Pitacos: Paulistão pode ser o melhor estadual, mas ainda sim é fraquíssimo!!

Faltam apenas 20 gols para o "Pirata".. fonte: Edson Silva / folhapress

Galera do blog, nesse fim de semana tive uma tarde bem paulistana, meuu..

Acompanhei os jogos dos quatro grandes e faremos uma breve análise de cada um deles, de acordo com suas partidas.

Mogi Mirim 3×1 Santos: O Santos levou o time B para enfrentar o Mogi e foi o responsável pela primeira derrota de um dos grandes para os considerados “pequenos”. A coisa foi tão feia para o Santos que Aranha foi o melhor em campo, evitando o que poderia ser uma tragédia maior.

O que fica de certeza é que o time santista precisa urgentemente contratar um zagueiro de qualidade, não só para ter opção em um eventual desfalque da titular como até mesmo para assumir a titularidade. Os titulares são medianos e os reservas são medonhos. Mas, nem tudo foi tragédia, de boa notícia foi a volta de Adriano, o volante reencontrou os gramados e em forma é uma ótima peça para o time.

Corinthians 1×1 Guarani: Nenhuma novidade no resultado do jogo. É lógico que o normal era o Corinthians ganhar, mas como sempre o time fez um gol e não teve ímpeto ofensivo para definir a partida e foi castigado com um pênalti no final. Pênalti bem marcado, já que o zagueiro alvinegro foi no mínimo atrapalhado no lance.

Se o Santos tem problemas quando olha para o banco, o contrário acontece com o Corinthians. Tite conseguiu “doutrinar” todos os jogadores ao seu esquema, então a diferença é apenas de qualidade na mudança, mas o time mantém o padrão tático firme. Uma grata surpresa é Edenílson na lateral direita, na minha opinião, já pode assumir a lateral. O que faria o time precisar ter boas opções na reserva de Ralf e Paulinho. Além disso, Douglas é titular absoluto, ele é cracaço, acha espaço onde ninguém vê. Problema do Tite, sobre quem sai, mas Douglas tem que ser titular.

Botafogo-SP 2×6 Palmeiras: Quem diria que o Palmeiras terminaria a 13ª rodada do Paulistão com o melhor ataque. Além do que o terceiro gol do Palmeiras foi uma obra prima pela coletividade e a comemoração mostra que toda a turbulência do time passou, pelo jeito somente uma pessoa não gostava do Felipão.

O time está super arrumado e já não depende mais tanto de Marcos Assunção. Barcos tem se mostrado uma ótima contratação. Aliás, em 2012 Felipão foi extremamente feliz na escolha do seus “camarões”. Barcos, Juninho, Daniel Carvalho e Artur cairam muito bem nesse time. Apenas Roman que ainda não teve sua chance. O Palmeiras talvez sofra mais no Brasileirão, mas tanto no Paulista como na Copa do Brasil sai como favorito. Aliás, na Copa do Brasil é para mim o favorito neste momento.

São Paulo 2×1 Portuguesa: Mais uma vez, o grande mais instável de São Paulo teve uma atuação digna do seu ano. Um primeiro tempo bizonho e um bom segundo tempo. No primeiro, a falta de qualidade da Portuguesa evitou uma derrota logo de cara, mas não evitou que o time saisse vaiado para o vestiário. No segundo tempo, Jadson cresceu e o time “milagrosamente” resolveu jogar coletivamente e buscar Luis Fabiano, o time venceu com propriedade a Lusa no final.

O time parece não evoluir a dois meses, não se entrosa e continua um amontoado de jogadores, muito em culpa das lesões iniciais e outra parcela sim deve ser creditada a Leão. Contudo, o segundo tempo foi a primeira demonstração no ano de um futebol mais coletivo, que todos os jogadores revejam o taipe do segundo tempo e levem como regra. Alem disso, dois jogadores fundamentais tiveram atuação destacada e que precisavam, Jadson e Luis Fabiano. O time é bom, mas hoje está atrás de seus rivais paulistas.

Quem ainda não curtiu a página do Camisa 10? no Facebook?

Acesse agora!! 

Pitacos: Um clássico de surpresas e obviedades..

Para os palmeirenses o jogo foi uma surpresa.

Para os são paulinos, uma repetição.

Dessa forma, pode ser definido o eletrizante clássico que terminou empatado em 3×3.

Para o Palmeiras uma surpresa, porque não é normal o time de Felipão tomar três gols. Assim como o time não tem por característica jogar ofensivamente como ontem. Outra surpresa alviverde foi o time marcar três gols e nenhum deles ter a participação de Marcos Assunção.

Surpresa a boa atuação de Juninho e João Vitor e a má atuação de Assunção e Cicinho.

O que não foi surpresa para os palestrinos foi mais uma vez a boa atuação de Daniel Carvalho e Barcos. O primeiro mostra que se conseguir entrar em forma será peça-chave do time e o segundo mostra que os 27 gols serão tranqüilos de fazer.

Para o São Paulo, mais uma vez o time errou demais defensivamente e contou com lances individuais para resolver a partida. Com a individualidade de Lucas e Cortês e com a boa fase de Cicero e William Jose.

Mais uma vez, o time viu Piris, Casemiro, Denilson, Paulo Miranda e Rhodolfo baterem cabeça. O terceiro gol palmeirense é o típico lance do time que não se conhece ainda e tem treinado pouco posicionamento ou não aprende sobre posicionamento.

Desse quinteto defensivo, acredito que, entrosado e taticamente preparado, apenas Casemiro e Denilson saem para dar lugar a Wellington e Fabricio.

Mais uma vez, Jadson não teve atuação de destaque, contudo é apenas o primeiro mês dele e nítido que bola ele sabe jogar.

Mais uma vez também, Cortês mostra que é o melhor jogador do atual São Paulo. Assim como Lucas que cria várias jogadas, mas ainda precisa achar o melhor equilíbrio entre hora de tocar x hora de driblar.

No fim, o Palmeiras pelo primeiro tempo merecia a vitória. Mas no fim, o empate trouxe muita reflexão entre surpresas e “obviedades”.

Pitacos: Resultados sabidos, bem antes de começarem..

O nosso querido futebol.

Esse fim de semana nos reservou resultados que as pessoas cravam como o mais comum, pelo simples achômetro ou pelos
resultados recentes.

Por exemplo, Flamengo e Botafogo quem não sabia que o jogo terminaria empatado? Surpresa foi o jogo não ter terminado 2×2. Como sempre, o Botafogo jogou melhor, teve pênalti não marcado e termina o jogo com fama de chororô. No fim 0x0.

Assim como no Gre-nal, jogo no Olímpico sempre termina com empate e no Beira Rio com vitória de alguém. Como o jogo era no Olímpico, empate com sabor de derrota para o Grêmio. O Inter jogava com os reservas e sem tanta pretensão, era obrigação do Grêmio vencer.

Cruzeiro, todo remendado, com crise no elenco. Qual podia ser o resultado? Derrota de 1×0 para o Guarany-MG. Dessa vez, a batata vai assar para alguns na Toca da Raposa.

Em São Paulo, o clássico entre Santos e Palmeiras. Alguém tinha dúvida da vitória palmeirense? O Palmeiras é a pedra no sapato do Santos. Faz tempo que o Santos não consegue bater os palestrinos. Ontem, Fernandão “artilheiro de clássicos” deixou o dele e Daniel Carvalho vem mostrando que talento é para quem sabe, não para quem corre.

Além disso, São Paulo retomou a liderança ao vencer a Ponte Preta por 3×1. Jádson teve atuação discreta, mas interessante. Assim como William José que mostra ser um ótimo reserva para Luis Fabiano. O time está encaixando e terá um teste duríssimo no fim de semana, no clássico contra o Corinthians.

O Vasco continua com 100% no carioca e dá sinais de que está sobrando no campeonato. O time que parece viver um momento similar a “democracia corintiana”, onde os jogadores ditam as regras do time junto com a comissão técnica. Todo mundo sente-se engajado pelo resultado e apesar das limitações o time parece pronto para ter mais um ano maravilhoso.

Fora do Brasil, destaque para Chelsea e Manchester que protagonizaram um daqueles jogos memoráveis. O Chelsea chegou a abrir 3×0 na partida, mas viu o Manchester botar fogo na partida no segundo tempo e empatar a partida.

E para vocês, qual o destaque do fim de semana?

Rapidinhas do Camisa 10 – 01.02.2012

Mais do mesmo. Adriano perdeu três quilos e animou a comissão técnica corintiana, a previsão é que em dois meses ele esteja pronto. Juro que já vi essa frase antes.

Mais do mesmo sempre. Vocês acreditam que em Janeiro, 22 técnicos já receberam cartão vermelho nos seus clubes. Um deles escutou no rádio a sua demissão. Alguém acredita que algum dia vai mudar?

Vista grossa. Claramente já existe um movimento para abafar a denúncia feita por Daniel Carvalho. É claro que ele não foi o primeiro e está muito longe de ser o último.

Produto exportação. Em quatro anos de mandato, Andrés Sanchez negociou 123 jogadores. E o melhor, não precisou prestar conta de nada!!

Devo, não nego. Já ecoa do Oiapoque ao Chuí que Patricia Amorim tem sua frase pronta para qualquer transação no Flamengo. “Seja bem vindo e Deus lhe pague!”

Paixão até debaixo da terra. O Barcelona pretende aproveitar até o último instante a paixão do torcedor. O clube planeja criar um mausoléu no Camp Nou. O estádio receberia 20 mil urnas funerárias e os cofres do clube, R$ 15 milhões.

Você sabia que… o Manchester City já multou Tevez em R$ 25,5 milhões por indisciplina?

Rei da selva míope. Assim que foi confirmada a contratação de Jádson pelo São Paulo, Leão encheu de elogios o meia. Disse que o “canhoto” era um jogador diferenciado e que era a peça que faltava para o time. Chegou a comparar com outros canhotos de sucesso. O problema? Jádson sempre foi destro.

Nosso querido calendário. Mais uma pérola do nosso calendário tão bem elaborado pelas entidades sulamericanas. O Internacional fará 05 jogos em 09 dias.

Futebol de primeira. Nossos estaduais passam cada vez mais a sensação de que o ano ainda não começou “futebolisticamente”. Sou a favor do fim dos estaduais e do retorno dos regionais. Ou algo parecido com os regionais.

Novela das 11 e das 10. As maiores novelas do momento, Nilmar e Montillo. São Paulo e Corinthians ainda esperam por um final mais feliz. Mas pelo jeito, o autor da novela é mineiro descendente de espanhol.

Dúvida da semana. Quantos camarões chegaram para Felipão? E quantos bagres?

Pitacos do Brasileirão (11ª Rodada)

Galera do blog, mais uma rodada encerrada e o que parecia um campeonato com poucos candidatos ao título, mostra que tem muita gente no bolo.

Dentro do G4, estão Corinthians(1º), Fluminense(2º), Ceará(3º) e Internacional(4º), o alvinegro paulista reassumiu a liderança ao vencer o Guarani de forma convincente, com outra grande atuação de Bruno Cesar, aliás se Mano optar mesmo por convocar apenas jogadores que atuam no Brasil, não duvide se esse menino aparecer na lista do novo treinador brasileiro. O Fluminense cochilou contra o Botafogo e jogou dois pontos no lixo, o Ceará começa a dar sinais de que o “espinafre” acabou, a tendência é que o time comece a descer a tabela. Já o Inter continua em ascensão absoluta. Vem voando baixo para a disputa da Libertadores.

No meio da tabela, destaque negativo para os três grandes de São Paulo, apesar do Santos ter vencido o São Paulo, o time da baixada ainda não reencontrou o seu futebol. O tricolor continua sem vencer no pós Copa, e seus torcedores já estão preocupados com a continuidade na Libertadores, o Palmeiras segue com sua sina, se o time antes sofria com uma defesa fraca, hoje possui um time fraco, apenas nos extremos existe salvação, Kléber e Marcos são os salvadores do time. Felipão vai sofrer muito esse ano.

Na parte debaixo da tabela, três campeões brasileiros fazem companhia para o time do Atletico-GO. Botafogo, Grêmio e Atlético-MG insistem em continuar nesta desconfortável zona. Grêmio e Atlético sofrem respectivamente com problemas de lesões e reestruturação do time. O time do Olímpico tem perdido constantemente seus jogadores titulares para o Departamento Médico, se eu não me engano, o time considerado titular na cabeça de Silas ainda não jogou. Em Minas Gerais, a chegada de um time inteiro faz com que o elenco ainda precise de tempo para entrosamento, além de conseguir melhorar rapidamente a forma física de Daniel Carvalho e Diego Souza, os dois parecem se entenderem muito bem, falta apenas aprimorar a parte física.

E vocês o que acharam desta rodada.

Faço um destaque positivo para nossa seleção de vôlei, novamente campeã. Viramos a referência de vôlei no mundo, todos nos respeitam e nos temem. Parabéns Bernardinho e todo o time campeão, vocês são o maior orgulho dessa pátria atualmente. Obrigado!!

Brasileirão e volta!

Galera do blog, hoje volta ao ar o Brasileirão.

E logo na rodada de retorno, temos alguns jogos interessantes, Ceará x Corinthians na disputa direta pelo primeiro lugar, Santos x Palmeiras clássico paulista e Flamengo x Botafogo no clássico carioca.

Vários times se reforçam nessa paralisação e outros procuraram não perder seus jogadores, entre idas e vindas, vejo os times mineiros os que melhor se reforçaram.

Atlético-MG trouxe Daniel Carvalho, Neto Berola, Diego Souza, Edison Mendez e Fábio Costa entre os jogadores de destaque. O time ficou forte, se Luxemburgo encaixar esse time, ele promete dar trabalho.

A Raposa não trouxe tantos jogadores, mas foi precisa na reposição, Montillo, Everton e Wallyson chegam para repor perdas sensíveis do time e tem tudo para dar certo.

O Palmeiras também contratou gente de peso, mas ainda faltam peças defensivas para melhorar o elenco.

Outros times também se reforçaram muito bem, mas fico com os mineiros como os que melhor se reforçaram e vocês o que acharam?