Copa América e suas coisas boas e ruins…

leomar030616

E hoje vai começar a Copa América!

Confesso que não estou naquela euforia toda, minha implicância com Dunga continua, mas algumas coisas vão merecer minha atenção.

Quero muito acompanhar o maior número possível de jogos do México, ver o que Osório fez, apesar dos duelos menores, já são 08 jogos no comando da seleção, com 100% de aproveitamento, 15 gols marcados e nenhum sofrido.

Ver como Messi irá se comportar mais uma vez diante da seleção, a cobrança recai sobre ele, já que chega um momento que só culpar os treinadores não adianta mais pela sua performance na seleção.

Pelo Brasil, acompanhar a atuação de alguns jogadores especificamente, Casemiro, Coutinho, Lucas, Ganso e Jonas. Espero de verdade que todos se saiam bem.

Falando em Brasil e mudando só um pouquinho a conversa, tem muita gente reclamando e torcendo para a seleção ser eliminada logo para que os atletas voltem aos seus clubes. Lógico que o melhor mundo era que o campeonato parasse, mas aí, entraremos naquela nossa querida discussão do calendário, para quem quiser, veja o que eu penso de forma resumida no texto, “Porque quem cuida, não tem uma solução para o calendário?“.

Mas, minha ideia é fazer uma pergunta mais imediatista, o que você prefere em um ano como esse, ter um atleta com chance de seleção e podendo te desfalcar por 10 jogos, ou prefiro um jogador bom, mas que nunca terá o potencial de ser jogador de seleção?

Mais ou menos assim, mas só como exemplo tá, você prefere ter Lucas Lima e Ganso ou Cleiton Xavier e Giovani Augusto?

Anúncios

E se o campeonato acabasse na 1ª rodada?

Grafite-2x

Eu particularmente adoro escrever esse post, me surpreendo com o pessoal que fica na TV debatendo de verdade sobre a minha pergunta título, então, coloco a ironia a prova, porque a sensação é que ninguém percebe que são 38 rodadas e que nosso campeonato é muito afetado pela janela de transferência, pela dança de cadeiras de treinadores e até pela evolução de alguns times ao longo do campeonato.

Mas fica divertido falar dessa forma.

Portanto, se o campeonato acabasse ontem, o Palmeiras seria o campeão, com uma goleada sobre o Furacão, os comandados de Cuca terminariam com o maior saldo. Apesar da euforia, o Palmeiras ainda precisa responder duas perguntas, o quão regular Jesus será nessa temporada e o quanto poderá contar com Cleiton Xavier?

O vice seria o Santinha querido, com ótima atuação no primeiro tempo, o time venceu bem o Vitória e mostrou que a empolgação pelos dois títulos no início da temporada + fator casa + um treinador moderno = farão do Santinha, um osso duro de roer na temporada.

Fechando os classificados para a Libertadores, temos 5 times que venceram por 1×0, com destaque para a vitórias dos times reservas de Atlético-MG e São Paulo, sendo que o tricolor jogou fora e a vitória do Fluminense também fora.

No meio da tabela, destaque positivo para a Chapecoense que segue sem perder no Brasileirão para os times gaúchos, ontem segurou heroicamente o Inter em pleno Beira Rio. O destaque negativo fica para o Corinthians, o time está a um mês sem vencer e a torcida resolveu cobrar os jogadores, acho precipitado, mas o clima começa a esquentar.

Na parte debaixo, Vitória e Furacão estariam na Série B, enquanto outros 5 disputariam as vagas finais. Meu ponto de atenção ficou para o time do Botafogo, apesar do vice no Carioca, ficou claro que o time precisa qualificar o elenco, caso o contrário será um martírio a campanha.

Por fim, a primeira rodada acabou com número pífio de gols, foram apenas 14 em 10 jogos, baixíssima marca de 1,4 gols por jogo, basta lembrar que Palmeiras e Santa Cruz sozinhos fizeram mais da metade dos gols da rodada. Tivemos 5 vitórias do mandante, 3 empates e 2 vitórias dos visitantes.

Destaque da primeira rodada fica para Grafite, o artilheiro da cobra coral marcou dois gols, sendo um deles um golaço! Grande Grafite!!

E para vocês, como seria se o campeonato acabasse na 1ª rodada?

Algumas sugestões para esquentar esse mercado!!

Galera do blog, nesse período começam as especulações sobre quem virá e quem sairá do seu clube.

Resolvi passear (leia-se navegar na Internet) um pouquinho pelos times europeus, principalmente nos pequenos centros e encontrei algumas peças que foram pouco citadas e que seriam interessantes para alguns times.

No gol, o time que tiver interessado tem disponível Dida que está voltando para o Brasil e está sem clube, além de Rubinho e Julio Sergio, que após uma boa fase na Itália, estão na reserva de seus times e poderiam ser titulares de alguns clubes por aqui.

Na zaga, o capitão Lucio parece em ritmo de fim de carreira e já disse que sonha em encerrá-la no Brasil. Para quem deseja um jogador mais novo, Alcides saiu cedo do Brasil e sempre esteve presente nas seleções de base. Lembra o estilo do Miranda de jogar, cairia como uma luva em vários times brasileiros.

No meio de campo, as opções são fartas, só na Ucrânia temos Alex Teixeira, Cleiton Xavier e Giuliano. O último era dado como certo para mim, como um dos principais nomes ventilados nesse momento, mas até agora o barulho tem sido quase nulo. Jogador de ótima habilidade que quase nenhum clube possui.

Na frente duas opções, um velocista e um matador. Para a vaga de velocista, indico o Maicon que passou pelo Fluminense e saiu muito cedo. Ótimo jogador que até ganhou o apelido de Maicon Bolt por causa da sua velocidade. No meu tricolor, faria uma bela dupla com Luis Fabiano. Na vaga de matador, Welliton, o atacante que saiu cedo do Goiás, tem faro de artilheiro. Para os clubes que sentem falta de um 9, está aí uma ótima opção.

Vou continuar investigando mais opções, quem sabe assim o mercado dá uma agitada. Já que até agora, continua morno.

E vocês tem alguma sugestão?

Dois gols no fim definem as partidas..

Ontem, tive a disposição duas Tv’s e consegui assistir tanto a Goiás x São Paulo quanto Palmeiras x Flamengo. Acompanhei mais atentamente a Goiás x São Paulo. Vamos aos comentários:

Goiás 2 x 1 São Paulo: O jogo não foi bom, apenas Bernardo pelo Goiás e Marcelinho pelo São Paulo procuravam criar alguma coisa. O São Paulo saiu na frente e tinha tudo para levar o jogo, mas Richarlyson para variar estava em campo. E a bomba-relógio tricolor resolveu explodir nessa partida, em uma lambança absurda se atrapalhou todo para rifar uma bola da defesa e permitiu a interpretação duvidosa do árbitro.

O jogo começou com o visitante pressionando o adversário, logo no início o tricolor quase abriu o placar em boa jogada de Cicinho. E aos 15 em bola parada, Marcelinho cobrou bem a falta e ainda contou com a demora na reação do goleiro, resultado, bola no fundo da rede e 1×0 para o São Paulo.

Nessas horas, eu realmente não entendo futebol, o São Paulo estava pressionando o time esmeraldino e decidiu com a vantagem recuar, a partir daí, o jogo ficou chato, nenhuma criatividade, apenas lances isolados do Marcelinho Paraíba, e do Bernardo do Goiás.

Aí resolveu aparecer Richarlyson aos 37 para mudar o panorama da partida e dar sobrevida ao time goiano, em um lance bizonho já comentado, o “polivalente” jogador abriu o lance para interpretação do árbitro, e eu também daria ainda mais vendo que o Richarlyson no lance. O próprio Bernardo cobrou e empatou a partida. Até o final do primeiro tempo, nada de novo aconteceu.

No segundo tempo, Gomes trocou Fernandinho por Dagoberto, logo no começo parecia que a substituição daria certo, Fernandinho fez boa jogada pela ponta esquerda, mas Jean não soube aproveitar. Dessa forma, o São Paulo voltou com Fernandinho e Marcelinho abertos pelas pontas e Hernanes no meio, mas a ineficiência que às vezes assombra o camisa 10 tricolor não permitia nada de criação, assim como o Goiás que não produzia nada.

Mas já aos 44, Jonílson, em um chute despretensioso deu a vitória para o Goiás.

Palmeiras 0 x 1 Flamengo: Como disse anteriormente, acompanhei meio que de canto de olho o jogo no Pacaembu, e pelo que vi foi um jogo tão ruim quanto o do Serra Dourada, pouca criatividade do meio de campo, poucas chances e a vitória no final em um lance individual.

Não poderia e nem seria justo analisar a partida pelos tempos de jogo, mas do que pude observar, o time palmeirense, encontrou uma formação tática que não desguarnece tanto sua defesa, Edinho, Pierre e Marcio Araújo na frente da zaga tão proteção suficiente para a mediana defesa palmeirense, mas o preço pago por isso e as restritas opções ofensivas. Cleiton Xavier, é um ótimo armador, mas não é muito de fazer gols, Lincoln parece ainda perdido no time, apenas alguns momentos de clareza, e Ewerthon nunca foi um centroavante, o famoso 09, sempre foi atacante de jogar pelas pontas. Dessa forma, o Palmeiras quase não agride, se efetivar a chegada de Kléber Gladiador e a reintegração de Diego Souza, o Palmeiras volta a ser um time forte.

Do lado flamenguista, o time também soube nessa partida criar um sistema defensivo cauteloso demais até diante de um ataque de pouco volume, Rogério Lourenço escalou o Flamengo com três zagueiro e dois volantes para se proteger, e praticamente anulou qualquer ataque alviverde, porém sua diferença maior foram nas laterais, o Falmengo possui laterais que sabem jogar e saem para o jogo e recompõe a defesa com mesma eficiência, isso permitiu maior liberdade para os meias.

Contudo, o gol saiu só aos 42, em jogada individual de Love, o ex-atacante palmeirense foi decisivo para o Flamengo.

Pitacos da Rodada!!

Galera do blog mais querido, ontem acompanhei alguns jogos, inclusive a derrota do meu tricolor, vamos aos comentários:

São Paulo 1 x 2 Santos: Era a prova de fogo que faltava para o time santista, enfrentar um grande clube para mostrar o seu valor. O time conseguiu com Robinho, o atacante que adora marcar gols no tricolor, marcou mais um e deu a vitória para o time do litoral paulista. Neymar também fez o seu na sempre polêmica paradinha e Roger descontou para o tricolor.

O jogo começou de maneira elétrica com os dois times em alta velocidade. Mas Dorival percebeu inteligentemente que tudo saia dos pés de Paraíba e colocou alguém para anular o jogador e assim acabar com a criação do tricolor e deu certo no primeiro, a partir dos 15 minutos, o São Paulo encontrou muita dificuldade para armar as jogadas e o Santos jogando sempre com a bola no chão e criando as melhores chances através de Ganso e Arouca. E foi em um lançamento para Arouca que saiu o primeiro gol santista, o volante foi derrubado por Miranda dentro da área. Pênalti que Neymar cobrou com muita ousadia e anotou seu sétimo gol no Paulista. Não vou entrar no mérito da paradinha, enquanto é permitido, o cobrador tem todo o direito de usar, assim como o próprio Ceni já fez uso dela.

Veio o segundo tempo, e Ricardo Gomes um pouco mais devagar que Dorival percebeu que do lado santista as jogadas sempre passavam pelo pé de Ganso, então colocou Jean na cola do meia, a mudança surtiu efeito, pois o Santos parou de produzir e o São Paulo começa a crescer em campo até que conseguiu chegar ao gol na sua jogada tradicional, cruzamento na área e gol de cabeça de Roger que havia entrado no lugar de Dagoberto machucado. Depois disso o jogo voltou a ficar mais equilibrado, até que em um lance isolado, Robinho marcou em boa jogada de Wesley, gol de letra.

Em resumo, foi uma boa partida, fica claro que o São Paulo ainda precisa de ajustes defensivos, principalmente na cobertura dos seus alas, e maiores opções de criação, talvez Cleber Santana possa ser essa opção. Do lado santista, a certeza que o time está no caminho certo, talvez também pequenas correções defensivas, mas o entrosamento da zaga vem com o tempo.

Bragantino 2 x 3 Palmeiras: Vi os melhores momentos de jogo, e os jogos do Palmeiras começam a ganhar um caratér excessivamente previsível. O ataque alviverde cria muito e é muito bom, em compensação a defesa e dar pena. Cleiton Xavier, Robert e Lenny marcaram pelo Palestra.

De positivo para o Palmeiras fica o retorno de Lenny, bom jogador, que pode ajudar muito ao time jogando pelas pontas e consequentemente carregando marcação com ele, falta esse tipo de jogador no Palmeiras. a certeza de que Cleiton e Diego formam uma das melhores (senão a melhor) dupla de meias do Brasil e que Robert pode dar conta do recado ali na frente, mesmo jogando um quilo de gols fora para fazer um, normal hoje em dia, haja visto Washington, Kleber Pereira, Alecsandroe e outros por aí.

De negativo, fica a certeza de que o Palmeiras precisa de zagueiros, não adianta o time querer trazer peças de frente para compor o elenco, de nada vai valer ter um meio incrível se toda vez o time vai tomar inumeros gols por atrapalhadas da defesa. Digo isso desde o meio do ano passado, o bom time começa com uma zaga que passe confiança, e hoje a do Palmeiras não assusta nem o Flamengo do Piaui, adversário na estréia da Copa do Brasil.

Universidade 1 x 5 Grêmio: Era a estréia de Douglas com a camisa 10 no Grêmio, todas as atenções voltadas para ele, mas foi Borges quem roubou a cena, marcando três gols e mostrando que o trabalho de Silas tem tudo para dar certo. O elenco do time do Grêmio é muito bom.

No jogo, o time começou com força total, talvez até porque o tempo tenha dado uma amenizada no calor infernal que tem feito em Porto Alegre nos últimos dias. E Borges já mostrou seu cartão de visita logo cedo, se logo de cara ele havia perdido uma ótima chance, na segunda ele não perdoou e marcou o primeiro da partida. Antes do intervalo, o atacante ainda marcou mais um. Se no intervalo, o técnico Lourival Santos passou alguma orientação para o time da Universidade, tudo foi para o ralo com o começo do segundo tempo, pois logo no primeiro minuto Jonas marcou mais um gol. Assim foi seguindo o jogo, até o final dele, quando Borges guardou o ato final e fez o seu terceiro gol na partida, dando números finais ao jogo.

Esses meninos da Vila!

Galera do blog mais querido, ontem vi o jogo do Santos e do Palmeiras além de acompanhar os melhores momentos do jogo do Corinthians.

Santos 5 x 0 Barueri: No jogo do Santos, a molecada fez a festa e jogou muita bola, lógico que no começo do jogo começou a surgir flash da partida contra o Mogi Mirim quando o time criou várias oportunidades e perdeu quase todas, mas aí em um arrancada incrível do Leo a bola caprichosamente bateu na trave e sobrou para André simplesmente empurrar para as redes.

Daí pra frente o que se viu foi a molecada jogando muito bem, inclusive o “tio” Marquinhos fez uma boa partida. O nome da partida foi Neymar nem tanto pelo dois gols, apesar que um deles foi um belo gol, mas pelo futebol inteligente praticado pelo menino. Ontem, Neymar jogou como gente grande, tocou rápido quando era preciso, fez tabela, usou o drible na hora certa. Espero que o menino mantenha a cabeça boa e continue jogando assim.

Palmeiras 1 x 0 Monte Azul: O Palmeiras jogou sem sua estrela, mas ainda tinha Cleiton Xavier. O alviverde encontrou dificuldades em bater o Monte Azul, aliás o time que fica próximo a Ribeirão Preto é aquele time chato de jogar, não se trata de um grande time, mas possui muitos jogadores rodados que tão experiência e catimba para o time.

Tanto que o Palmeiras só saiu com vitória devido a um pênalti marcado aos 30 do primeiro tempo em cima de Cleiton Xavier, o próprio jogador cobrou e marcou o único gol da partida. O time continua carente de boas peças de reposição, enquanto o time titular voa em campo, quando alguém sai o time não consegue criar nada.

Corinthians 1 x 1 Mirassol: Só vi os melhores momentos do jogo e não foram muitos, ao que tudo indica o jogo foi feio, com poucas oportunidades de gol, um lance isolado para Ronaldo que marcou o seu no final do primeiro tempo e depois saiu “lesionado”, e uma entregada da defesa do Corinthians para que o Mirassol empatasse.

O fato do alvinegro não criar não me assusta, pois se trata de um processo de entrosamento com as novas peças do meio, agora a fragilidade que a defesa tem mostrado assusta, aliás desde a saída de Cristian que o time não transmite a mesma segurança na defesa. Ontem Chicão não jogou.

Outro destaque fica para a vitória colorada, mandou um chocolate no time do Juventude, foi a estréia oficial do time principal comandado por Jorge Fossati, e do pouco que vi o time está com uma dinâmica muito interessante em campo, vale a pena acompanhar mais os jogos da molecada do sul, uma ótima pedida e assistir ao Gre-Nal no domingo.