Libertadores e Champions!!

Galera do blog mais querido, ontem deu para assistir três jogos na sequência, vamos a eles:

Inter de Milão 2 x 1 Chelsea: No duelo a parte entre os técnicos, o cauteloso Ancelotti arriscou e jogou com três atacantes, mas de nada adiantou, o sempre eficiente Inter marcou dois gols, jogou a maior parte do tempo atrás da linha da bola e saiu com uma boa vantagem para Londres.

Sei que falar em boa vantagem, parece loucura, já que os Blues precisam de apenas 1×0 para avançar para as quartas, porém os nezazurri são tão eficientes que não será fácil a tarefa do time inglês. Na partida Drogba ficou devendo, o marfinense vinha sendo decisivo em todos os jogos do Chelsea, nesse que ele não jogou bem o time londrino amargou a derrota. Do lado da Inter, foi bom ver Julio Cesar em ação mesmo após o acidente. Milito é quase o Washington europeu, o jogador é grande trombador e sem muita habilidade, mas quase sempre deixa sua marca. Grande atacante. O jogo de volta promete.

Cruzeiro 4 x 1 Colo-colo (CHI): Pela segunda partida na Libertadores, o Cruzeiro enfrentou do veneno a seu favor, dessa vez foi o time chileno que teve dois jogadores expulsos, e foi dessa forma que o time construiu um importante placar dilatado, fundamental nesse grupo que promete ser decidico na última rodada.

Pelo jogo, o Cruzeiro mostrou seu futebol envolvente de sempre, atacando muito e criando muitas chances de gol, logo de cara Thiago Ribeiro abriu o marcador. Na sequência, Jonathan se atrapalhou entregou um presente para o ataque chileno que empatou a partida. Porém o time não se abalou e continuou criando, com trocas de passes envolventes que foram pendurando os jogadores chilenos, o segundo gol era questão de tempo, mas em foi em uma bola parada que Leo Silva sofreu pênalti, que Kléber cobrou mal, contou com a sorte e fez o segundo gol da Raposa.

Logo após o segundo gol, o volume ofensivo do time mineiro ocasionou em duas expulsões do time chileno, a partir daí a porteira abriu e o Cruzeiro ainda guardou mais dois. Apenas como atenção, apesar da vitória dilatada, ficou claro que o time ainda tem sério problemas defensivos, Adilson não encontrou o equilíbrio, enquanto o time é excelente ofensivamente ainda peca defensivamente, mas que fique claro não é culpa da defesa e sim da recomposição do meio campo para marcar.

Corinthians 2 x 1 Racing (URU): Pode não ter sido a estréia que todo corintiano imaginava, mas serviu para que o time sinta o que é Libertadores, passar o nervosismo para seguir em frente na Libertadores, mas ficou uma sensação estranha já que o time uruguaio era horrível e o alvinegro sofreu muito para vencer.

Tudo o que não poderia acontecer, levou menos de dois minutos, em uma falta boba, bola alçada na área, William apenas olha deixa o atacante cabecear e encontrar seu companheiro livre para fazer 1 x 0 logo no início do jogo. Se a proposta do time alviverde era se defender, ficou melhor ainda com esse gol no início. E se o Corinthians de 2009 parecia não ficar afetado com um gol tomado, o de 2010 sentiu e os semblantes de alguns jogadores mostravam todo o nervosismo.

O time começou a insistir em jogadas pelo meio ao invés das pontas, movimenta-se pouco na frente das duas linhas de defesa uruguaia, até que o time teve um instante 2009 e rápida troca de passe e boa movimentação, Ronaldo saiu da área e achou Tcheco fazendo a função de pivô que em um toque sensacional de letra encontrou Elias que surgiu atrás de toda a zaga e empatou a partida. A sensação era que a partir daquele momento o time se acalmaria e faria o resultado tranquilamente, mas ficou só na sensação, o time voltou a repetir os mesmos erros, até ter um segundo instante 2009 no segundo tempo, quando Souza em ótima jogada encontrou Elias de novo livre para marcar o segundo e levar a Fiel a loucura.

Quando dizemos que Libertadores é diferente de tudo que se pensa em futebol na América Latina, ninguém acredita, mas ontem na partida do Corinthians isso ficou claro.
Jorge Henrique, William e Alessandro sentiram muito o que é uma Libertadores fizeram uma partida horrível, além de estarem exageradamente ansiosos. Por outro lado, Tcheco mostrou o quanto Mano estava certo em trazê-lo, junto de Elias que mostrou que não tem medo da Liberta, os dois foram os melhores em campo.

Sábado em ponto morto!!

Neste sábadão não acompanhei tantos jogos como de costume. Acompanhei os vts das duas partidas do Brasileirão e revi os melhores momentos da Série B. Pela Série B, os quatro times classificados para a Série A foram definidos, Guarani, Ceará e Atlético-GO se unem ao Vasco da Gama. No encerramento da 14ª rodada da Série B, arrisquei que Vasco, Guarani e Atlético-GO ficariam com três vagas para a Série A, acertei em cheio. Parabéns aos quatro clubes que com certeza farão bonito no ano que vem. Normalmente coloco alguma imagem aqui, mas deixarei para vocês um vídeo com os gols do Brasil na semifinal do torneio de futebol de areia, prestem atenção no quarto gol brasileiro, uma verdadeira pintura de Bruno Marias.

Voltando a série A, vamos aos pitacos dos dois jogos que aconteceram:

Atlético-PR 1 x 1 Cruzeiro: Realmente acabou o gás do Cruzeiro, o time que vinha como líder do returno, tropeçou pela segunda vez consecutiva e começa a ver a chance de Libertadores que havia ficado tão próxima se distanciar na mesma velocidade, para o Furacão a essa altura do campeonato o importante e ir somando pontos para fugir do rebaixamento, disputa essa que cada vez mais fica restrita aos dois clubes cariocas. Os gols sairam no segundo tempo, Marcinho pelo time da casa e Leonardo Silva aos 46 do segundo tempo pela Raposa.

Corinthians 2 x 3 Nautico: Tudo bem que o time corintiano já desistiu do campeonato, mas nem por isso o juizão precisa dar uma aloprada e inventar um pênalti no final para dar a vitória ao time pernambucano. Para o Corinthians nada mudou em relação ao campeonato, a única dúvida que paira no ar e se esse time recuperara o brio do time do primeiro semestre, para o Timbu uma pequena luz no fim do túnel, mas que acho que não seja nada demais, se trata apenas de um espasmo de um time já condenado.

Pitacos da 34ª rodada!!

Fluminense 091109

Galera do blog mais querido de futebol, o campeonato está fantástico, faltam apenas 4 jogos e os quatro primeiros estão embolados, coloco o Cruzeiro também na disputa, apesar de gostar muito do Colorado, vejo o time gaúcho fora da disputa pelo G4, o time tenha talvez o futebol mais bonito, mas nada efetivo, o time peca demais na hora de mandar a bola para o fundo do gol, vamos aos pitacos:

Santos(12º) 3 x 1 Náutico(19º): Kléber Pereira desencantou e o filé de borboleta Neymar voltou bem da seleção sub17, resultado, vitória santista, Kléber Pereira anotou o seu de pênalti e Neymar fez os outros dois, Ailton descontou para os pernambucanos que começam a ver o rebaixamento chegar cada vez mais perto. Do lado santista, uma vitória para afastar qualquer fantasma, mas a certeza que o time tem que melhorar muito para o ano que vem.

Vitória(13º) 0 x 1 Avaí(7º): O querido e bom time baiano desistiu do futebol nessas últimas rodadas, alias Vitória e Goiás tem sido ultimamente os melhores adversários, ambos os times estão apáticos em campo. No Barradão, com um gol de William, o Avaí derrotou o time baiano, se consolidou como a grata surpresa desse campeonato, do lado do Vitória, Mancini está de cabeça quente para encontrar o melhor ajuste para o time.

Sport(20º) 2 x 3 Cruzeiro(5º): Acho que Chamusca, mostrou o VT do jogo do Cruzeiro contra o Fluminense e disse: Temos que fazer igual!!, só esqueceu de avisar aos seus comandados que era para fazer igual ao Fluminense e não igual ao Cruzeiro, resultado, o primeiro tempo excelente do time pernambucano, com dois gols de Wilson, e na segunda etapa domínio total do time celeste que virou a partida com gols de Thiago Ribeiro, Leo Silva e Guerron. Ah, e apenas para constar o Sport demitiu o treinador Perícles Chamusca.

Corinthians(8º) 2 x 0 Santo André(18º): É impressionante, como o gordo é fundamental para o time corintiano, ultimamente todo gol corintiano tem a participação dele, quando não é fazendo o gol é dando a assistência, mesmo quando o passe sai errado ele acerta, como no gol de Dentinho. Pelo Ramalhão, a luz já começa a sumir, não vejo esperança para o time escapar do inevitável rebaixamento.

Fluminense(17º) 1 x 0 Palmeiras(2º): E o Palmeiras depois de muito tempo perde o primeiro lugar, assim como o Fluminense que era dado como morto tem chance real de escapar do rebaixamento, agora sobre o jogo, um especial agradecimento ao senhor Simon, o que ele fez ontem foi vergonhoso, arbitragem tendeciosa, aliás esse sujeitinho é nojento, péssimo árbitro. Anulou um gol legítimo do Obina, não marcou um pênalti escandoloso que o Gum fez no Danilo, além de não expulsar o garoto Alan que deu uma cabeçada em Armero. Falando de futebol, independente da influência da arbitragem, futeboliscamente falando, os jogadores do Palestra precisam tomar um choque, principalmente os decisivos, Diego Souza e Vagner Love estão totalmente apagados, pelo lado do tricolor das Laranjeiras a sua dupla decisiva tem feito a sua parte, Conca e Fred podem tornar o impossível, possível.

Atlético-MG(4º) 1 x 3 Flamengo(3º): Meu galo querido, sofreu do mesmo golpe que o Palmeiras, enfrentou um baixinho carrancudo que mal fala português, mas entende tudo de futebol, Petkovic. O sérvio está fazendo chover nessa reta final, se em campo ele foi muito bem marcado, o que restava para ele era nas bolas paradas e foi assim que ele abriu o marcador, em um belo gol olímpico, assim como tinha feito contra o Palmeiras, Pet repetiu a dose, mas na minha opinião esse foi muito mais bonito plasticamente. De qualquer forma, Andrade resumiu bem a partida: “O jogo foi bom, aberto, os dois times criaram chances e mereciam a vitória é que nós fomos mais eficientes hoje, graças a Deus”. Os dois times seguem firme na disputa pelo caneco, resta saber se o meu querido Galo assimilou bem o golpe.

Barueri (11º) 1 x 1 Internacional(6º): E o Colorado segue fazendo atuações maravilhosas de futebol, mas sem vencer, o primeiro lance do jogo foi um resumo da partida, Giuliano fez fila dentro da área do Abelhão, um lance genial, rolou a bola para Andrezinho na marca do pênalti sem goleiro para o meia guardar na rede, mas Andrezinho preferiu isolar a bola. Os gols saíram em duas bobagens dos goleiros, na primeira Lauro engoliu um frangaço no chute de Márcio Careca e no empate colorado, Márcio saiu catando borboleta e Fabiano Eller que não tem nada a ver com isso, marcou o gol de empate.

Atlético-PR (14º) 2 x 0 Goiás(10º): O Goiás parece ter entregue esse segundo turno de bandeja, sua participação neste returno chega a ser pífia, ontem novamente a apatia tomou conta dos jogadores esmeraldinos, enquanto do lado rubro-negro, o Furacão marcava muito forte e tentava chegar ao gol, comandados por Paulo Baier, o Atlético com Marcinho e Wally, venceu a partida se afastou ainda mais do rebaixamento e deixou o Goiás fora da disputa pelo sonhado G4.

Botafogo(16º) 2 x 0 Coritiba(15º): O Botafogo chegou a terceira vitória consecutiva nesse campeonato, abre cinco pontos de vantagem na fuga do rebaixamento, já o Coxa começa a ver a galera debaixo se aproximar perigosamente. Renato e Lúcio Flávio marcaram pelo alvinegro.

Ainda bem que chorar, lava a alma!

Pode chorar!!!

Pode chorar!!!

Antes de qualquer pessimismo que desmereça a campaha do Cruzeiro na Libertadores, duas rases resumiram bem o que aconteceu. De um lado Zezé Perrela disse, “Só perde quem chega”, do outro Boselli disparou “Só ganha quem acredita até o final”.

Essa foi a crônica do jogo, o Cruzeiro jogou extremamente desesperado e nervoso.como se acreditasse no título, mas tinha que esperar o apito final para erguer a taça.

Em compensação, o Estudiantes mostrou porque sempre os argentinos roubam a taça de nossas mãos, mostrando uma frieza incrível, o time comandado por “La Brujita” Veron, parecia que sabia que mais cedo ou mais tarde a taça seria deles era uma questão de tempo.

O jogo foi pegado, nervoso como toda final de Libertadores, mas não foi desleal. O Gladiador soube se segurar e não entrar na catimba alheia, em contrapartida alguns jogadores que sempre se mostraram serenos, estavam completamente ansiosos na decisão. Gerson Magrão, Léo Silva e principalmente Ramires mostraram um nervosismo totalmente anormal.

De qualquer forma, o Cruzeiro mostrou suas fragilidades e inexperiência com a competição intercontinental, mas fica claro uma coisa, a saída de Ramires e a provável saída de Kleber Gladiador irão enfraquecer demais o time mineiro.

Véron calou a boca dos críticos e mostrou como é importante ter alguém como ele no elenco, totalmente consciente de seu papel e atuante na conquista do 4° título da Libertadores pelo time argentino.

Parabéns Cruzeiro e principalmente, parabéns Estudiantes!!

Fugindo da Influenza!

Enquanto a Gripe suína chega cada vez mais aqui no Brasil, alguns jogadores com medo ou simplesmente afim de receber uma bolada partem para a Europa. Está chegando o maior filme de terror dos torcedores e a maior bilheteria dos dirigentes, é a Nossa Querida Janela de Transferências.

Dono do Mundo 150709Se trata de um filme pior que a Serra Elétrica, já nem sei em qual versão está, mas como sempre promete. Veja dentro dos clubes da Série A, quem pode sair em cada clube:

Corinthians: Por ser o clube que atravessa o melhor momento no futebol, é o clube que possui o maior número de possíveis saídas. Entre eles estão, Felipe, Chicão, André Santos, Elias, Douglas, Dentinho e Lulinha. Acredito que dos 7 citados, A. Santos, Douglas e Lulinha sejam os únicos que saiam, o mais incrível é que nem cogita a saída do Fofômeno.

Palmeiras: Por se tratar de uma barriga de aluguel da Traffic, tudo é possível, mas de antemão acredito apenas na saída de Diego Souza, o futebol alemão está muito interessado em seu futebol.

São Paulo: Apesar da má fase, o clube ainda atrai os olhares dos europeus, o Milan comandado por Leonardo tem interesse em levar de uma vez só Hernanes e Miranda, além de Borges que espera uma oportunidade na janela de jogar no futebol europeu, é esperar para ver.

Santos: Após a saída de Mancini, a única provável saída do time é do artilheiro Kleber Pereira que novamente está pleitando aumento na renovação, mas dessa vez Marcelo Teixeira não está cedendo. Não escutei ainda nenhuma proposta para o garoto Neymar e muito menos para o craquinho (por falta de tempo ainda) Ganso.

Cruzeiro: O provável campeão da Libertadores já perdeu Ramires, e possui grandes chance de ser ainda mais sondado caso o time conquiste efetivamente o caneco, jogadores como Kleber Gladiador, Gerson Magrão, Wagner e Leo Silva podem receber propostas.

Internacional: Fechando a lista, o Colorado sofre forte pressão dos gringos que querem o talento de Nilmar em campos europeus.

Os demais clubes, pelo menos do que se vê comentando nos sites e blogues parecem não sofrerem tanto com essa influência.

Isso me faz lembrar de uma frase que o atacante Kleber Gladiador mencionou segunda no programa Bem Amigos do quase insuportável Galvão, “Quando eu sai do Palmeiras e fiquei sabendo que iria jogar no Cruzeiro me deu um certo frio na barriga, não pela estrutura do clube, até porque o Cruzeiro é um dos maiores clubes do Brasil, mas pelo fato de que lá fora eles só enxergam o eixo Rio – São Paulo.”

De fato, o comentário do Gladiador se faz certo, visto que dos 20 clubes da Série A do Brasileirão, apenas 6 deles tem os nomes de seus jogadores mencionados constantemente em possíveis transações com o mercado europeu. Curioso é observar a não inclusão dos times cariocas, até porque tirando a saída de Ibson do Flamengo nenhum outro nome foi especulado até o momento.

A pergunta que não quer calar, será que a janela de Agosto causará estragos nos clubes, principalmente no Corinthians, ou por essa janela dessa vez só entrará uma gripizinha inofensiva?