Jogos de Natal e Ano Novo

papaisnoeis040117

E entre o fim do Brasileirão e o início dos queridos estaduais ficamos apenas com o futebol dos amigos de fulano x amigos de ciclano, ousadia x alegria, entre outros. Mas será que era possível ter algum jogo nesse intervalo valendo algo?

Quando olhamos para as ligas europeias, apenas a inglesa segue com seus jogos nessa semana e até de maneira muito intensa, com os times jogando dois jogos entre os dias 26/12 a 01/01.

A italiana e a alemã tiveram jogos até bem próximo do Natal e só.

Já nos EUA, as ligas de basquete e futebol americano seguem a todo vapor nessa época, acho que o Hóquei também.

Confesso que como telespectador acho ótimo, porque durante o ano todo tem sempre algum esporte para ver, mas olhando pelo conceito total do esporte, acho temerário forçar a barra assim. Ontem mesmo, estava assistindo a Bournemouth 3×3 Arsenal, os Gunners tinha jogado domingo e voltaram a campo na terça, cerca de 48 horas de diferença, era nítido que a qualidade técnica do time caiu muito.

Eu sou a favor de fazer outras competições para atender essa época, por exemplo, torneio sub-20 para que o torcedor assista mais a molecada do time dele, um campeonato curto feminino para criarmos vergonha na cara e começar a transmitir mais nossas meninas.

Para o nosso formato de calendário, onde dezembro é o fim da temporada, os jogos entre Natal e Ano Novo atrapalhariam toda uma pré temporada, diferentemente dos campeonatos europeus, onde esse período é o meio da temporada.

E mesmo a rodada inglesa entre Natal e Ano Novo deveria ser melhor cuidada para não ficar desgastante, poderia ser dois jogos entre Natal e Ano Novo e depois só no final de semana seguinte para ter tempo de descanso, mantém a tradição, mas também adapta-se as realidades de calendário como o de 2016/2017.

Por fim, agradeço a Premier League que me permitirá nos últimos 10 dias assistir a 5 jogos (Leicester 0x2 Everton; Liverpool 4×1 Stoke; Liverpool 1×0 Manchester City; Bournemouth 3×3 Arsenal e hoje Tottenham x Chelsea), mas aqui em terras tupiniquins vamos deixar do jeito que está, ainda precisamos arrumar o nosso calendário antes de fazer um jogo com o Papai Noel.

E vocês o que acham? Alguma ideia?

Me sigam nas redes, Instagram, Twitter, Facebook

Cadê Meu Camisa 10?

A Lista de 59 jogadores do Ballon D’or!

f1bcf

E saiu uma lista de 59 jogadores indicados para o prêmio Balon D’or da Fifa!

São 59 atletas distribuidos por 25 países. 13 da Europa (28), 6 da América do Sul (22), 2 Ásia (2), 2 da África (4), 1 da América do Norte (2) e 1 da Oceania (1).

Argentina com 6 jogadores lidera as indicações, seguido de Chile e Espanha com 5 cada.

Logicamente, todo mundo sabe que a disputa será entre CR7, Messi e mais um. Porém é interessante ver como evolui a lista, que passará a ter 23 nomes, para depois dez e por fim os três finalistas.

Fica claro também algumas questões políticas como a indicação de Luongo do QPR para ter alguém da Oceania, assim como os dois asiáticos.

Nosso país está mandando 3 jogadores nessa lista, Coutinho, Neymar e William. Para mim, incluindo Marcelo, formam as melhores peças de uma seleção brasileira.

Fiz o exercício de montar minha seleção do mundo com os indicados, confira:
Neuer, Sergio Ramos, Chiellini, Otamenti, Alaba, Kroos, Rakitic , Neymar, Messi, Hazard, Crisitano Ronaldo.

Nesse exercício, constatei que a defesa é uma piada, improvisei Sergio na direita, já que ele começou lá, mas tive a certeza de que não indicaria nunca Otamendi e Chiellini.
Percebi que faltou Godin, Varane, Hummels, enquanto sobraram Otamendi, Ospina, Medel, Morata, Luongo.

Confira a lista
ALEMANHA: Kroos (Real Madrid), Müller (Bayern), Neuer (Bayern).
ARGENTINA: Agüero (City), Mascherano (Barcelona), Messi (Barcelona), Otamendi (Valencia-City), Pastore (PSG), Tévez (Juventus-Boca).
AUSTRALIA: Luongo (QPR).
AUSTRIA: Alaba (Bayern).
BÉLGICA: Courtois (Chelsea), De Bruyne (Wolfsburg-Manchester City), Hazard (Chelsea).
BRASIL: Coutinho (Liverpool), Neymar (Barcelona), Willian (Chelsea).
CHILE: Bravo (Barcelona), Medel (Inter), Alexis Sánchez (Arsenal), Vargas (QPR-Hoffenheim), Vidal (Juventus-Bayern).
COLOMBIA: Bacca (Sevilla-Milan), Jackson Martínez (Porto-Atlético Madrid), Ospina (Arsenal), James Rodríguez (Real Madrid).
COREIA DO SUL: Son (Leverkusen-Tottenham).
COSTA DO MARFIM: Bony (Swansea-Manchester City), Touré Yaya (Manchester City).
CROACIA: Modric (Real Madrid), Rakitic (Barcelona).
ESPANHA: Diego Costa (Chelsea), De Gea (Manchester United), Iniesta(Barcelona), Morata (Juventus), Sergio Ramos (Real Madrid).
FRANCÊS: Benzema (Real Madrid), Griezmann (Atlético Madrid), Lacazette (Lyon), Pogba (Juventus).
GALES: Bale (Real Madrid).
GANA: Atsu (Everton-Bournemouth), Ayew (Marseile-Swansea).
HOLANDA: Depay (PSV-Manchester United), Robben (Bayern).
INGLATERRA: Kane (Tottenham), Rooney (Manchester United).
ITALIA: Chiellini (Juventus), Pirlo (Juventus-New York City).
JAPÃO: Ozakazi (Leicester City).
MÉXICO: Giovani dos Santos (Villarreal-LA Galaxy), Guardado (PSV).
PERÚ: Guerrero (Corinthians-Flamengo).
POLONIA: Lewandowski (Bayern).
PORTUGAL: Cristiano Ronaldo (Real Madrid).
SUECIA: Ibrahimovic (PSG).
URUGUAI: Cavani (PSG), Sánchez (River Plate), Luis Suárez (Barcelona).

E aí, gostaram?