Mais uma convocação de Tite, restam poucas vagas…

CoutinhoNeymar.jpg

E o Tite soltou mais uma convocação. Dessa vez para dois amistosos em novembro, no dia enfrenta o Japão em Lille (França), e no dia 14 contra a Inglaterra em Londres. Dois bons testes para preparar o time para Rússia e fechar o grupo de convocados.

E pelo jeito salvo alguma surpresa seja positiva ou negativa, o grupo pouco mudará em relação ao convocado por ele. Da lista final para 2018 com 23 nomes, com toda a certeza 18 já estão definidos.

Ederson, Alisson, Cassio, Dani Alves, Danilo, Marcelo, Miranda, Marquinhos, Thiago Silva, Casemiro, Paulinho, Fernandinho, Renato Augusto, William, Coutinho, Firmino, Gabriel Jesus e Neymar. Se ninguém se lesionar (bati três vezes na madeira), ou tiver uma queda abrupta de rendimento, estarão na Rússia.

Dessa forma, restam 5 vagas.

Uma na zaga, Jemerson foi chamada novamente, é o principal candidato, mas David Luiz, Gil, Geromel e Rodrigo Caio também disputam. Aposto em Jemerson ou Gil, mas não duvido que o Rodrigo fair play Caio apareça.

Na lateral esquerda, Filipe ou Alexsandro disputam a vaga, para mim, talvez seja a maior dúvida de Tite, acho que o momento no primeiro semestre definirá.

As três vagas restantes ficam para peças ofensivas do time entre meias e atacantes. Giuliano, Arthur, Lucas Lima, Diego Ribas, Diego Souza, Taison, Douglas Costa, Rodriguinho, Tardelli e Luan são os pretendentes. Aqui eu destaco cinco que saem na frente, Giuliano, Diego Souza, Taison, Douglas Costa e Tardelli. Acho que ficará entre eles, com chance de Arthur aparecer como surpresa.

Sinceramente, não tem como não concordar com a lista de Tite, é logico que todos temos nossas preferências e poderiam aparecer nomes que sequer foram convocados por ele, mas a lista tem sua coerência.

Do ponto de vista do jogo, apesar do time apresentar um futebol sólido, ainda gostaria de ver Coutinho jogando como atua no Liverpool, mas centralizado a esquerda e próximo de Neymar, o trio Neymar Coutinho e Marcelo pela esquerda é de assustar qualquer sistema defensivo.

E de qualquer forma, seria também uma chance de Tite pensar em variações ao longo do jogo, o time precisa também pensar em formas diversas para atuar nesses meses restante até a Rússia.

E para fechar, na foto Coutinho usa a 8, Neymar a 10, a soma da 18, eu acredito em 18 confirmados para a Copa da Rússia que é em 2018, não pode ser coincidência, o hepta já é realidade. Aliás, “o hepta já é realidade” tem 18 letras.

E vocês o que acharam de mais uma convocação do professor Adenor? Concordam com os 18 que mencionei que já estão na Rússia, ou acham que alguém não está garantido? E quem seriam os 5 restantes para vocês?

Comentem, cornetem, divirtam-se.

Sigam nas redes sociais

Anúncios

Polônia, a cabeça de chave…

Polonia14092017.jpg

Acabei de ler uma notícia que explicava que Brasil e Rússia já estavam certos como cabeças de chave para o sorteio que definiria os grupos da Copa do Mundo, eis que para minha surpresa quando fui ler toda a matéria, me deparei que seguindo os critérios da FIFA, são grandes as chances da Polônia ser uma das cabeças de chave da Copa 2018.

Sim, a Polônia. Sim, ela está em 6º no ranking de seleções da FIFA. O Ranking, para quem não conhece possui a seguinte fórmula, P = M x I x T x C. Onde M é os pontos obtidos na partida (3 em caso de vitória, 1 no empate e 0 na derrota),   I é a importância da partida, que vai em uma escala 1 (amistoso) a 4 (final de copa do mundo), T a força do oponente, medida pela posição dele no ranking no dia da partida e C, o coeficente de relevância de cada Confederação.

Sinceramente, acho um ranking válido para classificar as seleções, busca dar um cenário de como elas andam, quem vem bem e etc. Por exemplo, a Polônia faz boa campanha no seu grupo das eliminatórias, lidera e tem tudo para terminar em primeiro.

Contudo, porém, todavia, pensar na Polônia como cabeça de chave me deixou intrigado, então resolvi pensar em um ranking que respeitasse a campanha das seleções na Copa do Mundo. Fiz um ranking das seleções nas Copas do Mundo pegando as últimas 5 Copas, a sugestão de ranking, campeão 50 pontos, vice, 25, semifinalistas, 15, quartas 10 e oitavas 5. Pronto.

Fazendo a projeção o ranking ficou da seguinte forma, coloquei apenas os nove primeiros: 1º Alemanha 115, 2º Brasil 110,  3º França 85, 4º Espanha e Itália 65, 6º Holanda 60, 7º Argentina 55, 8º Inglaterra 30 e 9º México 25.

Curioso que somente Brasil, Alemanha e o México estiveram presente em todas as fases de mata-mata nas últimas cinco Copa do Mundo.  Até fiz uma projeção contando apenas as últimas três, mudaram a ordem de alguns, mas os 7 primeiros continuaram os mesmos.

E aí, apesar de não achar que a Itália e a Argentina estejam sobrando nas eliminatórias não dá para negar que são seleções que costumam chegar nas fases finais da Copa, mesmo que a Argentina a muito tempo não belisca o caneco.

Gosto do ranking, acho válido como disse para entender o momento atual das seleções e vislumbrar que a Polônia poderá ser um osso indigesto para qualquer seleção favorita na Copa do Mundo,  mas não consigo imaginar que um grupo poderá ter Polônia, Chile, Nigéria e Japão, enquanto outro pode ter Brasil, França, Bélgica e um coadjuvante.

E vocês, gostam da Polônia, cabeça de chave?

Qual a melhor seleção atualmente?

FIFAWolrdPROXI2016

Hoje eu acordei com essa pergunta na cabeça.

Acho que como vai começar a Copa América e já tem todo o borburinho da Eurocopa também, fiquei pensando se eu resolvesse listar quais são as melhores seleções quem é aquela que eu consideraria a primeira.

E aí virou um exercício de potencial, porque mais do que o time joga tentei pensar no que tem de material disponível para imaginar quem tem esse status. Resolvi então listar cinco seleções e depois responder quem eu acho a melhor seleção do momento.

1) Alemanha = Não tem como ignorar os atuais campeões do mundo, uma seleção que vai passando por um processo de renovação natural, porém gradual, o que mantém o time forte, parecem um pouco anestesiados ainda, quem sabe a Euro traga a vibração novamente.

2) Argentina = Da mesma forma, não dá para ignorar o vice e tampouco um time que tem Messi. Isso sem falar em Di Maria, Aguero, Dybala e bota gente na linha de frente que tem, uma seleção com talento individual absurdo do meio para frente, mas que ainda carece tem uma sintonia maior.

3) Espanha = A seleção de Del Bosque parece dar indícios que está voltando a ser forte após a reformulação mais intensa que passou pós título, o time apresenta bons novos valores aliados ao genial Iniesta e alguns experientes jogadores.

4) França = O país que sediará a Euro está com um grupo tão forte e com uma geração com tantos bons valores que estão se dando ao luxo de deixar Benzema de fora, seja qual for o real motivo, mas Payet, Griezmann, Pogba, Ribery, Varane, Matuidi e mais alguns parecem uma seleção que tem tudo para fazer bonito nos próximos anos.

5) Brasil = Podem me chamar de doido, mas fiquei na dúvida entre nós, Chile, Bélgica e Inglaterra, mas o Chile perdeu muito com a saída de Sampaoli, os belgas parecem ser apenas a eterna promessa, Inglaterra é um time com potencial e coloquei o Brasil apenas por um jogador diferenciado. Para mim, em termos de potencial, a única diferença entre Brasil e Inglaterra é Neymar.

Tenho comigo que essa seleção da França seja a melhor do momento, acho que é um time com peças muito boas em todos os setores, além disso uma seleção que pode não ter peças extraordinárias, mas que o conjunto parece que irá dar muito trabalho é o México de Osório.

Aproveitando, aposto no México para a Copa América e na França para a Euro.

E para vocês qual a melhor seleção atualmente?

Palpitando 10.11.2015

Imagem

Vamos seguindo o mês de novembro, nessa segunda rodada quase tudo é seleção, um pouco de Série A, B e a finalíssima da D . Clique aqui para conferir os resultados da rodada anterior.

Veja como ficou a pontuação apenas da rodada passada:
1 – André Russo – 65 pontos
2 – Wagner / Cadê Meu Camisa 10? – 55 pontos

Começa o mês de Novembro, veja os rankings abaixo:
RM101115

RB101115

RG101115

Quinta, 12 de Novembro de 2015
19h00 Equador x Uruguai – Eliminatórias
21h30 Chile x Colômbia – Eliminatórias
22h00 Argentina x Brasil – Eliminatórias

Sexta, 13 de Novembro de 2015
17h45 Bélgica x Itália – Amistosos
17h45 Espanha x Inglaterra – Amistosos
18h00 França x Alemanha – Amistosos

Sábado, 14 de Novembro de 2015
12h00 Rússia x Portugal – Amistosos
17h30 Boa x Bahia – Série B
17h30 Botafogo x Santa Cruz – Série B
17h30 Vitória x Ceará – Série B
19h30 River-PI x Botafogo-SP – Final da Série D
21h00 Paraná x América-MG – Série B
23h30 Pachuca x Cruz Azul – Mexicão

Domingo, 15 de Novembro de 2015
17h00 Cruzeiro x Sport Recife – Brasileirão

A fórmula de Cuca!

Shandong-Luneng

Ontem, já quase no final do dia parei no programa Central Fox, estava esperando minha carona para o meu futebolzinho chegar e fiquei vendo o programa. Em determinado momento, um repórter de campo, estava com Cuca aproveitando sua passagem pelo Brasil para a pré-temporada do Shandong Luneng.

Eis que a apresentadora Marina Ferrari do programa, já nas considerações finais deu um recado para Cuca que era algo do tipo “Cuca, pede para os chineses irem com calma e pararem de roubar nossos craques daqui”.

Cuca, sorridente, responde de bate pronto, algo como “Marina, não! Isso é bom para o futebol, nos dá espaço dentro do nosso futebol”.

A priori achei apenas que Cuca estava fazendo um merchan com o país onde ele joga, mas depois fiquei pensando sobre o que ele havia dito com aquela frase e me surpreendi com alguns aspectos sobre o que ele disse com uma frase tão despretensiosa.

Ao meu entender, ficou claro que Cuca considera que a saída dos grandes jogadores para fora do país, independente de para onde é, torna-se totalmente favorável para a formação da nossa seleção.

A sensação ficou por uma matemática simples, todo jogador que sai depois de mostrar seu futebol por aqui, sai por algum valor apresentado e que encantou alguém em alguma parte do mundo, logo sua saída abre o espaço para o surgimento de outro.

Aí, ficamos com alguém bom fora e produzindo alguém bom por aqui.

Por exemplo, a Inglaterra funciona ao contrário de nós, lá muitos dos principais atletas de todo mundo jogam por lá e quase nenhum dos grandes atuam fora do país (no último jogo do time, todos atuavam na Terra da Rainha), qual o resultado disso, maior dificuldade para procurar atletas em potencial para atuar pelo English Team.

A fórmula de Cuca é simples, a Inglaterra procura seus atletas num raio de apenas 20 clubes do seu campeonato nacional, o Brasil busca no raio de todos os campeonatos do mundo.

É claro que apesar de uma fórmula simples, o processo para que ela funcione ainda é bastante falho, mas a visão de Cuca tem seus pontos positivos.

Concordam?

Ressaca pós Copa do Mundo!!

01neymarpancadaafpodd-andersen

Diga sem pestanejar, qual seleção está apresentando o melhor futebol atualmente?

Nos últimos dias estão rolando jogos das seleções pelo mundo. Sejam jogos valendo vaga na Eurocopa, na Africopa ou simples amistosos, o que importa é que parece que rola uma ressaca da Copa do Mundo ainda.

Vocês concordam?

Basta lembrar que a própria Alemanha, campeã do mundo, parece em uma ressaca eterna, algo como se o país virasse uma espécie de Salvador nesse segundo semestre, emendou a comemoração do título com a Oktoberfest e futebol que é bom, só no ano que vem. O time está sendo renovado, mas não é possível ter esquecido do seu futebol.

A vice-campeã Argentina trocou o comando, mas não entende uma coisa, Messi não irá brilhar como brilha no Barcelona e tudo bem. Contudo, o craque já é o comandante do time e tem ao seu lado Di Maria que anda voando, ainda falta rechear melhor esse time, já que depois disso, principalmente do meio para trás o time não colabora.

E a terceira colocada? Nossa querida Holanda, do craque Robben proibido virar a direita, virou saco de pancada nas eliminatórias da Euro, Sneijder gastou sua última vidinha na Copa do Mundo, Hiddink quis resgatar o tradicional 4-3-3 holandês e está entendendo porque Van Gaal tinha optado por um esquema com tanta gente na defesa.

Itália, Inglaterra e Brasil optaram por conquistar resultados pós-Copa, tem conseguido, mas parecem não convencer ninguém. No caso da Itália é uma pena, apesar da trágica campanha na Copa, a filosofia de Prandelli era uma mudança abrupta, mas positiva para a Azzurra, contudo preferiram voltar ao velho futebol pragmático italiano.

Já o Brasil optou por conseguir resultados para ter paz, contudo, não acredito que Dunga opte pelo resgate do futebol encantador brasileiro, sua filosofia é ganhar títulos, a qualquer custo. Se jogar bem, ótimo, se não, tudo bem também. E a Inglaterra, precisa entender que ela descobriu o futebol e não inventou, a partir daí muita coisa pode mudar.

Além disso, a querida Espanha, depois da geração Tiki-Taka, Del Bosque parece aquele homem que viveu 30 anos com uma mulher e quando ela morre, não consegue nem passar um café para ele, a sensação é que Del Bosque não sabe ainda como montar sua Espanha. Sua principal aposta é na sintonia entre Fabregas e Diego Costa, porém faltam nove jogadores, incluindo Casillas que parece precisar de um periodo de reflexão tal qual Julio Cesar após a Copa 2010.

E aí, alguma seleção tem encantado vocês?