A nova Copa do Brasil

copadobrasil161216

E a Copa do Brasil 2017 teve seu sorteio feito ontem.

Contudo, a CBF resolveu fazer algumas mudanças nas duas primeiras fases do torneio com intuito de promover uma possível emoção e permitir uma chance maior para os pequenos de avançarem de fase.

Além disso, 11 times entraram apenas a partir das oitavas de final, os oito representantes da Copa Libertadores (Palmeiras, Santos, Flamengo, Atlético-MG, Atlético-PR, Botafogo, Grêmio e Chapecoense), o campeão da Série B (Atlético-GO), o campeão da Copa Verde (Paysandu) e o Santa Cruz (campeão da Copa Nordeste).

Sinceramente, no primeiro momento, eu achei um pouco esdrúxulo as alternativas propostas, acha um pouco absurdo um jogo único, a chance de muita zebra acontecer, a quantidade de times que entram depois, o velho problema crônico do nosso calendário e etc.

Porém, após analisar com mais calma, o modelo da primeira fase para mim é muito legal. Explico, dentro das possibilidades, é mais do que natural que o grande vença em qualquer estádio e qualquer formato, o tempero de dar o empate para o melhor rankeado, obriga o pequeno a ir para o jogo, tornando o jogo  mais divertido e dessa forma franco para que o grande possa exercer sua condição de favorito e vencer.

Acho que o critério da primeira fase permite as duas coisas mais essenciais do futebol, a competição e o entretenimento.

Em compensação, a segunda fase, já achei um pouco mais perigoso o critério, porque o sorteio e apenas uma partida pode não dar chance ao pequeno ou mesmo colocar um confronto equilibrado com direito de apenas um time mandar o jogo em seus domínios. Por exemplo, na chave 9, podemos ter um Bahia x Coritiba decidido em jogo único. Ou mesmo na chave 4, um Fluminense x Santo André, por exemplo, com o Santo André tendo apenas um jogo no Maracanã para fazer história.

O critério da segunda fase poderia seguir o primeiro, ou já ter jogos de ida e volta, achei o critério do segundo mais aleatório.

De qualquer forma, como disse, acho que algumas mudanças são válidas e devem ser testadas, o mais importante é depois dos testes, olhar, verificar os resultado e seguir ou fazer as possíveis correções.

Espero que essas alterações aumentem a emoção das primeiras fases, que normalmente se arrastam pela falta de entretenimento. E que algumas surpresas aconteçam de preferência longe da chave 10.

E vocês, o que acharam das mudanças feitas pela CBF na nossa querida Copa do Brasil?

Anúncios

Restam 4 na Copa do Brasil!!

copadobrasil201016

E ontem a Copa do Brasil definiu seus semifinalistas, restam apenas 4 times na luta pelo título. São apenas mais 4 jogos até a volta olímpica. E virou um Sul-Minas.

Curiosamente, no ano que a liga foi criada e que originalmente seria apenas um Sul Minas até a chegada do Fla x Flu para participar do torneio também. Os dois grandes do Rio Grande do Sul e os dois grandes de Minas Gerais irão se enfrentar pela vaga na final.

De um lado Atlético-MG x Inter, do outro Cruzeiro x Grêmio. Irei escrever qual minha expectativa pelos confrontos e se normalmente vou mal nos palpites, as quartas acertei 3 dos 4 semifinalistas, achei que passaria o Santos ao invés do Colorado.

No duelo entre Galo e Inter, está o duelo dos extremos no campeonato nacional e que pode ter total relevância para os jogos, o Inter ainda sente o fantasma da Série B, apesar da arrancada recente, o time não se encontra confortável e precisa conciliar a fuga da zona incomoda com a possibilidade de salvar o ano com um título, o mesmo vale para o Galo que luta pelo título.

Aliás, o próprio Marcelo Oliveira declarou que nesse momento é impossível priorizar, ou seja, era com força máxima nas duas e apesar do elenco recheado e fortíssimo do Galo, o time sofre com constantes desfalques por lesão, ficando difícil até projetar qual será o Atlético que jogará.

Um duelo com muitos nuances, tem Grenal antes da primeira partida, entre a ida e volta, o Galo enfrenta o Flamengo, ou seja, a complexidade e o impacto desses jogos podem afetar diretamente a dedicação e ânimo para os jogos. Acho que mais que a ordem dos mandos, a capacidade de trocar a chave em cada competição será fundamental.

Time por time, o do Galo é melhor, é meu favorito tem a vantagem de decidir em casa, mas sem uma ampla vantagem.

No outro duelo, um Cruzeiro e Grêmio que evitou um clássico paulista, ao eliminarem respectivamente, Corinthians e Palmeiras. Apesar de ambos ainda possuirem pretensões no Brasileirão, Grêmio já assumiu que se dedicará a Copa, se vier G6 no campeonato foi sem querer, já a Raposa apesar do perigo do rebaixamento ainda presente, o time evoluiu e apesar da tabela perigosa parece que se livrará com tranquilidade da zona, se permitindo buscar a chance de também concluir o ano com um título.

De qualquer forma, apesar de achar o time do Cruzeiro melhor do que o time de Renato Gaucho e companhia, acho que essa tensão do rebaixamento pode ter impacto no time, enquanto do lado gaúcho a exclusividade em se dedicar a Copa contribui e é sempre bom decidir o confronto em seus domínios.

Minha aposta é que a final seja entre Atlético-MG x Grêmio.

E para vocês quem fará a final?

 

Porque quem cuida, não tem uma solução para o calendário?

Maracana060516

Estava entre reclamar da pausa da Libertadores, ou sobre o fato de pela primeira vez, não temos nenhum técnico brasileiro entre os 08 finalistas da competição sulamericana, ou sobre a falta de jogadores em seus times durante as competições ao longo do ano.

Mas tudo tem a ver com calendário, tudo. Inclusive a ausência de treinadores, já que os nossos estão formando os times, enquanto os demais já estão no meio da temporada.

Sinceramente, como aceitamos que as duas principais competições não durem a temporada inteira? Uma dura só 5  meses e a outra só 7 meses. Já está mais que na hora de olhar o calendário de maneira atrativa. Klopp, já que disse que só maluco quer treinar um time no Brasil, é impossível preparar um time taticamente com o calendário daqui.

Sou a favor de montar o calendário no Brasil da seguinte forma, Campeonato Brasileiro com 8 divisões, as três primeiras nacionais e as restantes regionais. Nas nacionais nada de novo, assim como já é, apenas incluiria mais dois times por divisão. Seriam 22 na A, B e C, totalizando 66 times.

Nas ligas regionais, os times se dividiriam nas 5 regiões do Brasil, Norte, Nordeste, Centro Oeste, Sudeste e Sul, cada regional com 16 times, os dois melhores de cada regional subiriam para a divisão acima, assim como os dois piores cairiam para a inferior.

Libertadores de Junho a Junho ou de Janeiro a Janeiro como preferir e no mesmo formato atual. Copa do Brasil da mesma forma, ao longo de todo o ano. É o fim dos estaduais, eles virariam os regionais,cada time jogaria em média 60-65 jogos, com tempo para pré temporada, amistosos para troca de conhecimentos e férias reais para os jogadores.

Poderia até olhando bem o calendário, fazer o torneiozinho estadual com 08 datas, um mata-mata rápido, entre os melhores de cada divisão do estado. O melhor da primeira, mais o melhor da segunda, mais o da terceira, assim até a oitava.

Isso permitira nossos comandantes realmente terem o tempo necessário para impor seus conhecimentos táticos, pois teriam mais vezes “semanas” para trabalhar o time. Poderiamos respeitar as datas Fifas e parar o campeonato sem prejudicar nenhum clube com a perda de atleta.

Eu sei o quanto de interesse imediato e mesquinho tem nisso. Mas fica claro que soluções para resolver todo mundo tem, eu em menos de uma hora, já achei uma. Porque quem cuida, não tem uma solução para o calendário?

Acho que essa resposta tudo mundo também tem a sua…

Brasileirão só ano que vem agora…

vip1ff.jpg (1)

E o campeonato brasileiro chegou ao fim.

Acho que como muito das vagas já estavam definidas, essa última rodada foi melancólica, já por saber, que agora vem um monte de especulação e depois só os estaduais. A única emoção será o sorteio da Libertadores no dia 22 e os jogos na Europa até o início da Liberta.

E o campeonato acabou com o Corinthians sobrando em primeiro. O time mais regular, que apresentou um futebol “apenas” consistente no primeiro turno e um grande futebol no segundo turno. O Apenas foi entre aspas, porque ser consistente no futebol tupiniquim já é muita coisa.

Completando os representantes da Libertadores, estão Atlético-MG, Grêmio, São Paulo e Palmeiras. Ou seja, o trio de ferro que estava em baixa ao final do campeonato passado, voltou com tudo. Entre os classificados, só o São Paulo jogará a Pré-Libertadores.

Na turma, logo após o São Paulo, a sensação é de que um pouquinho de planejamento adequado, tinha sido tranquilo o quarto lugar, a vaga caiu no colo do São Paulo, a camisa pesou e levou, Santos abriu mão por causa da Copa do Brasil, Inter demorou a achar Argel e demitiu Aguirre desnecessariamente, Cruzeiro demorou para mudar o pojetu e por aí vai.

Milton Mendes que saiu cedo, Roger Machado que levou o Grêmio ao terceiro lugar, Guto Ferreira com as vezes surpreendente Chape e Eduardo Baptista que iniciou um bom trabalho no Sport são os treinadores que merecem um olhar atento em 2016 sobre quais próximos bons trabalhos farão.

Chegamos a degola. Joinville já estava lá, Goiás praticamente certo e se confirmou e os escolhidos finais foram Avai e Vasco. Sinceramente, Goias e Vasco são os que talvez, todavia, porém, se, não seria fora de cogitação escaparem. O time esmeraldino possui bons valores individuais. Renan, Fred, Rodrigo, Patrick, Bruno Henrique, Erik Lima são alguns.

E o Vasco demorou para arrumar a casa, o Vasco que terminou o campeonato é muito superior a vários times, porém como o chavão diz, Brasileirão é campeonato longo.

E assim, vai mais um Brasileirão, e eu já estou na agonia de esperar todas essas especulações durante um mês.

Palpitando 27.10.2015

Imagem

Vamos para a última rodada de Outubro!! Jogos por esse mundo afora, inclusive o que pode decretar a cabeça de Mourinho na bandeja. Clique aqui para conferir os resultados da rodada anterior.

Veja como ficou a pontuação apenas da rodada passada:
1 – André Russo – 105 pontos
2 – Cadê Meu Camisa 10? – 95 pontos
3 – Wagner – 75 pontos

Mês de outubro emboladíssimo, veja os rankings abaixo:
rm271015

rb271015

rg271015

Quarta, 28 de Outubro de 2015
20h00 Sportivo Luqueno 2×0 Atlético-PR – Sulamericana
22h00 Chapecoense 2×1 River Plate – Sulamericana
22h00 Palmeiras 2×1 Fluminense – Copa do Brasil
22h00 Santos 3×1 São Paulo – Copa do Brasil

Sábado, 31 de Outubro de 2015
10h45 Chelsea 1×3 Liverpool – Inglesão
12h30 Werder Bremen 1×3 Borussia Dortmund – Alemão
15h30 Wolfsburg 2×1 Bayer Leverkusen – Alemão
17h10 Vitória 2×3 Naútico – Série B
17h45 Inter Milão 1×0 Roma – Italianão
19h30 Londrina 0x0 Tupi – Série C

Domingo, 01 de Novembro de 2015
17h00 Atlético-MG 0x3 Corinthians – Brasileirão
17h00 Chapecoense 0x0 Atlético-PR – Brasileirão
17h00 Santos 2×1 Palmeiras – Brasileirão
18h00 Vasco 0x1 Fluminense – Brasileirão
19h30 Goiás 2×1 Internacional – Brasileirão

Semifinais da Copa do Brasil

jogadores-do-sao-paulo-conversam-enquanto-aguardam-a-volta-da-energia-eletrica-no-estadio-do-morumbi-para-o-confronto-com-o-santos-pela-copa-do-brasil-1445474384416_956x500

E ontem as duas primeiras partidas das semifinais da Copa do Brasil aconteceram. De começo o que me preocupou foi o público, pouco mais de 26 mil no Morumbi e pouco mais de 34 no Maracanã, ou seja, somando os dois daria publico para encher os palcos. E tem gente que o problema do estádio cheio são os pontos corridos.

No Maracanã, pouco vi, na verdade, aproveitei que o jogo do Morumbi ficou quase 30 minutos parado devido a falta de luz e acompanhei um pouco. Não cheguei a ver os gols, mas vi o Palmeiras errando muito e o Fluminense preparando o bote. Assim que voltei para o jogo no Morumbi, percebi que os botes deram certo, foram dois no primeiro tempo e uma boa vantagem para o Flu.

Quando o primeiro tempo do jogo do São Paulo havia terminado, toda a confusão do pênalti já tinha passado. Contudo, o

Palmeiras saiu no lucro, independente de polêmica de arbitragem, o Flu parece ter sido superior e derrota por 2×1 é bem melhor do que por 2×0.

Agora vamos para o Morumbi, os deuses do futebol pareciam querer impedir que o jogo começasse, meio que tentando avisar ao Santo Paulo que ontem o dia não era dele, primeiro uma descarga elétrica para derrubar a iluminação dentro do Morumbi, mesmo assim Paulo insistiu.

O jogo feio em um gol do ótimo menino Gabigol era mais um sinal, mas Pato empatou, então o Santo Pedro resolveu dar outro indício que não era bom seguir em frente, mandou uma chuva daquelas, a Cantareira olhava com uma aflição para aquela chuva e pensava “porque não aqui?”. Mas não, ela caiu forte durante quase todo o final do primeiro tempo, tentando avisar que ou Paulo se acertava no segundo tempo ou a vaca iria para o brejo.

Como Paulo mostrou que sua apatia seria continua e que iria seguir em frente com o logo, os deuses trataram de mandar todos os Santos logo nos minutos iniciais da segunda etapa resolveram a partida e ponto final.

O jogo não foi para tanto, o tricolor ainda perdeu boas chances, Ganso ainda com 1×1 e Kardec já depois do 3×1 perderam grandes chances, ótimas, imperdíveis. Como Ceni disse na saída, se acabasse 3×3 ou 5×3 para o São Paulo ninguém acharia estranho. Em compensação, a apatia do time nesse ano foi castigada. O time se mostra frouxo em 2015.

Ontem, foi frouxo e com azar, aí fica muito pior.