Pitacos: 17™ rodada do BR-2011

Galera do blog, ontem acompanhei dois jogos da 17™ rodada. Primeiro vi a vitória do Vasco sobre o Avai por 2×0 (gols de Diego Souza e Dedé), e depois acompanhei Atlético-MG 2×3 Corinthians (gols de At: Dudu Cearense e Guilherme; Cor: Emerson, Alex e Liedson).

No primeiro jogo, nenhuma surpresa para mim, o Avaí tentou usar o fator casa e o Vasco foi ditando o ritmo da partida, no começo do jogo o time catarinense até criou algumas oportunidades mas faltava qualidade para o time finalizar, com o passar do tempo, o Vasco começou a acertar o contra ataque, principalmente pela direita com Juninho e Fagner, e foi de Fagner a bela assistência para Diego Souza fuzilar o gol de Felipe e abrir o marcador pelo cruz-maltino.

O Avaí ainda teve um pênalti não marcado ao final do primeiro tempo em bola na área Rômulo pulou de forma disciplente e de braço aberto, mas o juizão preferiu não ver e terminar o primeiro tempo logo depois. No segundo tempo, o Vasco resolveu ser o dono do jogo e ficar com a bola em seus pés. Em uma bola parada no segundo tempo, a bola sobrou na pequena área para o ótimo zagueiro Dedé ampliar o marcador e decretar números finais na partida.

Para o Avaí fica a sensação que sobra vontade e falta talento, em dias inspirados como o jogo contra o Corinthians vencerão em outros será sofrido para a torcida. Quanto ao Vasco, já disse e repito, me dá gosto ver o time jogar, para mim o melhor time atualmente no Brasil. Se Ricardo Gomes convencer o grupo a lutar pelo título, É o meu favorito.

No jogo do Corinthians, o primeiro tempo foi sofrível, deu sono, o líder do campeonato parecia querer igualar o jogo no nível do rival, contudo se atrapalhou em jogar tão ruim e deixou o Galo abrir o marcador com Dudu Cearense em bola alçada na área. Ainda no primeiro tempo, o famoso “pênalti brasileiro” foi marcado, Jorge Henrique se enroscou com Réver e o juizão marcou pênalti para o Galo, na cobrança Guilherme cobrou forte no canto e ampliou a vantagem.

Parece que esse pênalti mal marcado foi o castigo do Galo, o time viu a vantagem criada e decidiu recuar absurdamente e abdicar do jogo, como o Corinthians não quis jogar no primeiro tempo, os 15 minutos finais da primeira etapa foram lamentáveis.

Contudo no segundo tempo, Tite parece ter dado um choque elétrico no time e colocou a pilha Emérson em campo, o Sheik entrou querendo jogo, infernizando a defesa atleticana, o Sheik conseguiu diminuir a vantagem logo aos 4 minutos. E foi Sheik também que sofreu um pênalti escandoloso de Réver (fazia tempo que não via um pênalti tão pênalti!!) que foi expulso no lance corretamente. Alex cobrou e empatou a partida.

A partir daí o Galo que estava acuado, passou a ficar acuado e assustado, É impressionante quando o time está em uma fase ruim como o psicológico dos jogadores afeta, o time que já não acertava muito, passou a não acertar mais nada. E foi questão de tempo para o Corinthians empatar em cruzamento de Jorge Henrique, Emérson desviou e encontrou Liédson livre para decretar a vitória corintiana e manutenção da liderança. Ainda houve tempo para Alex perder mais um pênalti sofrido por Emérson.

Pelo Atlético-MG, a certeza de que muita coisa deve ser feita e em pouco tempo, acho que Guilherme mostrou que deverá ser o titular do ataque, assim como Dudu pode assumir o meio. No Corinthians, uma partidaça de Emérson e Jorge Henrique, o primeiro entrou e mudou a cara da partida e o segundo foi fundamental taticamente na partida, além de ter jogado bem, isso mostra a importância de ter um forte elenco para a competição, o time venceu por causa do banco.

Sugestão para Mano…

Estamos chegando a 30ª rodada do Brasileirão, nessa hora começa as especulações sobre a seleção do Brasileirão. Vou especular a minha, lembrando sempre que faço a seleção diante da campanha apresentada, não significa que sejam os melhores na minha opinião.

No gol, meu voto vai para Fábio do Cruzeiro, apesar de nunca ser lembrado, e reclamar mais do que devia por causa disso, o goleirão da raposa está vivendo grande fase e é na minha opinião o melhor do campeonato. Victor do Grêmio e Renan do Avaí correm por fora.

Na lateral direita, Mariano do Fluminense está sobrando, ninguém está jogando tanto pela direita como o camisa 2 do tricolor carioca. Na minha opinião irão figurar na disputa, Alessandro do Corinthians e Léo Moura do Flamengo.

Na zaga, tenho várias dúvidas, hoje meu voto tende para Caçapa do Cruzeiro e Bolivar do Internacional, porém Gil também do Cruzeiro, Dedé do Vasco e Réver do Atlético-MG também merecem menção honrosa.

Na esquerda, gosto muito do futebol de Diego Renan do Cruzeiro, mas podem aparecer Roberto Carlos do Corinthians e Carlinhos do Fluminense.

Minha dupla de volantes é Arouca e Elias, tem mais uma dezena pelo menos, mas fico com esses dois.

No meio, é meu grande dilema e o pior, tem três argentinos e só posso colocar dois. D’ Alessandro, Conca e Montillo são os melhores deste campeonato tranquilamente. Vou optar por Conca e Montillo, pelas atuações decisivas nos times que lideram o campeonato.

Na dupla de ataque, não tem jeito. O menino craque problema Neymar é garantido, assim como Jonas que torna fácil a tarefa de fazer gol.

Como revelação, fico com o menino Lucas do São Paulo, acho que nenhum outro menino apareceu neste campeonato com tanto destaque. Para craque do Brasileirão, fico com Conca. Para melhor árbitro me recuso a escolher.

E para vocês, quem são os melhores até aqui?