Américas x Europa

ronaldomessi

Enquanto a Copa América caminha, amanhã começa a Eurocopa!

E aí não tem jeito, vem aquele exercício de como seria um duelo entre os melhores da América x os melhores da Europa. Portanto, o CMC10 resolveu fazer suas duas seleções, confira:

Américas

Howard, Dani Alves, Thiago Silva, Godin e Marcelo, James Rodriguez, Mascherano e Di Maria, Messi, Suarez e Neymar.

Um 4-3-3 clássico, com Masc de volante de contenção e lá na frente o caos que esse quinteto poderia causar.

Europa

Buffon, Lahm, Hummels, Varane, Alba, Verratti, Iniesta, Muller, Robben, Cristiano Ronaldo, Griezmann

Outro clássico 4-3-3 com a mesma ideia.

Engraçado que no processo de armar o time você percebe algumas coisas, a Europa teria um elenco muito mais recheado, Ibrahimovic, Pogba, Bale, Lewandowski são só alguns que ficaram de fora.

Muito dessa diferença de “elenco” se explica pela quantidade de forças em cada seleção, enquanto na América, basicamente o time é composto pelos times da Bacia da Prata, na Europa, só no time titular são 7 seleções, e ainda restam 3 diferentes na relação que passei de eventuais reservas, isso sem falar na Inglaterra e Bélgica (De Bruyne) que não listei ninguém.

E aí, o que vocês acharam?

Qual seria a seleção de vocês?

Anúncios

Aguardando as próximas criações…

guardiola_reu_15

Em um fim de semana onde vi, Manchester’s, São Paulo, Barcelona, Flamengo e Vasco, quero destacar o querido Bayern Munchen. Nem tanto pelo jogo em si, pois foi de um único time, mas pelo que eu vi.

Um zagueiro, três laterais, um volante, três meias e dois atacantes. Imagine que o seu treinador indica que o seu time jogaria com esses jogadores espalhados pelo campo, qual seria sua reação?

E já aviso, o elenco não está enxuto, ele possui outros zagueiros no banco e demais peças para compor o time.

Pois bem, foi assim que Guardiola montou o seu Bayern nesse final de semana contra o Eintracht Frankfurt. Uma espécie de 3-4-3, sendo que sua linha de defesa tinha dois laterais e um único zagueiro. E era o Dante, que é para deixar qualquer alemão bávaro com o coração acelerado.

Na linha central, Alonso e Lahm mais centralizados, Weiser aberto na direita e Thiago e Gotze se movimentando muito, com a posse de bola, Gotze abria centro-esquerda e Thiago centraliza, sem a bola eles invertiam a posição.

Na linha de frente, Lewandowski, Muller e normalmente Gotze.

O jogo em si foi fácil para o Bayern, mas é incrível ver como Guardiola gosta de experimentar nesses jogos, já mostrou que se precisar joga feio como o fez na vitória sobre o Dortmund recentemente, mas é inegável sua vocação para recriar o futebol.

Guardiola tem encantamento ao pensar futebol e procura imaginar todas as possibilidade que seu time possa impor de futebol, buscando títulos obviamente, mas principalmente conseguindo isso jogando um futebol genuíno.

Guardiola é um grande alquimista do futebol. Jorge Ben estava certo.

E de repente, 7×1…

TODO PODEROSO

O jogo começou igual, o time da casa até se propôs a jogar de igual para igual contra o adversário reconhecidamente melhor, tomou um gol logo no começo, mas seguiu em frente, até que veio o segundo gol e com ele um colapso e mais três gols, fazendo com que o visitante fosse para o vestiário com 5×0 no placar.

Na segunda etapa, o time visitante foi para o jogo e percebeu que aplicaria uma goleada histórica, então, decidiu tirar um pouco o pé. Só quando seus reservas entraram afim de mostrar jogo que o placar mexeu novamente, por fim, o jogo acabou 7×1 para os visitantes.

O que te lembra esse breve resumo de uma partida?

É inevitável pensar no atropelamento que nossa seleção sofreu para a Alemanha. Só que esse resumo, vale também para a vitória do Bayern ontem sobre a Roma em pleno estádio Olímpico.

Alguns personagens até eram parecidos. 5 na verdade, Neuer, Lahm, Boateng, Muller e Gotze, todos pelo lado do time alemão.

É muito simples nessa hora colocar toda a culpa no time que toma 5 gols em um espaço de tempo tão curto, Brasil em 18 minutos, Roma em 25. Até porque independente do mérito do vencedor, existe muita coisa a se corrigir no perdedor.

Contudo quero destacar três personagens que são fundamentais para mim, na construção desse cosplay da semifinal da Copa do Mundo e o mais curioso não são alemães. São 2 espanhóis e 1 holandês.

Primeiro Xabi Alonso. O volante chegou sob desconfiança, muitos diziam que seu futebol mais viril, não era compatível com a proposta de jogo de Pep, contudo o que todos estão percebendo é que ele é o coração desse time, ele que faz esse Bayern pulsar, ser o time mais agressivo do que Pep normalmente monta, e tudo isso com muita qualidade, construindo tudo lá de trás para essa máquina funcionar.

O segundo consequentemente é Pep Guardiola. O espanhol mostrou porque é considerado um dos melhores técnicos do mundo, soube enxergar essa necessidade de seu time ao trazer Alonso e principalmente soube aperfeiçoar seu estilo de jogo ao olhar a seleção alemã na Copa, o Bayern promete ser uma versão melhorada da seleção alemã.

E o terceiro que merece menção honrosa é Robben. Eu mesmo sempre torci o nariz para ele, mas o que Robben está jogando em 2014 é absurdo. Como eu mesmo disse em meu Twitter, Robben é o Benjamim Button do futebol, parece que rejuvenesce a cada ano.

Reviver o pesadelo da Copa do Mundo por outra perspectiva, só faz ter mais certeza de que aprendemos muito pouco com o 7×1.

Os melhores da Copa para o Cadê Meu Camisa 10!

SeleçaoCMC10

 

Navas, Lahm, Vlaar, Sakho, Blind, Mascherano, Kroos, Messi, James, Robben, Muller.

Essa seria a minha seleção da Copa. Sei que sempre deve-se esperar o resultado das partidas a seguir, mas não acho que alguém possa mudar o histórico dos demais 6 jogos. Talvez, só Hummels consiga cavar uma vaga no lugar de Sakho.

Dentre os candidatos a Bola de Ouro, 7 da minha seleção disputam o prêmio. Lahm, Mascherano, Kroos, Messi, James, Robben e Muller somam-se a Di Maria, Hummels e Neymar na disputa. 

No gol, foi uma escolha difícil. Tivemos muitos goleiros com histórias incríveis durante a Copa. Howard (EUA), Enyeama (NIG), Julio Cesar (BRA), Ochoa (MEX), M’Bolhi (ARG) e até o monstro Neuer (ALE), mas como não teria ninguém da principal surpresa, achei justo colocar Navas na seleção, não só pela sua atuação, mas por colocar na seleção alguém da sensação Costa Rica.

Na defesa foi relativamente fácil. Não tive quase nenhuma dúvida sobre minhas escolhas, mas vale fazer uma ressalva, ou quase uma defesa reserva, aqueles jogadores que também tiveram destaque, Johnson (EUA), Hummels (ALE), David Luiz (BRA) e Rojo (ARG). 

Na dupla de volantes, Mascherano e Kroos foram soberanos, um pelo aspecto defensivo e outro pela construção e condução de sua seleção. Mascherano e Kroos são peças-chaves no sucesso de suas seleções. Pogba foi o único que foi bem, bem demais até, o jovem francês, mas não fez frente a eles.

Nos 4 homens de frente, assim como na dupla de volantes, não tive nenhuma dúvida, James, Robben, Messi e Muller foram os maiorais nessa Copa, acho impossível a Bola de Ouro não ficar com esse quarteto. Neymar, Benzema, Origi (BEL) e Slimani (ARG) foram outros que gostei durante a Copa, mas longe de roubarem a titularidade do quarteto acima.

E para vocês, quem foram os melhores?

 

 

Rapidinhas do Camisa 10 – 09.01.2013

Imagem

Galera, depois de um mês de recesso, o blog volta com tudo e pronto para ser um pouco mais polêmico e instigar todo mundo ao senso crítico no futebol. E para aquecer os motores, vamos começar com um Rapidinhas. Confiram!

A era Messi… É simplesmente por isso que Lionel é tão superior a grandes jogadores, ele já instituiu uma era. Seus números, seus títulos, mesmo com tão pouca idade, já o credenciam como um dos maiores, feitos conseguido apenas por Frienderich, Di Stefano, Pele, Maradona e agora Messi. Messi é um gênio, mesmo para os mais “azedos”, parem e olhem.

Biquinho sim, mas também craque… Cristiano Ronaldo tem todo o direito de fazer biquinho durante as premiações, eu me sentiria muito mal de ter que passar toda a minha carreira disputando com o Messi. Cristiano é um dos grandes atacantes de todos os tempos, um fazedor de gol nato, terminará sua carreira com muito mais gol marcado que outros grandes artilheiros.

Mercadão – Parte 1… Os times paulistas não estão contratando de “baciada”, mas estão fazendo contratações pontuais. Santos está montando um time para Muricy se deliciar, um monte de gente na defesa e Neymar, Montillo e Nenê para os contra-ataques. O Corinthians trouxe Pato para ter uma estrela, nem que seja apenas nos comerciais. O São Paulo entrega um grande elenco para Ney Franco para testar o treinador. O Palmeiras, ah deixa para lá…

Mercadão – Parte 2… Cruzeiro e Vasco foram para mim, os times que mais se reinventaram, trocaram basicamente o time todo e agora é esperar para ver como as contratações reagiram, se os treinadores derem liga, podem surpreender, seja para o bem como para o mal.

O que fazer? Voltando ao Palmeiras, confesso que agora não sei mais o que faria, mas os casos de Valdivia e Marcos Assunção já fazem o início do ano do Palmeiras turbulento em demasia para o clube, o primeiro basta responder em campo para que se esqueça suas cretinices, quanto ao segundo, basta a diretoria ter uma solução para a ausência de Assunção. É esperar para ver.

Bunga bunga brasileiro… Andrés Sanchez é um tremendo canastrão, o Silvio Berlusconi do futebol brasileiro, sujo até as tampas, mas não deixa de ser uma peça no mínimo importante no futebol, na sua última entrevista, teve a cara de pau de dizer que fez uma proposta oficial por Neymar e ainda deu pitacos na administração do arquirival. Apesar de todas as suas sujeiras, muitos deviam olhar apenas o método de gestão de clube para replicar.

Se fosse do outro lado… as “histéricas” já estariam falando de absurdo e de jogo sujo. Estou falando da liberação para Elano jogar a Libertadores. O jogador cometeu uma agressão na Sulamericana, deveria ser punido e muito, mas não, Marin e seus favores a Conmebol liberaram Elano de cumprir suspensão. Queria ver se fosse do outro lado, o clima de histeria.

Força a Negueba… Negueba sofreu uma forte lesão no início da temporada pelo São Paulo e deverá ficar 6 meses afastados. Espero de verdade que ele volte logo e que tenha muito sucesso, Negueba é o típico jogador carismático, além de resgatar o futebol antigo, ele não precisa chamar Felipe Anderson, Bruno Uvini ou William José, ele é Negueba, o apelido é uma característica do brasileiro e deveria ser resgatado no futebol.

Reconhecimento do ninho.. A seleção da FIFA eleita foi Casillas (Real), Daniel Alves (Barça), Piqué (Barça), Sergio Ramos (Real) e Marcelo (Real); Xabi Alonso (Real), Xavi (Barça) e Iniesta (Barça); Messi (Barça), Falcao García (Atlético de Madrid) e Cristiano Ronaldo (Real), uma seleção feita apenas com quem atua na Espanha, vamos montar uma adversária. Cech (Chelsea), Lahm (Bayern), Thiago Silva (PSG), Terry (Chelsea), Evra (Man Utd), Pirlo (Juventus), Ramires (Chelsea), William (Shaktar), Rooney (Man Utd), Van Persie (Man Utd) e Ibrahimovic (PSG). Ia ser um bom jogo ou não?

Ahh, as especulações… Começou a Copinha, a primeira fase ainda é um pouco maçante, mas já podemos ver bons times dento de campo, São Paulo, América-SP, Audax-SP, Atlético-PR foram os que mais me agradaram até agora, o que nem sempre significa muita coisa, Fluminense, Atlético-MG e Santos são times menos vistosos, mas com um futebol muito eficiente também.

Dúvida da semana. Aloisio Chulapa, Amaral, Ronaldo Angelim, Dimba, Val Baiano e Fernando Baiano já estão prontos para estreiar em 2013. E o Imperador estréia quando?

 

Para uns falta vontade e para outros talento…

Galera do blog, vamos falar sobre três jogos que consegui ver ontem.

Alemanha 0 x 1 Argentina: Era para ser um amistoso, mas como os dois times continuam em dívida com suas torcidas, ambas as seleções trataram o jogo como de Copa do Mundo. O jogo foi tenso, brigado, parecia fase de mata-mata de Copa do Mundo. No final a Argentina venceu com uma vitória magra, mas a certeza ficou para as duas torcidas, as duas seleções entrarão na Copa muito mais com o coração do que com o talento.

No primeiro tempo, o jogo foi duro, de assistir, a Alemanha tinha dificuldade em criar jogadas, Ballack, Muller e Ozil parecem que entraram em campo proibido de criar, Lahm era o refugo alemão para algumas jogadas. Pelo nossos hermanos, Messi continua sofrendo a crise de “Ronaldinho” não joga nada na seleção argentina, em compensação Di Maria parecia ser o único provido de cerébro na partida, tanto que foi dele o passe ao final do primeiro tempo para Higuain anotar o único tento da partida.

São Paulo 0 x 0 Oeste: O jogo teve cara de “amigos do fulano contra amigos do ciclano”, ou “solteiros x casados”, tal era a facilidade de jogar no meio campo, nenhum time marcava forte, e o que era um cenário típico para muitos gols, mostrou na verdade que os times queriam mais que a partida acabasse logo para começar o “churrasco”.

O São Paulo veio a campo, com o time próximo do titular, talvez apenas Cicinho e Hernanes tenham sido poupados ontem, porém parecia que o time não estava com muita vontade de jogar. Milton Cruz até tentou, quando o Oeste teve um jogador expulso ainda no primeiro tempo, o interino colocou Fernandinho em campo, fazendo o time atuar com três atacantes, sem sucesso. Dagoberto jogou bem no primeiro tempo, mas cansou no segundo, Washington não fez gol, portanto não fez nada, Cléber Santana procurou mais o jogo dessa vez, mas jogou tudo para o espaço ao ser expulso.

Esse jogo é um pouco do que se resume o São Paulo de hoje que me incomoda um pouco, trata-se de um grande time, porém um time excessivamente cadenciado, em nenhum momento o time tem capacidade de alterar o ritmo da partida. Possuímos oito jogadores no meio de campo que seriam titulares em todos os times do Brasil, porém nenhum que dê velocidade ao time quando ele precisa contra-atacar rápido.

Palmeiras 1 x 3 Santo André: Provavelmente, hoje de manhã o muro do Parque Antartica vai ter sido pixado pela torcida com frases do tipo: “Vergonha”, “Diego pipoqueiro”, “Fora racista”, “Belluzzo pede para sair” e outras coisas do gênero, mais uma vez o carrasco Santo André apareceu no caminho alviverde e o que parecia ter sido resolvido, volta a assombrar o Palestra.

Durante o jogo, o Palmeiras se mostrou apático e como sempre com as mesmas falhas defensivas que eu tanto insisto, não é possível que ninguém consiga perceber isso, o problema do Palmeiras nunca foi na parte ofensiva, por pior que sejam a maioria dos jogadores de frente, Diego é um baita jogador e consegue decidir uma partida sozinho, o problema está na defesa.

Insisto em dizer que o único com qualidade necessária no time alviverde na defesa é o Pierre e é muita coisa para ele ficar responsável por toda a marcação palmeirense. O time precisa repensar na forma de jogar, na minha opinião se faz necessário volume de jogadores na defesa inicialmente para pelo menos preencher espaço, contudo Souza não pode voltar a entrar em campo tão cedo, todas as vezes que ele jogou seu setor estava sempre descoberto, o jogador sempre chegou atrasado nas bolas. Não adianta Ewerthon’s e Lincoln’s, o time precisa de peça de defesa.