Caldense fora dos padrões

Caldense 30042015

Galera querida, hoje teremos mais uma daquelas participações incríveis que o Cadê Meu Camisa 10? traz. André Russo, são paulino, maestro e atualmente morador de Poços de Caldas comenta com um pouquinho de doce de leite e um pão de queijo.

Por André Russo

Há algumas semanas me mudei para Poços de Caldas/MG, como bom fanático por futebol, passei a acompanhar o campeonato mineiro e o time local, a Caldense.

Esse final de semana a “veterana” jogou o primeiro jogo da decisão contra o Galo no Mineirão, foi um jogo truncado, com o time mandante dando muito chutão e o visitante bem fechado jogando no contra-ataque. Mesmo o jogo estando emocionante, algo ficou na minha cabeça durante ele, uma coisa que diz muito sobre o nosso futebol – Padrão.

Resolvi escrever o texto dividindo-o em alguns tópicos, sobre o padrão ou a falta dele no futebol brasileiro.

Padrão de Campeonato

Entendo que cada estado no país é diferente, mas todos terem estruturas de campeonato diferente me parece ser estranho. O campeonato paulista, que conheço melhor, já foi realizado de inúmeras formas nos últimos anos, o campeonato carioca que era o mais interessante também mudou esse ano, logo, cada um por si.

Padrão de arbitragem

Acho muito interessante a regra do basquete de que cada jogador só pode fazer 5 faltas por jogo ou que cada time poder apenas 5 faltas (coletivamente) por quarto de jogo.

Triste é perceber como isso seria impossível no futebol, principalmente no país da bola, já que os juízes aqui não conseguem manter um padrão dentro de um campeonato e às vezes (como domingo) dentro de um jogo. O árbitro da final do mineiro conseguiu em lances iguais, tomar atitudes diferentes do 1º para o 2º tempo. Segura tudo no começo, marca até pensamento no final da 2ª etapa e cumprir a regra é besteira.

Padrão tático

Hoje é difícil vermos times com padrões bem definidos, times que conseguiram isso nos últimos anos tem vencido e sobressaído no futebol, vide o modo de jogar do Corinthians desde a primeira era Mano, Cruzeiro dos últimos 3 anos e, porque não, o São Paulo do Muricybol de 2005-2008.

A Caldense, mesmo sendo um time com pouco investimento financeiro e fora do cenário maior do futebol, montou um time que joga de maneira igual desde o 1º jogo do mineiro, linhas defensivas e esquema tático definido, mesmo trocando as peças de um jogo para o outro seu jogo aéreo é eficaz, jogadores altos e fortes fisicamente marcam e correm muito, talvez por isso tenha chegado aonde chegou esse ano.

O Palpitando, feito pelo blogueiro às terças-feiras, prova que está fácil conhecer o jogo da Caldense, nas últimas duas semanas somei 40pontos de 50 possíveis nos jogos que envolviam a Veterana (joguei 1×0 e foi 2×0 e nesse domingo cravei resultado, 0x0).

Força Veterana, mantenha seu futebol rumo ao bi-campeonato mineiro.

Surpresa, surpresas e surpresas…

arbitragem 21082014

Quem nunca ouviu a expressão: o futebol é uma caixinha de surpresas?

E ela serve para exemplificar a vitória do Chapecoense sobre o Fluminense. O inferno astral que Fred está passando, o time carioca vinha bem e continua jogando bem, mas desde a volta do centroavante, o time parou de ganhar.

Ela serve também para explicar a boa fase do Flamengo. São cinco jogos e quatro vitórias com o pofexô Luxa! Será que agora o pojetu, vai?

Ela serve para explicar como pode na mesma rodada, Leandro Damião e Keirrison terem feito gol.

Para explicar, como o Sâo Paulo e Corinthians conseguem ir tão bem contra os grandes e tropeçar nos pequenos. Uma síndrome de Robin Hood, danada nos paulistas.

Mas serve também, para explicar como um lance igualzinho, pode ter duas interpretações diferentes. No domingo, um chute de Felipe Meneses explode no braço de Edson Silva, o juiz marca pênalti para o Palmeiras. Ontem, Pato tenta uma finalização e ela explode no braço de Juan, qual a decisão do árbitro? Como diria Milton Leite: “seeeegue o jogo”.

Confesso que na minha cabeça, não considero nenhum dos lances como pênalti. Contudo, existe uma recomendação da Fifa sobre a questão do braço “muito aberto”, a entidade pede que seja marcada a infração nessas situações. Ou seja, para a Fifa, ambos os lances foram penalidades.

E é essa surpresa que me incomoda, ou seja, além das particularidades que todo jogo de futebol pode propiciar, precisamos ainda descobrir ao longo da partida qual o critério que o juiz irá adotar.

Alguém precisa reunir os árbitros e explicar para eles, que estilo de apitar é uma coisa e isso não envolve escolher critérios que serão adotados. Os critérios são únicos.

Que a próxima surpresa seja o mesmo lance em partidas diferentes com a mesma marcação no final.

Esquema falar menos, já ajuda!!

Tenho visto muita coisa sendo dito sobre a arbitragem, sobre esquema UNIMED e outras coisas.

Acho engraçado que no início do campeonato o esquema era do BMG, e nunca os erros de arbitragem estão associados a simple incompetência deles.

Aqui no Brasil é o único lugar onde reclamamos demais da arbitragem e isso começa dentro de campo, nossos jogadores reclamam demais da arbitragem, nossos técnicos não deixam os homens do apito trabalhar em paz, como consequência todos se acham no direito de atazanar a vida dos nossos queridos árbitros.

Vejo muito pelo o que acontece na Europa. Essa semana pelas eliminatórias da Copa, (não era qualquer amistoso) no jogo entre Espanha x França, o time francês teve um gol muito mal anulado, convido a todos a assistirem ao VT e vejam se algum jogador ficou reclamando durante a partida, se o técnico francês Didier Deschamps ficou na orelha do árbitro fazendo alguma crítica. Ou melhor vejam se no dia seguinte alguma capa sensacionalista destacou o erro de arbitragem.

Voltando aqui para nosso campeonato querido, precisamos entender que dificilmente haverá um esquema favorecendo um clube, pois tratamos de algo que não é tão simples como comprar um campeonato. Vamos pensar na hipótese de que o Fluminense queira comprar um campeonato brasileiro, ele teria que encontrar muitos tricolores com poder de decisão, porque se encontrasse um flamenguista, vascaíno ou no atual campeonato um atleticano ou gremista, seria impossível seguir em frente com esse esquema.

Além disso, precisamos ao invés de choramingar pelos impedimentos dados, pênaltis não marcados ou bola na mão ou mão na bola. Precisamos assumir que nossos árbitros são muito mal preparados, fracos e muitos sem condição nenhuma de arbitrar um jogo do meu time no society.

É preciso cobrar dos órgãos que regulam e controlam, a profissionalização dessa classe, para assim podermos cobrar de quem apita uma postura adequada.

Por enquanto, menos mimimi e aceitação de que em um jogo seu time será prejudicado e em outro ajudado. Se tudo mundo compreendesse essa máxima já ajudaria muito ao nosso futebol.

Pitacos: Flu vai avançando seja na raça, no talento e até no apito. As faixas já começam a ser preparadas!!!

Galera do blog, terminou a 30ª rodada e o Fluminense já começa a discutir com a gráfica como será a sua faixa. O São Paulo é o segundo melhor time do momento e chega com gás no G4, e o Palmeiras jogo duas chances fora e resta uma pequenina chance de se salvar. A rodada teve 24 gols com 07 vitórias dos mandantes e 03 empates.

O sábado começou com um tremendo vexame colorado, o time foi derrotado pelo Atlético-GO por 3×1. O lanterna que não possui mais pretensão nenhuma no campeonato a não ser esperar o martírio acabar venceu com tranquilidade os comandados de Fernandão. O treinador colorado chegou a entregar o boné, mas como a diretoria não quer a Libertadores, manteve o rapaz no cargo.

Flamengo e Cruzeiro empataram em 1×1. Mas sem grandes novidades na atuação dos dois times. O Flamengo falta qualidade no lance final e capricho no chute, até merecia a vitória na partida, tendo inclusive um gol mal anulado, mas faltou um melhor arremate. Já o Cruzeiro continua com o seu principal recurso a falta, o time mineiro parece só saber isso, se bobear até no gol tem falta.

Para fechar o sábado, Lusa e Corinthians também ficaram no empate em 1×1. Foram dois tempos distintos, o primeiro o Corinthians dominou as ações e a Lusa tentava assustar em rápidos contra ataques, já no segundo foi a vez da Lusa dominar as ações e o alvinegro ser perigoso nos contra ataques. No fim, Tite atingiu a marca que gostaria e parece que agora Zizao estreia.

O Vasco perdeu por 2×0 para o Santos na Vila Belmiro. Não que o resultado seja anormal, mas o que impressiona é a constatação de que está acabando o gás do time cruz maltino, as vezes rola um suspiro em uma partida ou outra, mas o ritmo não se sustenta. Já o Santos ganhou a segunda partida consecutiva sem seu craque, sinal de que enfim, o time se acertou e agora apenas espera o craque para melhorar o time.

O São Paulo jogou apenas 20 minutos contra o Figueirense, foi o bastante para vencer por 2×0 e entrar de vez no G4, depois o time se poupou, mas sem sofrer riscos. O time está jogando muito bem sem Lucas, o que mostra que Ney parece ter encontrado um esquema para não sofrer tanto quando o menino for embora, já o Figueirense precisa pensar até se esse time aguenta a Série B.

Quando a fase não é boa, não tem o que fazer. O Palmeiras até iniciou pressionando e criando boas chances, mas em um contra ataque, Kieza decretou a vitória do Naútico por 1×0. Após o gol o que se viu , foi o retrato de um time desesperado, o time palmeirense ficou completamente desorganizado e foi presa fácil para o Timbu. O Naútico graças ao poder dos Aflitos se manterá na Série A.

O Coritiba venceu o Bahia por 2×1 e se consolidou na fuga pelo rebaixamento. O time de Curitiba tem muito mais plantel do que os times ao seu redor, em compensação o Bahia é a única salvação para o Palmeiras permanecer na Série A, o time é bem fraco também e não consegue manter o mesmo time. A única força é a mão de Jorginho no time.

Atlético-MG venceu o Sport por 2×1 em uma partida que foi bem até o último minuto. O Sport surpreendeu ao iniciar a partida na frente. O Galo voltou a não fazer uma partida convincente, porém surpreendentemente Ronaldinho Gaúcho resolveu na garra comandar a virada do Galo, Leonardo que entrou no segundo tempo anotou os dois gols da partida. A única nota contra foi o pênalti não marcado a favor do Sport no final do jogo.

E o Grêmio tinha tudo para continuar na busca do Fluminense, enfrentou o Botafogo em casa. Porém, o time jogou muito mal e não conseguia vencer a defesa não tão bem postada do Fogo, mesmo assim no meio do segundo tempo, Léo Gago acertou um belo chute de falta e abriu o marcador para o Imortal fazendo a torcida enlouquecer, o jogo tinha tudo para terminar dessa forma, mas Oswaldo resolveu colocar o menino Bruno Mendes no final e ele marcou um golaço e calou o Olímpico.

Para fechar o jogo mais polêmico. Como sempre, graças a nossa querida e preparada arbitragem. A Ponte conseguiu achar um gol logo no início do jogo e soube se defender bravamente do líder do campeonato, e eis que Nielson (aliás começo achar que ele é o disparado o pior) inventou um pênalti a favor do Fluminense e depois foi o lance mais absurdo deste campeonato, o lance claro de falta a favor da Ponte, ele inverteu a mesma e no lance saiu o gol da virada tricolor.

Em tempo: Aqueles que acreditam em teorias de conspiração no futebol, favor procurarem o site da CIA ou se for uma conspiração nacional, procurar nosso serviço de inteligência. Grato, CMC10.

Rapidinhas do Camisa 10 – 01.08.2012

Decepção das Américas. O pessoal criticando o Corinthians sobre a possível quebra da Taça Libertadores, mas após uma análise de um médico-legista ficou comprovado que o “bonequinho” que fica no topo da taça cometeu suícidio ao perceber onde tinha ido parar.

Quando a esmola é demais.. Pelo andar da carruagem, o Brasil terá um único rival nessa Olimpíadas, ele mesmo. Com a eliminação da Espanha e o futebolzinho mequetrefe do Uruguay, o Brasil se tornou ainda mais favorito.

Ainda não me agrada. Falando em seleção, Mano convocou a seleção que irá enfrentar a Suécia no amistoso em Agosto. A base é quase toda olímpica, com as inclusões de Dedé, Paulinho, Ramires e Jonas. Gosto dos jogadores, mas não gosto do discurso de Mano que a seleção não pode ter um volante pegador na frente da defesa. Ralf ou Luis Gustavo são os donos dessa posição.

Ah, o reino animal. Ganso novamente sentiu uma lesão e foi poupado do jogo de hoje, o meia do Santos começa ganhar cada vez mais dúvidas sobre ele, contudo, Ganso mostrou inteligência ao buscar apoio sobre como lidar com as lesões. Foi falar com Pato, um especialista em conviver com lesões.

Ajustes na linha de montagem. Por alguns instantes, a Nike ligou o sinal de alerta em sua fábrica. Assim que começou uma avalanche de pedidos dos corintianos, a empresa ficou preocupada em como conseguiria fazer uma camisa tão grande.

Remédio caseiro. Ainda existem algumas boas opções no mercado interno para quem quiser se reforçar, segue aqui uma escalação minha com reforços que ainda não fizeram 07 jogos: Felipe(Fla), Piris (SP), Vicotirno (Cru), Pereira (Ctba), Feltri (Vas); Marcelo Mattos (Bota), Bolatti (Inter), Ramirez (Ctns) e Rafinha (Ctba); Andre (Galo) e Rafael Moura (Flu).

Será que alguém consegue? Agora é a vez do Santos dizer que já tem um contrato pronto e enviado para Riquelme. Depois de recusar Corinthians e Flamengo, qual será a resposta de Riquelme. Em caso de negativa, vou começar a “desconfiar” que o rapaz não tem muita vontade de atuar no Brasil.

Apito fanho… Chega a ser curioso, como nossos árbitros escolhem uma rodada específica para fazer todas as presepadas possíveis, até com 12 em campo um time jogou. Acho que os erros fazem parte, mas que temos que admitir que nossos árbitros são mal preparados, são.

Adriano ou Ronaldo?. Vampeta disse em entrevista que festa boa era as do Ronaldo e do Adriano, os problemas era que na festa do Ronaldo, ele tinha que perguntar toda vez se aquela mulher era mulher mesmo e na do Adriano era conseguir chegar na festa sem tomar uma bala perdida.

Você sabia… que Michael Phelps, maior medalhista da história das Olimpiadas, possui 15 ouros na sua coleção, o mesmo que o Brasil conquistou nos últimos 24 anos de Olimpíadas.

Dúvida da semana. Será que o ouro olímpico salva Mano Menezes?

Vasco, campeão brasileiro de 2011!!

Galera do blog, já tinha comentado que corre em paralelo uma classificação geral do Brasileirão “descontando” os erros de arbitragem. Quem quiser mais informações, acesse http://placarreal.com.br

Para vocês terem uma idéia, pelas contas do site, o campeão seria o Vasco. Aliás, o time carioca segundo o site foi o maior prejudicado em total de pontos “perdidos”.

Os maiores beneficiado foram Flamengo, Santos e América-MG que “ganharam” 5 pontos.

Tirando os casos de Vasco e Atlético-MG onde as diferenças foram significativas, percebe-se que todo esse chororô sobre a influência da arbitragem em um campeonato de pontos corridos é puro chororô mesmo.

O que existe é uma deficiência técnica na arbitragem, nossos árbitros são muito mal preparados.

Contudo, o Vasco resolveu receber da equipe do site Placar Real o troféu de campeão brasileiro de 2011. Acirrando ainda mais a rixa entre CBF e Vasco.