresentar ao mundo.

O restante não vale a pena, depois só o que acontecer na Champions League.