Burro com sorte, inteligente e com asa…

levirculpi-atleticomg-fernandomartins-6

Lógico que é só o início.

Lógico que é apenas pré-temporada.

Mas o ínicio do Atlético-MG ontem foi arrasador.

O Galo enfrentou o Shakthar e venceu por 4×2, sendo que o time mineiro chegou a abrir 4×0 nos ucranianos. O time que começou foi Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson, Douglas Santos, Leandro Donizete, Rafael Carioca, Luan, Carlos, Datólo e Pratto.

Um time leve, extremamente leve. Com um proposta de jogo ofensiva, com dois volantes que sabem jogar e um trio a frente muito rápido e de muita movimentação. E Pratto confirmou as expectativas. Tem faro de gol e ótima movimentação, características do novo centroavante.

Levir parece ter achado uma fórmula para deixar os garotos que subiram a vontade. Dodô é uma grata surpresa, desde a reta final do brasileiro do ano passado e mesmo no jogo de ontem, o menino mostra um futebol diferenciado.

Entre os times brasileiros da Libertadores, a única real incógnita é o Inter, pois os demais pouca coisa mudaram, portanto a expectativa era de melhora nos demais devido ao entrosamento. Contudo, depois de ver Corinthians e Cruzeiro não esperava um início tão bom do Galo.

O Galo começa o ano muito bem, o time já está leve, e Levir mostra que a proposta de jogo mesmo sem Tardelli será a mesma, jogar para cima.

Levir já pode dizer que além de Burro com sorte, é bom inteligente e com asa, pois o Galo começou voando.

Anúncios

Te cuida Argentina!!

Dunguinha 17092014

Você viu a convocação da seleção para o superclássico das Américas e amistoso contra o Japão?

Eis a lista de Dunguinha paz e amor para esses jogos:

Goleiros: Jefferson (Botafogo) e Rafael (Napoli)

Laterais: Danilo (Porto), Dodô (Inter de Milão), Filipe Luis (Atlético de Madrid), Mario Fernandes (CSKA)

Zagueiros: David Luiz e Marquinhos (PSG) , Gil (Corinthians), Miranda (Atlético de Madrid)

Volantes: Elias (Corinthians), Fernandinho (Man. City), Luiz Gustavo (Wolfsburg), Ramires (Chelsea)

Meias: Oscar e Willian (Chelsea), Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart (Cruzeiro), Coutinho (Liverpool)

Atacantes: Robinho (Santos), Diego Tardelli (Atlético-MG) e Neymar (Barcelona)

Basicamente, ele trocou as peças reservas nas laterais. Se na convocação passada Fabinho e Marcelo foram levados, nessa Mario Fernandes e Dodo.

Gosto de ambos, bons jogadores, ainda jovens e com potencial. Dunga ressaltou que a situação de Maicon é pontual e que se ele merecer com suas atuações pode voltar tranquilamente, mostrando que foi um ato de indisciplina simples e que serviu de bode expiatório para os outros entenderem. A única curiosidade que fica é se Mario Fernandes vai para seleção dessa vez?

Para quem não lembra, Mario em 2011 foi convocado por Mano e simplesmente recusou a seleção.

Curioso ver uma defesa formado por Marquinhos e Dodô, ambos oriundos da base do Corinthians, porém vendidos a preço de banana e agora destaques na Europa.

A permanência de Robinho indica que Hulk pode ter perdido sua vaga com Dunga. A explicação por email através do médico do clube, o retorno rápido do atleta, fez com que Dunga optasse por manter Robinho, mostrando que não engoliu muito a história da lesão.

Entre as ausências, Dunga falou apenas de Thiago Silva e explicou que como o retorno da lesão é recente, ele vai esperar para convocar o jogador.

Sobre as demais ausências, acho que as maiores expectativas ficam sobre o quarteto ofensivo do São Paulo. Acho que Dunga irá abrir espaço para eles, contudo ainda tem bastante tempo para isso e ele irá esperar o rendimento de todos durante esse período.

E vocês o que acharam? Quem chamariam?

Rapidinhas do Camisa 10 – 23.11.2011

Casa da Mãe Joana Enquanto vários times procuram decidir sua situação no BR-2011, os cariocas vivem um dilema. Na última rodada, teremos dois clássicos, Vasco x Flamengo e Botafogo x Fluminense, mas apenas um poderá jogar no Engenhão. Em tese, o Botafogo é o dono do estádio e possível mandante. Mas só possível.

Férias antecipadas. Já que ninguém mais liga para a arbitragem, o STJD resolveu tentar ser protagonista nessa reta final do Brasileirão. O orgão decidiu adiar mais uma vez, os julgamentos de Abel Braga e Emerson. A idéia é que eles consigam vencer por a revelia. Estou falando dos jogadores, viu..

Foco míope. Tá certo que a entrada de Bolivar em Dodô foi criminosa, digna de prisão. Mas será que só ele é o vilão? Apenas para lembrar, o árbitro do jogo, nem falta marcou nesse lance. Acho que a culpa esta muito exclusiva.

Pra ficar na história. Já que Ronaldinho Gaúcho continua preocupado com sua falta de dinheiro, o Flamengo buscou outra forma de marcar sua história nesse campeonato brasileiro, o time tem tudo para terminar o ano sem nenhum penalti a favor do time. Quanto azar, hein!?!

Más línguas Já corre o boato, que mal o Adriano fez seu primeiro gol, ele já começou a arrecadar dinheiro. O cofrinho que o diga.

Solução caseira. Há quem jure que foi graças a pimenteira colocada no vestiário que o time palmeirense começou a mostrar resultado. Entre choros e bocas secas, o Palmeiras segue com sua preocupação em melhorar sua Flora.

Você sabia que… nada menos do que 15 das 19 vitórias do Corinthians foram por apenas um gol no Brasileirão e que, se chegar ao título, será o campeão da era de pontos corridos que mais sofreu para vencer seus jogos?

Modelo Tim Maia. Kléber passou de sábado para domingo, para terça e agora para quarta. Até agora ninguém reclamou de suas ausências. Mas o Grêmio já preparou sua festa de apresentação. Alguns já decidiram acompanhar de perto e chamá-lo de Zinho.

Chá de sumiço Quase que imediamente quando a onda denúncias ganhou força de vez. Ricardo Teixeira se ausentou. Ninguém sabe se ele está preparando sua defesa, ensaiando seu curso, ou ficou com medo de pegar doença contagiosa.

A dúvida dos Manos dos manos. Todo mundo sabia que essa hora ia chegar, mas e agora como decidir? Luis Fabiano, Imperador e Fred parecem desejar a camisa 9 da seleção mais uma vez. Quem merece essa chance??

Domingão de futebol…

Galera do blog, ontem acompanhei dois jogos pela TV, e dois ótimos jogos, primeiro Santos x Palmeiras na Vila Belmiro e depois Flamengo x Vasco no Maracanã. Segue o que eu vi em cada jogo:

Santos 3 x 4 Palmeiras: Admito que fui surpreendido, não pela derrota em si, mas pela recuperação do time palmeirense e pelo grande segundo tempo que foi a partida. O Santos teve tudo para liquidar a partida ainda no primeiro tempo, mas cometeu duas bobeiras no final dele e deixou o Palmeiras empatar, isso foi fundamental para o resultado final.

O jogo começou como era esperado, com a molecada do Santos indo para cima do Palmeiras com tudo, Neymar e Robinho pelos flancos do campo e André no centro do ataque. Apesar de toda a pressão, não estava fácil para o time do Santos criar uma chance real, porém logo aos dez minutos Pará fez sem querer o primeiro gol da partida. O jogador foi lançado na esquerda e ao tentar cruzar para André errou o cruzamento e mandou no ângulo de Marcos. 1×0 Santos.

O Santos continuou jogando em cima do Palmeiras e foi premiado aos 30, Ganso fez ótimo lançamento para Neymar que bateu errado na bola, mas mesmo assim a bola foi para o fundo da rede caprichosamente. Parecia que o Santos iria ganhar com tranquilidade, porém no final do primeiro tempo, o Santos relaxou e o Palmeiras aproveitou dois lances isolados para empatar a partida, dois gols de Robert. Desse jeito, terminava o primeiro tempo.

O segundo tempo veio em grande estilo, o Palmeiras melhorou muito na segunda etapa, e o jogo virou um partidaço. Até que Diego Souza que voltou a fazer boa partida pelo Palmeiras foi premiado com um gol, a partir daí o jogo ficou aberto, era o Santos indo para o ataque com tudo e o Palmeiras contra atacando perigosamente. E o alvinegro praiano achou o empate com o baixinho Madson que apareceu livre dentro da área e bateu no canto de Marcos.

Com o empate, o Santos se empolgou e foi com tudo para cima do Palmeiras, mas Neymar exagerou na empolgação e entrou muito forte em Pierre, expulsão correta. Com um a mais o Palmeiras soube aproveitar os espaços e Robert acertou uma bomba para dar números finais a partida. Grande jogo, grande vitória palmeirense!

Flamengo 1 x 0 Vasco: No clássico carioca, a partida merecia mais gols, aliás oportunidades não faltaram para também acontecer um 4×3 no Maracanã, porém Fernando Prass e Bruno tiveram atuação de gala ontem, o goleiro flamenguista inclusive pegou dois pênaltis, ambos desperdiçados por Dodô.

Logo no começo do jogo, uma chance para cada lado. Na primeira, Vinicius Pacheco dominou a bola sozinho na grande área e bateu para o gol, mas Fernando Prass fez grande defesa. No troco, Dodô deu lindo drible em Alvaro e chutou, a bola tinha endereço, porém desviou em um defensor rubro negro e saiu.

E esse seria o desenho da partida inteira. Chances claras para os dois lados, porém parava nos goleiros, nos zagueiros, nas traves e tudo que pudesse dificultar aquilo que Parreira chama de detalhe, o gol, parecia que precisava ser de bola parada, para os atacantes terem mais tranquilidade na hora da conclusão.

E aos 35, o Vasco teve um pênalti a seu favou. Coutinho foi derrubado na área, na cobrança Dodô foi tranquilo demais para a bola, beirando o sonolento, bateu fraco no canto direito de Bruno que caiu e agarrou a bola. O primeiro tempo acabava sem gols.

Começou o segundo tempo e logo veio a presapada do juíz,ele marcou um pênalti inexistente a favor do Flamengo. Na cobrança, Imperador não perdoou e abriu o marcador. Fora isso, o segundo tempo continuou da mesma forma que o primeiro, chances claras para os dois lados, mas o gol tava difícil. Para manter a semelhança com o primeiro tempo, o Vasco teve outro pênalti a seu favor. Seguindo todo o ritual, para ficar igualzinho os dois tempo, Dodô se preparou para bater do mesmo jeito, bateu no mesmo canto e o resultado foi o mesmo, defesa de Bruno.

Em resumo, foi um grande jogo, onde qualquer time poderia ter saído vencedor, só fico triste porque o único gol da partida, saiu em jogada irregular.

Recorde, Invencibilidade e uma tentativa de futebol em São Januário.

Ontem assiti a dois jogos, um da Copa Do Brasil e outro da Libertadores.

Vasco 0 x 0 Souza-PB: O jogo foi ridículo, a torcida como protesto não compareceu após a derrota para o Botafogo na Taça Guanabara e consequentemente parece que o time também não estava com vontade. O time conseguiu se classificar por causa de uma vitória magra no jogo de ida na Paraíba. O momento do Vasco é de apoio, a torcida precisa ajudar, o time estava sendo montado e possui muito potencial, não adianta jogar pedras nesse momento.

Sobre o jogo não tem muito o que comentar, o Vasco não conseguia trocar passes, parecia completamente fora de sintonia. A torcida hostilizou Dodô e Mancini, não concordo, acho ainda prematuro começarem as críticas ao time. Contudo o Vasco precisa reencontrar seu eixo e manter seu planejamento estipulado, fator de sucesso no ano passado.

Once Caldas (COL) 2 x 1 São Paulo: Um tempo para cada time, e a certeza de que o Once Caldas não é nada disso, aliás como bem dito por muitos, a primeira fase da Libertadores é para fazer turismo. Porém os São Paulo em duas falhas individuais tomou os gols que decretaram a derrota. O time mostrou evolução coletiva, mas algumas peças individuais mostram que precisam melhorar muito para jogar no São Paulo. Ceni se tornou o maior artilheiro do São Paulo em Libertadores e Rodrigo Souto estreiou. E o time colombiano mantém uma invencibilidade em seu estádio de 18 jogos na Libertadores, o time nunca perdeu em Manizales.

Durante o jogo, o São Paulo mostrou melhoras a respeito do padrão tático, ainda não concordo com Jorge Wagner de lateral esquerdo e Marcelinho de atacante. Tanto é verdade que Marcelinho jogou bem apenas contra a Portuguesa quando jogou na meia de lá pra cá jogando no ataque não está rendendo nada. O São Paulo contou com a estrela do seu maior ídolo para abrir o marcador, em cobrança de falta de Ceni a bola desviou na barreira e matou o goleiro do time colombiano. O São Paulo continuou superior no primeiro tempo e merecia ter ampliado o marcador, porém não soube aproveitar as chances que teve. No segundo tempo, o tim colombiano cresceu de produção e começou a dominar as açoes do jogo, até que em um lance bizonho na cobrança de lateral Marcelinho Paraíba dominou completamente errado a bola e entregou de bandeja a bola para Santoya cruzar e encontrar Uribe livre na área. O São Paulo demorou para se reorganizar, enquanto isso o Once Caldas pressionava muito o São Paulo, porém aos 24 minutos do segundo tempo, Washington teve a bola da partida em seus pés, o atacante não quis nem colocar no canto, simplesmente mandou uma “bicuda” no meio do gol que explodiu em cima do goleiro. São esses lances que a Libertadores pune rigorosamente aqueles que desperdiçam, dois minutos depois Santoya aproveitou bobeira de Jorge Wagner arrancou do meio de campo e marcou um golaço com direito a caneta no Miranda.

Jogos do Domingão!!

Galera do blog, vamos falar sobre alguns jogos que aconteceram no fim de semana.

Palmeiras 2 x 0 São Paulo: Ficou claro que os jogadores do Palmeiras não queriam mais Muricy no comando, o que os jogadores correram hoje foi impressionante, em compensação parece que os tricolores estão querendo derrubar Ricardo Gomes.

O placar foi construído após a expulsão discutível de Xandão, de qualquer forma isso não serve como justificativa para a derrota, mostra apenas que o time palmeirense é realmente limitado, porém quando se esforça muito pode dar trabalho para os adversários. Do lado são paulino, a sensação que fica é que parece que o Ricardo precisa de uma pré-temporada de pelo menos uns dois anos para ele conseguir colocar em campo o que ele pensa. O time mostra-se totalmente desorganizado, Cicinho foi resgatado da Roma porque precisavamos de um lateral direito, porque ele foi parar no meio de campo. Jorge Wagner é um excelente meia, porque está de lateral-esquerdo e Paraíba já disse que é um meia, porque ele estava no ataque.

No jogo, destaque positivo pelo lado palmeirense para Pierre e Lenny, do lado tricolor para apesar da posição errada Jorge Wagner e Ceni mesmo tendo tomado um susto no segundo gol fez boas defesas. Destaque negativo, para Diego Souza que quando bem marcado fala mais do que joga, Marcelinho Paraíba que não pode jogar no ataque, Cicinho que não foi para o estádio ontem, Cléber Santana que fiquei na dúvida se ele acertou algum passe e o Sr. Ricardo Gomes que na minha opinião não passa a confiança necessária para ser técnico do São Paulo.

Botafogo 2 x 0 Vasco: Falando em zebra, olha ela ai de novo. Vi apenas alguns lances, mas parece que apesar do Vasco ter comandado o jogo, o Botafogo foi mortal assim como contra o Flamengo.

Na verdade esse controle vascaíno, se trata de um falso controle, onde um time tem a maior posse de bola, porém sem efetividade nenhuma, já que o outro está só aguardando o momento certo para dar o bote e marcar o gol.

Pelo lado alvinegro, a estrela de Joel Santana e Loco Abreu foram fundamentais para essa conquista. Pelo lado vascaíno, faltou mais maturidade e vontade de suas peças fundamentais, enquanto Carlos Alberto tentou o que pode voltando de lesão, Philippe Coutinho sentiu a pressão de sua primeira decisão e Dodô estava na sua costumeira sonolência.