Ou o fim dos braços no futebol ou o fim dessa recomendação sem pé nem cabeça.

Playmobil

Você concorda com esse pênaltis que batem na mão?

Primeiramente, quero lembrar que os árbitros não estão errados. A recomendação que eles receberam é que toda bola que bata na mão deve ser marcado o pênalti.

O problema é se isso está certo, já estou dizendo desde o pênalti marcado contra o São Paulo no clássico com o Palmeiras que a partir de agora fará parte das “jogadas ensaiadas” um bom chute na mão do adversário, um jeito prático e simples de chegar a uma penalidade e uma clara chance de gol.

Essa recomendação vai totalmente contra a regra do futebol. A regra diz sobre colocar a mão na bola deliberadamente, clique aqui para consultar as regras FIFA.

Para quem procurar o significado de deliberadamente no dicionário, perceberá que sinônimo é igual ao propositalmente e seu antônimo é acidentalmente. Ou seja, a regra é colocar a mão na bola propositalmente. E estamos recomendando a marcação da falta quando o toque for acidental.

Eu gostaria muito de saber se a orientação da FIFA foi essa mesma, ou se quem comanda a nossa arbitragem não entendeu o recado direito e passou completamente errada a recomendação.

Porque pênaltis (listarei os que vi) como o do Fagner a favor do Flamengo, o de Alisson a favor do Figueirense e do Antonio Carlos a favor do Corinthians fogem do bom senso do futebol. O esbarrão com o braço é inevitável em todos os casos, não tem como evitar o contato, vai bater no braço sim.

E não adianta pregar o discurso de o toque muda a trajetória da bola. Sim, muda e continua na regra, não foi intencional, não foi deliberado o toque, foi porque nossos jogadores ainda são seres humanos e não podem simplesmente deixarem os braços no banco, enquanto vão ali jogar uma bolinha.

Os árbitros estão cumprindo ordens de quem provavelmente nunca jogou bola e quem joga provavelmente começara a chutar bolas nos braços que entrarem em campo para ganhar uns penaltizinhos marotos por aí.

Alguém precisa decidir, ou o fim dos braços no futebol ou o fim dessa recomendação sem pé nem cabeça.

Anúncios

Juridicão com poucos gols e um começo interessante tricolor!

Luciano 21042014

Galera do blog, fim da primeira rodada do Brasileirão. E entre um jogo e outro, a decepção pela falta de gols. 16 gols em 10 jogos, sendo que os tricolores carioca e paulista foram responsáveis por 6 desses 16 gols. Talvez, tenha sido a tristeza dos times em não ter mais Luciano para narrar seus gols.

Surpreendeu a boa vitória do São Paulo, não pelo placar, mas pela postura do time, a movimentação de Pato e aposta em Boschilla, tudo deu certo. Além disso, a apatia do rival também foi grave. O Botafogo parece não ter entrado em campo.

O jogo foi muito tranquilo para o tricolor, Muricy surpreendeu ao tirar os atacantes Pabon e Osvaldo para promover as entradas de Pato e Boshilla. Pato era certo, mas a dúvida era quem dos atacantes permaneceria no time, a opção por Boschilla, deu mais consistência ao meio e permite a Ganso um repertório intenso de jogadas, já que Pato e Boschilla se movimentaram muito, abrindo diversos espaços, tanto para Ganso aparecer na área como no terceiro gol, como para criar jogadas.

Douglas teve atuação impecável, dentro do que eu espero de Douglas. Parece que finalmente a camisa parou de pesar para o lateral, ou a chegada de um jogador que realmente poderia ameaçar sua titularidade, ligou o alerta no lateral que resolveu jogar.

O time ainda carece de qualidade defensiva. A dupla de zaga não passa confiança nem nos pais dos mesmos. Muricy me surpreendeu com o esquema adotado, mostra que sabe muito mais do que o Muricybol. Foi apenas um jogo, mas quem sabe meu palpite com o coração, não se materialize de forma real ao fim do campeonato.

Cristovão parece ter dado vida ao Fluminense, ainda é muito cedo, mas o time mostrou uma atitude ausente até então e o quadrado mágico, Conca, Wagner, Sóbis e Fred pode funcionar muito bem.

O treinador decidiu dar qualidade ao meio e acertar os jogadores de defesa, o time mostrou boas opções com Wagner e Conca se revezando na construção das jogadas e Sóbis está fechado com Cristovão e promete fazer um campeonato espetacular. Da mesma forma que o São Paulo, gostei muito do que vi no primeiro jogo do Fluminense, mas foi apenas um jogo.

Já Mano Menezes começa a ser o novo Luxemburgo, a única diferença é que Mano não tem o currículo de Luxa. O treinador parece não acertar mais seus times. Ficou quase um mês para preparar o time, e a atuação diante de um Atlético com a cabeça na Colômbia foi decepcionante. O jogo foi chato, e pelo jeito, os jogos do Corinthians serão chatos até o final do ano. O time pode até ir longe, com esses oxo e 1×0, mas será chato ver jogo do Timão.

Meus favoritos não encantaram. Grêmio jogou contra o Furacão e perdeu por 1×0, o Galo topou a chatice corintiana e o Cruzeiro venceu o Bahia com dois gols iguais, mas não dá para dizer que o resultado foi justíssimo. O Baeaa, merecia sorte maior.

E para vocês, como foi a primeira rodada do Juridicão?

Rapidinhas do Camisa 10 – 26.03.2014

Guedex_20140318A

Show de criatividade… Marco Polo Del Nero culpou a falta de criatividade dos clubes pela baixa audiência nos estádios. E de criatividade ele entende, já que as quartas terão os seguintes confrontos considerando a classificação geral: 01º x 06º, 02º x 08º, 03º x 04º e 05º x 13º. Extraordinário!

Nada que 12 mil dólares não resolvam.. Foi dessa forma que mais um caso de racismo foi resolvido. O Real Garcilaso sofreu essa multa e ponto final. Os macaquinhos peruanos poderão continuar indo ao estádio tranquilamente e continuar soltando suas onomatopeias a vontade! Se precisar, o clube paga!

Agora, eu entendi.. porque nosso querido Pelé disse para que parassemos com as manifestações contra a Copa. Nosso garoto-propaganda estima ganhar com suas aparições na telinha e tudo mais, algo em torno de R$ 58 milhões de reais. Praticamente, um garoto-propaganda padrão Fifa.

Mal gosto… Tentei pensar em outros “adjetivos”, mas achei melhor ficar apenas com esse. A propaganda da rádio Transamérica no programa Papo de Craque sobre o metrô é triste e completamente inadequada. O assunto foge da área de esportiva, mas como é feita por um programa que fala de futebol, achei válido trazer à tona. A propaganda em si, já é ridícula, no momento atual então se torna completamente inconcebível. Para quem se interessar, segue o link da propaganda.

Um time é composto por 11 jogadores… “Criaram essa coisa de melhor ataque do mundo e isso sempre atrapalhou. Era realmente um grande ataque, mas o resto do time era muito fraco. É só pegar o elenco e olhar. Além disso, era muita bagunça. O fracasso em campo era apenas um reflexo de tudo que acontecia do lado de fora. Todo mundo via aquela zona. Não tinha como dar certo” a frase é de autoria de Sávio, e se refere a denominação melhor ataque do mundo dada a ele, Romário e Edmundo.

Neto Berola x Bob Faria… “Chupaaaaaaa Bob merda Faria! So sabe cornetar,so pq não pago pra falar bem de mim,agora vc vai ter motivos pra poder falar mal de mim seu Ma…… do c…! Aqui é Galo e pode torcer contra!” continuando as declarações poéticas. Dessa vez, Neto Berola usou o Instagram para desabafar contra o repórter do Sportv. Bob Faria pode até ter exagerado nas críticas, mas Berola ainda precisa comer muita farinha para esculhambar o repórter desse jeito.

Será mesmo? O site Last Sticker vazou as figurinhas do tão esperado álbum da Copa. Segundo o site, quem aparecerá pela seleção brasileira serão: Júlio César, Thiago Silva, David Luiz, Daniel Alves, Marcelo, Dante, Ramires, Paulinho, Luiz Gustavo, Hernanes, Oscar, Bernard, William, Robinho, Neymar, Hulk e Fred. O fato de ter 17 é normal para um álbum que dificilmente arrisca colocar os 23, a questão é Robinho estar nessa lista! Como o próprio atacante disse em seu Twitter, Será?

Faz sentido… “A torcida do Fluminense pichou os muros da sede de Laranjeiras com a frase: ‘Time de segunda; diretoria de terceira’. Poderia ter completado: ‘Tapetão de primeira'” (de Renato Maurício Prado, no ‘Globo’)

Os melhores da terra da garoa… De acordo com o site Footstats e baseando apenas em critérios estatísticos, a seleção do Paulistão seria: Prass, Daniel Borges, Lucio, Antonio Carlos, Alvaro Pereira, Hudson, Arouca, Cicero e Geuvanio, Luis Fabiano e Kardec. Concordam?

Dúvida da semana… O Arsenal é o Botafogo da Europa?

5×0 ou 3×2?

Ganso 10032014

Galera do blog, ontem teve clássico aqui em São Paulo. No Pacaembu, Corinthians e São Paulo se enfrentaram em um jogo movimentado que acabou com a vitória do São Paulo por 3×2, encerrando um jejum de 12 clássicos sem vitória.

O curioso é que todos os gols foram marcados por atletas do São Paulo. Ganso, Fabiano e Rodrigo Caio marcaram a favor, enquanto o zagueiro artilheiro Antonio Carlos marcou os dois gols do rival.

O São Paulo terminou a partida com 63% de posse de bola. O time do Muricy pode não ser um Audax, mas também gosta de ficar com a bola no pé.

Foi a primeira partida do Corinthians sem Jadson desde a sua chegada, não achei que sua ausência foi sentida, já que Luciano e Romarinho se movimentaram bastante no ataque. Contudo, o Corinthians agrediu pouco o São Paulo, o time alvinegro não fez nenhuma finalização ao gol.

Já o São Paulo mostrou que Ganso só precisa de mais consistência, talento tem de sobra. Osvaldo está longe de ser aquele atacante do primeiro semestre de 2013, mas está muito melhor do que o Osvaldo do segundo semestre, o que de certa forma já é otimo.

Outro que pode sonhar com seleção é Luis Fabiano, o centroavante está diferente em 2014, resolveu se acalmar e tratar apenas de fazer o que sabe, gols. É artilheiro do Paulista e caso Jô e Fred deixem Felipão na mão. O treinador poderá chamar o centroavante da copa passada.

Voltando ao jogo, acho que Mano errou ao trocar no intervalo Renato Augusto por Guerrero. Sei que o meia precisava sair, pois ainda não aguenta 90 minutos, mas a opção pelo peruano travou ainda mais o time alvinegro, interrompeu a dinâmica que havia entre Renato, Luciano e Romarinho revezando que fazia o falso nove.

De qualquer forma, o São Paulo fez por merecer a vitória, já o Corinthians precisa de um tropeço do Ituano para seguir no campeonato.

Pitacos: 29ª rodada do BR-2011

O legal desse campeonato é que você faz um comentário e na rodada seguinte tudo cai por terra. Ontem acompanhei dois jogos, primeiro São Paulo 0x0 Internacional e depois Corinthians 0x2 Botafogo. Vamos aos pitacos:

São Paulo 0x0 Internacional

Um clássico que prometia muitos gols, mas acabou em um insosso 0x0 com pouquíssimas chances criadas. O Inter teve duas com D’Alessandro, enquanto o São Paulo teve uma jogada mais aguda que terminou com Rivaldo desperdiçando.

Do lado Colorado, ficou claro que o esquema de Dorival já está bem treinado, só falta um pouco de talento na frente. Falta Damião e um companheiro para D’Alessandro, se vier Dagoberto ou trazendo outro reforço para o ataque, esse time em 2012 vai longe. No Brasileirão, eu aposto que uma vaga da Libertadores é do Inter.

Pelo São Paulo, acho que o jogo serviu para a torcida entender que Rivaldo é jogador de segundo tempo, assim como Casemiro aprendeu a lição e já pode ser titular. O time contou com a ajuda do rival para permanecer vivo na disputa, mas precisa jogar futebol de quem quer ser campeão.

Em resumo, o empate foi ruim para os dois no final da tarde, mas até que ficou bom no final do dia.

Corinthians 0x2 Botafogo

Ficou bom, porque o Botafogo que eu já tinha tirado da disputa, renasceu e fez um primeiro tempo primoroso. O time beirou a perfeição na primeira etapa, e olha que o Corinthians fez um bom primeiro tempo também.

O Botafogo abriu com Loco Abreu, mas anularam erroneamente. De nada adiantou, o domínio botafoguense continuou e novamente Loco Abreu abriu o marcador.

Apesar das chances criadas pelo Corinthians, ficava nítido que o Botafogo dominava o meio de campo. Renato estava soberano no meio, Maicossuel com vontade e foi com ele que o time carioca chegou ao segundo gol.

A partir daí, o time de Caio Júnior recuou e o Corinthians foi para cima, conseguiu botar uma bola na trave com Alex, mas foi só no primeiro tempo.

Veio o segundo tempo e aí, os personagens mudaram, “saíram” Loco Abreu, Renato e Maicossuel, “entraram” Antonio Carlos, Marcelo Mattos e Renan. O time paulista criou uma blitz e sufocou o Botafogo, mas Renan estava em tarde inspirada, assim como Marcelo Mattos que parecia multiplicar-se em 3.

O Corinthians tentou várias vezes, ficou muito preso ao chuveirinho, mas esbarrou em uma noite feliz do Botafogo.

Em resumo, o Botafogo, volta com tudo para a disputa do caneco e o Corinthians continua firme, fez ótima partida, mas encontrou um adversário que jogou melhor ainda.

No fim das contas, neste Brasileiro (que é na minha opinião o campeonato mais disputado do mundo) nenhuma previsão é possível faltando tantos jogos ainda. É esperar para ver!

2ª Rodada do Brasileirão!

Esse lance foi o que de melhor saiu nas duas partidas que eu vi....

A segunda rodada do Brasileirão terminou, e o Corinthians é o novo líder. O alvinegro paulista é o único time que manteve o 100% de aproveitamento. Na parte debaixo da tabela, o Atlético-GO é o único time que ainda não somou pontos. De qualquer forma, essa etapa do campeonato serve mais para alguns times ganharem gordura, já que ele irá começar de fato depois da pausa da Copa do Mundo. Ontem, acompanhei dois jogos entre Paulsitas e Cariocas, ambos fracos tecnicamente, abaixo os meus comentários:

São Paulo 1 x 2 Botafogo: O jogo foi morno, sem muitas emoções, o tricolor veio a campo com um time reserva, enquanto o Botafogo foi para o jogo com um time obediente mas sem nenhuma inspiração.

No primeiro tempo, o São Paulo começou dominando as ações do jogo, principalmente com bons passes do jogadores de meio campo para Washington, contudo o gol saiu em ótimo cruzamento de Jorge Wagner que encontrou Léo Lima livre para escorar e abrir o marcador. O Botafogo não tinha poder de reação, como sempre a única arma do time era na bola parada, e foi em uma delas ainda no primeiro tempo que o Botafogo encontrou o empate. Em cruzamento de Lúcio Flávio, o zagueiro Antonio Carlos e empatou a partida, o zagueiro é o artilheiro do campeonato ao lado de Emerson do Avaí.

No segundo tempo, a apatia tomou conta do jogo. o São Paulo pecava na falta de entrosamento entre os jogadores em campo e a perda da referência no ataque, Washington saiu para dar lugar a Fernandinho, não concordei com a saída. Pelo Botafogo, Lucio Flávio é tão eficiente com a bola parada quanto é lento com ela em jogo. Até que Joel Santana resolveu dar um novo gás ao time, e promoveu a entrada de Renato Cajá, o meia entrou mudou o panorama da partida e foi premiado com o gol da vitória.

No fim, para o São Paulo fica a sensação de que o time possui um bom elenco, mas ainda mal entrosado, além da necessidade de jogar com um homem de referência na frente. Pelo Botafogo, mantenho a idéia de que se trata de um time que não pode sonhar muito, mas também não irá passar sufoco, o time é arrumadinho dentro das limitações do elenco. Mérito do “Tio” Joel.

Vasco 0 x 0 Palmeiras: Apesar da ausencia de gols, achei o jogo levemente melhor que o do Morumbi, isso graças a vontade do Vasco. O time cruzmaltino dominou as ações durante o primeiro tempo, mas faltou capricho no lance final, pelo Palmeiras fica nítido que não se trata apenas da qualidade dos jogadores, “algo não cheira bem no reino do Palestra Itália”.

No primeiro tempo, o Vasco tentou pressionar, mas encontrou um Palmeiras jogando fechado como um time pequeno, com duas linhas de quatro recuadas sem a menor preocupação em atacar. O que restava para o time de São Januário era chutar de longa distância, porém o time não foi feliz em nenhum chute. Enquanto isso, o Palmeiras não assustava Fernando Prass.

O segundo tempo começou e o cenário era o mesmo, o Vasco pressionava e o Palmeiras continuava acuado. Com o passar do tempo, a torcida vascaína começou a ficar impaciente e cobrar em forma de protesto o time, a medida que os protestos aumentavam, o time da casa perdia a confiança e o alviverde começava a se soltar um pouco mais. Só na metade do segundo tempo que o Palmeiras equilibrou a partida, contudo esse equilíbrio foi apenas para conduzir o final do jogo sem grandes emoções. Resultado final, 0x0.

Fica claro que os dois times precisam de um choque para acordar para a competição, além de reforços para o elenco, os dois times precisam arrumar a “cozinha” do clube, fica claro que existe problemas internos nos dois times que enquanto não resolvidas afetarão os times dentro de campo.

E vocês quais jogos viram? O que acharam? Qual o destaque da segunda rodada?