Eles “acreditam”, nós temos certeza…


Futebol

Fellipe Mello voltou! Aproveitando o duelo pela semifinal da Copa do Brasil, o carioca volta cravando a vitória do Mengão hoje. Eu sinceramente, não sei, aposto em um jogaço, caso dê Flamengo, o time vai mostrando que a Copa do Brasil é deles, se der o Galo doido, eles estarão banalizando o conceito de milagre, para um resultado corriqueiro para eles.

Por Fellipe Mello

O anoitecer de terça-feira em Belo Horizonte anuncia o início do pânico das galinhas alvi-negras. Sim, o pesadelo tem nome, veste rubro-negro e atormenta o sono dos atleticanos há pelo menos 34 anos.

O mineiro, pobre coitado, sofre com a proximidade com a fronteira com o Rio desde sempre! O sul de minas é rubro-negro (imita até o sotaque! RS!), o triangulo mineiro também e as mineiras até fazem canja de galinha pra eles no fogão, mas na hora do “frango assado”, bem feito e servido na cama é pra Cidade Maravilhosa que elas vão meu parceiro. Imagina o tamanho do recalque dos caras? Não? Nem eu! Rs!

Resumindo as mineiras dão tudo pros cariocas e os mineiros dariam tudo pra serem cariocas, mas infelizmente meu amigo praia de mineiro é a Lagoa da Pampulha e time grande só joga em Minas Gerais 4x por ano, quando o Mengão Fuderoso vai lá dar uma sapecada nas “3 Marias” ou fazer uma Canja de Galinha.

A grande diferença entre o torcedor do Galo e do Flamengo está translúcida, mas vou traduzir: Eles acham que são grandes, nós somos GIGANTES. Eles nos consideram um grande rival, nós os consideramos apenas o maior freguês (o Vasco fica em segundo pra não perder o costume do vice). Eles acreditam em Deus, mas Deus é Rubro-negro. Eles “acreditam”, nós temos CERTEZA!!!

Só sei que hoje não será moleza lá em BH, mas a Magnética estará lá mais uma vez. Afinal, meus amigos temos tanta torcida em Minas Gerais que se não fosse a cota de visitante o estádio seria no mínimo “meio-a-meio” hoje com certeza. Mas tudo bem, eles tem pesadelos com nosso nome, temem a nossa torcida Magnética e TREMEM diante de nosso Manto-sagrado.

Desejo apenas que essa noite seja apenas como todas as outras visitas do Mengão: esquenta no boteco com a Nação, galinhada à moda rubro-negra no Mineirão e depois do jogo levar alguma gata mineira pra uma sapecada de comemoração.

Sabe como é, né? Quando o Mengão tá em BH até rola uma noite de gala, mas de Galo…. uai como é difícil sô!

Deixou chegar fudeu!

SRN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s