A diferente noite dos goleiros

image

E ontem a Libertadores voltou para os brasileiros!

Todos os cinco clubes entraram em campo ontem para o início das oitavas de final da competição.

E podemos olhar a participação de todos pela ótica dos goleiros, quase todos tiveram papel fundamental no placar do seu time.

Cassio foi o primeiro a entrar em campo, foi o único a jogar fora do Brasil, talvez por isso tenha se sentido abandonado, logo no começo do jogo uma saída errada em um cruzamento quase rendeu o primeiro gol do Guarani.

Porém, ele guardou o melhor (pior na verdade) para o final, melhor nem tanto final assim, eram 15 do segundo tempo quando uma falta de longa distância passou por ele de forma constrangedora.

Tudo bem que o time não ajudou nada no restante do tempo, mas Cassio foi peça chave para o Guarani sair do Paraguai com uma boa vantagem.

Depois os outros quatro goleiros entraram em campo, dois no Morumbi e dois no Independência.

E aí, os dois que jogavam fora de casa como Cassio havia acabado de atuar, foram os destaques, mas por garantir ao seu time que o resultado não fosse pior.

Alisson pegou bem demais para o Inter, retardou o máximo possível o empate do Galo e quando não deu mais para evitar, o Galo também não tinha mais tempo para tal.

O mesmo fez Fábio diante de um Morumbi lotado (recorde de público pós Copa), evitou a qualquer custo a vitória tricolor, foram três grandes defesas, no final o ovacionado Centurion ainda conseguiu vencer a barreira Fábio para garantir a vitória são paulina, mas ficou de bom tamanho para a Raposa.

Ceni e Victor não chegaram a ser meros espectadores, mas nem de longe tiveram um dia tão agitado.

Anúncios

Os “sims” do Futebol!!

Futebol imita a vida, ou a vida imita o futebol.

Ontem, foi daqueles dias repletos de partidas. Acompanhei Atletico de Madrid 1×0 Juventus, Botafogo 2×3 Santos e vi o segundo tempo de Corinthians 2×0 Atlético-MG. Comecei vendo um argentino levar a Libertadores para dentro da Champions League e terminei vendo uma dancinha ridicula do Mano Menezes que parece ter adquirido o mesmo complexo de Dunga.

Mas, entre essas partidas, assisti ao jogo do Santos e vi Robinho jogar. É impressionante a relação de Robinho com o Santos, ele nasceu para jogar lá, tanto que durante a transmissão na TV, o comentarista Ledio Carmona disse “eles (Santos e Robinho) foram feitos um para o outro, igual a um casamento”.

E aí fiquei pensando na questão do matrimônio que Ledio mencionou. Primeiro, achei bacana porque a visão dele ainda considera o lado romântico de tratar um casamento como um laço perfeito entre duas pessoas. Depois, fiquei ainda pensando como essas relações jogadores-clubes representam por muitas vezes algumas relações que acontecem ao nosso redor.

Ceni – São Paulo: Essa é aquela relação de casamento da família tradicional apostólica romana. Se casaram por conveniência, e aprenderam a se gostar. Hoje se amam, ninguém imagina um, sem falar do outro, se fosse um casamento real, estaria comemorando bodas de diamante. Seria aquele casamento que você só visualiza no seus avós, acha muito bacana, mas vire e mexe concorda que será bem díficil algo parecido acontecer nos dias de hoje.

Valdivia – Palmeiras: Sabe aquele casamento que você olha de fora e não entende porque dá certo. Que fica a sensação de que um é muito diferente do outro, que normalmente pedem um tempo, para pensar, mas no final não conseguem viver sem? Então, assim é o chileno e o alviverde. O Chileno abusa do Palmeiras, faz o que bem quer, mas lá no fundo, algo faz o Palmeiras acreditar nele. É como se fossem filhos de pessoas criadas na relação acima, portanto forçam um casamento infeliz porque entendem que é obrigação dos dois fazer ele dar certo.

Fabio – Cruzeiro: Uma espécie de casamento arranjado. Fabio era feliz no Vasco, Cruzeiro era feliz com Gomes. Mas, todo mundo entendeu que seria melhor para eles largarem seus amores e apostarem em uma relação direita. E assim fizeram, muito religiosos aceitaram que a escolha fosse feita por outros. Tanto é que você não enxerga que um precise tanto do outro, mas estão lá, a 10 anos e possuem um carinho imenso um pelo outro. Carinho e só.

Existem aqueles como Diego Souza, Luizão (centroavante), Romário e entre outros que gostam de casar. Gostam tanto, que casaram com vários clubes, uma espécie de jogador Fabio Junior, bobeou, tá casando. Existem os casamentos tipo Denilson Show, que enquanto esteve no São Paulo amou de verdade o clube, mas depois quando foi para o Palmeiras amou também o alviverde, a ponto até de destratar o ex-amor.

E por fim, Ledio despertou meu imaginário por causa de Robinho que parece ser feliz apenas no Santos, e me fez comparar os casamentos reais com os casamentos do futebol. Mostrando mais uma vez que o futebol imita a vida. Qualquer dia desses, escreverei sobre como o jogador em campo, reproduz muito da personalidade dele no dia a dia.

A primeira lista de Dunga: 19/08/2014

Dunga31072014

E saiu a data da primeira convocação de Dunga, será dia 19 de agosto.

E aí, eu pergunto quem fará parte dessa lista? Muita coisa vai mudar? Quem serão as surpresas?

O Cadê Meu Camisa vai tentar pelo perfil do treinador e por convocações quando o mesmo comandou a seleção tentar desvendar um pouco essa lista.

Goleiros: Acho que a principal mudança será a titularidade de Fábio. Dunga, sempre gostou muito do goleiro e recentemente disse que Fabio era o melhor goleiro brasileiro. Os outros dois ou apenas mais um que ele levará continuará entre Victor, Cavalieri e até mesmo Diego Alves.

Laterais: Por mais que todos estejam saturados de Maicon e Dani Alves, precisamos entender que no curto prazo não existe outro. Rafinha (Bayern) é tão velho quanto Dani, portanto acho que na direita pouca coisa muda. Já na esquerda, Filipe Luis será o titular, enquanto Marcelo banco.

Zaga: Acho que nossa dupla titular e que agora terá entrosamento no PSG continua junto. É capaz de mais um ex-PSG e ex-companheiro de Thiago Silva, aparecer. Alex (ex-Santos, atualmente Milan) foi convocado algumas vezes por Dunga, e possui entrosamento com Thiago. Para a quarta vaga, acho que Dunga cederá a justa pressão popular e levará Miranda.

Volantes: Para mim, Lucas Leiva e Ramires serão a dupla de volantes. Depois disso, é um grande mistério para mim. Acho Fernandinho e Paulinho possuem chances, mas não duvido que Sandro reapareça ou qualquer outra novidade por aqui.

Meias: Hernanes e Oscar devem compor esse meio de Dunga inicialmente. Everton Ribeiro e William pintam como os candidatos para compor o elenco. Aqui novamente, outros nomes como Kaká, Ganso, Phillipe Coutinho também são candidatos.

Ataque: Sinceramente, Neymar e só. Eu não tenho a menor idéia do que Dunga fará aqui. Aqui no Brasil, temos poucos nomes de destaque, apenas Ricardo Goulart (o Thomas Muller brasileiro), lá fora, Firmino (mais um daqueles que nunca apareceram no Brasil, fez uma grande temporada na Alemanha e pode ser uma aposta.

Assim, a lista  que o Cadê Meu Camisa 10 acha que Dunga divulgará dia 19 é essa (acredito que os titulares serão os destacados em azul):

Goleiros: Fabio, Victor

Laterais: Maicon, Dani Alves, Filipe Luis, Marcelo

Zagueiros: Thiago Silva, David Luiz, Alex, Miranda

Volantes: Lucas Leiva, Ramires, Fernandinho, Paulinho

Meias: Hernanes, Oscar, Everton Ribeiro, William e Phillipe Coutinho

Atacantes: Ricardo Goulart, Firmino e Neymar.

Rapidinhas do Camisa 10 – 12.02.2014

1896873_1870012813139449_1530855453_n

Naturaliza já.. Já que a Copa é no Brasil, e nossas regras para naturalização são mais fáceis de alterar e pelo bem da Copa, acho que poderíamos naturalizar Ibrahimovic. O sueco está lá todo desamparado porque não vai poder jogar a copa e de repente, o Brasilzão está aí sem um centroavante de ofício. Imagina na Copa.

判斷 … Paulo André resolveu levar seu Bom Senso (判斷) para a China. O jogador aceitou uma proposta irrecusável e vai para o outro lado do mundo. Aposto que se pedisse para a CBF, ela até ajudaria com o dinheiro para a contratação. Agora, Alex e Ceni são as principais liderança do Bom Senso dentro do Brasil.

Estrela solitária firme… Me surpreendeu a postura do Botafogo ontem na estréia da Libertadores, não pela vitória ou pela superioridade técnica sobre o atual campeão argentino, mas pela vibração e garra dos jogadores. O time parece que foi mergulhado no espírito da competição (espírito inventado, porque esse brio deveria acompanhar qualquer time e sempre) ganhou do San Lorenzo na bola e no coração. Ainda não é nada, mas já é bastante.

Galo forte e vingador, mas nada convincente… Já o atual campeão venceu, mas não convenceu. O jogo foi horrível e o Galo mostrou a mesma ineficiência apresentada contra o Raja Casablanca, achou um gol com a dupla Ronaldinho e Jô já quase no apagar das luzes. Vitória boa, para o time ganhar tranquilidade, mas Autuori precisa mostrar ao que veio.

A Copa não é bem para todos… Quando a Copa foi anunciada, um dos lemas é que atingiria o país todo, porém depois do anúncio de todas as seleções sobre os seus locais de hospedagem, vemos que apenas 09 estados e 26 cidades, sendo que 15 seleções ficaram em São Paulo e 26 na região Sudeste.

Mais choro e menos beijinho… Vem da Itália mais uma história no mínimo curiosa. Pela Copa da Sicília o duelo ntre Borgata Terrenove e Bagheria, terminou 14 a 3 para o Bergata. O problema é que os últimos 8 gols foram contra, feitos em apenas 6 minutos. Mais uma vez, uma partida ela está sendo investigada. Se foi combinado, foi muito mal feito, se foi protesto, a causa era séria.

Império do amor ou do terror? Parece chover no molhado, todas as dúvidas que pairam sobre o retorno de Adriano ao futebol, porém dessa vez um sentimento de necessidade ronda nossas cabeças. Se até o final do ano passado, ninguém se importava mais se Adriano voltaria ou não, a dúvida sobre Fred fez com que muitos acendessem uma vela pedindo juízo ao Imperador. Se decidir jogar por 6 meses, ele é tranquilamente melhor do que qualquer centroavante brasileiro.

Momento Ilha de Caras… “Não sei quem ele é. Tem cara de bandido? Se tiver, é bem a cara dela. E ainda fala espanhol? A Bárbara só deve se comunicar com ele beijando muito mesmo” declaração de Monique Evans sobre o affair entre Paolo Guerrero e sua filha Barbara Evans.

Você sabia que…que essa “seleção” a seguir estará fora da Copa; Fabio (Cruzeiro), Rafinha, Miranda, Henrique, Rafael, Ralf, Elias, Ganso, Diego, Lucas e Robinho.

Dúvida da semana… Se era para mudar o elenco inteiro, precisava mandar o Tite embora?

Pitacos: Só me restou levantar, olhar para minha TV e aplaudi-lo. Um show!

Galera do blog, a 28ª rodada se foi e com ela duas goleadas, Ronaldinho em noite iluminada, Fred decisivo e o São Paulo enfim ganhou uma partida decisiva. A rodada teve 26 gols, 7 vitórias dos mandantes, 2 empates e apenas 1 vitória dos visitantes.

A rodada que começou na quinta em virtude das eleições, começou muito mal. A primeira partida foi o insosso 0x0 entre Flamengo e Bahia. O time carioca está oscilando muito nesse segundo turno, se alguns times embalarem na parte debaixo, o rebaixamento pode ficar bem próximo. Para o Bahia que começou o segundo turno avassalador, esse empate é importante para somar pontos.

O Coritiba venceu a Ponte Preta pelo placar mínino anotado por Deivid. O time paranaense começa a escapar do rebaixamento, como já disse anteriormente, o time é muito melhor do que a posição que ocupa. Já a Ponte parece ter sentido a saída de seu treinador e tem grandes chances de trocar de posição com o Palmeiras.

Para fechar a quinta, a Barcelusa voltou a dar o ar da graça. Com três gols de Bruno Mineiro, a Portuguesa atropelou o Sport por 5×1. O Sport parece pronto para fazer companhia para Figueirense e Atlético-GO na Série B em 2013. Já a Lusa, precisa se preocupar em como conseguir manter o elenco para 2013, existem ótimas peças e os grandes times já estão de olho.

O sábado começou com o clássico paulista. O São Paulo dominou completamente a partida e venceu por 3×0 o Palmeiras. Foi nítido que após o terceiro gol, o time tirou o pé, a escalação de Denilson e Wellington juntos foi fundamental para o resultado, permitiu um equilíbrio para o time que não há com Maicon. Já o Palmeiras, resta juntar os cacos pois durante a semana tem mais decisões.

Santos e Inter empataram em 1×1 dentro da Vila Belmiro. Foi a melhor partida do Santos sem Neymar no time, foi longe de ser uma boa atuação, mas o time esteve mais equilibrado e Bernardo conseguiu produzir alguma coisa. Já o Colorado melhorou na segunda etapa, até poderia sair com a vitória, mas o time que mais empata não poderia pensar em resultado diferente.

O Naútico continua a conquistar seus pontos dentro do Aflitos, o time tem 32 dos 37 conquistados em seus domínios. Anteontem, a vítima foi o Corinthians que perdeu por 2×1. Fabio Santos e Paulinho sairão de lá com duas lembranças, o primeiro voltou com uma boa dor nas costas e o segundo pelo reencontro com seu pai antes de começar a partida.

O Vasco foi a Goiânia e conseguiu um ótimo resultado ao vencer por 1×0, gol de Juninho Pernambucano. O gol saiu apenas aos 41 do segundo tempo, mas o time carioca dominou a partida, mas tinha dificuldades para furar a barreira goiana. O Vasco parece que acertou na hora certa, enquanto o Dragão já se contentou em jogar as próximas partida e quando der aprontar alguma.

Parece replay, Fluminense vencendo um clássico por 1×0, gol de Fred. A única diferença é que dessa vez, o adversário foi o Botafogo. O Fluminense não tem brilhado em campo, mas tem sido muito eficiente e conta com Fred em ótima fase, o Botafogo até fez um jogo parelho, principalmente com Seedorf e Elkeson, mas não foi suficiente.

O Grêmio venceu o Cruzeiro por 2×1. O jogo poderia ter sido mais fácil para os tricolores, porém Fabio estava em noite inspirada e evitou uma goleada gremista, além disso, o Grêmio foi surpreendido e terminou a primeira etapa perdendo por 1×0 em falha de Marcelo Grohe. Na segunda etapa, os reservas viraram o placar e Fabio evitou uma tragédia para a Raposa.

Para acabar, a iluminada noite de Ronaldinho Gaúcho. Todo mundo sabe, o quanto considero ele questionável, mas quem viu o primeiro tempo no Independência lembrou daquele mesmo Ronaldinho que fez um Santiago Bernabeu se levantar para aplaudi-lo, eu fiz o mesmo em casa. O jogo terminou 6×0 para o Galo, Ronaldinho fez 3 e deu duas assistências, só não participou do último, provavelmente porque não quis.

O mercado da bola quer a Raposa!!

Após uma semana sem futebol em Terra Brasilis, as especulações sobre quem vem e quem vai começam a todo o vapor.

Porém ao invés de me dedicar a falar sobre vários times, tenho achado curioso o desmanche que o Cruzeiro pode sofrer devido ao assédio dos times brasileiros.

Começando pelo goleiro Fábio, que sofre sondagem do Corinthians para reforçar o gol na Libertadores.

Na zaga Gil e Léo também receberam sondagens, o primeiro também está na mira do Corinthians.

No meio de campo aumenta o assédio, Fabrício é por enquanto o único de partida. O volante deve anunciar na quarta-feira seu acerto com o São Paulo. Charles já foi. Marquinhos Paraná sofre assédio do Sport e parece entender que seu ciclo também se encerrou na Raposa.

Montillo é objeto de desejo de Corinthians, Fluminense e São Paulo. O campeão brasileiro é favorito a vencer a disputa, pois está em estágio mais avançado das negociações com o jogador. O problema é grana, o Cruzeiro não abre mão de receber menos do que os 15 milhões de euros.

Na frente, a reformulação é mais forçada pelo próprio time do que por assédio. Anselmo Ramon, Ortigoza, Keirrison e Farias não caíram no gosto da torcida e a tendência é que não continuem no grupo.

O curioso disso tudo é que o Cruzeiro lutou para fugir do rebaixamento até a última rodada. Ou seja, o elenco não rendeu nada em 2011. Mas como se trata de um time que esteve junto por alguns anos, todos (os rivais) entenderam que existem boas peças que apenas não tiveram um bom ano.

Antes que alguns comentem, é diferente da situação do São Paulo, no tricolor, a diretoria deseja fazer uma limpa. Na celeste, os adversários querem fazer à limpa.