Brigando mais do que jogando…


lanceviolento170516

“Eu pensei que no Brasil o futebol era mais jogado, mas no fim ele é mais lutado.”

Foi com essa frase que durante uma entrevista o atacante do São Paulo, o argentino Jonathan Calleri resumiu suas primeiras impressões sobre o futebol brasileiro. Sim, um argentino que nós achamos que brigam mais do que jogam durante o jogo disse que a percepção dele é ao contrário.

Ou seja, Calleri, mostrou que o futebol brasileiro é menos jogado do que ele imaginava, consequentemente, menos jogado do que na Argentina. Fica claro que novamente caímos no campo tático, para se jogar mais, o time precisa estar mais organizado, com os atletas entendendo melhor sua função.

Às vezes, tenho a sensação de que para o resto do mundo, o futebol aqui ainda é meio varzeano. Um catado, onde cada um é indicado para uma função e onde é necessário se impor pela força durante o jogo, antes de jogar é preciso brigar mais do que o rival.

Isso não é uma critica ao futebol varzeano, é apenas uma característica do jogo, o que acontece é que como a varzea fica categorizado de maneira inferior ao profissional, a expectativa é que o profissional seja superior a ele, ainda mais em uma primeira divisão. Talvez na quarta divisão, seja mais parecido, na primeira não deveria.

Sei que já está ficando chato o tanto que escrevo sobre, já está virando uma série, mas é possível tornar o campeonato brasileiro uma das ligas mais legais do futebol, se não a mais legal. Mas é necessário falar muito para que quem tem poder para mudar, faça.

E por enquanto, nossos jogadores vão brigando mais do que jogando pela vitória.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s