Por que não Douglas Costa?

douglascosta010716

E para fechar a semana, vamos falar da seleção olímpica!

Na verdade, entre uma escolha e outra, gostamos de parar na questão sobre os acima de 23.

E aí, eu pergunto, por que não Douglas Costa?

Sinceramente, não seria minha opção, fico preso a ideia de experiência, de um jogador que contribua com a molecada para acalmar os ânimos, para não deixar o impeto do jovem jogar contra em alguns momentos, acho importante sabe dosar e essa molecada na grande maioria, excede em determinados momentos.

Porém, quem realmente tem essa expertise, qual atleta é uma referência dentro do nosso futebol para os jovens, que faz um papel de mentor? E soma-se o fato de ser temido pelos rivais? Eu busquei, busquei, busquei, cheguei com muito custo no Kaká, por ser o último melhor do mundo fora a dupla Messi-CR7.

Mas Kaká não parece o mesmo e nunca foi um grande conselheiro e lidera pelo exemplo, corre mais que todos e faz os outros se sentirem mal por isso. Para os jovens, falta aquele cara que senta e fala, escuta aqui moleque e blablabla…

Eu gosto muito do Renato, do Santos, além de jogar o fino, organiza o meio e vive em um clube onde cuidar dos jovens é obrigação diária para ele, porém é um desconhecido do público estrangeiro, ou melhor, é nada temido.

Os demais, na sua maioria zagueiros, não teriam a liberação de seus clubes.

Sendo assim, eu volto a pergunta, por que não Douglas Costa?

Se eu não tenho nenhum atleta experiente e de alta performance disponível, porque não levar os dois melhores brasileiros em atividade pelo mundo?

Quem jogou mais que Neymar e Douglas nessa temporada?

Posso entender que faria escolhas diferentes que o Micale, mas não dá para questionar seu raciocínio, é lógico, tem tudo para funcionar e deixou a responsabilidade de tiozão do time apenas para Prass, lá na frente, os rivais que marquem o melhor ponta do Barça e o melhor ponta do Bayern.

Aliás, só fazendo o adendo, em nenhum momento tinha pensado no Prass, mas ainda bem, achei a escolha ótima, é o melhor goleiro do momento no quesito experiência e performance, além de parecer um cara querido por todos no meio.

O ouro é garantido, nunca é, conseguimos criar um fantasma na nossa história do futebol sobre a competição, mas entre as 6 Olimpiadas que eu lembro, 92 ainda era muito moleque para levar a sério, esse parece o time menos pressionado, mais solto para poder atuar, quem sabe.

E quem sabe o gol do título não seja de Douglas Costa, e aí, perguntarei novamente:

– Por que não Douglas Costa?

 

Anúncios

E se o campeonato acabasse na 4ª rodada?

marquinhosgabriel300516

O campeão seria o Grêmio! Aliás, a dupla gaúcha terminaria dividindo as duas primeiras posições, mas o tricolor ficaria com o caneco.

Os comandados de Roger possuem dez pontos em quatro jogos e a marca interessante nesse início de não ter levado nenhum gol. O time tem mostrado bom conjunto e dá sinais de que a traumática eliminação da Libertadores já ficou muito no passado.

Completando o G4, está a sensação Santa Cruz do ótimo Milton Mendes e o Corinthians que parece aos poucos voltando ao normal, porém São Paulo (5º), Flamengo (6º) e Fluminense (7º) que estão empatados com o time de Tite, porém com saldo de gols inferior.

Destaque inclusive para a vitória do tricolor paulista no clássico contra o Palmeiras, apesar do placar mínimo, o time mostrou que será um time difícil de ser batido e que poderia ter ganhado com maior folga se não fosse por Prass.

O destaque de atenção é para o Galo, o time parece ainda patinando na recuperação pós eliminação na Libertadores, muito pelos desfalques, mas também tem ainda um “quezinho” de confiança. É time para brigar na ponta da tabela, mas precisa reagir rápido antes que fique tarde.

Na parte debaixo da tabela, Figueirense e América-MG dão indícios que terão dificuldades para sair dessa zona, enquanto Sport tornou-se imprevisivel e o Cruzeiro precisa ver quanto tempo o time precisará para entender Paulo Bento.

Por fim, a rodada voltou a decepcionar nos gols, foram apenas 19, com 4 vitórias dos mandantes, 3 empates e 3 vitórias dos visitantes. O meu destaque individual será apenas pelo gol, fiquei entre o drible desconcertante de Kelvin no veterano Zé Roberto, ou o golaço de Marquinhos Gabriel, em respeito ao Zé, coloquei Marquinhos na foto.

E para vocês, como seria se o campeonato acabasse na 4ª rodada?

Nossa safra de goleiros!

2002-041098-_19700609

Depois da atuação do Fernando Prass contra o Fluminense, seu nome foi levantado como possível goleiro de seleção.

Contudo, gosto de reforçar quando as convocações de seleção surgem, goleiro é confiança, mais do que momento. O treinador precisa se sentir seguro com ele no gol e consequentemente, passar tranquilidade para o grupo.

De qualquer forma, se existe uma posição muito bem servida no Brasil é a de goleiro. Talvez não exista nenhum excepcional atuando no seu auge físico, porém existem vários bons goleiros.

Aliás, dizer que não tem nenhum excepcional é pouco de precipitação, sempre digo que um jogador se mede após o seu encerramento ou a vias de encerrar. No gol, Buffon e Ceni são os grandes nomes que vi jogar, não só a qualidade técnica de defender, mas o que fizeram na posição. Neuer, é outro que ainda no começo, vem aperfeiçoando a função, e tem tudo para entrar nesse altar dos goleiros.

Voltando para o nosso campeonato, na Série A, considero apenas o Avaí detentor de um titular mediano, os demais todos possuem bons goleiros defendendo as metas.

Entre os considerados menores, Weverton, Lomba e Danilo Fernandes são os grandes destaques. Aliás, o último, salvo uma sequência desastrosa nesses 6 jogos finais, é o meu goleiro do Brasileirão.

Danilo pegou muito, várias vezes nesse campeonato.

Escolher quem merece ir para a seleção é sempre muito injusto, porque só um será titular, e no máximo três farão parte do grupo. E hoje nosso país tem pelo menos 11 postulantes a vaga.

A única coisa que questiono em Dunga é a não definição de quem são, até porque já disse, a segurança para o grupo começa em todos saberem quem é goleiro.

E só para não perder o costume, irei listar cinco goleiros, o titular, os dois reservas e mais dois, caso alguém esteja impossibilitado de participar.

Titular: Diego Alves
Reservas: Cavalieri e Jefferson
Eventuais: Victor e Grohe

Abs,
Thiago Campos

Mala branca pode?

26mar2014---a-policia-do-piaui-prendeu-dois-homens-que-carregavam-uma-mala-de-dinheiro-falso-em-teresina-1395858743219_956x500

Fernando Prass resgatou um tema muito delicado no futebol. A famosa mala branca.

Em entrevista coletiva, o goleiro palmeirense comentou sobre um possível incentivo para o Flamengo vencer o jogo contra o Vitória. Já que o time carioca não tem pretensões nenhuma no campeonato.

“O prêmio para vencer, se você ganha do seu clube, não tem problema nenhum. Isso existe há muito tempo, normalmente se ganha por vitórias”, disse  o atleta para depois ser questionado diretamente sobre o tema. “Se eu já recebi (de outro clube) para vencer jogo? Sim” disse Prass.

Prass irá ser julgado por essa declaração e poderá ficar 2 anos suspenso. Mas, com todo respeito a Prass, a punição dele pouco importa, até porque não faço marketing para o STJD. O que mais me intriga é sobre o ato.

Acho muito curioso você pagar para um outro time vencer. Primeiro pelo atestado da sua incompetência, segundo porque você dá a entender que o outro time não jogará para vencer a partida.

Vou aproveitar a situação levantada para exemplificar. O Flamengo não tem pretensão nenhuma no campeonato, porém, Luxa está aproveitando esses jogos finais para promover testes, definir elenco 2015 e até mesmo explorar variações táticas.

Agora, fico pensando, esse time do Flamengo precisa mesmo de “motivação extra” para vencer a partida? Estendo a questão para qualquer outra situação, todo o atleta precisa inicialmente ter espírito de competição, quem não joga uma partida pensando em vencer?

Se um clube recebe após a partida um agrado pela ajuda, pode até ser gentil, uma forma de agradecimento, ou qualquer outra coisa que você queira entitular, só acho que nunca pode ser chamado de incentivo para a vitória.

Eu já acho o bicho pela vitória um absurdo. O salário que o jogador recebe inclui querer vencer uma partida, mas isso fica para outro tópico.

E para você, mala branca pode?

Rapidinhas do Camisa 10 – 26.03.2014

Guedex_20140318A

Show de criatividade… Marco Polo Del Nero culpou a falta de criatividade dos clubes pela baixa audiência nos estádios. E de criatividade ele entende, já que as quartas terão os seguintes confrontos considerando a classificação geral: 01º x 06º, 02º x 08º, 03º x 04º e 05º x 13º. Extraordinário!

Nada que 12 mil dólares não resolvam.. Foi dessa forma que mais um caso de racismo foi resolvido. O Real Garcilaso sofreu essa multa e ponto final. Os macaquinhos peruanos poderão continuar indo ao estádio tranquilamente e continuar soltando suas onomatopeias a vontade! Se precisar, o clube paga!

Agora, eu entendi.. porque nosso querido Pelé disse para que parassemos com as manifestações contra a Copa. Nosso garoto-propaganda estima ganhar com suas aparições na telinha e tudo mais, algo em torno de R$ 58 milhões de reais. Praticamente, um garoto-propaganda padrão Fifa.

Mal gosto… Tentei pensar em outros “adjetivos”, mas achei melhor ficar apenas com esse. A propaganda da rádio Transamérica no programa Papo de Craque sobre o metrô é triste e completamente inadequada. O assunto foge da área de esportiva, mas como é feita por um programa que fala de futebol, achei válido trazer à tona. A propaganda em si, já é ridícula, no momento atual então se torna completamente inconcebível. Para quem se interessar, segue o link da propaganda.

Um time é composto por 11 jogadores… “Criaram essa coisa de melhor ataque do mundo e isso sempre atrapalhou. Era realmente um grande ataque, mas o resto do time era muito fraco. É só pegar o elenco e olhar. Além disso, era muita bagunça. O fracasso em campo era apenas um reflexo de tudo que acontecia do lado de fora. Todo mundo via aquela zona. Não tinha como dar certo” a frase é de autoria de Sávio, e se refere a denominação melhor ataque do mundo dada a ele, Romário e Edmundo.

Neto Berola x Bob Faria… “Chupaaaaaaa Bob merda Faria! So sabe cornetar,so pq não pago pra falar bem de mim,agora vc vai ter motivos pra poder falar mal de mim seu Ma…… do c…! Aqui é Galo e pode torcer contra!” continuando as declarações poéticas. Dessa vez, Neto Berola usou o Instagram para desabafar contra o repórter do Sportv. Bob Faria pode até ter exagerado nas críticas, mas Berola ainda precisa comer muita farinha para esculhambar o repórter desse jeito.

Será mesmo? O site Last Sticker vazou as figurinhas do tão esperado álbum da Copa. Segundo o site, quem aparecerá pela seleção brasileira serão: Júlio César, Thiago Silva, David Luiz, Daniel Alves, Marcelo, Dante, Ramires, Paulinho, Luiz Gustavo, Hernanes, Oscar, Bernard, William, Robinho, Neymar, Hulk e Fred. O fato de ter 17 é normal para um álbum que dificilmente arrisca colocar os 23, a questão é Robinho estar nessa lista! Como o próprio atacante disse em seu Twitter, Será?

Faz sentido… “A torcida do Fluminense pichou os muros da sede de Laranjeiras com a frase: ‘Time de segunda; diretoria de terceira’. Poderia ter completado: ‘Tapetão de primeira'” (de Renato Maurício Prado, no ‘Globo’)

Os melhores da terra da garoa… De acordo com o site Footstats e baseando apenas em critérios estatísticos, a seleção do Paulistão seria: Prass, Daniel Borges, Lucio, Antonio Carlos, Alvaro Pereira, Hudson, Arouca, Cicero e Geuvanio, Luis Fabiano e Kardec. Concordam?

Dúvida da semana… O Arsenal é o Botafogo da Europa?

Displicência: um pecado que termina em 1×0.

Palmeiras 07032013

Galera do blog, ontem eu acompanhei os jogos de Palmeiras e Corinthians pela Libertadores. Os dois jogos terminaram 1×0 para o time adversário, mas os resultados poderiam ser bem diferentes.

Vamos começar pelo Palmeiras, o time alviverde foi para a Argentina preocupado demais com a violência do time adversário e com uma possível recepção hostil da torcida local e abdicou de jogar no primeiro tempo. Aliás quase não teve futebol no primeiro tempo, os times foram excessivamente burocráticos e com pouca movimentação.

Veio o segundo tempo e o jogo só melhorou com as entradas de Maikon Leite e Patrick Vieira, o time ganhou mais velocidade e Valdivia começou a aparecer no jogo, foi quando o Palmeiras começou a perder gol atrás de gol, culminando com Kleber que ao tentar dar um drible a mais jogou fora uma chance claríssima de gol para o alviverde.

Para piorar o castigo veio logo depois. Em cobrança de falta que encontrou Ferreira livre que jogou a bola para dentro da pequena área, Prass hesitou e Penalba só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Resultado injusto pelo o que o Palmeiras criou, mas existem algumas considerações. Patrick Vieira tem que ser titular, a promessa está bem melhor que Wesley, o jovem me lembra o Julio Baptista que passou pelo São Paulo, jogador muito forte, mas com boa velocidade, para mim com ele o time fica mais intenso e Valdivia aparece mais para o jogo.

Na classificação, o Palmeiras tem uma boa tabela agora, faz duas partidas em casa e a única fora é contra o rival mais fraco, é possível fazer 7 pontos ou até mesmo 9 e terminar classificado para a próxima fase.

Indo para o jogo do Corinthians, lá tivemos mais futebol. Os dois times buscaram mais o jogo durante os noventa minutos e a partida teve mais alternativas.

O time do Tijuana é um time bem montado, tipicamente mexicano, marcação firme e jogo de muita profundidade pelas laterais, mesmo assim o Corinthians não fez um grande jogo, mas conseguiu criar mais oportunidades.

É fato que o alvinegro sofreu no início para se adaptar ao gramado sintético e para suportar a famosa “pressão inicial” dos times mandantes, mas com o passar do tempo, o time equilibrou a partida e chegou a ter dois gols com Paulinho impedido.

No segundo tempo, o Corinthians dominou ainda mais o jogo e controlou a posse de bola para evitar que os mexicanos assustassem e obteve sucesso nos primeiros quinze minutos. Na primeira tentativa de pressionar mexicana, eles conseguiram um gol. Em bola parada e falha de Cássio, os mexicanos chegaram ao gol com Gandolfi. Lance duvidoso, que inicialmente pareceu normal e depois a Globo tratou como impedido.

Dali em diante, foi o Corinthians tentando buscar o gol pressionando a defesa mexicana e os mexicanos buscando Riascos ou Martinez (o Neymar equatoriano) para puxar o contra ataque.

No fim, o resultado não foi anormal, mas o Corinthians poderia ter ao menos saído com o empate da partida. De qualquer forma, nada que vá atrapalhar a classificação do time para a próxima fase.

Em tempo, sobre o lance do impedimento, abomino qualquer imagem de TV com o lance parado, é impossível determinar se aquele “freeze” da imagem é no exato momento que a bola saí. Olhei algumas vezes o VT do lance com a bola em andamento, sem ficar parando a imagem, e para mim não há o impedimento.