Displicência: um pecado que termina em 1×0.

Palmeiras 07032013

Galera do blog, ontem eu acompanhei os jogos de Palmeiras e Corinthians pela Libertadores. Os dois jogos terminaram 1×0 para o time adversário, mas os resultados poderiam ser bem diferentes.

Vamos começar pelo Palmeiras, o time alviverde foi para a Argentina preocupado demais com a violência do time adversário e com uma possível recepção hostil da torcida local e abdicou de jogar no primeiro tempo. Aliás quase não teve futebol no primeiro tempo, os times foram excessivamente burocráticos e com pouca movimentação.

Veio o segundo tempo e o jogo só melhorou com as entradas de Maikon Leite e Patrick Vieira, o time ganhou mais velocidade e Valdivia começou a aparecer no jogo, foi quando o Palmeiras começou a perder gol atrás de gol, culminando com Kleber que ao tentar dar um drible a mais jogou fora uma chance claríssima de gol para o alviverde.

Para piorar o castigo veio logo depois. Em cobrança de falta que encontrou Ferreira livre que jogou a bola para dentro da pequena área, Prass hesitou e Penalba só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Resultado injusto pelo o que o Palmeiras criou, mas existem algumas considerações. Patrick Vieira tem que ser titular, a promessa está bem melhor que Wesley, o jovem me lembra o Julio Baptista que passou pelo São Paulo, jogador muito forte, mas com boa velocidade, para mim com ele o time fica mais intenso e Valdivia aparece mais para o jogo.

Na classificação, o Palmeiras tem uma boa tabela agora, faz duas partidas em casa e a única fora é contra o rival mais fraco, é possível fazer 7 pontos ou até mesmo 9 e terminar classificado para a próxima fase.

Indo para o jogo do Corinthians, lá tivemos mais futebol. Os dois times buscaram mais o jogo durante os noventa minutos e a partida teve mais alternativas.

O time do Tijuana é um time bem montado, tipicamente mexicano, marcação firme e jogo de muita profundidade pelas laterais, mesmo assim o Corinthians não fez um grande jogo, mas conseguiu criar mais oportunidades.

É fato que o alvinegro sofreu no início para se adaptar ao gramado sintético e para suportar a famosa “pressão inicial” dos times mandantes, mas com o passar do tempo, o time equilibrou a partida e chegou a ter dois gols com Paulinho impedido.

No segundo tempo, o Corinthians dominou ainda mais o jogo e controlou a posse de bola para evitar que os mexicanos assustassem e obteve sucesso nos primeiros quinze minutos. Na primeira tentativa de pressionar mexicana, eles conseguiram um gol. Em bola parada e falha de Cássio, os mexicanos chegaram ao gol com Gandolfi. Lance duvidoso, que inicialmente pareceu normal e depois a Globo tratou como impedido.

Dali em diante, foi o Corinthians tentando buscar o gol pressionando a defesa mexicana e os mexicanos buscando Riascos ou Martinez (o Neymar equatoriano) para puxar o contra ataque.

No fim, o resultado não foi anormal, mas o Corinthians poderia ter ao menos saído com o empate da partida. De qualquer forma, nada que vá atrapalhar a classificação do time para a próxima fase.

Em tempo, sobre o lance do impedimento, abomino qualquer imagem de TV com o lance parado, é impossível determinar se aquele “freeze” da imagem é no exato momento que a bola saí. Olhei algumas vezes o VT do lance com a bola em andamento, sem ficar parando a imagem, e para mim não há o impedimento.

Anúncios

Rapidinhas do Camisa 10 – 06.02.2013

Imagem

Bons amistosos na TV… Hoje é dia de amistosos, e fazia tempo que não via bons confrontos, como os dessa quarta-feira (06/02). Temos Brasil x Inglaterra, com estréia da nova família Scolari, com Julio Cesar e retorno de Gaucho. Holanda x Itália, no duelo particular de Van Persie com Balotelli. França x Alemanha, acredito que será a melhor partida. Além desses, Espanha x Uruguai e Suécia x Argentina são partidas que valem a atenção.

Falando nisso… Aproveitando que estamos falando sobre as seleções. Me agradou muito o time que Felipão escalou, chegou até a me surpreender pela ofensividade do time. Para um amistoso está ótimo, resta saber se Neymar, Gaúcho e Fabiano irão se dedicar na marcação. O time inicial será Júlio Cesar, Daniel Alves, Dante, David Luiz e Adriano, Ramires, Paulinho, Oscar, Ronaldinho Gaúcho, Neymar e Luis Fabiano.

Um pouco de esperança verde… Tudo bem que ainda são apenas especulações, mas ao que tudo indica estão bem avançadas. Kleber (Porto), Diogo (ex-Lusa e Fla) e Ibson (Fla) são ótimas opções para reforçar o elenco palmeirense, Marcelo Oliveira e Charles são bons nomes para compor o elenco. É sutil, mas Paulo Nobre já mostra mais inteligência para montar o elenco do que as recentes gestões do clube.

O surpreendente será o contrário… Valdívia conseguiu a proeza de tornar suas lesões um fato corriqueiro nos jornais, ninguém mais se impressiona com o estaleiro do chileno, em compensação se o chileno embalar cinco jogos seguidos é capaz de ir parar na capa de um jornal.

Imagina na Copa… Bem que a Brahma tentou, mas o término das obras concluídas para a Copa estão mostrando que essa Copa será danada! Na nova Arena do Grêmio, a primeira avalanche levou não só a torcida ao delírio como a tela de proteção e alguns torcedores para o hospital. No Mineirão, nada caiu, mas faltou quase tudo, água, comida e até grama que saia a qualquer jogada no clássico mineiro. Agora, só imagina como será…

Mudando de idéia… Sempre defendi a permanência de Neymar no futebol brasileiro, mas esse início de Paulista me faz repensar algumas coisas. O craque santista sobra nos gramados sulamericanos e para evitar de ser machucado, simula demais as faltas. Acho que chegou a hora dele desfilar seu futebol na Europa, amadurecer dentro de campo e entender de vez o espírito coletivo e que a individualidade aparece quando todos jogam pelo time.

Para não morrer afogado… Ganso precisa ter paciência, assim como torcida. Ele precisará de sequência de jogos para se destacar, mas o que ninguém esperava era o volume de jogo apresentado pelos concorrentes dentro do tricolor. Osvaldo continua em grande fase, Jadson começa a ser tornar intocável, Cañete está voando nessa temporada, Aloísio fez um grande jogo. Ganso precisa de tempo, mas a briga vai ser boa nesse ataque tricolor.

Coisa séria e dessa vez na mão de gente séria… A Europol parece ter um caminhão de informação e provas sobre um velho câncer no nosso querido futebol, a manipulação de resultados. São muitos os jogos investigados e vários jogadores, dirigentes e treinadores estão na alça de mira. Será difícil acabar com esse câncer, mas se conseguirem colocar alguns para verem o sol quadrado, já será um grande passo.

O que o Brasil tem bom e de ruim… Voltando a falar sobre o amistoso, os ingleses soltaram as famosas listas. Dessa vez, dos cinco melhores brasileiros atuando nos campos da Rainha e consequentemente dos cinco piores. Na lista de melhores estão: 1- Juninho Paulista, 2-Gilberto Silva, 3- Ramires, 4- Rafael (lateral) e Elano. Entre os piores: 1-Andre Santos, 2- Afonso Alves, 3- Gomes, 4- Kleberson e 5- Jo

Chelsea melhor que Seleções enquanto o ingresso para qualquer jogo do Chelsea não sai por menos de R$ 300,00, o amistoso entre Brasil x Inglaterra te ingresso sendo vendido a R$ 140,00! Haja prestígio, hein!

Dúvida da semana. A solução para o Pato deslanchar seria jogar em um time diferente por mês?

Mano e suas experimentações!

Mano Menezes soltou mais uma convocação ontem, na verdade foram duas, uma para o amistoso contra a Argentina, e outra lista para os amistosos contra Costa Rica e México.

A diferença básica está que na segunda lista, Mano pode convocar os denominados jogadores “estrangeiros”.

Sobre a lista de estrangeiros, a surpresa ficou pela convocação do atacante Kléber. E olha que não estamos falando do Gladiador, esse Kléber joga no Porto-POR e assumiu a vaga deixada por Falcão Garcia no ataque da equipe campeã da UEFA. Não conheço o futebol do jogador, é esperar para ver.

Destaque também para o “perdão” dado a Hernanes. E para a teimosia com Lucas Leiva, Sandro e Fernandinho.

Falando da lista feita apenas com jogadores que atuam no Brasil, Mano acatou o apelo popular e levou Diego Souza, Elkeson e Borges. Mas aí que começa as minhas revoltas com a seleção.

De nada adianta convocar esses jogadores e não colocá-los para jogar. Dizer que perceber como se comportam na concentração já é suficiente, é bobagem. E a mesma coisa que dizer que alguém é bom para o emprego apenas por se vestir adequadamente.

Tem que por para jogar, e não adianta colocar com 15 do segundo tempo. Na minha opinião, tem que começar jogando, só assim dá para ter mais argumentos sobre a continuidade ou não de determinado jogador na seleção.

Por exemplo, Ronaldinho Gaúcho e Fred dispensam apresentações, portanto, podem começar no banco e se Borges e Elkeson não derem conta do recado, eles assumem a bucha no segundo tempo.

Veja o caso do Lucas, o garoto é considerado uma das promessas do futebol brasileiro, contudo Mano convocou ele para sei lá quantos jogos e acho que o menino somando suas participações deve ter atuado menos de um tempo. Será que já deu para avaliar que ele tem condições ou que ele não tenha condições.

Essa falta de experimentação de verdade, faz com que Mano fique eternamente experimentando e nunca consiga montar seu time ideal. Mano precisa acreditar na própria convocação, para que nós possamos acreditar no time.

Espero que na próxima quarta, o time que saia jogando seja Rafael, M. Fernandes, Emerson, Rhodolfo e Cortês; Rômulo, Casemiro, Elkeson e Diego Souza, Neymar e Borges. Isso sim, seria testar os jogadores convocados.

Para quem ainda não viu a lista de convocados, clique aqui.

Fim de semana ruim para os tricolores…

Galera do blog mais querido, ontem aconteceram vários clássicos e alguns jogos complementares. Assisti a vários deles, dois ao vivo e mais um pelo VT e outro pelos melhores momentos, seguem meus comentários:

Corinthians 1 x 0 Palmeiras: O Corinthians venceu a partida jogando com um menos o jogo inteiro, encerrou um jejum que durava mais de 03 anos e virou o líder do campeonato. Tudo isso com um gol de cabeça do “baixinho” Jorge Henrique, que junto com Felipe foram os melhores em campo.

Durante a partida ficou claro uma coisa, o Muricy nunca consegue ganhar uma partida com um a menos, o Palmeiras teve 65% de posse de bola, mas as poucas chances criadas encontraram Felipe inspiradíssimo. Ainda pelo lado alviverde, me assustou o nervosismo de Armero, da mesma forma que Edinho surpreendeu fazendo uma boa partida. Pelo lado alvinegro, como já disse Jorge Henrique foi o melhor em campo para mim, aliás eu o considero o jogador mais importante do time, enquanto Roberto Carlos fez papelão, e nos poucos 08 minutos que jogou, errou passe, falhou na marcação e ainda foi expulso justamente.

Sertãozinho 2 x 2 São Paulo: O tricolor continua jogando mal e contando com a sorte, ontem o time empatou com um gol no final da partida. Pelo Sertãozinho, Thiago Silvy e Mendes marcaram, enquanto Léo Lima e Wagner (contra) marcaram pelo São Paulo.

O São Paulo foi para Ribeirão Preto com um time misto, mas que no papel poderia dar bom resultado, porém o que se viu foi um time apático. Essa apatia em muito se deve a Hernanes que estava adormecido ontem e Léo Lima que vive dormindo em campo. Aliado a isso, a defesa tinha Andrè Luis e Renato Silva, só isso já bastava para o Sertãozinho sair vencedor. Gostei muito do Carlinhos Paraíba joga parecido ao Richarlyson, porém com disciplina tática e as entradas de Sergio Motta e Jorge Wagner melhoraram o time.

Internacional 1 x 0 Grêmio: Grande jogo, aguerrido como deve ser um Gre-Nal e como sempre decidido no detalhe, com um gol do sempre contestado Alecsandro, o Inter venceu o primeiro Gre-Nal do ano. Fica a certeza que o Rio Grande do Sul possui 02 dos 06 melhores times do Brasil.

Durante a partida, grande destaque para os laterais de ambos os times, Nei e Kléber do lado colorado e Lúcio e Joílson pelo lado tricolor. Foi pelas pontas que o jogo pegou fogo, os dois times abusavam das jogadas pelos flancos fazendo seus laterais correrem muito. Os dois times criaram muito, talvez o Grêmio um pouco mais, mas pecava muito nas finalizações, enquanto do lado vermelho, as chances eram sempre perigosas e exigiram mais esforço do Victor para defender. No final, resta ao Inter segue firme no projeto com a certeza de estar no caminho certo e para o Grêmio o mesmo recado, o tricolor não pode deixar essa derrota desestabilizar a casa.

Fluminense 3 x 5 Flamengo: O clássico carioca acompanhei apenas os melhores momentos, do lado tricolor Alan, Conca e Cássio anotaram seus gols, enquanto Adriano (3), Vagner Love e Kleberson marcaram na vitória rubro-negra.

Pelo que deu para entender, foram dois jogos, no primeiro tempo um passeio tricolor que acabou saindo barato para o Flamengo sair para o intervalo perdendo por “apenas” 3×1. Veio o segundo tempo e aí foi a vez do Flamengo passear em campo e marcar quatro gols e virar o jogo que parecia certo para o Fluminense. De resumo, fica a sensação de dois bons times do meio para frente, mas que são fracos na defesa. Nota negativa da partida foi a desavença entre Petkovic e o vice presidente Marcos Braz no intervalo e pode ter determinado o fim do ciclo Petkovic no Flamengo.

Especulando as especulações do mercado da bola!

Meus caros, seguindo com as tão queridas especulações, vamos a elas:

Time sonhado – Marcos, Danilo, Edmilson e Xandão, Figueroa, Pierre, Cleiton Xavier, Conca e Armero, Diego Souza e Vagner Love – O alviverde conta com a parceria da Traffic para tornar o time mais forte, o principal sonho é trazer Conca para o time. Com a permanência do time do Fluminense na Série A, ficará bem mais difícil tirá-lo. De qualquer jeito, o mais importante é o time reforçar seu setor mais frágil, a defesa, o nome de Xandão do Barueri surge como opção, o mesmo vem sendo cogitado pelo São Paulo também, mas acho que o Palmeiras devia ousar mais e trazer zagueiros de verdada para o time, já que os jogadores que existem hoje são uma verdadeira lástima.

Time sonhado – Rafael, Mariano, Digão, Gum e Dieguinho, Diguinho, Diogo, Marquinhos e Conca, Fred e Maicon – O Fluminense me surpreendeu comecei a olhar o elenco do time e me deparei com algo que não aceitei muito bem ainda, o time possui um bom plantel. Hoje, vejo que o tricolor precisa na verdade de jogadores mais experientes na lateral e no meio, na minha opinião, três peças experientes seriam suficientes para o elenco do próximo ano. Por enquanto, a maior especulação no time é a saída do seu trio ofensivo, Conca, Fred e Maicon, mas ao que tudo indica, apenas Maicon tem grandes chances de sair, os outros dois dificilmente sairão do clube.

Time sonhado – Carini, Nei, Benitez, Caceres, Marcio Careca, Marcio Araujo, Correa, Ricardinho e Danilo, Tardelli e Eder Luis – O meu querido Galo, montou um bom elenco ao longo do campeonato, porém o time ainda não deu liga, na minha opinião, deve se dar esse tempo antes dos estaduais para o time se entender de vez, além disso, é nítido a necessidade de trazer boas peças de defesa para o time, Caceres é o preferido da massa atleticana, e se bem conheço Kalil, o presidente não medirá esforço para trazer o preferido da torcida. Além disso, o que parecia pouco provável, agora é quase certeza, Tardelli não sairá do Atlético.

Time sonhado – Lauro, Danilo Silva, Bolivar, Indio e Kleber; Guinazu, Sandro, D’Alessandro e Giuliano, Marquinhos e Taison. O time gaúcho por si só já é uma força, pretende trazer algumas peças apenas para compor elenco e uma delas é excelente, o time já tem tudo acertado com Thiago Humberto do Barueri, na minha opinião o Colorado irá trazer o melhor jogador do time do Barueri, mas o grande mistério está em que vai assumir a cadeira de treinador do time, apesar de todos desconfiarem do fã de manicures, aposto que quem virá é um ex-treinador de muito sucesso.

Bom, é isso galera, quem quiser contribuir com mais informações, pode mandar a vontade. Na próxima quinta, trarei mais quatro times e as tão “especulativas especulações”…

Pitacos da 37ª Rodada!

Depois de todas as forças do “além”, finalmente o Flamengo conseguiu assumir a liderança. E o Fluminense saiu da zona do rebaixamento. A CBF sorri com o sucesso dos cariocas, até parece que o Botafogo não é carioca. Vamos as análises:

 

Goiás(8º) 4 x 2 São Paulo(4º): Os flamenguistas tiveram a cara de pau de reclamar da vontade do time goiano contra eles, contra o São Paulo além da vontade, o time esmeraldino acertou três lances incrivéis. Vitor foi o dono do jogo, destruiu a defesa são paulina, pela direita. Foi um jogo atípico, o maior mérito do time goiano foi aproveitar as falhas defensivas do São Paulo e converter praticamente todas. Do lado são paulino, fica nítido que o setor mais importante no tricampeonato consecutivo falhou nas últimas duas partidas. Neste momento, faço destaque positivo para Washington que está mostrando uma vontade de vestir a camisa são paulina que falta a outros jogadores. Pior que a derrota, foi para direto na quarta colocação, ficou quase impossível, ainda bem que é quase.

Corinthians(10º) 0 x 2 Flamengo(1º): Um resultado mais do que premeditado, não diria que o Corinthians entregou, na verdade o Corinthians desistiu do campeonato há muitas rodadas, os jogadores não possuem motivação nenhuma, a não ser Defederico que vem mostrando seu valor aos poucos. De resto, Ronaldo pulou fora, Jucilei que está torcendo pelo Flamengo dividiu a bola com Zé Roberto simplesmente para falar que foi, e Felipe mostrou toda a disposição do time ao nem se mexer no gol corintiano. Do lado rubro-negro, nunca o título foi tão fácil, novamente com direito a fazer a festa dentro do Maracanã lotado, Petkovic já pode colocar uma mão na taça que a participação é toda dele, a outra deixa para o Imperador ou para o Ricardo Teixeira.

Palmeiras(3º) 3 x 1 Atlético-MG(6º): Todo palmeirense a essa hora deve estar pensando, porque o Cleiton Xavier machucou, era melhor deixar fora do campeonato, Souza, Jumar, Robert, Wendell, Jeferson, Mauricio e Obina até o Marcão, mas não o Cleiton Xavier. Foi isso, a simples precisa do excelente camisa 10 alviverde fez toda a diferença pelo lado palmeirense, até Diego Souza marcou um golaço. Do lado do meu Galo querido, ficou a sensação que não existem bons zagueiros no elenco, é necessário urgente sair a busca de bons zagueiros para o time atleticano além de um meia de verdade.

Sport(20º) 1 x 2 Internacional(2º): E o Colorado deu um susto no seu torcedor ao tomar um gol de Vandinho, na minha opinião irregular, mas no segundo tempo Kléber e Andrezinho comandaram a virada e colocaram os colorados em uma situação indelicada, precisam torcer pelo maior rival para conseguirem o título. Durante o jogo, outro lance polêmico que poderia mudar completamente o rumo da tabela, Lauro tomou um chápeu de Vandinho dentro da área, e foi absurdamente derrubado dentro da área, além da chance do segundo gol, o mínimo era expulsar o goleiro Lauro, mas Paulo Cesar Oliveira (candidato a melhor árbitro do campeonato) nada deu.

Cruzeiro(5º) 4 x 1 Coritiba(16º): A Raposa segue viva não tão sonhada disputa pela Libertadores, basta vencer e torcer por um tropeço de São Paulo ou Palmeiras para roubar a vaga, o time até saiu atrás no marcador, mas buscou a virada de forma convicente. Pelo Coxa, a situação ficou assustadora nessa rodada final, apesar de jogar em casa, o time enfrenta o embalado Fluminense e no caso de qualquer resultado diferente da vitória, o Coritiba passa a ser o favorito a segundona, apesar de considerar uma grande injustiça, visto a qualidade do time.

Grêmio(7º) 4 x 2 Barueri(12º): Nenhuma surpresa nesse jogo. O Grêmio terminou o campeonato sem perder dentro de casa, um feito inédito dentro da história do Brasileirão, e Val Baiano marcou mais dois gols, aliás Tardelli e Imperador que não tomem cuidado pois o rapaz pode terminar artilheiro do campeonato. Para o Grêmio sobrou a missão de estragar a festa do Flamengo dentro do Maracanã, e dar o título ao Inter, ou entregar o jogo e acirrar ainda mais a rivalidade. Pelo time do Barueri, a certeza de um ótimo campeonato, e no último jogo carimbar a vaga na Sulamericana para coroar essa campanha.

Avaí(9º) 2 x 2 Santos(11º): O que era para ser a festa de despedida de Silas, virou um empate com sabor de derrota para o time catarinense que chegou a abrir 2×0 no placar. O Santos assim como Ganso cresceram muito nessa reta final, o time ainda está se reencontrando mas dá sinais de melhora e que Luxemburgo caso fique poderá provar se poder de montar um time para o ano que vem, pelo time da Ressacada, a maior dúvida é quem será capaz de dar sequência ao excelente trabalho de Silas a frente do time catarinense, acho que o time deveria apostar em nomes como Vadão, Zetti ou PC Gusmão.

Fluminense(15º) 4 x 0 Vitória(13º): E a epópeia segue cativando a todos, o Fluminense enfim sai do rebaixamento e se repetir o placar na quarta-feira, alguns torcedores do tricolor poderão morrer feliz. Agora, resta a complicada tarefa de vencer o Coritiba dentro do Couto Pereira, como sempre Fred e Conca seguem como atores principais desta incrível história tricolor. Do lado baiano, resta tentar garantir a vaga na Sulamericana e ir desenhando o time para o ano que vem.

Atlético-PR(14º) 2 x 0 Botafogo(17º): No duelo dos desesperados, o excesso de vontade de alguns jogadores alvinegro no jogo anterior atrapalharam, o time sentiu muito a falta de Jobson e Juninho. Agora, resta ao time de General Severiano, vencer o time do Palmeiras dentro do Engenhão, jogo complicadíssimo. Para o Furacão, tranquilidade pois está garantido na Série A e agora apenas encerrar sua participação.

Santo André(18º) 5 x 3 Náutico(19º): O Ramalhão ganhou mais uma semana na UTI, mas não acho que existe cura para a Série B, o jogo teve muitos gols, mas em resumo, o Timbu está rebaixado e o Santo André  apenas adiou uma semana.