4 pontos em 3 jogos para os brasileiros…

pato01_rib-3

E ontem os brasileiros mostraram de forma mais concreta possível, como uma vitória melhora tudo, como um empate pouca coisa muda e como uma derrota pode ser desastrosa.

O Galo que tanto gosto perdeu ontem dentro do Independência. 1×0 para o Atlas com um gol aos 42 do segundo tempo. Nem um dos times foi bem, o time mexicano venceu porque sobrou pernas, o Atlético estava completamente entregue após os 30 minutos da etapa final.

O time demorou para achar seu futebol no primeiro tempo, já no início do segundo exerceu aquela famosa correria do Galo, perdeu muitas chances, Maicossuel chegou atrasado, bola do Luan passou raspando, Andre quase deixou o dele e por aí vai. O time sentiu a falta do seu reforço Lucas Pratto. A boa notícia é que Cardenas é um nome interessantíssimo para o time. Contudo, o Galo precisará de mais um dos seus mirabolantes truques para buscar a classificação. Mas, ainda só depende dele.

Já o rival mineiro, o Cruzeiro estreou com um empate contra o Sucre. O jogo mostrou que o Cruzeiro está montadinho, mantém a mesma tática do ano passado, mas ainda sente do entrosamento e principalmente da qualidade da troca. E não estou dizendo que quem chegou é ruim, mas quem saiu era muito bom, principalmente Goulart e Lucas Silva. É complicado substituir a altura.

O Cruzeiro foi melhor que o Sucre, mas a famosa altitude derrubou o time no final do jogo. Damião voltou a jogar bem, faz boa temporada pelo Cruzeiro e parece que a mudança de ambiente foi benéfica, perdeu alguns gols ontem, mas a movimentação, a busca pela bola voltaram. No fim, o resultado foi ok, ainda mais dentro de um grupo, onde só fatores extracampo (altitude) podem atrapalhar a campanha tranquila da Raposa nessa primeira fase.

Por fim o São Paulo conseguiu uma vitória tranquila e com placar elástico (4×0) sobre o fraco Danúbio. O time uruguaio será o saco de pancada desse grupo tranquilamente, vendo o jogo de ontem, digo que é preciso ganhar deles no Uruguai também. O São Paulo mostra com a vitória que tudo está bem longe de ser perdido, o time foi apático na estréia, mas é ainda um dos fortíssimos candidatos ao título.

Principalmente, quando Muricy entende que Kardec e Luis Fabiano não podem jogar junto e que a melhor peça do São Paulo é Michel na meia. Pato com vontade mostra que é jogador de seleção, ontem ficou durante os 90 minutos e mostrou que Fiorella merece um camarote exclusivo no Morumbi. A única questão ainda é bipolaridade tricolor, o time só possui os modos “futebol envolvente” e “futebol adormecido”, precisa aprender a dosar um pouco seu futebol, para não sofrer nos momentos de dormência.

Por fim, uma vitória, um empate e uma derrota na conta dos brasileiros.

E aí, seu time é grande?

Lodeiro 25022015

E aí, galera o que torna um time grande?

Aproveitando a polêmica (pero no mucho) frase de Lodeiro ao jornal argentino Clárin sobre o tamanho do Boca em relação a Corinthians, fiquei pensando o que torna um time grande.

Acredito que os principais balizadores sejam esses títulos, tamanho da torcida, história, relevância no cenário nacional e internacional.

Só que a análise dos números sempre merece alguns olhares mais detalhados. Por exemplo títulos, o Boca pode ganhar dois títulos nacionais por ano, enquanto o Corinthians pode beliscar um estadual. Para o Boca a concorrência é menor na Argentina, enquanto no Brasil é maior. Contudo, quando olhamos os títulos internacionais, fica mais fácil comparar.

Vale olhar a história desses títulos, por exemplo o Boca ao longo de toda a sua história tem títulos, o Corinthians começou a crescer na década de 90.

Outro aspecto, o Corinthians possui 30 milhões de torcedores contra 17 do Boca, contudo, a torcida do time paulista representa 15% da população do seu país, enquanto o Boca tem pouco mais de 40% da população argentina.

Sobre a relevância nacional, ninguém discute a importância do Corinthians dentro do Brasil, é um dos maiores, sendo por muitas vezes o maior em alguns anos. O mesmo se pode dizer do Boca, já no cenário internacional, apesar das conquistas recentes do Corinthians (libertadores e mundial), o Boca, talvez seja o time sulamericano com maior representatividade para os europeus.

Assim como o Santos ofereceu Pelé ao mundo, o Boca ofereceu Maradona. O Santos por muito tempo ficou longe do cenário de destaque e quando apareceu foi engolido pelo Barcelona, já o Boca chegou em 2000, 2003 e 2007 a final do Mundial, venceu duas.

Por tudo isso, entendo a frase de Lodeiro. Mas, acho que é questão de tempo para o pessoal da Bombonera.

Mas e o seu time, é grande?

Palpitando 24.02.2015

Imagem

Começa a última rodada do mês de Fevereiro, tem tudo quanto é campeonato, inclusive o grande duelo de Sofias. Clique aqui para conferir os resultados da rodada anterior.

Nessa rodada, o resultado foi o seguinte:
1 – Cadê Meu Camisa 10? – 65 pontos
2 – Rodrigo – 55 pontos

Veja como está o ranking do mês:
RM24022015

Vamos aos palpites da rodada:
Quarta, 25 de Fevereiro de 2015
16h45 Bayer Leverkusen (ALE)1×0 Atletico de Madrid (ESP) – Champions League
19h30 Brasil de Pelotas 1×2 Flamengo – Copa do Brasil
22h00 Universitario de Sucre (BOL) 0x0 Cruzeiro (BRA) – Libertadores
22h00 Naútico 1×2 Santa Cruz – Pernambuquinho

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015
18h00 Fortaleza 0x1 Ceará – Cearensezinho

Domingo, 01 de Março de 2015
09h00 Liverpool 2×1 Manchester City – Inglesão
10h30 Lokomotiv Sofia 2×0 CSKA Sofia – Duelo de Sofias na Bulgária
12h45 PSV 1×3 Ajax – Holandesão
13h30 Werder Bremen 3×5 Wolfsburg – Alemão
15h00 Sevilla 0x0 Atlético de Madrid – Espanholão
16h00 Botafogo 1×0 Flamengo – Carioquinha
16h00 Vitória 1×1 Bahia – Baianinho
16h15 Porto 3×0 Sporting – Portuguesão
17h00 Monaco 0x0 Paris Saint Germain – Francesão
18h30 Internacional 0x0 Grêmio – Gaúchinho

É Carnaval

Galera do blog, como um bom brasileiro já estamos no ritmo do Carnaval.

Sei que ficarei um tempo ausente, não escreverei imediatamente após o clássico Majestoso na Libertadores.

Mas, darei um jeito de ver, com absoluta certeza.

Perderei a volta da Champions, aliás, provavelmente só verei os VTs.

De qualquer forma, carnaval e futebol se misturam no Brasil.

Depois, volto com tudo embalado por muitas marchinhas!

Bom carnaval a todos!

Precisa de Copa?

Foto: Bao Tailaing / AP Photo

Foto: Bao Tailaing / AP Photo

Hoje saiu o prêmio World Press Photo 2014, na categoria esporte a vencedora foi a imagem acima.

Foto tirada por Bao Tailiang pela AP Photo.

A foto é realmente sensacional, mostra o maior jogador da atualidade contemplando a taça da Copa do Mundo. E aí me veio aquela velha pergunta, realmente para atingir o Olimpo do futebol, o lugar dos deuses, é necessário levar uma Copa?

Messi parece um predestinado a competir com Pelé, Di Stefano, Maradona e Garrincha. Contudo, com exceção de Stefano, todos tem como o maior diferencial, a conquista de uma Copa. Outros jogadores também tiveram atuações glamourosas em Copas, Zidane em 1998, Romário em 1994, essas aquelas que vi.

Assim como também existem os grandes jogadores que não tiveram uma Copa no currículo e ficaram um degrau abaixo dos monstros sagrados do futebol. Zico, Sócrates, Puskas, Platini, Eusébio e Cruyff.

Acho sinceramente que a Copa do Mundo é a cereja do bolo na carreira de um jogador. Contudo, é necessário que o jogador precise jogar em uma seleção de ponta para ter essa chance. Por exemplo, atualmente, Cristiano e Ibrahimovic nunca irão ter essa cereja, então deve ser relevado na hora de qualificar sua trajetória.

Já no caso de Messi, sua seleção é fortíssima. A Argentina sempre tem chance em Copa do Mundo. Portanto, essa obsessão de Lionel é plaúsivel. E ele tem total condição de ir buscar sua cereja do bolo.

Mas e aí, para Messi ser um dos gigantes, chegar ao Olimpo do futebol, ele precisa da cereja?

Palpitando 10.02.2015

Imagem

Vamos para a terceira rodada desse mês de Fevereiro. Tem Champions, Brasileirão, Libertadores, Nacionais europeus e mais aqueles jogos que vocês adoram. Clique aqui para conferir os resultados da rodada anterior.

Nessa rodada, o resultado foi o seguinte:
1 – Wagner – 145 pontos
2 – Rodrigo – 120 pontos
3 – Cadê Meu Camisa 10? – 115 pontos
4 – Ramon – 110 pontos
5 – Andre Russo – 55 pontos

Veja como está o ranking do mês:
RM10022015

Vamos aos palpites da rodada:
Quarta, 11 de Fevereiro de 2015
17h00 Bangu 0x3 Botafogo – Carioquinha
21h00 Tolima 1×2 Independente Medellin – Shakirão
22h00 Once Caldas 1×1 Corinthians – Libertadores
22h00 Santos 0x0 São Paulo – Paulistinha
22h00 San Lorenzo 0x1 River Plate – Recopa Sulamericana

Sábado, 14 de Fevereiro de 2015
06h00 Guangzhou 0x0 Shandong Luneng – Copa Chinesa
12h30 Bayer Leverkusen 4×5 Wolfsburg – Alemão
17h00 São Bernardo 0x1 Santos – Paulistinha
19h30 São Bento 0x1 Palmeiras – Paulistinha
19h30 Caxias 1×2 Internacional – Gaúchinho
21h00 Newell’s Old Boys 2×3 Independiente – Argertinão

Domingo, 15 de Fevereiro de 2015
01h00 Atlas 1×3 Pachuca – Tequilão
07h15 Manila Jeepney 2×3 Meralco Sparks – Filipinão
11h00 Bordeaux 1×0 Saint Etienne – Francesão
12h00 Udinese 1×0 Lazio – Italianão