A polêmica de 87…

titulo87

Diego Souza usou a camisa 87 no ano passado quando jogava pelo Sport.

Leo Moura resolveu escolher a mesma camisa esse ano para usar na sua passagem pelo Santa Cruz. Jogador identificado com o Flamengo, não só escolheu a camisa, como ainda provocou ao dizer que é em homenagem ao Brasileirão de 87 do rubro negro carioca. Lembrando que o Santa é rival do Sport em Pernambuco.

No ano desse campeonato tinha apenas três anos, portanto não consigo compartilhar o sentimento da época, mas olhando dados e buscando sempre a figura do velho pai para sustentar minhas alegações.

Fico com a sensação que no meio futebolístico é mais do que reconhecido que o campeão brasileiro foi o Flamengo, era o campeonato com os principais times.

Do ponto de vista técnico, o campeonato da CBF foi o vencido pelo Sport.

Fui descobrir que o grande problema foi um disse que me disse de Eurico Miranda, sim ele, combinou algo com o grupo de clubes que criaram a Copa União e combinou outra cosa com a CBF. Logo, confusão a vista e esse dilema.

Como já aconteceu de alguns campeonatos possuirem mais de um campeão, sou mais que a favor de aproveitar o ano que vem onde completará trinta anos dessa lenga-lenga e anunciar os dois como autênticos campeões ainda mais porque não houve o tal cruzamento final.

Coloca o asterisco, explica a confusão e avisa que 87 foi rubro negro.

Muito gato para pouca lebre!

gato-por-lebre

Em 11 estados o campeonato já acabou. E entre um título e outro, apenas 5 times da primeira divisão se sagraram campeão. Na primeira divisão temos 9 estados diferentes participando, portanto poderíamos no máximo declarar 9 campeões. Ou seja, pouco mais da metade gritaram é campeão.

Para mim, ficou evidente como o nosso país está superfaturado até no quesito atleta. Qualquer time pequeno que mostrou algum poder de organização fez frente aos grandes do seu estado e em alguns casos até beliscou o caneco. Casos de Ituano e Londrina.

Nosso futebol está carente de boas peças. Qualquer bom jogador, sai para o centro europeu e ainda tem preferido os petrodólares afora. Resultado disso, sobra pouca mão de obra de qualidade por aqui e resolvemos pagar muito por Barcos, Dagobertos, Sheiks e Damiões da vida.

Foi-se o tempo onde você montar uma grande seleção dentro do nosso país. Hoje, uma possível seleção seria Jefferson, Leo Moura, Dede, Rever, Fabio Santos, Arouca, Elias, Everton Ribeiro e Ronaldinho, Tardelli e Fred. É pouco, muito pouco para fazer frente a seleção principal.

Basta pensarmos na dificuldade de encontrar volantes de qualidade hoje em dia. De verdade, sem clubismos, digam 5 bons volantes que atuem no país. Bons de verdade, nada de jogador em boa fase. Eu só vejo Elias (que está voltando) e Arouca que conhecem do riscado. O resto, ou é fase, ou é esforçado, ou é mediano mesmo.

Outro posição é a de lateral esquerdo, onde Fabio Santos que escalei como melhor é apenas esforçado.

Está na hora dos nossos clubes darem um salto na questão de organização, acabou a época que bastava reunir bons jogadores, contratar um bom técnico que tudo daria certo. É preciso pensar a longo prazo em todas as áreas do time.

Para mim, ficou claro que se ninguém mostra uma evolução gigantesca nos próximos dois meses, é inevitável dizer que o caneco do Brasileirão fica novamente entre os dois times mineiros ou o Grêmio.

São os únicos times que não estão vendendo gato no lugar das lebres.

Pitacos: Nada de TolimaDay#

Nada de #TolimaDay.

Ontem, os times brasileiros superaram a pré-libertadores e avançaram para a fase de grupos.

O Flamengo precisava de uma simples vitória diante do “temido” Real Potosí. E parece que o distintivo similar ao do Real Madrid inspirou Ronaldinho. O camisa 10 teve boa atuação e comandou o Flamengo na vitória por 2×0.

Além dele, Léo Moura e Botinelli também foram fundamentais para o resultado. Aliás, o argentino parece viver seu melhor momento no rubro negro. Vem jogando muito bola e será fundamental para suprir a ausência de Thiago Neves, dividindo a responsabilidade de criação com Gaúcho.

O Flamengo avança para a próxima fase, sem saber se o “pofessor” continua. O time do Flamengo me surpreendeu ontem, não esperava que o time jogasse bem, tinha certeza que passaria, mas não imaginava que tivesse uma boa atuação.

O momento é propício para que o grupo se feche na busca de um propósito e torne-se um forte candidato ao título da Libertadores. Mas, para isso é necessário atitude genuína da diretoria para resolver os fantasmas que assombram a Gávea.

Ao mesmo tempo em que o Flamengo batia o Real Potosi, o Internacional tinha um verdadeiro jogo de Libertadores contra o Once Caldas.

A tarefa era complicada, o Colorado tinha vencido pelo placar mínimo no Beira Rio. Teria que enfrentar a altitude e um bom time para seguir adiante.

Tudo ficou ainda pior, quando logo no primeiro minuto Nei cometeu pênalti infantil. Na cobrança, Nunez abriu o marcador e acabou com a vantagem conquistada pelo Inter. Mas, foram preciso apenas 10 minutos para D’Alessandro mostrar porque valeu todo o investimento feito pelos gaúchos para mantê-lo no elenco. Em ótima jogada criada por ele, Oscar foi derrubado dentro da área. Na cobrança, D’Ale fuzilou e empatou a partida.

Com o gol, o Inter mostrou porque é um dos favoritos ao título da Liberta, jogou como gente grande na casa do adversário D’Alessandro e Oscar pareciam se multiplicar em campo. Foi com eles também, que o Inter chegou a virada. Após boa tabela da dupla, Tinga recebeu livre e só teve o trabalho de empurrar para as redes. Contudo, três minutos depois, outra bobeira defensiva e o Once Caldas empatou a partida.

Daí para frente, foram uma sucessão de gols perdidos dos dois lados. O domínio do jogo foi do Inter. D’Alessandro está no auge do seu futebol. É impressionante como o argentino está voando. Oscar tem feito uma dupla formidável com ele. Só falta Damião entrar no mesmo ritmo deles. Quando isso acontecer, será difícil segurar o Internacional.

Ainda bem que ontem não tivemos mais um TolimaDay.

Sugestão para Mano…

Estamos chegando a 30ª rodada do Brasileirão, nessa hora começa as especulações sobre a seleção do Brasileirão. Vou especular a minha, lembrando sempre que faço a seleção diante da campanha apresentada, não significa que sejam os melhores na minha opinião.

No gol, meu voto vai para Fábio do Cruzeiro, apesar de nunca ser lembrado, e reclamar mais do que devia por causa disso, o goleirão da raposa está vivendo grande fase e é na minha opinião o melhor do campeonato. Victor do Grêmio e Renan do Avaí correm por fora.

Na lateral direita, Mariano do Fluminense está sobrando, ninguém está jogando tanto pela direita como o camisa 2 do tricolor carioca. Na minha opinião irão figurar na disputa, Alessandro do Corinthians e Léo Moura do Flamengo.

Na zaga, tenho várias dúvidas, hoje meu voto tende para Caçapa do Cruzeiro e Bolivar do Internacional, porém Gil também do Cruzeiro, Dedé do Vasco e Réver do Atlético-MG também merecem menção honrosa.

Na esquerda, gosto muito do futebol de Diego Renan do Cruzeiro, mas podem aparecer Roberto Carlos do Corinthians e Carlinhos do Fluminense.

Minha dupla de volantes é Arouca e Elias, tem mais uma dezena pelo menos, mas fico com esses dois.

No meio, é meu grande dilema e o pior, tem três argentinos e só posso colocar dois. D’ Alessandro, Conca e Montillo são os melhores deste campeonato tranquilamente. Vou optar por Conca e Montillo, pelas atuações decisivas nos times que lideram o campeonato.

Na dupla de ataque, não tem jeito. O menino craque problema Neymar é garantido, assim como Jonas que torna fácil a tarefa de fazer gol.

Como revelação, fico com o menino Lucas do São Paulo, acho que nenhum outro menino apareceu neste campeonato com tanto destaque. Para craque do Brasileirão, fico com Conca. Para melhor árbitro me recuso a escolher.

E para vocês, quem são os melhores até aqui?

Mais especulações do mercado da bola!!

Galera, o defunto (Brasileirão) nem esfriou e já começou a dança de cadeiras, reuni algumas informações de alguns times que consegui que seguem abaixo, procurei montar qual é o time ideal que o clube deseja e em que pés estão as coisas, vamos lá:

Time sonhado – Ceni, Breno, A.Dias e Miranda, Vitor, Jean, Hernanes, Conca e Jorge Wagner, Fernandinho e Fernandâo – O meu querido tricolor quer reforçar bem o elenco para a Liberta 2010, das possíveis perdas, apenas Hugo e Borges são dados como certo, o restante agora é passível de negociação (leia-se redução de salário). Sobre as contratações, Breno começou a ser cogitado já que o time alemão tem interesse em Dagoberto; Vitor e Conca são utopias que estão na mira do tricolor, mas que dificilmente sairão do clube. Os demais possuem acerto verbal com a diretoria. Além deles, Marcelinho Paraíba, Carlinhos Paraíba e André Luiz já são dados como certo no tricolor. Caso se concretize essas especulações, o São Paulo precisa sair a caça de um lateral direito pelo menos razoável, especula-se que Wagner Diniz possa voltar.

Time sonhado – Dida, Alessandro, Chicão, William e R. Carlos, Cristian, Elias e Riquelme, Defederico, Jorge Henrique e Ronaldo – Do lado corintiano, os desejos de Sanchez para montar um grande time para 2010 seguem extraordinários, na terça(01/12) Roberto Carlos confirmou que será jogador do Corinthians, Breno também está sendo sondado pelo alvinegro de Parque São Jorge, a novela Riquelme segue sem nenhum sinal do capítulo final, a sondagem pelo retorno de Cristian existe, mas será bem dificultada pelo time turco. Quanto ao goleiro Dida, o que antes era bem próximo do real, hoje beira o impossível,
Dida tem a confiança de Leonardo e pelo jeito não sairá tão cedo do San Siro. De qualquer forma, o Corinthians vai montando um time muito forte para 2010 no papel, porém é fundamental que caso Riquelme não apareça, alguém faça essa função no meio de campo.

Time sonhado – Bruno, Léo Moura, Alvaro, Angelim e Juan, Maldonado, Airton, Willians e Petkovic, Jobson e Imperador – O possível campeão Brasileiro já começa a sentir os efeitos da campanha vitoriosa, os clubes italianos estão dispostos a seduzir o atacante, a princípio parece que o negócio dele é ficar por aqui na sua querida Vila Cruzeiro. O rubro-negro também terá dificuldade para manter Zé Roberto. Além dele, Willians e Denis Marques começam a preparar as malas para a partida, o segundo vai tarde, o primeiro fará falta. Acima de tudo, o Flamengo precisa compor elenco, é fato que Andrade encontrou a forma para o time jogar, mas se faz necessário encontrar peças de reposição, visto que hoje o Flamengo possui apenas 13 jogadores do mesmo nível no elenco. O interesse por Jobson surge e apesar da diretoria negar, o jogador cairia como uma luva ao time.

Time Sonhado – Victor, Mario Fernandez, Rever, Rafael Marquez e Lucio, Rochemback, Tinga, Souza e Hugo, Maxi Lopéz e Jonas – O time gremista irá também passar por uma boa reformulação do elenco, a começar pelo comando, Silas está perto de ser anunciado como o novo treinador gaúcho e junto dele o preparador físico Paulo Paixão. Além disso, o time pretende rechear o elenco, além de confiar muito nos meninos Adilson, Maylson, William Magrão e Douglas Costa, que aliás merecem toda a confiança, pois são excelentes jogadores. O Grêmio quer montar um time competitivo rápido, para entrar com força máxima nessa Copa do Brasil, e garantir logo sua vaga na Libertadores de 2011, sua maior perda pode ser Maxi Lopéz, diante disso o Grêmio precisa de algumas peças mais experientes, de preferência que possuam liderança frente ao grupo, Èmerson é um nome que agrada ao clube, mas as definições só sairão após a chegada do treinador.

Amanhã trago as especulações de Palmeiras, Fluminense, Atlético-MG e Internacional.

Fiquem com a melhor frase do ano: “Ainda tem o Robinho, que pode jogar em um circo, mas não é um jogador coletivo” – afirmou Beckenbauer ao diário inglês “Daily Express”.
Se eu gostava dele como jogador, agora sou fã incondicional do cara…

Melhores do Brasileirão 2009

Os melhores de 2008.

Galera do Blog mais querido, já que o assunto do Ricardo Gomes rendeu, resolvi trazer a lista completa dos indicados ao prêmio de Melhores do Brasileirão 2009, destaquei em vermelho aqueles que na minha opinião são os favoritos ao título:

Goleiro
Bruno (Flamengo)
Marcos (Palmeiras)
Victor (Grêmio)

Lateral-direito
Jonathan (Cruzeiro)
Léo Moura (Flamengo)
Vitor (Goiás)

Zagueiro pelo lado direito
André Dias (São Paulo)
Chicão (Corinthians)
Danilo (Palmeiras)

Zagueiro pelo lado esquerdo
Miranda (São Paulo)
Rever (Grêmio)
Ronaldo Angelim (Flamengo)

Lateral-esquerdo
Armero (Palmeiras)
Júlio César (Goiás)
Kleber (Internacional)

Volante pelo lado direito
Hernanes (São Paulo)
Pierre (Palmeiras)
Willians (Flamengo)

Volante pelo lado esquerdo
Guiñazu (Internacional)
Maldonado (Flamengo) – Apesar de gostar muito de Guinazu, para mim ele foi fundamental para a ascensão do Flamengo.
Sandro (Internacional)

Meia direita
Cleiton Xavier (Palmeiras) – Se os dois jogam juntos, como podem disputar a mesma posição?
Diego Souza (Palmeiras)
Souza (Grêmio)

Meia esquerda
Conca (Fluminense)
Marcelinho Paraíba (Coritiba)
Petkovic (Flamengo)

Atacantes pela direita
Diego Tardelli (Atlético-MG)
Fernandinho (Barueri)
Fred (Fluminense) – Como foi difícil escolher nessa posição, os três para mim fizeram um campeonato formidável.

Atacantes pela esquerda
Adriano (Flamengo)
Iarley (Goiás)
Ronaldo (Corinthians)

Técnico
Andrade (Flamengo)
Celso Roth (Atlético-MG)
Silas (Avaí)

Revelação
Fernandinho (Barueri)
Giuliano (Internacional)
Paulo Henrique Ganso (Santos)

Juiz – Me recuso a votar nesse quesito, um campeonato que tem Sandro Ricci e Vuaden ensinando todo mundo a apitar, eles escolhem politicamente esses três árbitros, o pior de tudo é saber que o “engavetado” Héber pode ganhar.
Héber Roberto Lopes
Leonardo Gaciba
Paulo César Oliveira

Craques da galera
Conca (Fluminense)
Hernanes (São Paulo) – Como é o craque da galera, dei meu voto de torcedor, pois o sérvio é mais digno desse prêmio.
Petkovic (Flamengo)

E vocês, dentro da relação disponível, quem vocês elegeriam?