E aí, cadê o seu camisa 09?

romarioronaldo

Damião, Luis Fabiano, Paolo Guerrero, Henrique, Alecsandro, Fred, Jô, Barcos, Rafael Moura, todos eles representam o famoso centroavante. Jogador de área, finalizador, que tem faro de gol.

Alguns podem até sair mais da área, fazer pivô, mas sua principal função é ser o homem gol do time.

Quando olhamos a relação, vemos Fred e Luis Fabiano como ainda bons nomes e Guerrero e Barcos como outros bons nomes. Agora, se fosse não tivesse um centroavante e precisar contratar, quem além desses quatro, você investiria sem medo?

Os demais da lista estão em grandes clubes, mas não necessariamente são grandes jogadores. Damião é o nosso Fernando Torres, seu futebol sumiu, voltou para várzea ou algo do tipo. O restante, não inspiram confiança.

Tanto é que Galo e Mengo estão atrás de atacantes gringos. O mineiro já fechou com o bom Lucas Pratto, enquanto o Mengo sonda Lucas Barrios.

A pergunta que fica é: acabou o camisa 09?

Eu acho que não, eu acho que ele se reinventou. Guerrero é o exemplo mais próximo do que é o atual 09 no mundo. Lewandowski, Ibrahimovic, Benzema, são os craques dessa função.

Logo, não consigo pensar em nenhum brasileiro. Nem bom, nem apenas atual. O único que me vem em mente é Diego Costa e que simplesmente se naturalizou espanhol e aprendeu a jogar assim lá, não aqui.

O que fica evidente é que a função mudou, mas nós não arrumamos ela na base, nem no profissional, nem em lugar nenhum, apenas vemos e decidimos agora importar centroavante.

Acho um pouco absurdo, o país que se entitula do futebol, importar a principal peça, quem faz gol.

Nada contra Guerreros, Barrios, Barcos e Prattos, mas o Brasil pode abrir as portas para eles jogarem em nossas novas arenas, mas principalmente devemos fabricar esses caras por aqui.

E aí, cadê o seu camisa 09?

Anúncios

Porque não Fernando Torres?

FErnandoTorres

Você gostaria de Fernando Torres no seu time?

O atacante espanhol conseguiu criar uma condição inimaginável, surgiu como um craque no Atlético de Madrid, teve ótima participação no Liverpool e decidiu ir para o rival Chelsea, lá parece que a macumba dos torcedores vermelhos fez efeito.

Torres vem atuando de maneira péssima, ruim mesmo, e ainda por cima contabilizando gols perdidos inacreditáveis. Foram três anos no Chelsea e agora caiu na Itália, no Milan, para tentar ganhar confiança, ou de repente uma mudança de ares ajudá-lo, mas ele não joga, vê Inzaghi adaptar Honda e El Sharaaway para fazer o que ele não faz mais. Seus gols.

Entre Madrid e Liverpool, foram 316 partidas com 147 gols, média de 0,46. Uma média razoável. Contudo, entre Londres e Milão, a situação é 120 jogos para 21 gols, ou seja, média de 0,175. Zé Love tem 35 gols em 161 jogos, média de 0,21. Apenas como efeito de comparação.

E hoje li que o Milan está cogitando devolver Torres ao Chelsea, só que o Chelsea pensa em “doá-lo” para qualquer clube.

Sinceramente, não sei qual a expectativa de Torres, se ele ainda acredita que pode receber muito, que ainda tem espaço nos grandes clubes, se a ficha caiu, porque não trazê-lo para o Brasil, já pensou?

Seria uma tremenda ação para o nosso campeonato. Imagina ele no Mengão, aposto que a Magnética tiraria a zica dele, faria ele feliz de novo, eu voltaria a marcar gols. Ou imagina ele no Indepêndencia com a camisa do Galo, só mandando para dentro as bolas mais absurdas que sobrariam para ele. Usei dois exemplos, mas qualquer clube poderia aproveitar o nome do jogador.

O idioma não seria um problema, trazer agora seria ótimo, porque ele teria os estaduais para entender o nosso futebol. O que seria bom, porque estadual serve para recuperar auto-estima de jogador, faz uns 7 golzinhos no estadual, contra Democratas, São Bentos e Bonsucessos e de repente você ganhou um atacante internacional no seu plantel.

Porque não Fernando Torres no Brasil?

Que fúria!!!

Espanha 140609A seleção da Espanha mostrou neste domingo porque é a primeira colocada do ranking da Fifa e atual campeã da Eurocopa. A Fúria massacrou a modesta Nova Zelândia por 5 a 0 na estréia das duas seleções na Copa das Confederações e mostrou que é, de fato, uma das favoritas ao título.

Com o resultado, a equipe do técnico Vicente Del Bosque manteve uma invencibilidade de 33 partidas (não perde desde 15 de novembro de 2006, quando foi superada pela Romênia por 1 a 0) e assumiu a liderança do grupo A com três pontos. Iraque e África do Sul, que empataram em 0 a 0 mais cedo em Johanesburgo, dividem o segundo lugar com um ponto. De quebra, a Espanha já tem o artilheiro da competição: Fernando Torres, que anotou três gols na partida.

Dá gosto ver essa seleção espanhola jogar, principalmente pela facilidade em preencher os espaços vazios no campo, o meio campo da Espanha é totalmente diferenciado, e isso que jogou sem Iniesta e Marcos Senna que estão fora dessa competição.

Que jogão!

Ontem, graças ao feriado conseguir assistir ao jogo do campeonato inglês, Liverpool x Arsenal. Que jogo!

Só para se ter uma idéia, o jogo acabou 4×4. A partida foi incrível. O time do Liverpool hoje junto com o Barcelona, são times que estão resgatando a idéia de que “a melhor defesa é o ataque”, ambos os times estão jogando um futebol pra frente.

Arshavin, fez os quatro gols do time dele.

Arshavin, fez os quatro gols do time dele.

Tá certo que no jogo de ontem, muito dos gols que saíram foram por culpa de falhas grotescas da defesa. Mas vale ressaltar que essas falhas surgiram porque os times marcaram pressão o tempo inteiro.

É impressionante, como o jogo na Europa anda mais, nossa arbitragem tem mania de parar o jogo para tudo. Lá não, só falta-falta é marcada.

Benayoun fez um gol que poderia ser chamado de suicida, pela coragem que ele teve em se jogar contra a trave e a trava da chuteira do zagueiro.

Benayoun fez um gol que poderia ser chamado de suicida, pela coragem que ele teve em se jogar contra a trave e a trava da chuteira do zagueiro.

Destaques de ontem, ficam para o projeto de craque, Arshavin que fez os 4 gols do Arsenal ontem, e para a dupla de ataque Fernando Torres e Benayoun, o primeiro é um matador nato cheio de recursos, o segundo é muito voluntarioso e não tem medo de ir pra cima e tentar a jogada.

Bom, dá gosto de ver o time do Liverpool jogar. Dunga abre o olho, Fábio Aurélio é seleção. Aliás, só pelo o que o Fernando Torres está jogando aposto na seleção espanhola como favorita para a Copa do Mundo 2010.

You’ll Never Walk Alone!

Vemos jogos dos campeonatos europeus, e por muitas vezes nos simpatizamos com algum time estrangeiro, no meu caso possuo times que procuro acompanhar é o Milan e o Liverpool, no caso do primeiro é mais um carinho apenas, já o segundo, sou praticamente torcedor da equipe, admiro muito como o time do Liverpool joga sob o comando do treinador Rafa Benítez.

Liverpool comemorando o Champions League - fonte: google.com

Liverpool comemorando o Champions League - fonte: google.com

E ontem aconteceu algo quase inesperado, mas não para o Liverpool. Ontem os Reds enfrentaram o Manchester na casa do adversário, e o Liverpool arrasou o Manchester com um sonoro 4 x 1.

Destaque para dois jogadores, Fernando Torres e  Steven Gerrard, são dois jogadores fantásticos, outro jogador que merece destaque é o Fabio Aurélio, ex-lateral do São Paulo.

Steven Gerrard: melhor do mundo? - fonte: google.com

Steven Gerrard: melhor do mundo? - fonte: google.com

Aliás sobre o Gerrard preciso concordar com o Zidane, o cara joga muito e  hoje é um dos candidatos a melhor do mundo, e aproveitando o que o Sidney Nadal disse aqui nesse blog, é possível sim algum inglês ser o melhor do mundo.

Gerrard é daqueles jogadores que aliam disciplina tática com habilidade, outra característica incrível que ele possui é o poder de decisão dele, todo jogo importante o homem aparece, começo aqui minha campanha para “Gerrard como melhor do mundo”.

Dois votos ele já tem, o meu e o do Zidane. E vocês possuem algum time europeu no coração?

Resumo do fim de semana

Fala Galera !

Vamos falar sobre o que aconteceu nesse fim de semana, nos principais campeonatos no Brasil e no mundo.

Pelo Paulistão, o grande destaque foi a derrota do São Paulo para o time do Santo André comandado pelo “gigante” Marcelinho Carioca. Em Itu o Santos meteu 6 bolas na trave e como o que vale e bola na rede, vitória do time do Ituano, Corinthians no sábado e Palmeiras no domingo venceram seus jogos e ocupam o 2° e 1° lugares respectivamente.

Google

Marcelinho Carioca - Fonte: Google

No Carioca, pelo grupo A Fluminense enfim desencantou, o Vasco venceu mais uma vez, mas quem lidera é o Americano, pelo grupo B Flamengo e Botafogo mantém 100% de aproveitamento e lideram o grupo.

globoesporte.com

Reinaldo - Fonte: globoesporte.com

Na Espanha, o Real fez a sua parte no sábado e venceu fora de casa a equipe do Numancia, mas para que tem Messi vencer é um detalhe e o craque argentino precisou jogar só o segundo tempo e determinar a vitória para a equipe da Catalunha. Agora Barcelona tem 56 pontos, seguido pelo Real Madrid com 44.

globoesporte.com

Messi - Fonte: globoesporte.com

Na terra da Bota, o campeonato deu uma movimentada nesse fim de semana, mesmo jogando em casa Juventus e Inter de Milão tropeçaram enquanto o Milan que foi à Roma enfrentar o time da Lazio mostrou força e venceu por 3×0 com grande atuação de Kaká, Pato e Beckham. A classificação ficou Inter 50, Milan 44 e Juventus 43.

globoesporte.com

Beckham - Fonte: globoesporte.com

Na Inglaterra, Felipão segue sem vencer um clássico, no domingo viu seu time tomar dois gols após os 40 minutos da segunda etapa do excelente atacante espanhol Fernando Torres e assim perder o o confronto para o Liverpool por 2 x 0. Enquanto isso, no sábado o Manchester venceu com placar apertado mas com os jogo nas mãos. Agora sobrou para o Liverpool correr atrás do Manchester.

Google

Fernando Torres - Fonte: Google