Pitacos da 24ª Rodada

Estão deixando ele chegar!!!

Estão deixando ele chegar!!!

Mais uma daquelas rodadas que o Jason acha que o campeonato virou uma comédia ao invés de filme de terror. Foi daquelas rodadas que só o mais otimista são paulino poderia acreditar. Além disso essa rodada serviu para mostrar a força do Galo que com o elenco completo é muito forte e ainda vai incomodar nesse brasileirão. Vamos aos pitacos:

Vitória(12º) 3 x 2 Palmeiras(1º): Parece que todo o time que enfrenta o Vitória entra na correria deles, ontem foi a vez do Palmeiras. O jogo foi corrido, lá e cá o tempo inteiro. O resultado final foi fruto da incompetência de dois ídolos do time, Vagner Love e Marcos estiveram em tarde infeliz, além da demora de Muricy em mexer no time, Obina jogou 10 minutos totalmente machucado. Pelo lado baiano, destaque para Neto “Firula” Berola, o menino é bom, deu trabalho para a defesa palmeirense, mas exagera na firula e o veterano Ramon que deu as cartas no jogo, tudo passou pelo o seu pé. No lado palmeirense, na minha opinião só o Armero e Robert se salvaram, o colombiano fez uma excelente partida, soube aproveitar a avenida que Apodi deixa e o atacante estreiou bem com dois gols. Alguns palmeirenses dirão, continuamos líder. Ok, se isso conforta vocês, tudo bem…

Internacional(2º) 2 x 3 Cruzeiro(13º): Pelo amor dos meu filhinhos, diria Silvio Luiz. Me perdoem, meus amigos colorados tão frequentadores deste blog, mas o time de vocês está sofrendo de amarelão crônico, assim como o meu tricolor sofria no começo deste século. É inaceitável, o time não vencer dentro de casa, foram três pontos jogados no lixo. Como faz falta Índio e Bolivar nessa zaga. Do lado cruzeirense ficou a certeza que Gilberto foi uma excelente contratação. Os dois times são excelentes, o time mineiro demorou para sair da ressaca pós-Libertadores e o Inter insiste em não engrenar. Uma pena.

Atlético-MG(4º) 2 x 1 Atlético-PR(14º): E o Galo voltou!!! O Atlético-MG mostra que com o elenco total vai brigar forte pelo título. Alia-se a isso o fato de que o Galo vem se reforçando com peças que podem não ser formidáveis mas contribuirão e muito ao time. Do lado paranaense só resta se preocupar para fugir do rebaixamento, mas acho que o Furacão não cai, o time depois que Antonio Lopes assumiu criou um padrão tático interessante, que promete conseguir os pontos para fugir desta incomôda situação.

Santos(9º) 1 x o Santo André(17º): O sonho do time santista é chegar no G4 para garantir a vaga na Libertadores, o sonho do time do ABC paulista é permancer na Série A. Pelo jogo, podemos dizer que foi um pesadelo para ambos os torcedores. O que dizer de um jogo fraco tecnicamente que termina em 1 x 0 com gol de Germano, nada contra o bom volante santista, mas ele é destruidor de jogada e só. Pelo time do Ramalhão resta rezar muito para escapar do rebaixamento, pelo alvinegro praiano resta torcer para que o Senador de Tocantins faça valer seu salário astronômico. Duvido que os dois times consigam atingir suas ambições.

Náutico(16º) 0 x 2 Grêmio(6º): E o Grêmio conseguiu ganhar fora, e o melhor está chegando na parte de cima da tabela. No meu ponto de vista o time gaúcho tem um dos melhores elencos do país e tem em Souza um excelente comandante do time. E o Jonas, hein.. Fez mais um e empatou com o Imperador na artilharia do campeonato. Pelo Náutico, resta continuar o seu trabalho, pois o time pernambucano tem tudo para continuar na Série A pela fragilidade dos seus adversários.

Barueri(8º) 3 x 1 Goiás(5º): Falar sobre esse jogo é mais do mesmo, será chover no molhado. Vejam só, o time da Arena mostrou que é um bom time, cheio de jogadores nota 7 que fazem do time a grata surpresa e dificilmente o Barueri não terminará nessa posição. O time goiano, meu querido Robin Hood, segue sua sina, os jogadores do esmeraldinho devem estar loucos para a próxima rodada, onde aí sim pegam sua vítima favorita, um time grande, o Corinthians que se cuide.

Botafogo(18º) 0 x 0 Fluminense(20º): Olha, era melhor ninguém entrar em campo, assim poupava os jogadores. Todo torcedor deveria ter direiro a entrar com um processo de difamação, o que aconteceu lá foi tudo, menos uma partida de futebol. Os cariocas se abraçaram juntos e o segundo tempo o que se viu, foi o desespero puro nos jogadores. Acho difícil, o Botafogo escapar do rebaixamento, o Fluminense…. nem preciso dizer nada, seu lugar está garantido.

Ele é o cara!

Demorei para me render a sua genialidade, não por achá-lo ruim, mas por acreditar que seu período de brilhantismo havia acabado. Mas ontem ele definitivamente me calou. Ronaldo foi Fenômeno!

O Corinthians não fez um partidaço, pelo contrário foi um time acuado, esperou o time do Santos. E o Santos abusou do direito de perder gols, principalmente com o artilheiro Kléber Pereira.

Ele é o cara das bolas paradas!

Ele é o cara das bolas paradas!

O jogo começou como o último jogo entre São Paulo e Corinthians. Com o Corinthians no contra ataque com o ferrolho montado para impedir as chances criadas pelo Santos.

Mas o Santos se mostrou mais competente que o tricolor e soube criar as oportunidades, o que faltou foi talento para concluir. E como os sábios do futebol dizem “quem não faz, toma”, e em uma bola parada Chicão cobrou com perfeição e abriu o placar. Castigo para o time santista.

O Santos continuou criando chance de gol da mesma forma que as perdia. Eis que o gênio surgiu, em dois lances de pura maestria, Ronaldo mostrou porque é um fenômeno.

Ele e o Ganso foram os melhores do lado santista.

Ele e o Ganso foram os melhores do lado santista.

No primeiro dominou um tijolo como se fosse a coisa mais simples do mundo e rapidamente concluiu para o fundo das redes santistas. O VT com ele dominando a bola deveria ser visto por todos os atacantes brasileiros, quem sabe assim nossas safras melhorariam.

Aí veio o terceiro gol corintiano, segundo do Ronaldo. Bola lançada, Ronaldo domina já driblando o zagueiro, olha em volta e vê: alguns marcadores santistas, Fábio Costa adiantado e seus companheiros chegando. Ele fez o improvável, com um toque sutil encobriu Fábio Costa e fez um golaço.

Detalhe, todo o tempo que você demorou para ler o que ele viu, e resolveu quando você ainda lia “alguns marcadores”. Incrível, somente os craques tem esse poder.

Ele é o CARA!

Ele é o CARA!

O Santos não merecia sair tão derrotado.  O time santista mostrou um futebol superior ao corintiano, mas o que decide é bola na rede, e o Corinthians tem Ronaldo. Destaques para Ganso e Madson do lado santista que fizeram uma boa partida, mas o Kleber Pereira jogou fora as oportunidades criadas por eles.

Aspecto negativo da partida, foi a troca de “gentileza” entre Chicão e Germano, ambos deveriam ser indiciados e suspensos. Coisa feia. Para o próximo jogo, o Santos perdeu Roberto Brum e Fabão.

Fico difícil para o Santos, acho que agora sim o campeão pintou.

Nos outros estaduais, no Rio um empate e nada decidido ainda, enquanto em Minas, o Cruzeiro destroçou o Galo, 5×0 é sacanagem.

Tentaram estragar!

Sálvio Spinola, Domingos e Diego Souza, tentaram estragar a excelente atuação do time santista, mas não conseguiram.

Como era de se esperar, o Santos veio armado para contra atacar o time palmeirense, o que o time da baixada não esperava era um Palmeiras tão apático ofensivamente. Diante da apatia, o Santos armou seu esquema para aproveitar as costas do limitado Fabinho Capixaba, aí foi uma festa, com os endiabrados Mádson e Neymar, o Santos jogava tranqüilo. Era questão de tempo para sair o gol santista.

E ele veio, após uma chutão de Fábio Costa, Roberto Brum desviou, Neymar dominou e tocou com categoria para o invocado baixinho Mádson completar para o fundo da rede. Daí pra frente o que se viu, foi o desespero tomar conta do time palmeirense.

santos-190409O Santos que não tinha nada a ver com a história mostrou ser um time de gente grande, trocou passes e envolveu ainda mais o atordoado time palmeirense. E foi em uma dessas trocas de passes que Neymar surgiu sozinho na cara de Marcos, o zagueiro Maurício Ramos derrubou o atacante. Pênalti para o Santos e Maurício Ramos foi merecidamente para o chuveiro mais cedo. Kleber Pereira converteu e ampliou o desespero palmeirense.

Eis que quando o Palmeiras mostrava estar totalmente entregue, apático, como se já tivesse jogado a toalha, o improvável aconteceu. Fábio Costa que se acostumou a crescer nas decisões engoliu um frango daqueles memoráveis do incansável Pierre, nada que como ele mesmo disse o ponha em cheque, o saldo positivo está bom. E assim acabou o primeiro tempo.

Veio o segundo tempo e parecia que tudo seria igual, a única mudança foi a postura do “querido” Sálvio Spinola, que passou a se tornar confusa, economizou cartões para o time palmeirense, foi hesitante em alguns momentos. Nessa altura, o time palmeirense era uma ilha chamada Diego Souza, o jogador era o único que mostrava vontade em querer reverter o jogo. Vontade essa que muitas vezes foi misturada com carregar demais a bola e descontrole.

palmeiras-190409

E todo mundo percebeu esse descontrole, tanto que Mancini colocou Domingos para marcar o meia. O zagueiro entrou em campo, falou umas bobagens no ouvido do jogador e pronto. Os dois se estranharam, e Sálvio Spinola expulsou os dois jogadores. Aí depois disso, não teve mais futebol. O que se viu foi a tentativa de Domingos de concorrer ao Oscar, a vontade de Diego Souza participar do próximo Ultimate Fighting e o Mádson correndo com a bola e tomando “bicuda” de todos os marcadores do Palmeiras.

Em resumo, o Palmeiras mostrou que possui um elenco completamente imaturo. O time não tem capacidade de reagir quando leva o gol, outro aspecto apesar de Vanderlei saber da importância de possuir um elenco e não somente um time, o Palmeiras não possui um elenco, foi mal planejado, possui vários atacantes bons, não possui nenhum zagueiro de qualidade, tem dois laterais esquerdos e nenhum lateral direitos, o meio campo depende da formação titular pois não possui peça de reposição.

Mas isso não é problema, né, Luxa? Com o dinheiro da Traffic, no meio do ano dá pra comprar um monte de gente.

Sobre o Santos, é difícil falar em uma partida onde o time atuou tão bem. Mas vejo o Santos muito forte para a conquista do título, o time encontrou na hora certa sua dupla de zaga, seu padrão de jogo, Germano mostrou a que veio. E o quarteto de frente está voando, Ganso, Patinho Feio, Mádson e o Vovô Pereira está jogando por música.

Pode ser precipitado, mas acho que pintou o campeão.