Nau desgovernada!!

Galera do blog, sei que não é do meu costume comentar sobre times de fora de São Paulo no início do ano, mas a situação do Vasco acendeu um sinal de alerta em mim.

O time carioca está disputando o incrível campeonato carioca, que assim como todos os estaduais é extremamente fraco. composto por times muito ruins. Porém, o que me impressiona é que nas primeiras três partidas do time da Colina, foram três derrotas, isso mesmo, três, nenhum ponto conquistado. E não foram derrotadas para o seus rivais tradicionais, foram derrotas para Resende, Nova Iguaçu e Boavista.

Sei que o time do Vasco é bem limitado, possui um bom goleiro, um bom zagueiro e só. Sempre gostei muito do futebol do Carlos Alberto, sempre acreditei demais na capacidade desse jogador, contudo, a cada jogo parece que ele está definhando, seu futebol diminui, diminui, se ele conseguir jogar o que sabe bem, senão serão derrotas e mais derrotas.

Outro fator importante que por muitas vezes, as pessoas não percebem o efeito é a harmonia dos mandatários do clube. O Vasco vive aquela sensação de mulher que pega o marido na cama com a melhor amiga, Dinamite assumiu o clube aclamado pela torcida, mas do que o alívio pelo fim da era “Eurico Miranda”, vinha a esperança por um ídolo do clube assumiu a nau vascaína, porém as cenas seguintes foram lamentáveis, com Dinamite se igualando a gestão anterior.

O pior de tudo é que no fim das contas, o jogo de domingo é que vai decidir se o time ganha um pouco mais de morfina ou se entra em estado terminal. E como sempre o técnico é quem vai pagar o pato! E quem duvida, que o comandante Lopes reapareça, hein?!

P.S.: Amigos leitores informo que o blog completa seu segundo aniversário hoje. Mais uma vez, quero agradecer, por cada view deste blog, cada comentários aqui deixado. O Cadê Meu Camisa 10? só continua porque vocês existem. Abraços!!

Dança dos técnicos…

Meus caros leitores, sempre foi meio doentio a minha fixação em guardar escalações, datas e qualquer outro detalhe que acerca o futebol, diria que “um dia quero ser igual ao PVC”. Me vi pensando sobre os técnicos atuais de cada time e descobri que fazia tempo que não via tanta gente boa dirigindo os clubes. Ou seja, outro fator de equilíbrio nesse campeonato.

Hoje é difícil dizer quem é o melhor técnico em atividade, se abrirmos uma enquete, veremos o quão equilibrado é isso, na minha opinião é inegável que Silas seja o melhor do Brasileirão, pois tornou uma interrogação como a grande sensação do campeonato.

Mas dizer que Silas é o melhor técnico em atividade já é exagero, como não pensar em Andrade, o excelente trabalho que vem sendo realizado no Flamengo que pode coroá-lo com o título é fruto da sua inteligência como jogador.

E Ricardo Gomes que pegou um São Paulo viúvo do seu treinador tricampeão e reergueu o time, mostrando que existem vários caminhos para o mesmo fim que é o título. Assim como Celso Roth, que vai ano, vem ano, nunca cai no gosto de nenhuma torcida, levou um time até então desacreditado a disputar uma vaga no G4.

Adilson Batista é outro que a torcida vive em clima de tensão, mas como reclamar de um treinador que ligou o “nitro” do time no returno, e hoje o time volta a sonhar com Libertadores, como esquecer de Mano que segue intocável devido aos títulos do primeiro semestre, aliás Mano cria outra divisão, as dos técnicos copeiros e de pontos corridos.

No segundo quesito, Muricy Ramalho ainda é considerado o rei, suas recentes conquistas o credenciaram a esse título. Assim como Mano parece ser o rei dos mata-matas.

Tem aqueles que recuperaram um pouco de prestígio, como Cuca que vinha desacreditado, mas junto com a epopéia que o Fluminense vem desenhando, vem ganhando gás novo, assim como o bom e velho Delegado Lopes que soube arrumar a cozinha no Atlético-PR que parecia irremediável.

Assim como no futebol tem aqueles que ainda ninguém arrisca nada, nesse grupo estão, Marcelo Róspide, Mario Sérgio e Estevam Soares. Aqueles que viraram eternas promessas: Ney Franco, Vagner Mancini e Hélio dos Anjos e por último e não menos importante a categoria ex-técnico em atividade que incluo Vanderlei Luxemburgo, não questiono sua capacidade técnica, mas é nítido que o ex-técnico do Real Madrid abdicou de ser técnico.

Menção honrosa aos quatro técnicos que subiram para Série A, parabéns a Dorival Junior (Vasco), Vadão (Guarani), PC Gusmão (Ceará) e Artur Neto (Atlético-GO), todos disputaram a Série B inteirinha, mostrando a importância de acreditar em um trabalho do começo ao fim.

Sabadão de futebol!!

Imperador 011109

Nesta sábado, três jogos rolaram, em todos, o gol marcado antes dos primeiros 10 minutos de jogo decidiu cada partida.

São Paulo 1 x 0 Grêmio Barueri: O tricolor não fez uma boa partida, mas continua eficiente, soube fazer o gol e depois evitou que o Barueri marcasse, novamente o São Paulo pressiona o Palmeiras que hoje enfrenta o seu maior rival, o Corinthians. Do lado são paulino destaque para Hernanes, hoje o camisa 10 tricolor esteve muito apagado nas ações ofensivas, mas foi muito importante na parte defensiva, assim como André Dias, do lado do Barueri sem muitas novidades, é um excelente time, onde destaco Thiago Humberto como o melhor jogador do time.

Flamengo 1 x 0 Santos: Se existe justiça no futebol, ontem Bruno foi o juiz nessa partida, o Flamengo não jogou bem e foi pressionado pelo Santos no segundo tempo. Tanto que o Santos teve dois pênaltis a seu favor, e Ganso perdeu os dois, na verdade, Bruno defendeu as cobranças e garantiu os três pontos para o rubro-negro que havia aberto o marcador com o Imperador.

Avaí 2 x 0 Atlético-PR: Na ressacada, o time catarinense achou um gol logo no começo e desarrumou toda a proposta defensiva do time do professor Lopes, o jogo seguiu mais aberto, mas com amplo domínio do time catarinense e no segundo tempo, acreditem ou não, William marcou um lindo gol de bicicleta e deu números finais a partida.

Sabadão de futebol!!!

Mais uma vez, ele foi o cara!!

Mais uma vez, ele foi o cara!!

Galera, vamos fazer assim, entreguem a taça para a Traffic, quer dizer para o Palmeiras e pronto. Vamos disputar as vagas na Libertadores apenas. Brincadeiras a parte, é basicamente isso que está acontecendo.

O Palmeiras nesse segundo turno está fazendo de tudo para entregar a liderança para alguém, mais ninguém está muito afim de ficar em primeiro. Então, Muricy agradece e segue a tetracampeonato como técnico.

Vamos aos pitacos dos jogos:

Flamengo(6º) 2 x 1 São Paulo(2º): O São Paulo estava tendo uma tarde Muricy, o time jogando na defesa contragolpeando o Flamengo e um lance desses, Dagoberto fez um lançamento excelente e encontrou Hernanes que fez excelente jogada e abriu o marcador. No segundo tempo, o volume de jogo que já era grande por parte do Flamengo só aumentou, tanto que o Flamengo virou e segue firme rumo a uma vaga no G4. Sobre o São Paulo em breve, farei um post maior sobre a situação tricolor, na verdade vou trazer algo que Birner comentou e que concordo muito, o “Huguismo” que tomou conta de alguns jogadores.

Corinthians(7º) 2 x 1 Grêmio(8º): A bronca de Mano Menezes deu certo, mas o talento de Ronaldo contribuiu e muito. É impressionante como o time do Corinthians mesmo com seus outros talentos é dependente da genialidade de um jogador, sem Ronaldo, Corinthians é prevísivel, presa fácil, com ele tudo pode acontecer. Do lado gremista, fica claro que falta ao time a “sorte de campeão”, o time é excelente jogou bem ontem, foi melhor que o Corinthians, mas Felipe resolveu defender tudo no gol corintiano.

Santo André(17º) 1 x 2 Fluminense(19º): E não é que Fred voltou, e como faz diferença um jogador com esse talento, o cara fez o gol e deu assistência para o outro. Incrivelmente, o Fluminense está a dois jogos sem perder, mas acho que despertou tarde para a fuga do rebaixamento, por outro lado é bom ver Fred voltando a jogar bola, apesar de estar devendo muito, todo mundo sabe da força dele. Agora, quanto ao Santo André, uma pena o que a diretoria fez com o clube, a única certeza que tenho é que o Santo André é o único rebaixado.

Coritiba(15º) 1 x 2 Barueri(10º): Falando em retornos, Thiago Humberto e Fernandinho voltaram ao Barueri e fizeram toda a diferença, principalmente o primeiro que na minha opinião é um baita jogador, ele é daqueles jogadores que não basta jogar bem, tem que fazer os outros jogarem bem também. Pelo Coxa, os “Paraíbas” bem que tentaram mas não conseguiram, com certeza o melhor jogo do Sábado.

Internacional(4º) 1 x 1 Atlético-PR(14º): O Inter assim como o meu tricolor, são daqueles que não estão com vontade de ser campeão no final do ano. Era um jogo certo para vencer, assumir a vice-liderança e embalar de vez na expectativa de conquistar o caneco, mas aí o time resolveu vacilar, tropeçar contra o time do Atlético-PR, aliás Lopes tem feito alguns estragos neste Brasileirão, conseguiu organizar muito bem o time do Furacão.

Menção honrosa aos nossos fraldinhas, com atuação de gala de Maicon do Fluminense, a seleção brasileira venceu a Alemanha de virada e já está na semifinal. Parabéns!!!

CAMPANHA DO CMC10: Galera, descobri um twitter fantástico para vocês seguirem, com dicas muito boas sobre tudo, quem quiser aí vai a sugestão:http://twitter.com/140toques

Jogos do Sabadão!!

Tardelli fez mais um, artilheiro do Brasileirão!!

Tardelli fez mais um, artilheiro do Brasileirão!!

Pelo Brasileirão, aconteceram três jogos, vamos a breve análise deles:

Santo André 1 x 0 Vitória: Com uma vitória magra, o Ramalhão escapa do rebaixamento nessa rodada. O gol que saiu com 35 segundos de jogo, mudou o panorama da partida. O bom time baiano não conseguiu assustar o Santo André, as melhores chances sempre passavam pelo pé de Leandro Domingues, na mais perigosa o meia exigiu de Neneca uma ótima defesa que na sequência, Roger jogou fora a chance de empatar.

Atlético-MG 2 x 1 Grêmio Barueri: O Galo fez a sua parte e venceu o Barueri no Mineirão, Tardelli e Côrrea anotaram pelo time mineiro e Flavinho descontou pelo visitante. O Mineirão presenciou uma grande partida, o Barueri tentou complicar a vida do Atlético, mas em uma bobeira de Rene, Tardelli abriu o placar, na sequência Carini pegou um pênalti muito mal cobrado pelo veterano Basílio. No segundo tempo, um lançamento de Côrrea para Tardelli, o zagueiro Xandão se enroscou no atacante fez a falta e foi expulso, para melhorar na falta, gol de Côrrea. O Galo segue firme na briga pelo título.

Corinthians 1 x 3 Atlético-PR: Antônio Lopes fez Mano Menezes provar da estratégia vencedora do técnico corintiano, com um “ferrolho ofensivo”, pois apesar do time ficar todo atrás da linha da bola, o time vinha com quatro jogadores ofensivos e foram esses homens em contra-ataques rápidos que destruiram o time corintiano. É nítido como alvinegro não tem reposição a altura na defesa, sempre que o time fica sem um dos seus zagueiros titulares, passa sufoco. Pelo Furacão começo a me curvar a capacidade do Delegado Lopes, soube armar o time paranaense muito bem e cada vez mais o Furação se vê mais perto da Sulamericana do que do rebaixamento.

Bela estréia dos “Fraldinhas”!!

Acabei de assistir a brilhante atuação da seleção sub-20.

No primeiro tempo, o time começou com: Rafael, Douglas, Rafael Toloi, Dalton e Diogo; Maylson, Souza, Alex Teixeira, Ganso e Giuliano, Alan Kardec. O técnico Rogério Lourenço optou por um falso 4-5-1, onde os três meias teriam total liberdade para atacar, formando quase um 4-2-4 a maneira antiga.

Os "Fraldinhas" comemorando um dos cinco gols. fonte: fifa.com

Os "Fraldinhas" comemorando um dos cinco gols. fonte: fifa.com

E com esse volume ofensivo que o time brasileiro partiu pra cima e fez gols de tudo quanto é jeito. O primeiro em cobrança de escanteio, Alan Kardec fez o movimento perfeito de cabeça e abriu a contagem, no lance que gerou o escanteio o próprio Kardec tinha feito outra excelente cabeçada, mas que parou em uma defesa fantástica do goleiro costa riquenho. 1 x 0 Brasil. O segundo saiu em um rápido contra-ataque onde o menino Giuliano foi lançado e com maestria viu o goleiro sair desesperadamente em cima dele, tocou por cima com categoria e marcou um bonito gol. 2 x 0 Brasil. No terceiro gol, bola alçada na área e o matador Kardec guardou mais um. 3×0 e fim do primeiro tempo.

Um bom lateral Douglas do Goiás, roubando a bola do costa riquenho. fonte: fifa.com

Um bom lateral Douglas do Goiás, roubando a bola do costa riquenho. fonte: fifa.com

Veio o segundo tempo, e com ele o Brasil resolveu jogar com o freio de mão mais puxado sem fazer força até para que os jogadores se poupassem para a próxima partida, e na primeira jogada mais trabalhada o Brasil marcou mais um, em excelente jogada de Ganso, a finalização de Douglas parou na trave mas caiu no pé de Alex Teixeira que não perdoou e merecidamente guardou o seu. Era o 4 x 0. Após esse gol, vieram as substituições no time brasileiro, saíram Alex Teixeira, Ganso e Alan Kardec, entraram respectivamente, Maicon, Boquita e Ciro. E aí para fechar a cal, Boquita mandou um balaço aos 44 minutos do segundo tempo, um golaço.

Giuliano comemorando o golaço marcado por ele. fonte: globoesporte.com

Giuliano comemorando o golaço marcado por ele. fonte: globoesporte.com

Foi a melhor estréia da história do futebol brasileiro na Copa do Mundo sub20.

Os colorados podem ficar felizes pois o futuro está garantido, Giuliano vindo do Paraná e Alan Kardec vindo do Vasco tem tudo para presentear os torcedores “peles vermelhas” com excelentes atuações.

O Vasco também mostra que está fazendo a lição de casa direitinho, apesar de ter perdido Kardec para o Inter, o volante Souza e o meia atacante Alex Teixeira também são excelentes jogadores.

Do lado paulista, Ganso mostrou sua elegância habitual, mas atuou abaixo do que eu esperava e o lateral esquerdo Diogo do São Paulo que jogou muita bola.

Na minha opinião, Giuliano, Alex Teixeira, Diogo, Ganso e Kardec nessa ordem, foram os melhores em campo.

Sobre os jogos do Brasileirão:
Palmeiras 2 x 1 Atlético-PR: O alviverde sofreu para segurar a vitória contra o time do delegado Lopes, o time palmeirense vem fazendo campanha de Muricy, mesmo não jogando nada o time vai vencendo. Detalhe interessante, foi o Palmeiras que pagou a “taxa” para o Danilo participar da partida e não é que o retorno foi imediato, nem o economista Belluzzo esperava retorno tão rápido. Pelo Furacão, a sensação de que Alex Mineiro fez muita falta nessa partida, assim como Cleiton Xavier pelo Palmeiras.

Barueri 0 x 1 Cruzeiro: Confesso que não vi nada da partida, só li que o destaque da partida foi novamente a arbitragem que marcou um gol irregular a favor do Cruzeiro e dessa forma decretou o resultado final da partida.