Seleção do mundo cheia de “safra ruim”…

FIFA Fifpro World XI 2015

E ontem a Fifa entregou o 5º Ballon d’or para o genial Messi. Nenhuma dúvida, nenhuma injustiça, nenhum nada. Mesmo em um ano, onde ele ficou alguns meses parados, ele mostra que se ninguém fizer algo de fora do comum, o prêmio sempre será dele.

E cada vez mais, só vejo nosso menino Ney pronto para isso. Cristiano é um monstro, mas como bem resumiu Carlão do blog do Carlão, Cristiano precisa dos números para mostrar o quão gigante ele é, Messi e Neymar precisam apenas mostrar em campo o seu tamanho.

Inclusive Ney fez parte da seleção de 2015 juntos com os outros dois, formando um ataque descomunal. Mas não é sobre Messi, ou só sobre Neymar que quero falar e sim sobre essa seleção.

Para a FIFA, a seleção 2015 foi:

Neuer (ALE), Daniel Alves (BRA), Thiago Silva (BRA), Sergio Ramos (ESP) e Marcelo (BRA), Modric (CRO), Pogba (FRA), Iniesta (ESP), Cristiano (POR), Messi (ARG) e Neymar (BRA).

Confesso que faria uma alteração e outra na seleção, Alaba no lugar de Marcelo e talvez Godin no lugar de Sergio Ramos, mas só. De qualquer forma, é engraçado pensar que para FIFA o país que detém o maior número de talentos individuais é o Brasil.

A nossa tal safra condenada, ou time muito abaixo, ainda rende um terço da seleção do mundo.

De novo, se existe safra ruim, ela passa bem longe dos jogadores.

Anúncios