Aguardando as próximas criações…


guardiola_reu_15

Em um fim de semana onde vi, Manchester’s, São Paulo, Barcelona, Flamengo e Vasco, quero destacar o querido Bayern Munchen. Nem tanto pelo jogo em si, pois foi de um único time, mas pelo que eu vi.

Um zagueiro, três laterais, um volante, três meias e dois atacantes. Imagine que o seu treinador indica que o seu time jogaria com esses jogadores espalhados pelo campo, qual seria sua reação?

E já aviso, o elenco não está enxuto, ele possui outros zagueiros no banco e demais peças para compor o time.

Pois bem, foi assim que Guardiola montou o seu Bayern nesse final de semana contra o Eintracht Frankfurt. Uma espécie de 3-4-3, sendo que sua linha de defesa tinha dois laterais e um único zagueiro. E era o Dante, que é para deixar qualquer alemão bávaro com o coração acelerado.

Na linha central, Alonso e Lahm mais centralizados, Weiser aberto na direita e Thiago e Gotze se movimentando muito, com a posse de bola, Gotze abria centro-esquerda e Thiago centraliza, sem a bola eles invertiam a posição.

Na linha de frente, Lewandowski, Muller e normalmente Gotze.

O jogo em si foi fácil para o Bayern, mas é incrível ver como Guardiola gosta de experimentar nesses jogos, já mostrou que se precisar joga feio como o fez na vitória sobre o Dortmund recentemente, mas é inegável sua vocação para recriar o futebol.

Guardiola tem encantamento ao pensar futebol e procura imaginar todas as possibilidade que seu time possa impor de futebol, buscando títulos obviamente, mas principalmente conseguindo isso jogando um futebol genuíno.

Guardiola é um grande alquimista do futebol. Jorge Ben estava certo.

Anúncios

2 respostas em “Aguardando as próximas criações…

  1. Não é a primeira vez que esse esquema é usado, inclusive muitos na Europa já tem tentado montar seus times assim, o Barcelona inclusive recentemente (se não me engano contra o PSG).
    Mas realmente poucos tem a maestria de conseguir reunir as peças para encaixar nesse esquema, que acho que pode ser o da vez, assim como o 4-2-3-1 foi recentemente, já que é muito moderno e possibilita, diversas variações tanto ofensivas quanto defensivas.

    • O que me surpreende no Pep não é a escolha do esquema, é como ele o faz.. Quem hoje escala uma linha de três defensores onde dois são laterais, sendo Bernat com boa perspectiva ofensiva…

      Normalmente se escala três zagueiros, ou dois zagueiros e um volante, sem falar a linha de meio de campo com apenas um volante-volante..

      Pep mostra na prática que essa questão de função tática fixa acabou, no time dele tem apenas dois/três jogadores que possuem como principais características a marcação, em compensação pela ausência dessa característica obriga todos a marcarem realmente..

      Ninguém ousa ficar sem correr para marcar o rival..

      Abs..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s