2ª Rodada do Brasileirão!

Esse lance foi o que de melhor saiu nas duas partidas que eu vi....

A segunda rodada do Brasileirão terminou, e o Corinthians é o novo líder. O alvinegro paulista é o único time que manteve o 100% de aproveitamento. Na parte debaixo da tabela, o Atlético-GO é o único time que ainda não somou pontos. De qualquer forma, essa etapa do campeonato serve mais para alguns times ganharem gordura, já que ele irá começar de fato depois da pausa da Copa do Mundo. Ontem, acompanhei dois jogos entre Paulsitas e Cariocas, ambos fracos tecnicamente, abaixo os meus comentários:

São Paulo 1 x 2 Botafogo: O jogo foi morno, sem muitas emoções, o tricolor veio a campo com um time reserva, enquanto o Botafogo foi para o jogo com um time obediente mas sem nenhuma inspiração.

No primeiro tempo, o São Paulo começou dominando as ações do jogo, principalmente com bons passes do jogadores de meio campo para Washington, contudo o gol saiu em ótimo cruzamento de Jorge Wagner que encontrou Léo Lima livre para escorar e abrir o marcador. O Botafogo não tinha poder de reação, como sempre a única arma do time era na bola parada, e foi em uma delas ainda no primeiro tempo que o Botafogo encontrou o empate. Em cruzamento de Lúcio Flávio, o zagueiro Antonio Carlos e empatou a partida, o zagueiro é o artilheiro do campeonato ao lado de Emerson do Avaí.

No segundo tempo, a apatia tomou conta do jogo. o São Paulo pecava na falta de entrosamento entre os jogadores em campo e a perda da referência no ataque, Washington saiu para dar lugar a Fernandinho, não concordei com a saída. Pelo Botafogo, Lucio Flávio é tão eficiente com a bola parada quanto é lento com ela em jogo. Até que Joel Santana resolveu dar um novo gás ao time, e promoveu a entrada de Renato Cajá, o meia entrou mudou o panorama da partida e foi premiado com o gol da vitória.

No fim, para o São Paulo fica a sensação de que o time possui um bom elenco, mas ainda mal entrosado, além da necessidade de jogar com um homem de referência na frente. Pelo Botafogo, mantenho a idéia de que se trata de um time que não pode sonhar muito, mas também não irá passar sufoco, o time é arrumadinho dentro das limitações do elenco. Mérito do “Tio” Joel.

Vasco 0 x 0 Palmeiras: Apesar da ausencia de gols, achei o jogo levemente melhor que o do Morumbi, isso graças a vontade do Vasco. O time cruzmaltino dominou as ações durante o primeiro tempo, mas faltou capricho no lance final, pelo Palmeiras fica nítido que não se trata apenas da qualidade dos jogadores, “algo não cheira bem no reino do Palestra Itália”.

No primeiro tempo, o Vasco tentou pressionar, mas encontrou um Palmeiras jogando fechado como um time pequeno, com duas linhas de quatro recuadas sem a menor preocupação em atacar. O que restava para o time de São Januário era chutar de longa distância, porém o time não foi feliz em nenhum chute. Enquanto isso, o Palmeiras não assustava Fernando Prass.

O segundo tempo começou e o cenário era o mesmo, o Vasco pressionava e o Palmeiras continuava acuado. Com o passar do tempo, a torcida vascaína começou a ficar impaciente e cobrar em forma de protesto o time, a medida que os protestos aumentavam, o time da casa perdia a confiança e o alviverde começava a se soltar um pouco mais. Só na metade do segundo tempo que o Palmeiras equilibrou a partida, contudo esse equilíbrio foi apenas para conduzir o final do jogo sem grandes emoções. Resultado final, 0x0.

Fica claro que os dois times precisam de um choque para acordar para a competição, além de reforços para o elenco, os dois times precisam arrumar a “cozinha” do clube, fica claro que existe problemas internos nos dois times que enquanto não resolvidas afetarão os times dentro de campo.

E vocês quais jogos viram? O que acharam? Qual o destaque da segunda rodada?

Anúncios

Tá fácil mesmo ganhar nessa Libertadores!!

Ontem, foi dia do jogo do meu tricolor, e como dito ontem, está fácil ganhar nessa primeira fase.

São Paulo 3 x 0 Nacional (PAR): O São Paulo fez uma boa partida, jogou de forma tranquila e venceu sem muita força o time paraguaio. Cleber Santana fez sua melhor partida com a camisa tricolor, Léo Lima também. Dagoberto mostra a cada jogo que é peça fundamental do time, assim como Fernandinho como opção. E Washington para variar fez o seu.

No começo do jogo, o tricolor parecia que se entregaria ao marasmo que o acompanhava nos últimos jogos, mas na verdade o time pareceu um carro a álcool no jogo, demorou para engrenar, mas quando engrenou foi facilmente chegando ao gol adversário e foi aproveitando as chances que surgiam.

Tanto que um pouco após a metade o time do Morumbi fez dois gols atrás do outro, primeiro com Dagoberto em excelente lançamento de Hernanes e depois com Léo Lima, em boa jogada de Júnior Cesar e assistência de Washington. O terceiro veio no começo do segundo tempo, em grande jogada individual de Richarlyson que foi derrubado na área, mas a bola sobrou pára o matador Washington guardar mais um. É o seu quinto gol nessa Libertadores.

O São Paulo podia ter ampliado o marcador criou inúmeras oportunidades, mas não soube concluir. O time enfrentou o fraquíssimo Nacional (PAR) que na minha opinião é o pior time entre os 32 dessa Libertadores, portanto o resultado não é parâmetro, o que fica foi a boa atuação do time que mostrou maior empenho aliada a técnica do seu elenco.

Foi como eu disse, Corinthians e São Paulo começam a engrenar e pelo jeito na hora certa.

Pitacos da rodada!!

Galera do blog mais querido, ontem alguns jogos consegui assistir, ou ao vivo ou por vt.

Santos 2 x 1 Corinthians: Ótimo clássico, os dois times fizeram um bom jogo, onde o time alvinegro praiano soube aproveitar melhor as chances que teve. Neymar e André marcaram pelo Santos enquanto Dentinho descontou pelo Corinthians.

Durante o jogo, o que se viu foi um jogo movimentado com chances para os dois lados, no primeiro tempo uma ligeira vantagem para o Santos, que com boa atuação de Marquinhos, criavam boas chances. Neymar chegou a jogar um pênalti fora, grande defesa de Felipe, mas se redimiu fazendo um gol de atacante, recebendo a bola e virando com rapidez para abrir o marcador.

No segundo tempo, Dentinho resolveu mostrar seu bom futebol, se no primeiro tempo ele quase fez um golaço, no segundo ele resolveu para o alvinegro da capital e empatou a partida. Foi ai que o arbitro resolveu aparecer e perder o controle da partida, na minha opinião expulsou erroneamente Moacir, que já no primeiro lance não merecia cartão, na sequência grande jogada do ataque santista e o gol da virada.

Depois disso, o árbitro ao meu modo de ver poupou cartões ao elenco santista, e expulsou corretamente Roberto Carlos. Acho complicado dizer que um árbitro influenciou no resultado. Simplesmente, digo que ele errou.

Monte Azul 1 x 5 São Paulo: Novamente o São Paulo jogou dois tempos distintos, mas dessa vez ao contrário, jogou um primeiro tempo horrível e um bom segundo tempo. Pelo tricolor, o jogo valeu pelas estréias de Alex Silva, Rodrigo Souto e Fernandinho. Aliás o último fez os torcedores acreditarem que agora vai.

No primeiro tempo, o time do Morumbi fez um jogo burocrático, porém em um chute despretensioso de Léo Lima abriu o marcador em Ribeirão Preto, porém o que se viu dali pra frente foi um jogo mediocre, com o time do Monte Azul tomando as ações do jogo.

Em compensação no segundo tempo, a estrela de Fernandinho brilhou, o jogador entrou no segundo tempo e marcou 04 gols, alguns mostrando grande habilidade e em outros muito oportunismo. Fernandinho criou uma dúvida na cabeça do treinador, ele é titular, mas para isso quem sai? Além disso, Alex Silva e R. Souto fizeram boas partidas, e dessa forma o elenco tricolor começa a ficar pronto para as competições, resta saber quem é a equipe titular.

Uberlânida 2 x 5 Atlético-MG: O que dizer de um atacante que em dois jogos marca 08 gols, por mais fracos que tenham sido os adversários são números respeitáveis, é por essas e outras que Obina segue vivendo entre a cruz e a espada. Ele pode não ser um craque, mas joga com uma vontade e com um amor a camisa que todo o torcedor sente orgulho dele.

Durante o jogo, o Galo até se complicou no começo, demorou para dominar as ações em campo, precisou que a estrela de Obina surgisse para o time abrir o placar, dali em diante parecia que era só jogar bola para o baiano que ele resolveria. Foram mais dois gols dessa forma. Nota negativa para o Galo, foi a certeza de que Aranha não se adaptou a responsabilidade de vestir o manto atleticano, o goleiro sempre que tem chance vem errando bizonhamente.

Rio Claro 1 x 0 Palmeiras: O campo estava impraticável para o futebol, o jogo foi complicado de assistir, chegando às vezes dar vontade de ver um filme ou o Fantástico, mas uma coisa ficou claro, o Palmeiras é um com o Pierre e outro sem ele.

Durante o jogo, o time palmeirense tentou jogar bola no pasto que virou o gramado, porém faltava inspiração na parte ofensiva. Enquanto isso, o Rio Claro arriscava moderadamente subir ao ataque, com o passar do tempo o time do interior percebeu o quão frágil o time da capital estava ao não contar com Pierre a frente da zaga.

Diante disso, o time do Rio Claro começou arriscar um pouco mais, e ainda no primeiro tempo chegou a gol que daria a vitória no final dele. Aliás o gol foi um lance isolado na partida, pois fora ele, quase mais nada poderia ser aproveitado como lance de jogo.

Fim de semana ruim para os tricolores…

Galera do blog mais querido, ontem aconteceram vários clássicos e alguns jogos complementares. Assisti a vários deles, dois ao vivo e mais um pelo VT e outro pelos melhores momentos, seguem meus comentários:

Corinthians 1 x 0 Palmeiras: O Corinthians venceu a partida jogando com um menos o jogo inteiro, encerrou um jejum que durava mais de 03 anos e virou o líder do campeonato. Tudo isso com um gol de cabeça do “baixinho” Jorge Henrique, que junto com Felipe foram os melhores em campo.

Durante a partida ficou claro uma coisa, o Muricy nunca consegue ganhar uma partida com um a menos, o Palmeiras teve 65% de posse de bola, mas as poucas chances criadas encontraram Felipe inspiradíssimo. Ainda pelo lado alviverde, me assustou o nervosismo de Armero, da mesma forma que Edinho surpreendeu fazendo uma boa partida. Pelo lado alvinegro, como já disse Jorge Henrique foi o melhor em campo para mim, aliás eu o considero o jogador mais importante do time, enquanto Roberto Carlos fez papelão, e nos poucos 08 minutos que jogou, errou passe, falhou na marcação e ainda foi expulso justamente.

Sertãozinho 2 x 2 São Paulo: O tricolor continua jogando mal e contando com a sorte, ontem o time empatou com um gol no final da partida. Pelo Sertãozinho, Thiago Silvy e Mendes marcaram, enquanto Léo Lima e Wagner (contra) marcaram pelo São Paulo.

O São Paulo foi para Ribeirão Preto com um time misto, mas que no papel poderia dar bom resultado, porém o que se viu foi um time apático. Essa apatia em muito se deve a Hernanes que estava adormecido ontem e Léo Lima que vive dormindo em campo. Aliado a isso, a defesa tinha Andrè Luis e Renato Silva, só isso já bastava para o Sertãozinho sair vencedor. Gostei muito do Carlinhos Paraíba joga parecido ao Richarlyson, porém com disciplina tática e as entradas de Sergio Motta e Jorge Wagner melhoraram o time.

Internacional 1 x 0 Grêmio: Grande jogo, aguerrido como deve ser um Gre-Nal e como sempre decidido no detalhe, com um gol do sempre contestado Alecsandro, o Inter venceu o primeiro Gre-Nal do ano. Fica a certeza que o Rio Grande do Sul possui 02 dos 06 melhores times do Brasil.

Durante a partida, grande destaque para os laterais de ambos os times, Nei e Kléber do lado colorado e Lúcio e Joílson pelo lado tricolor. Foi pelas pontas que o jogo pegou fogo, os dois times abusavam das jogadas pelos flancos fazendo seus laterais correrem muito. Os dois times criaram muito, talvez o Grêmio um pouco mais, mas pecava muito nas finalizações, enquanto do lado vermelho, as chances eram sempre perigosas e exigiram mais esforço do Victor para defender. No final, resta ao Inter segue firme no projeto com a certeza de estar no caminho certo e para o Grêmio o mesmo recado, o tricolor não pode deixar essa derrota desestabilizar a casa.

Fluminense 3 x 5 Flamengo: O clássico carioca acompanhei apenas os melhores momentos, do lado tricolor Alan, Conca e Cássio anotaram seus gols, enquanto Adriano (3), Vagner Love e Kleberson marcaram na vitória rubro-negra.

Pelo que deu para entender, foram dois jogos, no primeiro tempo um passeio tricolor que acabou saindo barato para o Flamengo sair para o intervalo perdendo por “apenas” 3×1. Veio o segundo tempo e aí foi a vez do Flamengo passear em campo e marcar quatro gols e virar o jogo que parecia certo para o Fluminense. De resumo, fica a sensação de dois bons times do meio para frente, mas que são fracos na defesa. Nota negativa da partida foi a desavença entre Petkovic e o vice presidente Marcos Braz no intervalo e pode ter determinado o fim do ciclo Petkovic no Flamengo.

Especulações do Mercado da Bola, de novo!!

Abaixo, seguem como anda alguns clubes e suas especulações:

Após a chegade de Luxa, a primeira contratação foi Leandro, lateral esquerdo que trabalhou com Luxa no Palmeiras, para a Massa Atleticana só de não ver mais Thiago Feltri naquele setor já é um alívio. Kalil quer trazer mais três reforços, sendo que o principal é alguém para fazer dupla com Tardelli, já que Éder Luis deve ser negociado.

Pelo alvinegro, o time ainda comemora a permanência na elite do futebol, mas viu seu zagueiro-artilheiro-capitã0 dar adeus, o time corre atrás de Antonio Carlos do Furacão, além de Dodô que pode reaparecer no time, após cumprir suspensão.

Pelo Corinthians a velha guarda já está fechada, Tcheco, Iarley, Roberto Carlos, Ralf, e Danilo chegam para dar experiência ao grupo. O time também está prestes a fechar com o polivalente Moacir e ainda quer um zagueiro e mais um lateral direito.

A grande contratação do Cruzeiro, está esperando a contra-prova para ser confirmado, além disso Alex Silva também está nos sonhos da Raposa.

O campeão brasileiro já começa a pensar em substitutos para o Imperador, amigos próximos já disseram que Adriano já marcou a festa de despedida da Vila Cruzeiro. Os nomes pretendidos são de Kléber Gladiador ou Vagner Love. A única certeza do time é saída de Airton para o Benfica, o jogador já viajou para realizar os exames médicos e assinar o contrato.

O maior desafio é manter o time que terminou o ano, por enquanto o time deseja apenas o lateral esquerdo Julio Cesar do Goiás.

Após todas aquelas especulações sobre trazer os jogadores do São Paulo, o ritmo no Olímpico esfriou, agora Silas indicou Marquinhos, com quem trabalho no Avaí.

Do lado Colorado, Fossati foi anunciado como treinador, acho que terá tudo para dar certo, uma vantagem é o fato dele falar o nosso idioma tranquilamente. Além disso, o Inter trouxe na minha opinião, o melhor jogador do Barueri, Thiago Humberto. Falta apenas um camisa 09 do tamanho da história do Inter.

Muricy sonha com Conca e Kléber Gladiador, mas será só sonho mesmo. Para a realidade de Muriçoca, surgem, Manoel, zagueiro do Atlético Paranaense, Muriqui, atacante do Avaí, e Valdívia, que está na Arábia, além de Rodrigo, o zagueiro não fará mais parte do elenco tricolor e ficará entre Corinthians e Palmeiras.

Dorival já chegou dando as cartas é a primeira novidade deve ser Macnelly Torres, o bom meia do Colo-colo. Dorival quer trazer Eltinho, lateral esquerdo do Avaí que fez um ótimo campeonato e me causava estranheza ninguém ter ido atrás do menino, Durval do Sport e Rafael Coelho do Figueirense.

Em 2010, Léo Lima, Xandão, André Luiz e Fernandinho já estão certos. Os Paraíbas ainda precisam assinar o contrato, além da batalha nos bastidores com o time do Goiás para ter Fernandão e Vitor. No setor de repatriação, Breno e Cicinho parecem estar mais próximos do que se imagina.

Para mim, o Vasco é o time que melhor contratou até agora, trouxe um técnico capaz de dar sequência ao trabalho de Dorival e já fechou com as seguintes peças: Elder Granja, Leo Gago, Jumar, Caíque, Geovani, Gustavo, e Marcio Careca. O time precisa ainda de um zagueiro e dois atacantes para fechar o elenco. Boto muita fé nesse time do Vasco.

Pitacos da 36ª Rodada!!

O que dizer desse campeonato, hein? O meu tricolor perdeu em uma grande partida, tudo perfeito para o Flamengo assumir a liderança e levar a Magnética a loucura, mas não é que o Robin Hood surge e rouba pontos do rubro-negro, e o mais incrível o então enterrado Colorado ressurge do escuro vence o Galo dentro do Mineirão e chega com muita força para a disputa do título, esse campeonato continua sem ninguém poder fazer previsão de nada. Como diriam os sábios, o jogo só acaba quando o juiz apita. Pelo jeito, é melhor esperar a última rodada.

É Washington, tem que comemorar muito, a rodada que começou desastrosa terminou razoável.

Botafogo 3 x 2 São Paulo: Que jogaço!! Lógico que é péssimo escrever após a derrota, mas deve-se reconhecer a grande partida que aconteceu no Engenhão. A partida foi eletrizante, talvez deixou a desejar na beleza, mas a vontade dos dois times foi fantástica. Pelo lado do alvinegro, Jobson foi o nome da partida desmontou a defesa são paulina e participou ativamente dos três gols anotando dois gols e dando o toque para o terceiro. Pelo tricolor, destaque para Jorge Wagner, jogou muita bola, correu muito, na minha opinião Ricardo Gomes errou no segundo tempo, no lugar de Marlos cansado, colocaria o menino Mazzola que é veloz ao invés do bom centroavante Henrique. Em um campeonato que reclamamos tanto da arbitragem, eu tiro o chapéu para Sandro Ricci.

Sport 0 x 3 Fluminense: O Fluminense segue avassalador e contagiando todo mundo com sua luta pela fuga do rebaixamento, ainda não foi dessa vez, mas agora tem a certeza que depende somente de si mesmo, Conca, Fred e o coração vão tornando esse momento do Fluminense quase histórico. Pelo time pernambucano, resta apenas entrosar o time para 2010, identificar os problemas, repor o time com inteligência traçar um planejamento adequado.

Santos 4 x 0 Coritiba: E o Santos desencantou, adivinha porque? Isso mesmo, Madson voltou a jogar bola, ja que Ganso voltou a jogar bem. Para o alvinegro praiano, a certeza que o rebaixamento não passou de um pesadelo, mas resta apenas para o time garantir a vaga na Sulamericana. Pelo Coxa, o sinal acendeu de vez e começa a preocupar a proximidade do rebaixamento, aliás hoje pelo atual momento, os dois times paranaenses são os favoritos para jogar a Série B e fazer o clássico com o Paraná. Ainda não me conformo com o time do Alto da Glória, na minha opinião pelo time que tem não era para estar passando sufoco.

Santo André 4 x 2 Avaí: Mais um daqueles jogos onde o Santo André despertou e resolveu jogar bola, fez uma partida aberta contra o Avaí e venceu com um sonoro 4×2, mas de qualquer forma a chance de esse ter sido o último bom jogo do Ramalhão é forte, já que para cada um bom jogo, o time de Marcelinho joga outros quatro péssimos. Do lado da surpresa do campeonato, não há muito o que dizer, pois a partir de agora qualquer resultado que o time conseguir não modificará a certeza da excelente campanha realizada pelo time de Silas, que na minha opinião merece ser eleito o melhor técnico do Brasileirão.

O Mosaico dizia: "A Maior torcida do mundo faz a diferença.", era para ter feito, mas não fez... Ficou maravilhoso o mosaico, mas o Goiás calou o Maracanã.

Flamengo 0 x 0 Goiás: O time carioca sentiu a responsabilidade de vencer para se tornar líder, pressionou mas faltou apenas um detalhe, o gol. O meio campo rubro-negro estava perdido, Toró marcava Aírton e Zé Roberto não conseguiu infernizar a zaga como nos últimos jogos. O Goiás mostrou que vai complicar a vida dos adversários, o que me deixa incomodado já que o próximo adversário deles é o meu tricolor. Como esse Iarley é chato, agora se o Léo Lima, fosse meio Hernanes o esmeraldino teria vencido a partida.

Atlético-MG 0 x 1 Internacional: O Colorado não só chegou de vez no G4, praticamente garantiu a vaga na Libertadores e surpreendentemente volta a disputa do título. Esse campeonato é para matar qualquer um do coração. Do lado do time gaúcho, pode ser que seja tarde a recuperação, mas de qualquer jeito a tempo de chegar na Libertadores, o time voltou a mostrar aquele futebol vistoso do primeiro semestre. O meu Galo querido voltou a decepcionar sua incrível massa dentro do Mineirão, em um vacilo da zaga Giuliano marcou o único tento da partida. O Galo terá outro confronto decisivo para as suas aspirações enfrenta o Palmeiras dentro do Parque Antártica.

Vitória 2 x 1 Barueri: O time baiano voltou a vencer e assim espantou de vez a sombra do rebaixamento, vi apenas os gols, pelo lado do Vitória bom ver Leandro Domingues voltar a marcar e Roger sempre ele, amado e odiado, o atacante sempre deixa um golzinho, assim como Val Baiano pelo lado do Abelhão que marcou mais um.