Rapidinhas do Camisa 10 – 06.02.2013

Imagem

Bons amistosos na TV… Hoje é dia de amistosos, e fazia tempo que não via bons confrontos, como os dessa quarta-feira (06/02). Temos Brasil x Inglaterra, com estréia da nova família Scolari, com Julio Cesar e retorno de Gaucho. Holanda x Itália, no duelo particular de Van Persie com Balotelli. França x Alemanha, acredito que será a melhor partida. Além desses, Espanha x Uruguai e Suécia x Argentina são partidas que valem a atenção.

Falando nisso… Aproveitando que estamos falando sobre as seleções. Me agradou muito o time que Felipão escalou, chegou até a me surpreender pela ofensividade do time. Para um amistoso está ótimo, resta saber se Neymar, Gaúcho e Fabiano irão se dedicar na marcação. O time inicial será Júlio Cesar, Daniel Alves, Dante, David Luiz e Adriano, Ramires, Paulinho, Oscar, Ronaldinho Gaúcho, Neymar e Luis Fabiano.

Um pouco de esperança verde… Tudo bem que ainda são apenas especulações, mas ao que tudo indica estão bem avançadas. Kleber (Porto), Diogo (ex-Lusa e Fla) e Ibson (Fla) são ótimas opções para reforçar o elenco palmeirense, Marcelo Oliveira e Charles são bons nomes para compor o elenco. É sutil, mas Paulo Nobre já mostra mais inteligência para montar o elenco do que as recentes gestões do clube.

O surpreendente será o contrário… Valdívia conseguiu a proeza de tornar suas lesões um fato corriqueiro nos jornais, ninguém mais se impressiona com o estaleiro do chileno, em compensação se o chileno embalar cinco jogos seguidos é capaz de ir parar na capa de um jornal.

Imagina na Copa… Bem que a Brahma tentou, mas o término das obras concluídas para a Copa estão mostrando que essa Copa será danada! Na nova Arena do Grêmio, a primeira avalanche levou não só a torcida ao delírio como a tela de proteção e alguns torcedores para o hospital. No Mineirão, nada caiu, mas faltou quase tudo, água, comida e até grama que saia a qualquer jogada no clássico mineiro. Agora, só imagina como será…

Mudando de idéia… Sempre defendi a permanência de Neymar no futebol brasileiro, mas esse início de Paulista me faz repensar algumas coisas. O craque santista sobra nos gramados sulamericanos e para evitar de ser machucado, simula demais as faltas. Acho que chegou a hora dele desfilar seu futebol na Europa, amadurecer dentro de campo e entender de vez o espírito coletivo e que a individualidade aparece quando todos jogam pelo time.

Para não morrer afogado… Ganso precisa ter paciência, assim como torcida. Ele precisará de sequência de jogos para se destacar, mas o que ninguém esperava era o volume de jogo apresentado pelos concorrentes dentro do tricolor. Osvaldo continua em grande fase, Jadson começa a ser tornar intocável, Cañete está voando nessa temporada, Aloísio fez um grande jogo. Ganso precisa de tempo, mas a briga vai ser boa nesse ataque tricolor.

Coisa séria e dessa vez na mão de gente séria… A Europol parece ter um caminhão de informação e provas sobre um velho câncer no nosso querido futebol, a manipulação de resultados. São muitos os jogos investigados e vários jogadores, dirigentes e treinadores estão na alça de mira. Será difícil acabar com esse câncer, mas se conseguirem colocar alguns para verem o sol quadrado, já será um grande passo.

O que o Brasil tem bom e de ruim… Voltando a falar sobre o amistoso, os ingleses soltaram as famosas listas. Dessa vez, dos cinco melhores brasileiros atuando nos campos da Rainha e consequentemente dos cinco piores. Na lista de melhores estão: 1- Juninho Paulista, 2-Gilberto Silva, 3- Ramires, 4- Rafael (lateral) e Elano. Entre os piores: 1-Andre Santos, 2- Afonso Alves, 3- Gomes, 4- Kleberson e 5- Jo

Chelsea melhor que Seleções enquanto o ingresso para qualquer jogo do Chelsea não sai por menos de R$ 300,00, o amistoso entre Brasil x Inglaterra te ingresso sendo vendido a R$ 140,00! Haja prestígio, hein!

Dúvida da semana. A solução para o Pato deslanchar seria jogar em um time diferente por mês?

Anúncios

Rapidinhas Camisa 10 – 16.05.2012

O verdadeiro professor Pardal. Guardem esse nome, Miguel Ángel Lotina, ele é o treinador do Villarreal, ele foi responsável por em uma única tacada rebaixar três times. Como ele rebaixou o Villarreal o Villa B por regra teve que ser rebaixado para a terceira divisão e o Villa C para a quarta divisão.

Duas caras. Acho engraçado como algumas pessoas esculhambam os estaduais, mas quando o time ganha comemoram como se o título tivesse sido o melhor de todos os tempos.

A “nossa” Copa. Segundo Lula, o problema é apenas montar um time, o resto está tranqüilo. Mesmo sabendo que apenas 2 estádios estão dentro do prazo para participar da Copa das Confederações. E olha que o orçamento já foi liberado a vontade.

Depois não reclama. Oscar lamentou não enfrentar o São Paulo devido a convocação, porque iria “adorar liquidar” o rival. Alguém avise para ele que o jogo de volta é no Morumbi. Incitar violência é completamente desnecessária em uma situação já complicada.

Diferença de curto e longo prazo. Agora começam as especulações sobre o mundo da bola e é enorme a possibilidade de termos mais jogadores chegando do que saindo. Contudo, muito deles são jogadores renomados na Europa com alto custo. Os clubes precisam ficar atentos ou comprometerão seus orçamentos rapidinhos. A ilusão da dinheirama da TV vai afundar muito clube por besteira.

Tem gente que se empolga. Esse foi Tevez, após a vitória espetacular do City onde o time faturou o caneco, o time foi as ruas para comemorar e o atacante resolveu entrar na onda de um torcedor e levantou um cartaz com a mensagem “RIP Fergie”, uma clara provocação ao técnico rival Alex Fergunson. O craque argentino e o City já enviaram notas oficiais se desculpando pelo exagero.

O maior artilheiro da seleção… é o Falcão. Comparando as seleções de futebol de campo, areia e salão, o craque do futsal precisa de apenas mais um golzinho para ganhar essa alcunha. Hoje ele tem 336 gols pela seleção, o mesmo número de gols de Neném do futebol de areia. No campo, o maior artilheiro é o rei Pelé com 71 gols.

É Campeão!! Tem que coisas que só acontecem com o Botafogo. O time, depois da dupla eliminação em uma semana, foi lembrado na premiação dos melhores do carioca, por causa do cabelo de Fabio Ferreira. Isso mesmo, o troféu Estilo, foi dado ao “exótico” cabelo do zagueiro.

Boa praça futebol clube!! Falando em Botafogo, adivinhem se o Jóbson não foi afastado novamente por indisciplina.. Jobson já pode fazer parte do time de Fabio Costa, Pepe, Junior Baiano, Felipe Melo, Carlos Alberto, Fabio “Vida Loka” Santos, Paulo Almeida e Marcelinho Paraiba. Berlusconni seria um ótimo dirigente para este time.

Achamos a Kryptonita. Até que enfim, alguém descobriu como deixar Neymar desconcertado. Basta tirar o seu brinco, na festa de comemoração pelo título, algum fã excedeu e sem querer derrubou o brinco do craque e pela primeira vez foi visto um Neymar sem capacidade para driblar essa situação.

Relação ganha-ganha. Acho formidável quando duas equipes conseguem fazer uma transação que os dois times saem reforçados. A troca entre Santos e Flamengo é um típico caso desses. Ibson fará muito bem ao meio de campo do Flamengo, enquanto Galhardo e David Braz são reforços pontuais que possuem total condição de assumirem a vaga de titular e tornar o Santos ainda mais forte. É esperar para ver!!

Dúvida da semana. O Brasileirão começa no próximo final de semana. Quem é o seu favorito para ganhar e o favorito para terminar em último?

Pitacos: Sansão de arrancar os cabelos!!

Galera, ontem foi dia de acompanhar ao clássico San-São.

Que clássico formidável, 3×2 para o São Paulo em um show de Lucas e a mostra que às vezes um futebol desequilibrado e que só pensa em atacar pode funcionar.

Os primeiros 30 minutos foram todos do São Paulo. Foram 10 chutes contra nenhum. No segundo chute dessa sequência, Casemiro contou com o desvio de Dracena para enganar Rafael e abrir o marcador. Os oito chutes seguintes, oscilaram entre chutes perigosos e outros nem tanto. Mas, o São Paulo jogou fora a chance de tentar ampliar o marcador e ir para o chuveiro um pouco mais confartável.

Nos 15 minutos seguintes da primeira etapa, o Santos conseguiu equilibrar um pouco mais as ações, principalmente com Arouca. Ganso e Neymar foram muito bem marcados. Denilson contou com a pouca inspiração de Ganso e Rodrigo Caio foi um marcador implacável de Neymar, o craque praticamente não jogou no segundo tempo. Porém, Caio recebeu um amarelo que iria complicar ele mais tarde.

Veio o segundo tempo, e Muricy promoveu a entrada de Elano no lugar de Ibson. O time santista melhorou e passou a dominar as ações no meio de campo, principalmente com Elano. E em um escanteio cobrado por ele, Dênis saiu mal e a bola sobrou para Dracena empatar a partida. Quase que no lance seguinte, Caio chegou pesado de novo em Neymar, mas se a falta podia ser discutível o conjunto da obra não, Caio levou o segundo amarelo e foi expulso.

Com a expulsão, Muricy resolveu por o time mais pra cima, enquanto Leão tirou Jadson e promoveu a entrada de Piris para repor o setor. Piris podia mais uma vez enfrentar Neymar, assim como na época de Cerro Porteno. A partir daí, O Santos passou a manter mais a bola em seu ataque, e o São Paulo buscava acertar um bom contra ataque e aí surgiu o talento de Lucas.

Em rápido contra ataque puxado pela jóia são paulina, ele lançou Luis Fabiano que tentou driblar Rafael e foi impedido, pênalti marcado para o São Paulo. Lógico que não houve o contato entre Rafael e Fabiano, mas só porque Fabiano pulou, caso contrário seria atropelado pelo goleiro. Se não fosse pela tentativa de Rafael, Fabiano teria marcado o gol, como Fabiano teve que pular para evitar o contato, entendo o pênalti como correto. Luis Fabiano foi para a bola e botou novamente o São Paulo na frente.

E nesse clássico maluco, o São Paulo com um a menos conseguiu pressionar o time santista e jogava melhor quando em um lance isolado, Kardec achou Neymar com espaço. E o craque santista precisou de um único espaço para anotar o seu gol. Essa para mim, é a diferença de um craque, Neymar foi muito bem marcado o jogo inteiro, mas uma bola que ele teve limpa decidiu a partida. Toque de craque!

Mas, o jogo não podia terminar por aí, tinha que ainda reserva uma polêmica. Já nos apagar das luzes, Lucas partiu em outra rápida arrancada e deixou Cortez na cara do gol, o lateral desequilibrado mandou a bola na trave que caprichosamente caiu no pé de Lucas que só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes e premiar sua atuação. O único problema é que Lucas marcou o gol em posição de impedimento.

Individualmente, o São Paulo deve comemorar a recuperação de Lucas e Casemiro, as duas promessas foram os melhores em campo. Outro destaque, foi a dupla de zaga, o time jogou mais próximo uns dos outros, consequentemente, os zagueiros puderam jogar menos pressionados e aí Rhodolfo e Paulo Miranda mostraram suas qualidades. Menção honrosa para Dênis também, quando o idolo aposentar, o time estará em boas mãos.

No Santos, Ganso teve atuação apagada. Arouca foi bem. Elano ganhou pontos dessa vez, em compensação Adriano precisa recuperar tempo de bola, para mim o volante cometeu dois pênaltis e quase não conseguiu desarmar sem fazer falta ontem. Borges está em má fase, e Kardec começa a merecer uma “chancezinha”

De qualquer forma, o São Paulo (mesmo com um gol irregular) foi merecedor da vitória, jogou melhor que o Santos.

Pitacos: Um pouco de magia no clássico do ataque x defesa..

Ontem foi dia de mais um clássico no campeonato paulista.

Tivemos um Santos e Corinthians, que terminou na vitória magra do time do litoral paulista. Mas, no fim o resultado foi bom para os dois.

Bom para o Santos, porque mesmo com uma atuação discreta de Neymar, vê Ganso novamente jogar o fino. Vê Arouca mostrar que Mano continua incoerente. E curiosamente, vê mais um ex-são paulino jogando bem, Juan parece estar mais a vontade com a camisa santista, assim como o uruguaio Fucile.

Bom para o Corinthians, que vê no seu elenco uma grande força, por jogar com um time misto e me assim, mostrar que é um time difícil de ser batido. Mesmo diante do amplo domínio santista, o time se portou bem e mostrou que quando um time possui um sistema bem defensivo, todo mundo joga bem na defesa. Ontem, Wallace e o garoto Marquinhos não comprometeram na defesa. Tenho certeza que se ambos jogassem no São Paulo seriam chamados de perna de pau.

No jogo, o Santos dominou a partida, tomou a iniciativa mas esbarrava na forte marcação corintiana. E ainda por cima, tinha Neymar pouco inspirado na tarde de ontem. As chances surgiam nas boas enfiadas de bola de Ganso. Aliás, como é bom ver ele de novo em forma. Gênio. E tem sido mais participativo na marcação. Enquanto isso, Douglas observava do banco corintiano. O meia é outro que dá gosto ver jogar, possui talento formidável.

E teve que sair dos pés de Ganso, em enfiada mágica para Ibson, o volante só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. Foi o único gol da vitória.

Pelo time do Corinthians, destaque para as atuações de Wallace, Marquinhos e do poder defensivo do time, ontem faltou muita qualidade ofensiva, dava a sensação de que o time poderia jogar por 3 dias seguidos que teria poucas chances de gol. Vale a pena destacar a evolução de Adriano, ainda que lenta, é notável que o jogador parece ter resolvido voltar a ser jogador.

Do lado santista, destaque absoluto para Ganso e para a má fase de Borges.

De resto, os dois times mostram que podem sonhar com bem mais que um simples paulista, seja pela magia ofensiva de um ou pela consistência defensiva do outro.

Pitacos: Isso é Libertadores!!

Ontem foi dia de entender porque a Libertadores é tão diferente dos outros campeonatos.

Consegui acompanhar na íntegra os jogos de Santos e Corinthians.

No jogo do Santos, o time da Vila parecia estar na praia. Quase não sentiu os efeitos da altitude e atropelou o The Strongest em campo. Tanto que abriu o marcador na bola parada. Ganso cruzou e Neymar desviou, o goleiro que estava no meio do caminho deu rebote e Henrique só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Depois do gol, o Santos resolveu tirar um pouco o pé e aí o time boliviano cresceu. Na Libertadores não se pode dar chance ao adversário, porque normalmente ele vai fazer gol nessa chance.

E ainda no primeiro tempo, o The Strongest chegou ao empate. Em cruzamento na área, a defesa ficou olhando e Cristaldo só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

O primeiro tempo continuou aberto com algumas chances para os dois lados, mas acabou empatado.

Veio o segundo tempo e o Santos massacrou o time boliviano, criou inúmeras chances, mas não esperava encontrar Neymar em uma tarde “normal”. O atacante perdeu três boas oportunidades e Elano jogou uma bola caprichosamente na trave. Eu desconfio que foi na Libertadores que surgiu o ditado “quem não faz, toma”.

Pois já nos acréscimos, o The Strongest chegou a virada em cobrança de escanteio. Uma derrota considerada normal, porém, diante das circunstâncias do jogo, três pontos jogados fora.

Individualmente, destaque positivo para Ganso, Ibson e Henrique. Negativo, para Pará e Durval.

Depois foi a vez de ver o Corinthians jogar.

E o Corinthians começou igual ao Santos, se sentindo no Pacaembu. O time dominou as ações e mostrou sua maior característica, a marcação por pressão. Contudo, o time não criava chances reais, apenas Alessandro chegava bem.

E de repente, em um lance casual, na cobrança de um lateral, Chicão e Julio Cesar não se entenderam e Herrera que não tinha nada a ver com isso ganhou um gol de presente. O Táchira fazia 1×0 com 20 minutos de jogo no seu primeiro ataque.

O gol parece ter despertado o fantasma da Libertadores no time corintiano que passou a errar muito os passes próximo da área adversária. O Táchira aproveitou e arrastou o primeiro tempo até o seu final.

Veio o segundo tempo e nada mudou. Tite trocou 6 por meia dúzia, mas era o que ele podia fazer. O time sofria muito com a catimba venezuelana, mas não pode reclamar da sorte. Em lance dificílimo, o bandeira anulou um gol do Táchira. Que com certeza, 9 entre 10 bandeiras marcariam. Sorte do Corinthians em ter o bandeira certo ao seu lado.

Mesmo assim, o jogo foi se arrastando até o final. E a Libertadores deu mais um sinal que como ela é. No último lance, quando o Corinthians já não merecia mais o resultado, a bola foi alçada na área e encontrou Ralf para testar para o fundo das redes. Era o empate com sabor de vitória para o Corinthians.

Destaque positivo do Corinthians, Chicão, Alessandro e Ralf. Negativo, Liédson, Danilo e Jorge Henrique, ambos foram engolidos pela marcação venezuelana.

Rapidinhas do Camisa 10 – 12.10.2011

Já participou da enquete ao lado!! Tá esperando o quê?

Pechincha argentina. Corinthians volta a ir atrás de Tevez e descobre, que dessa vez, basta 20 milhões de euros para levá-lo. Em julho a proposta foi de 40 milhões. O futebol caiu pela metade ou a cortina de fumaça no meio do ano foi frustrada?

Dancing Days. Palmeiras terá uma danceteria no seu estádio, essa foi a primeira grande idéia da empresa que está construindo a nova arena. Sugestão de nome da balada: Família Buscapé esquerdo que saiba jogar bola!!

Peróla da Semana. O professor Adilson Batista descobriu como parar o Barcelona. Segundo ele, basta marcar Messi individualmente! Como que ninguém nunca tinha pensado nisso!

Minha vida mudou. Depois que eu descobri que a ex-namorada do Richarlyson (aquela que saiu na Playboy) passou três meses com ele e que nunca foram para cama, cheguei a conclusão de que Ricky é mesmo um bom moço. Moço pra casar!

Era tudo verdade. Quando nosso querido presidente da CBF disse que “cagava montão” para o que se dizia dele aqui no Brasil, ele estava sendo sincero pela primeira vez. Resultado, fico internado com uma diverticulite.

?????????? “Aqui ninguém vai tirar a calcinha para o Luxemburgo.” Alguém entendeu essa frase do Abel Braga no intervalo do jogo entre Fluminense e Flamengo?

Exílio futebolístico. Estamos criando uma nova modalidade aqui no Brasil, jogadores que estão sendo julgados estão se abrigando no Brasil. Brandão (Grêmio) foi o primeiro, agora Mancini (Atlético-MG), não duvidem nada se no ano que vem Helton (Porto), Hulk (Porto), Robinho (Milan) e alguns outros aterrissarem nesse paraíso criminal.

Herrar é umano! Madson foi dispensando do Atlético-PR por indisciplina. Eu achei que esse tinha sido o motivo da sua dispensa no Santos e no Vasco. Coincidência, não?

Projeto de DVD. Messi irá colocar um chip em suas chuteiras, visando melhorar sua performance (ainda mais?!). Já fiquei sabendo que Marlos (SP), Tinga (Pal), Moradei (Cor), e Ibson (San) também estão dispostos a mapear suas “grandes atuações”.

Falta ou sobra muita coisa? Adriano disse no final da sua estréia que ainda falta muita coisa, que a torcida precisa ter paciência. Eu acho que na verdade ainda sobra muita coisa no Imperador.

Ainda existe amor. Lembram do Kléber Pereira? Hoje, o goleador está jogando no Moto Club do Maranhão, seu do time do coração. Apenas um detalhe: sem receber nenhum centavo, apenas pelo prazer de jogar no time do coração.