Rapidinhas do Camisa 10 – 20.03.2013

intocáveis

Família sendo montada mesmo… Felipão não agüentou, além da uma convocação recheada de volantes, Dom Scolari já prepara o time contra a seleção italiana com dois volantes de contenção. Luiz Gustavo e Fernando são os “Prefereti” de Scolari. Sinceramente, gosto dos dois volantes, possuem muito vigor físico e sabem jogar com a bola nos pés. Não sei se será o esquema definitivo de Felipão, mas será aquele que ele tentará vencer a Copa das Confederações, na base do contra ataque e da velocidade. E é o que tem para hoje.

As sombras de Ney… Aliás os são paulinos já mostram certa insatisfação com Ney Franco, a imprensa joga no ventilador os nomes de Mano Menezes e Autuori como as possíveis sombras do treinador. Sinceramente, acho Autuori um oportunista(no bom sentido), aproveitou trabalhos prontos para ganhar seus títulos mais importantes, também tenho certas ressalvas quanto a Mano Menezes, sendo assim Ney precisa sobreviver a sombra que ele mesmo tem criado sobre si. O elenco é qualificado, Ney precisa olhar com mais atenção a tudo o que tem.

Pelé no Pelourinho. O Bahia resolveu fazer uma troca um tanto quanto curiosa. Mandou Kleberson para o Philadelphia Union e trouxe Freddy Adu, para quem não lembra, Adu foi tratado como o novo Pelé quando jogou pelas universidades norte-americanas, o tempo passou e o máximo que o atacante conseguiu foram minutos de fama com essa alcunha. E mais alguns agora, pelo menos é o que acredita o presidente do Bahia (aquele que xinga você no Twitter, se reclamar) que vê em Adu uma enorme oportunidade de Marketing, segundo ele, “É a mesma jogada que o Corinthians fez com Zizao, só que esse sabe jogar bola”. Será?

Morde e assopra na França. Lucas em declaração descontraída afirmou que Ibrahimovic é muito chato. Para o atacante brasileiro, Ibra reclama demais durante as partidas, não parar de falar um minuto e pede bola o tempo inteiro, sem falar que ele consegue te irritar. Contudo, Lucas reforçou que sabe o quanto Ibra é talentoso e que por isso mesmo, ele próprio insiste sempre em procurar o jogador. Além disso, o próprio Lucas disse que Ibra apesar de genioso, tem ajudado muito ele na adaptação além de ter recepcionado ele muito bem.

Até que enfim, Messi em segundo… Lá da França também veio uma reportagem da revista France Football sobre os salários dos jogadores. E mais uma vez, Beckham aparece no topo da lista com ganhos próximos a 36 milhões de euros anuais. Messi vem em segundo com 35, Ronaldo com 30, Eto’o com 24 e Neymar com 20. Alguns aspectos interessantes, pela primeira vez, Messi não lidera algum ranking, mais uma vez Messi vence Ronaldo e dos 36 que Beckham recebe, 90% vem de fora das quatro linhas.

Cada um ver o que quer! Essa semana, um video destacando as diferenças entre Messi e Neymar “bombou” na Internet. O video tenta convencer as pessoas da fama de caicai de Neymar, enquanto tratam Messi como aquele que sempre fica em pé. Nem uma coisa nem outra, o video é tendencioso. Messi joga mais bola que Neymar e pronto. Mas já simulou suas faltas, assim como o brasileiro já fez vários lances onde se manteve em pé até o fim.

2 por 2 e ainda ganhando dinheiro… Falando em grana, Neto anunciou em seu blog que o Bayern apresentou uma proposta milionária para levar o cão de guarda Ralf do bando de loucos. A proposta aproxima-se de 60 milhões de reais, caso seja real, acho que o Corinthians não tem porque segurar, mesmo sabendo do assédio sobre Paulinho. Até porque o clube conseguiria receber 120 milhoes pela dupla e poderia investir menos de 20 para ter Elias e Cristian de volta. Ou alguém duvida disso?

A disparidade mora ao lado… Vendo os números estratosféricos que giram em torno do Corinthians, percebo como o Brasil começa a sentir o efeito do excesso de clubes. Na última rodada pelo Paulistinha o Guarani viu seu goleiro utilizar o meião do Ferroviária de Araraquara, motivo o fornecedor fez uma pequena confusão. Isso porque o Guarani é um campeão brasileiro.

A força arretada… Na sensacional Copa do Nordeste, que foi bem mais divertida que esse modorrentos estaduais, o Campinense acabou com a hegemonia baiana e faturou o caneco. Melhor do que o fim dessa hegemonia é a possibilidade do Nordeste de ficar mais forte com esses campeonato e chegar bem nas disputas das divisões nacionais.

Quando os olhos não viam… Não que eu esperasse uma renovação na CBF, mas ao menos eu acreditei que as amarras de Teixeira cairiam e algumas coisas poderiam caminhar neste picadeiro, mas o cenário parece mais trágico. Continua tudo igual, porém o ego de Marin é maior e fica tudo mais evidente aos nossos olhos. Para quem acredita, assine a petição contra o próprio. Basta clicar aqui

Dúvida da semana. Maracanã ficará pronto apenas 22 dias antes do torneio! Confederações no Engenhão ou no estádio do Voltaço?

Rapidinhas do Camisa 10 – 06.02.2013

Imagem

Bons amistosos na TV… Hoje é dia de amistosos, e fazia tempo que não via bons confrontos, como os dessa quarta-feira (06/02). Temos Brasil x Inglaterra, com estréia da nova família Scolari, com Julio Cesar e retorno de Gaucho. Holanda x Itália, no duelo particular de Van Persie com Balotelli. França x Alemanha, acredito que será a melhor partida. Além desses, Espanha x Uruguai e Suécia x Argentina são partidas que valem a atenção.

Falando nisso… Aproveitando que estamos falando sobre as seleções. Me agradou muito o time que Felipão escalou, chegou até a me surpreender pela ofensividade do time. Para um amistoso está ótimo, resta saber se Neymar, Gaúcho e Fabiano irão se dedicar na marcação. O time inicial será Júlio Cesar, Daniel Alves, Dante, David Luiz e Adriano, Ramires, Paulinho, Oscar, Ronaldinho Gaúcho, Neymar e Luis Fabiano.

Um pouco de esperança verde… Tudo bem que ainda são apenas especulações, mas ao que tudo indica estão bem avançadas. Kleber (Porto), Diogo (ex-Lusa e Fla) e Ibson (Fla) são ótimas opções para reforçar o elenco palmeirense, Marcelo Oliveira e Charles são bons nomes para compor o elenco. É sutil, mas Paulo Nobre já mostra mais inteligência para montar o elenco do que as recentes gestões do clube.

O surpreendente será o contrário… Valdívia conseguiu a proeza de tornar suas lesões um fato corriqueiro nos jornais, ninguém mais se impressiona com o estaleiro do chileno, em compensação se o chileno embalar cinco jogos seguidos é capaz de ir parar na capa de um jornal.

Imagina na Copa… Bem que a Brahma tentou, mas o término das obras concluídas para a Copa estão mostrando que essa Copa será danada! Na nova Arena do Grêmio, a primeira avalanche levou não só a torcida ao delírio como a tela de proteção e alguns torcedores para o hospital. No Mineirão, nada caiu, mas faltou quase tudo, água, comida e até grama que saia a qualquer jogada no clássico mineiro. Agora, só imagina como será…

Mudando de idéia… Sempre defendi a permanência de Neymar no futebol brasileiro, mas esse início de Paulista me faz repensar algumas coisas. O craque santista sobra nos gramados sulamericanos e para evitar de ser machucado, simula demais as faltas. Acho que chegou a hora dele desfilar seu futebol na Europa, amadurecer dentro de campo e entender de vez o espírito coletivo e que a individualidade aparece quando todos jogam pelo time.

Para não morrer afogado… Ganso precisa ter paciência, assim como torcida. Ele precisará de sequência de jogos para se destacar, mas o que ninguém esperava era o volume de jogo apresentado pelos concorrentes dentro do tricolor. Osvaldo continua em grande fase, Jadson começa a ser tornar intocável, Cañete está voando nessa temporada, Aloísio fez um grande jogo. Ganso precisa de tempo, mas a briga vai ser boa nesse ataque tricolor.

Coisa séria e dessa vez na mão de gente séria… A Europol parece ter um caminhão de informação e provas sobre um velho câncer no nosso querido futebol, a manipulação de resultados. São muitos os jogos investigados e vários jogadores, dirigentes e treinadores estão na alça de mira. Será difícil acabar com esse câncer, mas se conseguirem colocar alguns para verem o sol quadrado, já será um grande passo.

O que o Brasil tem bom e de ruim… Voltando a falar sobre o amistoso, os ingleses soltaram as famosas listas. Dessa vez, dos cinco melhores brasileiros atuando nos campos da Rainha e consequentemente dos cinco piores. Na lista de melhores estão: 1- Juninho Paulista, 2-Gilberto Silva, 3- Ramires, 4- Rafael (lateral) e Elano. Entre os piores: 1-Andre Santos, 2- Afonso Alves, 3- Gomes, 4- Kleberson e 5- Jo

Chelsea melhor que Seleções enquanto o ingresso para qualquer jogo do Chelsea não sai por menos de R$ 300,00, o amistoso entre Brasil x Inglaterra te ingresso sendo vendido a R$ 140,00! Haja prestígio, hein!

Dúvida da semana. A solução para o Pato deslanchar seria jogar em um time diferente por mês?

De quem foi a culpa?

Meus caros amigos e leitores, o blog volta a ativa, depois de quase uma semana parado, estamos de volta.

Peço desculpas a todos, mas a semana foi complicada no trabalho, a única alegria foi a eliminação da escrete dunguiana como previa diante da Holanda.

Alegria? Sim, alegria, nunca discute os critérios de Dunga, ele foi fiel a seus princípios, mas eu me recusava a aceitar uma seleção brasileira ganhar a Copa jogando de forma européia. Contudo, odeio essa história de encontrar culpado para a eliminação, todos tem culpa, desde o técnico até os torcedores.

Prefiro nessa hora,identificar quem jogou bem nessa Copa, quem decepcionou e quem ficou na mesma.

No grupo dos que jogaram bem, relaciono, Maicon, Lúcio, Gilberto Silva, Ramires e Nilmar.

Aqueles que ficaram na mesma foram, Júlio Cesar, Juan, Michel Bastos, Felipe Mello (Eu não esperava mais do que ele fez), Elano, Josué, Grafite, Julio Baptista, Gilberto.

As decepções, Daniel Alves, Kaká, Robinho e Luis Fabiano.

Doni, Gomes, Thiago Silva, Luisão, Kleberson foram premiados pela não participação, aliás vou pesquisar, mas acho que está Copa foi aquela onde tivemos o maior número de jogadores sem atuar um minuto sequer.

E para vocês quem jogou bem, quem jogou mal e quem ficou na mesma?

Durante a semana, vou falar mais de seleção, mostrar quantos títulos, cada jogador possui, vocês irão se surpreender, e qual o diagnóstico para 2014. Amanhã, trago os resultados do Palpitando que ficou pendente.

Quarta dos Visitantes!!

Galera do blog, ontem acompanhei os dois jogos da Libertadores e pelo jeito era dia dos visitantes. No Rio de Janeiro, um Flamengo apático e com a defesa errando bizonhamente perdeu para Universidade do Chile, enquanto no Mineirão, o meu tricolor surpreendeu e de maneira eficiente venceu e levou grande vantagem para o Morumbi, vamos aos jogos:

Flamengo 2 x 3 Universidade do Chile: O rubro negro foi derrotado por culpa das suas próprias falhas, o time falhou muito na defesa de forma infantil. O time chileno que não é bobo, aproveitou as chances que teve para converter em gols. O Flamengo ainda conseguiu fazer dois gols sendo um quase no final do jogo. Agora, o Flamengo precisa vencer por dois gols de diferença, ou por um gol a partir do 4×3. Ou seja, ficou complicado para o Flamengo.

O Maracanã estava em festa mais de 70.000 pessoas, mas parece que o efeito convocação deixou o time meio “aéreo”, tanto a euforia por Kléberson como a tristeza pelo Adriano, o time entrou sonolento e desatento, logo aos 4 minutos o time vacilou feio na defesa e Victorino calou o Maracanã. Era 1×0 para os chilenos. Não suficiente, o time continuava a errar muito no meio de campo, principalmente Rômulo que logo foi substituído, mas nada adiantou aos 24, Bruno falhou feio e Olarra marcou o segundo. O cenário era desesperador, mas como em uma ironia do destino, o tal efeito convocação voltou a aparecer, dessa vez de forma positiva, Kléberson que era perseguido pela torcida, fez boa jogada e colocou na cabeça do Imperador que não desperdiçou. O Flamengo diminuia, e ia para o intervalo com o prejuízo diminuído e com um a mais em campo, já que Iturra foi expulso no final da primeira etapa.

Se o Flamengo tinha tudo para voltar no segundo tempo, sufocando o time chileno, o que se viu foi a tragédia completa com pouco mais de 2 minutos da segunda etapa, outro apagão da defesa rubro-negra e o time chileno entrou tocando com muita facilidade até chegar em Fernandéz que só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede. Para o Flamengo não restava muito coisa a não ser atacar o adversário, mas a defesa chilena estava muito bem postada e tornava complicada a missão do Flamengo, contudo, de tanto insistir, Juan conseguiu aos 44 acender uma pequena luz de esperança ao chutar uma bola que foi desviada e morreu no fundo da rede do time chileno. A situação não ficou tão desastrosa para o Flamengo, mas será dificilímo reverter o resultado.

Cruzeiro 0 x 2 São Paulo: Em grande atuação da defesa são paulina aliada a um pouco de sorte e a excelente estréia de Fernandão, o tricolor conseguiu um excelente resultado dentro do Mineirão, o time do Morumbi fez um ótimo primeiro tempo e se contar que a pressão no final do jogo seria natural, o time foi perfeito, soube jogar na casa do adversário e deu um grande passo rumo a semifinal.

O jogo começou com os dois times tímidos, ambos estudaram a formação adversária, o São Paulo começou forçando muito o ataque pelo lado esquerdo, obrigando Jonathan a não subir tanto. Da mesma forma, Gilberto não estava em um bom dia e não conseguia desafogar o jogo pelo outro lado. Thiago Ribeiro era muito bem marcado, assim como Kléber. O Cruzeiro tinha posse de bola, mas não assustava o São Paulo. Aí surgiu a estrela do estreante, Fernandão fez excelente tabela com Marlos que surgiu sozinho e cruzou com tranquilidade para Dagoberto empurrar para o fundo das redes. O São Paulo abriu o marcador e levou o segundo tempo de forma tranquila, sem ser muito assustado.

Veio o segundo tempo e as coisas pareciam que seguiriam da mesma formas, o Cruzeiro continuava contando com o talento de seus atacantes já que seu meio campo continua ineficiente na criação e o São Paulo conduzia a partida de forma inteligente na defesa e contra atacava de maneira perigosa e novamente próximo a metade da etapa, Fernandão surgiu de novo, em mais um contra ataque do tricolor paulista, Fernandão deu um toque de craque, de calcanhar o novo contratado deixou Hernanes sozinho que só teve o trabalho de olhar, escolher o canto e fuzilar para o gol. Depois disso, Adilson arriscou tudo que podia, o Cruzeiro até pressionou o time são paulino, criou algumas chances, mas que pararam ou em Ceni, ou na brilhante atuação da defesa ou na sorte que acompanhou o time na noite de quarta.

O São Paulo de forma surpreendente deu um passo gigantesco para a classificação, terá apenas que fazer a lição de casa de maneira tranquila, mas acima de tudo, se o time mostrar a mesma postura deste jogo no Mineirão, o time passa a ter chance de disputar o título da Libertadores.

A tal lista…

Galera, ontem o Dunga chamou os seus 23 “queridinhos”, aqueles que foram devotos de Santo Dunga tiveram lugar cativo na convocação. De certa forma, fiquei feliz, pois não vi o dedo da Corja Brasileira de Fanfarrões (mais conhecida como CBF) influenciar na lista.

Apesar de toda comoção pública por alguns jogadores e o inconformismo com a presença de outros, não podemos negar que Dunga foi coerente o tempo todo, a lista está na cabeça de todos a muito tempo, só não queriámos ver. Para mim, surpresa mesmo foi a convocação de Grafite e Gomes.

O primeiro porque é a antítese do que Dunga pregou, Grafite jogou apenas 79 minutos com Dunga, Tardelli e Love haviam participados de mais jogos, principalmente Tardelli, contudo o que pesou foi a felicidade que Grafite mostrou a jogar aqueles 79 minutos, o orgulho de pertencer a Seleção. Isso cativou Dunga.

Já a convocação de Gomes é uma incógnita, Victor era figura presente nas últimas convocações, parecia tudo certo a sua presença no elenco, parecia que a dúvida seria Gomes ou Doni, na minha cabeça Victor era o reserva imediato de Julio Cesar, mas ficou de fora. Não consigo entender o real motivo da não presença de Victor, essa para mim foi a maior surpresa da lista do Dunga.

Sobre o restante, por maior que seja a revolta direcionada a algumas peças, isso é natural, já que todos nós temos um pouquinho de técnico, cada um faria a sua lista, e mudaria pelo menos metade dela.

Agora resta torcer para Julio Baptista ou Kleberson se machucarem, quem sabe assim o Ganso aparece… rs
Brincadeiras a parte, que comece a Copa do Mundo!

Segue a lista de Dunga para vocês já irem decorando alguns nomes:

Jogos de Quarta!

Galera do blog mais querido, ontem alguns jogos rolaram pelos estaduais e Libertadores. Acompanhei alguns e aqui vão os meus comentários sobre o que eu vi.

Cruzeiro 7 x 0 Real Potosi: No jogo de volta pela Libertadores, o time celeste atropelou o time boliviano e deixou mais evidente como a altitude influencia o time que está acostumado com ela. Os gols cruzeirenses foram marcados por Marquinhos Paraná, Thiago Ribeiro, Kléber Gladiador, Jonathan, Eliandro, Bernardo e Guerron.

O time boliviano até tentou uma correria inicial, mas com o passar do tempo foi facilmente dominado pelo time brasileiro, tanto que ficou evidente a total fragilidade do time boliviano. Dessa forma, o Cruzeiro vai para o grupo 07 e encara de primeira o Velez, um dos maiores adversários dos clubes brasileiros na conquista desta Libertadores.

São Paulo 3 x 0 São Caetano: Enfim, o considerado time titular (com exceção dos recém-chegados), e deu para ver uma grande evolução, talvez ainda longe do ideal, porém o time atuou de maneira mais equilibrada. Gols de Washington, Dagoberto e Hernanes.

O time são paulino entrou com sua força máximae animou os torcedores desconfiados, principalmente na parte ofensiva, a movimentação de Paraíba e Dagoberto foi muito interessante e atormentou o sistema defensivo do Azulão, outro ponto positivo é a constante evolução de Jean como ala direita, o volante está melhorando cada vez mais o quesito cruzamento. A defesa ainda precisa de entrosamento, mas Xandão mostrou qualidade, o trio titular (Xandão, A. Silva e Miranda) promete dar conta do recado.

Flamengo 3 x 3 Olaria: Nada de novo no time rubro-negro, enquanto o ataque funciona muito bem, a defesa continua tomando muitos e muitos gols. Ontem, Vagner Love marcou dois e Imperador marcou mais um.

O time rubro-negro segue atuando da mesma forma como se tornou campeão, porém a diferença está na parte defensiva de seu meio campo, Airton, Willians e Maldonado possuiam excelente poder de marcação e rápida saída de bola. O chileno principalmente fazia uma proteção a frente da zada como poucos, hoje o time depende de Toró, logo a certeza de gols tomados é enorme. Airton tem muita facilidade em roubar a bola e sair em velocidade para o contra-ataque, apesar de toda qualidade de Kléberson, o jogador não possui o mesmo ímpeto do antigo jogador. Andrade terá que mostrar suas qualidades como treinador para ajustar o meio, ou reinventá-lo.

Além desses jogos, notei que o Corinthians entregou o ouro para a Ponte Preta na estréia do “seu lindo uniforme 3”. Que o Grêmio tropeçou contra o São Luiz e o Internacional não teve trabalho para vencer o Novo Hamburgo.