Jogos do Domingão!!

Galera do blog, vamos falar sobre alguns jogos que aconteceram no fim de semana.

Palmeiras 2 x 0 São Paulo: Ficou claro que os jogadores do Palmeiras não queriam mais Muricy no comando, o que os jogadores correram hoje foi impressionante, em compensação parece que os tricolores estão querendo derrubar Ricardo Gomes.

O placar foi construído após a expulsão discutível de Xandão, de qualquer forma isso não serve como justificativa para a derrota, mostra apenas que o time palmeirense é realmente limitado, porém quando se esforça muito pode dar trabalho para os adversários. Do lado são paulino, a sensação que fica é que parece que o Ricardo precisa de uma pré-temporada de pelo menos uns dois anos para ele conseguir colocar em campo o que ele pensa. O time mostra-se totalmente desorganizado, Cicinho foi resgatado da Roma porque precisavamos de um lateral direito, porque ele foi parar no meio de campo. Jorge Wagner é um excelente meia, porque está de lateral-esquerdo e Paraíba já disse que é um meia, porque ele estava no ataque.

No jogo, destaque positivo pelo lado palmeirense para Pierre e Lenny, do lado tricolor para apesar da posição errada Jorge Wagner e Ceni mesmo tendo tomado um susto no segundo gol fez boas defesas. Destaque negativo, para Diego Souza que quando bem marcado fala mais do que joga, Marcelinho Paraíba que não pode jogar no ataque, Cicinho que não foi para o estádio ontem, Cléber Santana que fiquei na dúvida se ele acertou algum passe e o Sr. Ricardo Gomes que na minha opinião não passa a confiança necessária para ser técnico do São Paulo.

Botafogo 2 x 0 Vasco: Falando em zebra, olha ela ai de novo. Vi apenas alguns lances, mas parece que apesar do Vasco ter comandado o jogo, o Botafogo foi mortal assim como contra o Flamengo.

Na verdade esse controle vascaíno, se trata de um falso controle, onde um time tem a maior posse de bola, porém sem efetividade nenhuma, já que o outro está só aguardando o momento certo para dar o bote e marcar o gol.

Pelo lado alvinegro, a estrela de Joel Santana e Loco Abreu foram fundamentais para essa conquista. Pelo lado vascaíno, faltou mais maturidade e vontade de suas peças fundamentais, enquanto Carlos Alberto tentou o que pode voltando de lesão, Philippe Coutinho sentiu a pressão de sua primeira decisão e Dodô estava na sua costumeira sonolência.

Pitacos da Rodada!!

Galera do blog mais querido, ontem acompanhei alguns jogos, inclusive a derrota do meu tricolor, vamos aos comentários:

São Paulo 1 x 2 Santos: Era a prova de fogo que faltava para o time santista, enfrentar um grande clube para mostrar o seu valor. O time conseguiu com Robinho, o atacante que adora marcar gols no tricolor, marcou mais um e deu a vitória para o time do litoral paulista. Neymar também fez o seu na sempre polêmica paradinha e Roger descontou para o tricolor.

O jogo começou de maneira elétrica com os dois times em alta velocidade. Mas Dorival percebeu inteligentemente que tudo saia dos pés de Paraíba e colocou alguém para anular o jogador e assim acabar com a criação do tricolor e deu certo no primeiro, a partir dos 15 minutos, o São Paulo encontrou muita dificuldade para armar as jogadas e o Santos jogando sempre com a bola no chão e criando as melhores chances através de Ganso e Arouca. E foi em um lançamento para Arouca que saiu o primeiro gol santista, o volante foi derrubado por Miranda dentro da área. Pênalti que Neymar cobrou com muita ousadia e anotou seu sétimo gol no Paulista. Não vou entrar no mérito da paradinha, enquanto é permitido, o cobrador tem todo o direito de usar, assim como o próprio Ceni já fez uso dela.

Veio o segundo tempo, e Ricardo Gomes um pouco mais devagar que Dorival percebeu que do lado santista as jogadas sempre passavam pelo pé de Ganso, então colocou Jean na cola do meia, a mudança surtiu efeito, pois o Santos parou de produzir e o São Paulo começa a crescer em campo até que conseguiu chegar ao gol na sua jogada tradicional, cruzamento na área e gol de cabeça de Roger que havia entrado no lugar de Dagoberto machucado. Depois disso o jogo voltou a ficar mais equilibrado, até que em um lance isolado, Robinho marcou em boa jogada de Wesley, gol de letra.

Em resumo, foi uma boa partida, fica claro que o São Paulo ainda precisa de ajustes defensivos, principalmente na cobertura dos seus alas, e maiores opções de criação, talvez Cleber Santana possa ser essa opção. Do lado santista, a certeza que o time está no caminho certo, talvez também pequenas correções defensivas, mas o entrosamento da zaga vem com o tempo.

Bragantino 2 x 3 Palmeiras: Vi os melhores momentos de jogo, e os jogos do Palmeiras começam a ganhar um caratér excessivamente previsível. O ataque alviverde cria muito e é muito bom, em compensação a defesa e dar pena. Cleiton Xavier, Robert e Lenny marcaram pelo Palestra.

De positivo para o Palmeiras fica o retorno de Lenny, bom jogador, que pode ajudar muito ao time jogando pelas pontas e consequentemente carregando marcação com ele, falta esse tipo de jogador no Palmeiras. a certeza de que Cleiton e Diego formam uma das melhores (senão a melhor) dupla de meias do Brasil e que Robert pode dar conta do recado ali na frente, mesmo jogando um quilo de gols fora para fazer um, normal hoje em dia, haja visto Washington, Kleber Pereira, Alecsandroe e outros por aí.

De negativo, fica a certeza de que o Palmeiras precisa de zagueiros, não adianta o time querer trazer peças de frente para compor o elenco, de nada vai valer ter um meio incrível se toda vez o time vai tomar inumeros gols por atrapalhadas da defesa. Digo isso desde o meio do ano passado, o bom time começa com uma zaga que passe confiança, e hoje a do Palmeiras não assusta nem o Flamengo do Piaui, adversário na estréia da Copa do Brasil.

Universidade 1 x 5 Grêmio: Era a estréia de Douglas com a camisa 10 no Grêmio, todas as atenções voltadas para ele, mas foi Borges quem roubou a cena, marcando três gols e mostrando que o trabalho de Silas tem tudo para dar certo. O elenco do time do Grêmio é muito bom.

No jogo, o time começou com força total, talvez até porque o tempo tenha dado uma amenizada no calor infernal que tem feito em Porto Alegre nos últimos dias. E Borges já mostrou seu cartão de visita logo cedo, se logo de cara ele havia perdido uma ótima chance, na segunda ele não perdoou e marcou o primeiro da partida. Antes do intervalo, o atacante ainda marcou mais um. Se no intervalo, o técnico Lourival Santos passou alguma orientação para o time da Universidade, tudo foi para o ralo com o começo do segundo tempo, pois logo no primeiro minuto Jonas marcou mais um gol. Assim foi seguindo o jogo, até o final dele, quando Borges guardou o ato final e fez o seu terceiro gol na partida, dando números finais ao jogo.

Os habilidosos do interior paulista, ah e o resumo da rodada também.

Após quase o término deste campeonato paulista, ficou evidente uma características em vários times do interior paulista. A presença de uma meia habilidoso, o famoso “encardido”, mas sem nenhuma disciplina tática ou senso coletivo em jogo.

Dentre os meus destaques ficam Fabiano Gadelha do Marília, Branquinho do Botafogo-SP, Junior Maranhão do Mirassol, Joãozinho do Noroeste. Lembro que tinha marcado mais nomes, mas me fugiram agora na cabeça.

Fabiano Gadelha golaço contra o Corinthians.

Fabiano Gadelha golaço contra o Corinthians.

Sobre a rodada ele traz à tona, o resumo do que foi esse paulista:

Palmeiras = o líder do campeonato se resume da seguinte forma, a capacidade que Luxemburgo tem em trazer bons atacantes para seus elencos ele consegue trazer topeiras para a zaga. Os palmeirenses gritam vivas para Keirrison, Lenny, Ortigoza e Willians, os adversários se esbaldam com Jeci, Marcão, Danilo e Edmilson.

Corinthians = parece que não engrenou ainda esse ano, o time possui muito potencial, mas falta dar liga e esse ingrediente tem nome: Douglas.

São Paulo = o time do Morumbi aparece em alguns jogos do Paulista em outros manda a sua filial do Paraná, o Toledo. A cabeça do time não está nessa competição que só serve para Washington fazer seus gols e para os são-paulinos ficarem com raiva do André Lima.

Empatar com o Mirassol é em casa é não querer se classificar.

Empatar com o Mirassol é em casa é não querer se classificar.

Santos = do mesmo jeito que o São Paulo, tem dia que é Santos e tem dia que é Jabaquara.

Portuguesa = aí, lusinha, só os Mamonas explicam vocês “Já me passaram a mão na bunda e ainda não comi ninguém”

Branquinho golaço contra o São Paulo.

Branquinho golaço contra o São Paulo.

Bom, o importante é que esse Paulista está longe de ter dono certo, pois todos os times estão igualmente em fase de ajsutes ainda. Por isso é mais legal, listar os jogadores do interior que me chamaram a atenção, portanto segue minha lista da seleção dos jogadores sem  o G4 e a Lusa:

Aranha (Ponte preta)

Ivo (Guaratingueta)

Marcel (Santo André)

Gum (Ponte Preta)

Marcio Careca (Barueri)

Careca (Guaratingueta)

Patric (São Caetano)

Fabiano Gadelha (Marília)

Branquinho (Botafogo-SP)

Ze Carlos (Paulista)

Pedrão (Barueri)

Palpites da rodada do Paulistão

Como primeiro post, já irei arriscar começarei palpitando os resultados desta rodada de quarta-feira. Lembrando que ontem debaixo de muita água, o Palmeiras derrotou o Marília por 3 x 0 (Gols de Evandro, Cleiton Xavier e enfim Lenny) e depois de um literal apagão em Santo André o time da casa venceu a Ponte Preta por 1 x 0 (Gol do Eterno Pé-de-Anjo). Bom, mas vamos ao que interessa seguem meus palpites para hoje e quinta:

Oeste 1 x 2 Ituano

São Caetano 0 x 1 Barueri

Mogi Mirim 0 x 2 Paulista

Corinthians 3 x 0 Botafogo-SP

Guarani 0 x 2 São Paulo

Noroeste 2 x 2 Guaratinguetá

Santos 4 x 1 Mirassol

Portuguesa 0 x 0 Bragantino

Bom, meus palpites nessa rodada estão favorecendo os visitantes, coloquem os palpites de vocês e na sexta escrevo quem mais acertou.