A insustentável leveza de André Santos.


insustentavelleveza

Em 1984, Milan Kundera lançava o livro a Insustentável leveza do ser.

Um livro que tratava das relações entre Tomas, Sabina, Teresa e Franz. Os 4 personagens possuiam relações entre em si e as vezes o desinteresse de alguns personagens na seriedade das relações davam a narrativa, essa sensação de quase insustentável leveza para algo tão sério quanto a um relacionamento.

Tomas era bem de vida, possuia dinheiro e carreira consolidada e havia decidido simplesmente curtir sua vida. Sem compromissos sérios, mas sempre tratando da melhor forma possível as mulheres que encontrava no caminho.

Sabina era a versão feminina de Tomas. Principalmente no que se refere a essa busca insaciável pela leveza do ser, porém quando Tomas decide sumir com Teresa, Sabina entra em profunda depressão por finalmente ter conseguido o que queria. E, portanto, não entender porque não consegue desfrutar.

Teresa era uma eterna sonhadora, apesar do ambiente repulsivo que foi criada, ela sempre alimentou a esperança de que encontraria alguém em sua vida, quando se depara com Tomas pela primeira vez, acredita que ele é o homem da vida dela e decide largar tudo para viver com ele, enfrentando inclusive, as traições dele.

Franz era amante de Sabina. Casado, vivia arrumando desculpas para suas escapadas com Sabina. Não tinha grandes intenções com Sabina, apenas sexo, já que não iria desmontar sua imagem perante a sociedade.

O grande mote do livro é essa incapacidade que temos que tornar nossas relações leves, ou simplesmente aceitá-las como elas deveriam ser.

André Santos, Flamengo, Imprensa e Torcida são os personagens atuais que reescrevem esse livro.

Flamengo é Tomas, não precisa provar nada a ninguém. Tem respeito e currículo de gente grande, mas decidiu curtir a vida nos últimos tempos, e sempre que precisa recorre a sua Teresa (torcida), a única com quem realmente pretende ter algo sério.

Como já disse, Teresa é a torcida. A eterna sonhadora, aquela que ao bater o olho em Tomas, se apaixonou, viu nele tudo que sempre quis e decidiu acompanhá-lo eternamente, mesmo que isso envolvesse aguentar algumas traições ou pisadas na bola que Tomas cometesse.

A imprensa é Franz. Personagem quase despercebido nesse conto, que faz pose, não se compromete, mas faz questão de incentivar essa promiscuidade ao manter Sabina como sua amante.

Sobrou para André Santos, o papel de Sabina. A única realmente na história que consegue atingir a insustentável leveza do ser, mas não consegue lidar com isso. Sempre quis relações descompromissadas, nunca almejou comprometimento com ninguém, e sempre que a leveza lhe bate a porta, ele entra em depressão.

Só sei que nessa relação entre Tomas e Sabina, tão descompromissada e pueril, Teresa chora e Franz ri.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s