Só mais um almoço de domingo…


Rolo de macarrao Quem nunca esteve em um almoço de uma tradicional família italiana?

Nosso país possui uma infinidade de descendentes de italianos, mesmo que você não seja descendente da velha bota provavelmente já esteve na casa de algum e de repente já filou uma “bóia”.

Toda boa família italiana, tem na refeição uma grande catarse. É uma barulheira sem fim, você acha que tem um carro de som na rua ou que o pessoal da bolsa de valores foi parar no quarto, ou até que a feira tá rolando no quintal, por fim percebe que é apenas todos os familiares tentando e conversando entre si.

Isso até a boa e velha Mama, a matriarca daquela boa zona chegar com a panela imensa de macarronada para começar o banquete, sem falar que quando ela precisa dar algum recado é como se toda aquela algazarra você desligada da tomada.

Ela sempre terá o silêncio para dar o seu recado.

Assim como a Mama FERJ tem no campeonato carioca.

A diferença é que aqui não se trata de uma boa família italiana, trata-se de um mero campeonato carioca. Onde Luxemburgo e Fred são apenas integrantes da família, que aproveitam alguns instantes para se fazerem ouvidos ou simplesmente fazer sua parte no barulho do “almoço de domingo”.

As declarações de ambos, serviram apenas para todos rirem, acharem de extrema coragem as palavras, para todo mundo quase dar a alcunha de filhos pródigos da família, até a Mama chegar com um rolo de macarrão na mão e bradar que “acabou a palhaçada”.

Fred e Luxa foram punidos, pegaram ganchos, principalmente baseados em um item que os presidentes dos clubes, inclusive de Flamengo e Fluminense assinaram: “É proibido falar mal do campeonato carioca!”.

É sério! Foi assinado um regulamento do campeonato que proíbe que qualquer crítica seja feita ao campeonato. Nem de bobo, ele pode ser chamado.

Luxa e Fred estão certos nas críticas, mas Luxa fez em momento que estava coberto de razão, enquanto Fred procurou a expulsão e depois que conseguiu aproveitou para fazer barulho.

O problema é: “tá, legal, o campeonato está todo errado, e aí?” Falta uma certa atitude mais firme dos clubes, falta o entendimento que eles são os donos do espetáculo, que eles precisam se unir para que todos fortes possam melhorar nosso futebol. E isso envolve, uma ação de clubes, treinadores e jogadores.

Quantos treinadores apoiaram Luxa após as declarações, quantos defenderam Fred? Isso mesmo, zero!

A possibilidade que surgiu de Flamengo e Fluminense e os principais clubes do Paraná se unirem talvez seja o primeiro movimento real para as Mamas (federações) se calarem.

Mas por enquanto, tudo não passa de mais uma gritaria de almoço de domingo, assim que a Mama chegar com a macarronada, o silêncio imperará novamente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s